Blog da euroClinix sobre sáude    Todos empenhados pela sua sáude

Alergias alimentares: Quais as mais comuns?

Postado a: Saúde Geral 21 Aug, 2015

As alergias são reações erróneas do sistema imunitário contra substâncias geralmente inócuas para o ser humano. Embora cada pessoa possua um conjunto de alergias muito particular, ou até mesmo nenhuma, há substâncias que constituem determinados alimentos cujo potencial alérgico é maior para o ser humano.

São conhecidos 8 alérgenos responsáveis por 90% de todas as alergias reportadas às autoridades de saúde. Por isso, a possível presença de vestígios destas substâncias em alimentos processados, ainda que não façam parte da sua composição e sejam meros contaminantes, deve sempre ser mencionada no rótulo. Isto acontece porque é frequente que na mesma fábrica sejam utilizadas as mesmas máquinas e contentores para processar vários alimentos.

Amendoim

Crescem debaixo da terra, e embora sejam consumidos da mesma forma que os frutos secos pertencem à família das leguminosas.

Frutos secos (de casca rija)

A alergia a estes alimentos tende a ser vitalícia e parece afetar mais do que uma pessoa na mesma família.

Fazem parte desta categoria alimentos como:

  • Noz
  • Amêndoa
  • Avelã
  • Pistácio
  • Castanha do Brasil
  • Caju
  • Noz de macadâmia

Alguém que seja alérgico a um destes frutos tem maior probabilidade de manifestar alergia em relação a outros, e por isso deve evitar todos os alimentos desta classe.

Leite

É a alergia mais comum em crianças, e por norma diagnostica-se logo no primeiro ano de vida. A maioria dessas crianças mantém-se alérgica para toda a vida.

Consiste numa reação imunitária contra uma proteína específica que está presente no leite, e não deve ser confundida com a intolerância à lactose, não alérgica, que se deve à incapacidade do organismo digerir este açúcar.

Devem ser evitados alimentos que contenham leite ou soro de leite na sua composição.

Ovo

Segue-se ao leite como uma das alergias mais comuns em crianças, e deve-se ao reconhecimento de proteínas pelo sistema imunitário, que estão presentes na clara do ovo. Ainda assim, e como é difícil separá-la da gema, os portadores desta alergia devem evitar todos os alimentos que contenham ovo.

Algumas vacinas, como a da gripe, são desenvolvidas com recurso a ovos e por isso no caso de alergia severa não devem ser tomadas por estes doentes.

Trigo

A alergia ao trigo manifesta-se em crianças e afeta significativamente a alimentação, uma vez que este cereal está presente em praticamente todo o pão, pastelaria e massas. Neste caso, o doente deve substituir o trigo por centeio, aveia, quinoa, tapioca milho ou arroz.

É de notar que a alergia ao trigo é diferente da doença celíaca. Esta última é causada por uma reação anormal ao glúten, proteína presente no trigo, e provoca uma sintomatologia diferente, caracterizada por malnutrição e dano intestinal. Os doentes celíacos devem também evitar o centeio e aveia, já que estes cereais contêm proteínas semelhantes ao glúten.

Soja

Pertence à família das leguminosas, tal como o amendoim, os feijões e as lentilhas. No entanto, a alergia à soja não aumenta a probabilidade de ser alérgico a outros alimentos dessa família.

Pode ser encontrada em diversos alimentos processados, e por isso todos os rótulos devem ser cuidadosamente analisados.

Peixe

Peixes como o salmão e o atum são os mais associados a alergia, que frequentemente se manifesta relativamente a mais do que um peixe.

Também podem ser problemáticos o bacalhau, o peixe-gato, a perca e a truta.

Marisco

É uma alergia vitalícia, que muitas vezes se manifesta apenas na idade adulta. Embora ambos possam ser encontrados no mar, a alergia ao marisco não deve ser confundida com a alergia ao peixe, e raramente estas se sobrepõem.

São frequentemente alérgenos os seguintes alimentos:

  • Camarão
  • Caranguejo
  • Lagosta
  • Lagostim
  • Ostra
  • Amêijoa
Insira o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Continue lendo
Descubra as categorias do Blog euroClinix
Discover more
Com a pandemia de gripe H1N1 no Brasil, afetando em maior proporção o... Continue lendo
O Brasil tem visto um salto repentino nos casos do vírus H1N1, popularmente... Continue lendo
Tamiflu, medicamento que combate o vírus influenza, também conhecido como... Continue lendo