Outros Tratamentos

Teicoplanina (Targocid)

Comprar Teicoplanina (Targocid) online - Envio e validação de receita médica

  • Teicoplanina (Targocid)
  • Teicoplanina (Targocid)
Excelente   4.7 4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O princípio ativo Teicoplanina, presente no Targocid e nos medicamentos genéricos Koplan e também com o nome do próprio princípio ativo, está indicado para o tratamento de infecções provocadas por bactérias gram-positivas sensíveis, incluindo bactérias resistentes a outros antibióticos.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Teicoplanina (Targocid) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O medicamento Teicoplanina (Targocid) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o medicamento Teicoplanina (Targocid) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Teicoplanina (Targocid) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Teicoplanina (Targocid) na euroClinix?

A Teicoplanina (Targocid) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Teicoplanina (Targocid) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Teicoplanina (Targocid) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Teicoplanina (Targocid) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Teicoplanina (Targocid) sem receita médica. A Teicoplanina (Targocid) é considerada um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Teicoplanina (Targocid) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço da Teicoplanina (Targocid) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Teicoplanina (Targocid) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Teicoplanina (Targocid) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Teicoplanina (Targocid) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Teicoplanina (Targocid) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina é indicada para o tratamento de infecções provocadas por bactérias gram-positivas sensíveis, incluindo as resistentes a outros antibióticos, como Meticilina e as cefalosporinas.

O medicamento pode ser usado para tratamento das seguintes condições médicas:

  • endocardite
  • septicemia
  • infecções osteoarticulares
  • infecções do trato respiratório inferior
  • infecções de pele e de tecidos moles
  • infecções urinárias
  • peritonite associada à diálise peritoneal crônica ambulatorial

A Teicoplanina também pode ser usada para o tratamento de infecções em pacientes alérgicos às penicilinas e cefalosporinas, podendo ser usado por via oral no tratamento de diarreia associada ao uso de antibiótico, incluindo colite pseudomembranosa.

O princípio ativo ainda é indicado para prevenção em pacientes em que a infecção por microrganismos gram-positivos pode se tornar perigosa, como, por exemplo, em pacientes que precisam de cirurgia dentária ou ortopédica.

Conheça a estrutura química da Teicoplanina:

estrutura-quimica-teicoplanina

Composição da Teicoplanina (Targocid)

A Teicoplanina, tanto com a marca comercial Targocid quanto no genérico Koplan, é encontrada em frasco-ampolas contendo 200 ou 400 mg do princípio ativo.

Cada ampola de solução diluente contém 3 ml de água para injeção. Os excipientes presentes no medicamento são o cloreto de sódio e hidróxido de sódio.

O uso de Teicoplanina exige alguns cuidados, uma vez que foram relatados casos de administração de doses excessivas em paciente pediátricos. Em um relato de superdose, um recém-nascido de um mês apresentou agitação após a administração de 400 mg.

Quais as doses disponíveis para a Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina é apresentado em pó liófilo com 1 frasco-ampola acompanhado de uma ampola para diluente, tanto na dose de 200 quanto na dose de 400 mg. O uso do medicamento é intravenoso ou intramuscular, devendo ser respeitadas as prescrições para uso adulto e pediátrico.

O pó liofilizado apresenta o aspecto de massa esponjosa homogênea de cor marfim. Depois da reconstituição, forma solução límpida de cor amarela a amarelo escuro. Antes de usar é preciso observar o aspecto do medicamento.

Como funciona a Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina é um antibiótico glicopeptídeo, agindo na biossíntese da parede celular das bactérias e apresentando ação contra as bactérias gram-positivas aeróbias, ou seja, aquelas que precisam de oxigênio para sobreviver no organismo, e de bactérias anaeróbias, que podem sobreviver sem oxigênio.

O tempo médio de início da ação da Teicoplanina está entre 48 e 72 horas. A maior parte dos pacientes com infecções provocadas por microrganismos sensíveis ao princípio ativo apresentou resposta terapêutica dentro do tempo informado.

Eficácia e segurança da Teicoplanina (Targocid) de acordo com estudos clínicos

Os estudos demonstraram que o Teicoplanina é eficaz no tratamento de endocardite provocada por organismos gram-positivos.

A Teicoplanina mostrou-se tão eficaz quanto outros agentes no tratamento de diarreia associada ao Clostridum difficile. A taxa de recidiva no grupo que recebeu Teicoplanina foi baixa. No estudo, 119 pacientes foram randomizados para receber ácido fusídico, Metronidazol, Teicoplanina ou Vancomicina para esse tratamento.

A dose de Teicoplanina foi de 400 mg, duas vezes ao dia, durante 10 dias, com uma taxa de cura de 96%, enquanto os outros medicamentos apresentaram taxas entre 92 e 94%.

Outro estudo demonstrou uma redução no número de infecções no local de inserção e de septicemia gram-positiva relacionada a cateteres com o uso de Teicoplanina em comparação a outras substâncias em um estudo randomizado com 88 pacientes com cateteres Hickman.

A Teicoplanina fornece uma alternativa à Vancomicina em infecções de cateter em pacientes com doenças hematológicas. A resposta aos estudos foi de 80% para Teicoplanina e 69% para Vancomicina.

Em um estudo clínico aberto, a Teicoplanina foi eficaz no tratamento de 18 pacientes com infecções gram-positivos. Os pacientes receberam uma dose de ataque intravenosa de 400 mg e doses via intravenosa ou intramuscular de manutenção de 200 mg e 400 mg, uma vez por dia, por uma média de 17 dias.

Os pacientes apresentavam condições como osteomielite, infecções relacionadas à prótese, endocardite, infecções da pele e do tecido conjuntivo e infecção do trato urinário.

No estudo mencionado, foi relatada uma taxa de cura de 83% com Teicoplanina em pacientes que apresentavam Staphylococcus aureus, resistente à Meticilina.

Como usar a Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina deve ser, preferencialmente, aplicada por um profissional de saúde, como médico ou enfermeiro. As soluções reconstituídas podem ser injetadas diretamente ou diluídas com as seguintes substâncias: cloreto de sódio para injeção a 0,9%, Ringer, Ringer Lactato, dextrose 5%, glicose 10% e glicose a 1,36% ou a 3,86% para dose peritoneal.

Recomenda-se que as soluções sejam administradas imediatamente após o preparo. As soluções de Teicoplanina e aminoglicosídeos são incompatíveis quando misturadas diretamente e não devem ser misturadas antes da injeção.

A dose diária, geralmente é única. No entanto, para infecções graves, recomenda-se uma dose de ataque a intervalos de 12 horas para as 3 primeiras doses, podendo-se estender por até 4 dias, com 8 doses iniciais, dependendo da gravidade da infecção.

Em endocardite e osteomielite, recomenda-se tratamento por 3 semanas ou mais. Somente o método de administração infusão IV pode ser usado em recém-nascidos.

Para adultos, em infecções por gram-positivos em geral, o regime inicial é de 3 doses de 400 mg a cada 12 horas, seguida de uma dose de manutenção de 400 mg uma vez ao dia.

Em casos de septicemia, infecções ósteoarticulares, endocardites, pneumonias graves e outras infecções graves causadas por organismos gram-positivos em geral, a dose inicial é de 400 mg a cada 12 horas para as 3 primeiras doses, podendo se estender por até 4 dias, dependendo da infecção, seguida de uma dose de manutenção de 400 mg uma vez ao dia.

A dose padrão de 400 mg corresponde a aproximadamente 6 mg por quilo de peso. Em pacientes com mais de 85 kg, deve-se utilizar a dose informada. Podem ser necessárias doses maiores em algumas situações clínicas.

Para idosos, a dose pode ser igual à dose de adulto, se a função renal estiver saudável.

Em crianças acima de 2 meses de idade até 16 anos, a dose recomendada é de 10 mg por quilo por via intravenosa a cada 12 horas para as 3 primeiras doses, com doses diárias subsequentes de 6 mg por quilo em injeção única intravenosa ou intramuscular. Em crianças mais suscetíveis a infecções, a dose de manutenção também deve ser de 10 mg por quilo de peso.

Em recém-nascidos menores de 2 meses, recomenda-se administrar dose única de ataque de 16 mg por quilo por via intravenosa no primeiro dia, com doses diárias de manutenção de 8 mg por quilo. A administração por infusão intravenosa deve ser por 30 minutos.

Quais são os efeitos colaterais da Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina, geralmente, é bem tolerada. Os efeitos colaterais conhecidos raramente exigem interrupção do tratamento e, de forma geral, são de caráter leve e transitório. Efeitos colaterais graves são raros.

Nos estudos clínicos, foram observados os seguintes efeitos colaterais:

Efeitos colaterais da Teicoplanina (Targocid)

Distúrbios gerais e alterações no local de administração:

  • eritema (vermelhidão)
  • dor local
  • tromboflebite (inflamação de uma veia associada à formação de coágulo)
  • abscesso no local da injeção intramuscular

Distúrbios do sistema imunológico:

  • hipersensibilidade
  • erupção cutânea
  • prurido
  • febre
  • rigidez
  • broncoespasmo
  • reações anafiláticas
  • choque anafilático
  • urticária
  • angioedema
  • síndrome DRESS
  • raros casos de dermatite esfoliativa

Distúrbios gastrintestinais:

  • náuseas
  • vômitos
  • diarreia

Distúrbios sanguíneos e do sistema linfático:

  • eosinofilia
  • leucopenia
  • neutropenia
  • trombocitopenia
  • casos raros de agrunolocitose

Distúrbios hepáticos:

  • Aumento das transaminases séricas ou fosfotase alcalina sérica

Distúrbios renais:

  • elevação da creatinina sérica
  • insuficiência renal

Distúrbios do sistema nervoso:

  • tontura
  • cefaleia
  • convulsões

Distúrbios do ouvido e do labirinto:

  • perda de audição
  • tinido
  • distúrbios vestibulares

Foram também relatadas reações relacionadas às infusões, chamada de "Síndrome do homem vermelho”. Estes eventos ocorreram sem histórico prévio de exposição à Teicoplanina e não voltaram a ocorrer na reexposição com a velocidade da infusão mais lenta ou a diminuição da concentração. Estes eventos não foram específicos para qualquer concentração ou velocidade de infusão.

Quais são as precauções, interações e contraindicações da Teicoplanina (Targocid)?

A Teicoplanina é contraindicada para pacientes com histórico de hipersensibilidade ao princípio ativo.

Reações de hipersensibilidade severa com risco de vida, por vezes fatais, foram relatadas ao uso do medicamento, como, por exemplo, choque anafilático. Caso ocorra uma reação alérgica ao medicamento, o tratamento deve ser interrompido imediatamente e medidas de emergência adequadas devem ser iniciadas.

Deve ser administrado com cuidado em pacientes com histórico de hipersensibilidade à Vancomicina, uma vez que podem ocorrer reações de hipersensibilidade cruzada, incluindo choque anafilático fatal. Entretanto, um antecedente de síndrome do homem vermelho atribuído à Vancomicina, não se constitui em uma contraindicação para o uso de Teicoplanina.

As reações relacionadas com a infusão síndrome do homem vermelho, que é um complexo de sintomas que incluem prurido, urticária, eritema, edema angioneurótico, taquicardia, hipotensão e dispneia, raramente foi observado, mesmo na primeira dose.

A parada ou infusão mais lenta podem resultar na interrupção dessas reações.

Reações relacionadas com a infusão podem ser limitadas se a dose diária não for data através de bolus, mas infundida durante um período de 30 minutos.

Reações bolhosas severas, síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica, caracterizado por erupção generalizada com bolhas rasas extensas e áreas de necrólise epidérmica, à semelhança de queimaduras, resultante principalmente de uma reação tóxica a vários medicamentos, têm sido relatadas com o uso de Teicoplanina.

Caso os sintomas ou sinais de erupção cutânea progressiva estiverem presentes, o tratamento com Teicoplanina deve ser interrompido imediatamente.

Foram relatados casos de toxicidade hematológica, auditiva, hepática e renal com o uso de Teicoplanina. Dessa forma, recomenda-se monitorar as funções auditiva, hematológica, hepática e real, principalmente em pacientes com insuficiência renal, em pacientes sob tratamento mais prolongado e pacientes que precisam de uso concomitante de medicamentos que possam apresentar efeitos tóxicos para o sistema auditivo e tóxicos para o sistema renal.

Da mesma maneira que com outros antibióticos, o uso de Teicoplanina, principalmente em tratamentos prolongados, pode resultar em supercrescimento de microrganismos resistentes.

É necessário a avaliação repetida da condição do paciente. Caso ocorra superinfecção durante a terapia, devem ser tomadas medidas apropriadas.

A trombocitopenia, ou redução do número de plaquetas sanguíneas, foi relatada com o uso de Teicoplanina. Exames sanguíneos periódicos são recomendados durante o tratamento, incluindo hemograma completo.

A eficácia e segurança da administração de Teicoplanina por vias intratecal e intralombar ou ainda intraventricular, não foram estudadas em estudos clínicos controlados. No entanto, foi relatado caso de toxicidade, incluindo convulsões, com o uso intraventricular de Teicoplanina.

Dessa maneira, por segurança e para garantir a eficácia do medicamento, a administração deve ser somente por via intravenosa ou intramuscular.

A Teicoplanina pode provocar efeitos colaterais como dor de cabeça e tonturas. A habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas pode ser afetada. Pacientes que apresentarem esses efeitos colaterais não devem dirigir ou operar máquinas.

Embora os estudos de reprodução animal não tenham revelado evidência de alteração da fertilidade ou efeitos teratogênicos, a Teicoplanina não deve ser utilizado durante a gravidez confirmada ou suposta, ou mesmo durante a lactação, a menos que, a critério médico, os potenciais benefícios superem os possíveis riscos.

Interações medicamentosas

Os estudos em animais não evidenciaram interação medicamentosa da Teicoplanina com Diazepam, Tiopental, morfina, bloqueadores neuromusculares ou Halotano.

Em razão do potencial de aumento de efeitos colaterais, a Teicoplanina deve ser administrado com cautela em pacientes sob tratamento concomitante com medicamentos tóxicos para o sistema renal ou para o sistema auditivo, como aminoglicosídeos, anfotericina B, Ciclosporina, Furosemida e ácido etacrínico.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nomes Comerciais: Bactomax; Koplan; Targocid; Teiconin; Teicoston; Teiplan; Toplanina.
Princípio ativo: Teicoplanina
Fabricantes: vários
Descrição: O medicamento Teicoplanina (Targocid) está indicado no tratamento de infecções causadas por bactérias gram-positivas sensíveis, incluindo aquelas resistentes a outros antibióticos tais como meticilina e as cefalosporinas: endocardite (inflamação da camada mais interna do coração - endocárdio), septicemia (infecção geral grave), infecções osteoarticulares (infecção nos ossos e articulações), infecções do trato respiratório inferior (traqueia, pulmões, brônquios, bronquíolos e alvéolos pulmonares), infecções de pele e tecidos moles (músculos e gorduras) infecções urinárias (de urina) e peritonite (inflamação do peritônio) associada à diálise peritoneal (processo de filtração do sangue através do peritônio) crônica ambulatorial. Também está indicado no tratamento de infecções em pacientes alérgicos às penicilinas ou cefalosporinas. O medicamento Teicoplanina (Targocid) pode ser usado por via oral no tratamento de diarreia associada ao uso de antibiótico, incluindo colite pseudomembranosa (infecção intestinal causada por uma bactéria (Clostridium difficile). Tar pode ser utilizado para profilaxia (prevenção) em pacientes nos quais a infecção por microrganismos gram-positivos pode ser perigosa (por exemplo, em pacientes que necessitam de cirurgia dental ou ortopédica).
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica 
Administração: Uso Intravenoso ou Intramuscular
Apresentação: Pó liófilo em embalagem com 1 frasco-ampola acompanhado de 1 ampola de diluente
Doses: 200mg ou 400mg
Aplicação: Uso Adulto e Pediátrico
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Antibiótico
Com álcool: Não recomendado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Teicoplanina (Targocid)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Teicoplanina (Targocid)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?