Blog da euroClinix sobre sáude    Todos empenhados pela sua sáude

Quer uma boa noite de sono? Deixe de fumar!

Postado a: Saúde Geral 08 Jan, 2014

Se as consequências de fumar como o cancro, a doença cardiovascular, o mau hálito entre outras, não são suficientes para que abandone o vício do tabaco, será que a qualidade do seu sono tem um peso maior?

Um novo estudo publicado no início deste ano vem comprovar as alterações no padrão de sono motivadas pelo fumo. Fumar é assim responsável por modificações no ritmo circadiano tanto no cérebro, como nos pulmões, o que leva consequentemente à degradação do sono produtivo, à queda das funções cognitivas, a alterações de humor e à depressão e ansiedade.

O tabaco afecta o relógio biológico ao produzir uma inflamação paralela e ao deprimir os níveis de actividade locomotora do cérebro. O fumo a curto ou a longo prazo diminui a presença da molécula SIRTUIN1, que por sua vez reduz as concentrações de BMAL1, uma proteína responsável pela regulação horária biológica no tecido do cérebro e dos pulmões.

O que são as alterações do sono?

Apesar de as alterações no padrão de sono poderem ser motivadas pelo fumo do tabaco, este não é a única causa, devendo também ser tidos em conta outros factores externos, como por exemplo o stress. Os problemas em dormir não afectam apenas o seu sono, podendo ter um impacto negativo na energia, equilíbrio emocional e na saúde em geral. Porém, estes apenas se tornam graves quando acontecem frequentemente. É normal sofrer alterações no padrão de sono, desde que estas apenas aconteçam esporadicamente e não tenham um impacto na sua qualidade de vida.

Sinais e sintomas

Os sinais de que não está a descansar o suficiente durante a noite, manifestam-se frequentemente durante o dia, como a irritabilidade, as dificuldades de concentração, a reacção lenta e a dificuldade em controlar as suas emoções. A maioria dos pacientes com este tipo de alteração sofre também de cansaço constante e sonolência durante o dia.

Solução

Se fuma e sofre de outros factores que possam motivar alterações do sono como o stress e a ansiedade, é provável que estes problemas venham a fazer parte da sua vida, caso ainda não estejam presentes.

Saiba que deixar de fumar é uma opção, bem como tentar reduzir os níveis de stress e ansiedade. Pratique desporto diariamente e coma de forma saudável para que o stress deixe de ter um impacto na sua qualidade de vida. Se mesmo assim não notar melhorias na qualidade do seu sono, consulte um médico de forma a avaliar a necessidade de tomar medicamentos de venda livre ou prescrição que tenham um efeito calmante e lhe permitam recuperar o seu sono durante a noite.

Insira o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Continue lendo
Descubra as categorias do Blog euroClinix
Discover more
Com a pandemia de gripe H1N1 no Brasil, afetando em maior proporção o... Continue lendo
O Brasil tem visto um salto repentino nos casos do vírus H1N1, popularmente... Continue lendo
Tamiflu, medicamento que combate o vírus influenza, também conhecido como... Continue lendo