Telefone Falar no Chat
Equipe de suporte ao paciente disponível: seg-sex 8:00-17:00
  • Serviço privado e confidencial
  • Medicamentos Originais
  • Serviço incluído no preço e parcelamento
  • Entrega gratuita
Início / Refluxo ou Azia

Refluxo ou Azia

Entenda as diferenças e causas, saiba como tratar com medicamentos

É normal que o estômago produza ácido, para ajudar na digestão. Os problemas costumam aparecer quando há uma produção excessiva de ácido, que pode ir direto para o esôfago e causar sérios problemas de saúde. Azia e regurgitação ácida são os típicos sintomas associados a essa doença. Para muitos pacientes, podem afetar gravemente a qualidade de vida. No período noturno a azia pode causar dificuldades para dormir e prejudicar o trabalho no dia seguinte. Nunca ignore os sinais de problemas estomacais, o refluxo prolongado pode provocar esofagite, uma inflamação do seu esófago e eventualmente úlceras dolorosas no estômago.

O refluxo tem cura? O tratamento envolve modificações do estilo de vida, e supressão da produção ácida com administração de medicamentos que diminuem a produção de ácido pelo estômago. Os medicamentos incluem Omeprazol, Pantoprazol, Lansoprazol, Rabeprazol, e Nexium (Esomeprazol), eles são inibidores da bomba de prótons (IBPs). Se você já foi diagnosticado, pode pedir esses tratamentos pela internet, sem apresentar receita médica no nosso site.

Saiba mais abaixo sobre quais as causas e os sintomas do refluxo, como esses medicamentos atuam e porque o refluxo precisa ser bem controlado com inibidores da bomba de prótons.

Conteúdo revisado em 17-03-21
Dr. Mahesh Chhaya Médico prescritor MBBS (Reg. GMC: 7278585)

Tratamentos Disponíveis

Pantoprazol 5(6 Opiniões)
  • Previne Refluxo e Azia
  • Protege contra o ácido do estômago
  • Ação rápida
Mais Informação
Preços a partir de R$299.99
Nexium (esomeprazol)
  • Trata azia e refluxo
  • Efeitos ocorrem em 1 hora e duram 24
  • Reduz a produção de ácido no seu estômago
Mais Informação
Preços a partir de R$549.99
Rabeprazol
  • Tratamento eficaz para refluxo
  • Inibidor da produção de ácido
  • Cicatrização de úlceras e melhora da dor
Mais Informação
Preços a partir de R$299.99
Omeprazol
  • Remédio para gastrite e refluxo
  • Reduz a quantidade de ácido no estômago
  • Cápsula fácil de tomar
Mais Informação
Preços a partir de R$279.99
Lansoprazol
  • Alivia azia e refluxo ácido
  • Ajuda a reverter os danos causados pelo ácido no estômago
  • Previne dor e desconforto
Mais Informação
Preços a partir de R$279.99

O que é refluxo gastroesofágico

Popularmente conhecida como azia, é uma doença crônica que se desenvolve quando o refluxo do conteúdo do estômago causa sintomas mais incômodos e / ou complicações. O retorno involuntário e repetitivo do conteúdo do estômago para o esôfago, causa dor e inflamação. O diagnóstico do refluxo em adulto é clínico, por endoscopia, com ou sem pHmetria.

O que causa refluxo gastroesofágico

Os alimentos mastigados na boca passam pela faringe, pelo esôfago (um tubo que desce pelo tórax na frente da coluna vertebral) e caem no estômago. Entre o esôfago e o estômago existe uma válvula (esfíncter). Esse mecanismo entre o esôfago e o estômago permanece fechado e abre-se apenas para receber os alimentos, funcionando também como uma válvula para impedir o retorno dos alimentos. Quando esta válvula não se fecha adequadamente, pode ocorrer o retorno do conteúdo gástrico (a saída de fluidos estomacais e restos de alimentos) de volta para o esôfago, o que caracteriza o RGE (refluxo gastroesofágico).

Outros fatores que podem contribuir para o refluxo incluem ganho de peso, uma bactéria chamada de Helicobacter pylori, alimentos que causam refluxo (como os gordurosos), bebidas gasosas, tabaco e determinados fármacos. Uso de anti-inflamatórios ou fármacos que diminuem a pressão do EEI incluem anticolinérgicos, anti-histamínicos, antidepressivos tricíclicos, bloqueadores do canal de cálcio, progesterona e nitratos. Refeições volumosas antes de deitar (deve aguardar 3 horas após as refeições antes de se deitar); Aumento da pressão intra-abdominal, estresse (sintomas refluxo emocional), alimentos ácidos e a Ingestão de alimentos como café, chá preto, chá mate, chocolate, molho de tomate, comidas ácidas, bebidas alcoólicas e gasosas.

Refluxo gastroesofágico sintomas

A RGE é tratada por médicos há diversos anos, tendo como principais sintomas a dispepsia (azia, dor de estômago, má digestão). Pacientes com RGE apresentam dispepsia e esofagites como sintomas de refluxo principais, mas outros incluem:

  • Pirose (queimação)
  • Azia
  • Regurgitação
  • Eructação (arrotos)
  • Soluços
  • Língua saburrosa
  • Tosse de refluxo
  • Às vezes o paciente também é portador de hérnia de hiato

Dor no peito Refluxo

A dor provocada pela azia e os sintomas de refluxo gastroesofágico podem confundir-se com a dor da angina. Sintomas do refluxo como a azia ou queimação que se originam na boca do estômago, mas pode atingir a garganta, provoca dor torácica intensa, que pode ser confundida com a dor da angina e do infarto do miocárdio acompanhada de tosse seca. No entanto, difere-se desta por não estar relacionada a esforços físicos e normalmente piora quando a pessoa se deita.

Se esses sintomas vierem acompanhados de náusea, tontura ou falta de ar, ou ainda a dor no peito irradiar-se para o braço ou mandíbula, procure assistência médica imediatamente, pois esses sintomas podem indicar um ataque cardíaco.

O que é refluxo gástrico? Existem três variantes da doença: O refluxo gastroesofágico (RGE) com ou sem esofatige (inflamação do esôfago), o refluxo laringofaríngeo (RLF) e a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Saiba mais sobre eles abaixo.

Tipos de refluxo

Esofagite de refluxo: ou refluxo gástrico, é uma inflamação do seu esófago (o “tubo” que liga a garganta ao estômago) acompanhada de regurgitação ácida do estômago. Os sintomas mais comuns são dificuldade para engolir, dor no peito, náuseas, vômito, dor abdominal, tosse e perda de apetite.

Refluxo gastroesofágico sem esofagite: doença causada pela volta do conteúdo do estômago para o esôfago sem causar lesão no esôfago.

Refluxo laringofaríngeo: Popularmente chamado de “refluxo na garganta”. Durante os episódios de refluxo, a secreção ácida pode subir e atravessar todo o esôfago, chegando à garganta, causando lesões e sintomas. Quando isso ocorre é denominado Refluxo Laringofaríngeo (RLF). O paciente com RLF geralmente não apresenta azia e/ou regurgitação.

Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE): A DRGE é diagnosticada quando a azia ocorre em dois ou mais dias por semana, embora sintomas menos frequentes não impeçam o diagnóstico da doença. Rouquidão, pigarro, dor no peito podem ser sintomas da Doença. Além disso, a doença do refluxo causa tosse crônica.

  • Azia e/ou regurgitação em dois ou mais dias por semana;
  • Boa resposta ao tratamento medicamentoso;
  • Pode evoluir para esofagite erosiva, estreitamentos e esôfago de Barrett se não tratada.

Consequências do Refluxo

O que é gastrite? A gastrite é uma inflamação no revestimento interno do estômago, associada ao refluxo, a dor e a queimação são sintomas típicos da gastrite. Isso acontece porque o estômago perde a proteção das mucosas, causando sensação de queimação no estômago, azia e inchaço na região abdominal.

A úlcera é uma ferida na parte mais interna do estômago, ou da primeira porção do intestino, chamado duodeno. Suas principais causas são similares à gastrite e ao refluxo.

Como tratar o refluxo

Mudanças no estilo de vida

Perder peso, seguir uma dieta para refluxo e evitar alimentos e bebidas que agravam o quadro (como gordura e cafeína), fracionar a dieta e praticar exercícios físicos são estratégias de tratamento da doença e melhoram a qualidade de vida dos pacientes. Ao deitar, o paciente também pode elevar a cabeça cerca de 15 cm.

  • Obesidade: os episódios de refluxo tendem a diminuir quando a pessoa emagrece, podendo usar medicamentos para perda de peso como Contrave ou Xenical
  • Refluxo gastroesofágico dieta: Alimentos que devem ser evitados incluem laticínios, alho, cebola, pimenta e gengibre. Eles diminuem a pressão da válvula entre o esôfago e o estômago, favorecendo o refluxo.

Como tratar refluxo com medicamentos

Quando negligenciado e não tratado, pode resultar em outros problemas de saúde. Existem medicamentos que são ideais para tratar problemas relacionados à área do estômago, como úlceras, refluxo ácido, azia e outros problemas estomacais. O tratamento adequado deve prevenir o refluxo repetido do conteúdo gástrico para o esôfago ou reduzir o efeito prejudicial do ácido gástrico. Como nenhum agente farmacêutico pode corrigir totalmente a disfunção motora responsável pelo refluxo ácido para o esôfago, a supressão ácida continua sendo a forma mais eficaz de aliviar os sintomas e promover a cura da esofagite em pacientes. Os outros objetivos do tratamento são curar lesões da mucosa esofágica, se houver, e prevenir a recidiva da esofagite erosiva, na esperança de que isso reduza o desenvolvimento de outras complicações graves.

Crise de refluxo o que fazer

Uma série de opções de tratamento farmacológicos estão disponíveis para pacientes com DRGE. Os antiácidos comuns geralmente nãofornecem a supressão de ácido suficiente e alívio para pacientes. Por isso, a maioria dos médicos recomendam o tratamento com IBPs como terapia inicial para pacientes com sintomas que afetam sua qualidade de vida. Ao inibir as bombas de prótons, esses medicamentos moderam a quantidade de ácido produzida. Com menos ácido, você sofrerá menos sintomas como azia, e permitirá que o estômago e o intestino se recuperem e cicatrizem os danos e infecções, como úlceras. O tratamento para refluxo faringo laríngeo também consiste no controle do refluxo com uso de duas doses diárias de inibidor de bomba de prótons.

A cirurgia não é uma opção ideal para a maioria dos pacientes, e muitos pacientes continuarão a usar medicamentos redutores de ácido regularmente após serem submetidos à cirurgia. Para a maioria dos pacientes, é recomendada a terapia supressora de ácido com um medicamento IBP.

IBP ou inibidores da bomba de prótons são conhecidos por serem nossa defesa contra problemas estomacais como refluxo (RG), DRGE, azia e outros problemas gastrointestinais. São medicamentos que minimizam a presença de ácido gástrico nas paredes do estômago. Entre vários medicamentos IBP disponíveis, os mais populares e procurados são o Omeprazol, Pantoprazol, Lansoprazol, Rabeprazol, e Nexium (Esomeprazol). Existe experiência clínica sobre a eficácia e a segurança da terapia com esse tipo de medicamentos.

São medicamentos anti-secretores de ácido clorídrico, por isso estão indicados para úlcera péptica associada à bactéria H. pylori ou ao uso continuado de anti-inflamatório e ácido acetil salicílico, dispepsia não associada à úlcera, doença do refluxo gastro-esofágico (DGRE) e esofagite de refluxo, além de participarem de esquemas de erradicação da bactéria H. Pylori, que causa formação de úlceras.

Mesmo que alcançada a cicatrização, a maioria dos pacientes com esofagite erosiva necessitará de tratamento contínuo de longo prazo (manutenção), geralmente com uma dosagem mais baixa de sua terapia supressora de ácido inicial.

Como comprar online remédios para azia e refluxo

Compre online os melhores medicamentos IBP disponíveis para o tratamento do refluxo crônico, Omeprazol, Pantoprazol, Lansoprazol, Rabeprazol, e Nexium (Esomeprazol). Saiba se algum destes medicamentos pode ajudar a ultrapassar os sintomas das suas crises de refluxo ou azia ao preencher o nosso questionário médico. As suas respostas serão revistas por um médico registrado, que prescreverá uma receita para o tratamento. A receita será enviada à nossa farmácia, que irá enviar o medicamento para você no Brasil. Localizada na Inglaterra, a nossa farmácia apenas dispõe de produtos fornecidos por laboratórios certificados e renomados.

  • Selecione
    o Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    expressa grátis