Blog da euroClinix sobre sáude    Todos empenhados pela sua sáude

Saiba como lidar com a disfunção eréctil do seu parceiro

Postado a: Saúde Masculina 15 May, 2014

Ter um parceiro com disfunção eréctil pode ser uma realidade difícil de encarar, porém, este problema afecta milhões de casais em todo o mundo e o caso do seu parceiro não é uma excepção. Apesar de esta condição ser mais prevalente nos homens a partir dos 40 anos, pode também ocorrer em homens mais jovens, pelo que saber lidar com este problema é o primeiro passo para a sua resolução e recuperar a intimidade entre o casal.

Falar abertamente sobre a disfunção eréctil

A disfunção eréctil tem um forte impacto emocional e apesar de para algumas mulheres se tornar pessoal, este não é o caminho a seguir. Não se deve culpar pelos problemas de erecção do seu parceiro, o importante é tentar descobrir as causas por trás desta condição e tentar combatê-las o mais eficazmente possível.

A maioria dos homens não se sente à vontade em discutir os seus problemas de erecção com um médico e por vezes, nem com a sua parceira. Se for o caso e notar este desconforto no seu parceiro, não espere que ele venha ter consigo, aborde-o da melhor forma para que juntos possam tratar a disfunção eréctil.

Conhecer as causas mais frequentes desta condição é assim fundamental para compreender a disfunção eréctil e reduzir o seu impacto na sexualidade do casal. A disfunção eréctil pode ser motivada por causas físicas, psicológicas ou uma combinação das duas. Apesar de muitas mulheres se culparem pela disfunção eréctil dos seus parceiros, considerando motivos como a falta de atracção por parte do parceiro ou o aborrecimento com a relação, estas causas tendem a ser raras quando comparadas com factores mais prováveis.

Em homens mais jovens, a disfunção eréctil tende a relacionar-se com problemas psicológicos, como por exemplo, stress, depressão e ansiedade relativamente ao desempenho sexual. Nos homens mais velhos, os problemas nos vasos sanguíneos são a principal causa de disfunção eréctil, tendo doenças como a hipertensão, o colesterol elevado e a diabetes, um grande impacto não só nos vasos sanguíneos de todo o organismo, como nos vasos sanguíneos do pénis, impedindo que sangue suficiente alcance este órgão para permitir a erecção.

Procurar ajuda médica

Mesmo com uma ideia das causas que possam levar aos problemas de erecção, apenas um médico poderá diagnosticar a disfunção eréctil adequadamente. Este passo é frequentemente evitado pelos homens com este problema, mas é fundamental para o seu tratamento. Tome a iniciativa e marque uma consulta para o seu parceiro, faça-o sentir à vontade sobre este problema e sobre a consulta com um médico. Muitos homens gostam de se sentir acompanhados pela parceira durante esta etapa, enquanto outros preferem consultar um médico sozinhos. Questione a opinião do seu parceiro e forneça o apoio que lhe seja mais conveniente.

Quando a disfunção eréctil se prolonga durante algum tempo, o seu impacto na confiança, quer do homem, quer da mulher é ainda maior. Procurar ajuda o mais cedo possível é importante para que o casal não perca intimidade e prossiga com uma relação saudável.

Insira o seu comentário
  • O seu nome:*
  • O seu email:
  • O seu comentário:*
Continue lendo
Descubra as categorias do Blog euroClinix
Discover more
Com a pandemia de gripe H1N1 no Brasil, afetando em maior proporção o... Continue lendo
O Brasil tem visto um salto repentino nos casos do vírus H1N1, popularmente... Continue lendo
Tamiflu, medicamento que combate o vírus influenza, também conhecido como... Continue lendo