Blog da euroClinix sobre sáude    Todos empenhados pela sua sáude

Medicamentos ou Produtos Naturais?

Postado a: Saúde Geral 11 Feb, 2015

Cada vez mais as pessoas optam pelo o uso de suplementos ou produtos naturais para o tratamento de condições como a impotência e a obesidade, antes de procurarem ajuda médica. O facto de este tipo de produtos ser de fácil acesso e prometer resultados milagrosos e imediatos faz com que sejam na maioria das vezes a primeira escolha. Porém, é importante avaliar cada caso em particular, nomeadamente a composição de cada produto, no sentido de perceber se este poderá ter um impacto negativo na saúde dos seus utilizadores.

Antes de tomar qualquer suplemento ou produto natural, deve consultar o seu médico para que este possa garantir que o pode tomar em segurança. Muitos dos suplementos ou produtos ditos naturais contêm substâncias activas não permitidas para comercialização, constituindo um risco para a saúde pública.

Recentemente, o Infarmed e a ASAE em Portugal retiraram 27 suplementos do mercado, 5 para emagrecer e 22 para aumentar o desempenho sexual, muitos com a designação natural, o que revela que muitos destes suplementos ou produtos tem na sua composição substâncias perigosas e cujos efeitos não foram clinicamente comprovados. Os suplementos retirados do mercado pelo Infarmed incluem Furunbao, Puragra, Tauron, Maxium, Protezon, Desire, Man Power, entre outros.

Pelo contrário, todos os medicamento aprovados para comercialização, foram submetidos aos mais variados estudos clínicos que permitiram a sua classificação como seguros, estando os seus possíveis efeitos secundários descritos na bula do medicamento.

O que fazer se procura um tratamento natural?

Se o tratamento com medicamentos não é uma opção para si e procura uma alternativa mais natural, não precisa de colocar a sua saúde em risco. Condições como a obesidade e a impotência estão fortemente ligadas ao estilo de vida, pelo que alterações na alimentação, a adopção de uma rotina de exercício físico e a cessação de alguns hábitos como fumar ou beber álcool, podem ter resultados muito superiores aos suplementos disponíveis no mercado, para além de promoverem uma melhoria da saúde em geral, sem riscos associados.

O médico grego Athanasios Angelis citou recentemente os benefícios de uma dieta grega rica em peixe, saladas e azeite, ao nível da disfunção eréctil, afirmando que esta dieta pode ser o suficiente para que mais sangue consiga atingir o pénis e promover uma erecção.

Insira o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Continue lendo
Descubra as categorias do Blog euroClinix
Discover more
Com a pandemia de gripe H1N1 no Brasil, afetando em maior proporção o... Continue lendo
O Brasil tem visto um salto repentino nos casos do vírus H1N1, popularmente... Continue lendo
Tamiflu, medicamento que combate o vírus influenza, também conhecido como... Continue lendo