Verrugas Genitais

Tratamento tópico eficaz para Verrugas Genitais

As verrugas genitais também conhecidas por condiloma acuminado, são uma das mais prevalentes doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) da Europa e do mundo. São causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV) e são muito contagiosas. Um surto de verrugas genitais é normalmente caracterizado pelo crescimento de pequenas protuberâncias na zona genital dos homens e das mulheres.

Apesar de benignas e indolores, as verrugas genitais podem causar um impacto na saúde, principalmente a nível psicológico. Esta condição pode causar sentimentos de vergonha e afetar a intimidade sexual. Como se trata de um problema constrangedor, a visita a um médico é evitável. Na euroClinix pode ter acesso a medicamentos eficazes para o tratamento de verrugas genitais (pomada Wartec e Aldara) sem ter de visitar um médico. Prencha um rápido e discreto questionário médico e receba o seu tratamento de forma rápida.

Saiba mais sobre Verrugas Genitais
Nossos Serviços
Encontre o seu tratamento
Sobre nós
Nossos Serviços
Seleccione Medicamento
Preencha o formulário
O médico emite a sua prescrição
Entrega em 24h
Sobre nós

euroClinix é uma empresa que presta cuidados de saúde a nível internacional, oferencendo serviços médicos diferenciados, em múltiplas línguas.

Nós já tratamos mais de

1117947 pacientes

Veja o que eles pensam sobre nós...

  • Prescrição OnlineNão desperdice o seu tempo na sala de espera do médico
  • Entrega grátis no dia seguinteFaça o seu pedido hoje e receba o medicamento amanhã
  • Discreto e confiávelSomente o seu médico tem acesso às suas informações
4.8/5 7,603 Comentários no

Aldara

4.6 / 5 (10 Opiniões)
  • Aplicação 3 vezes por semana
  • Tratamento máximo até 16 semanas
  • Creme em saquetas individuais
Mais informação sobre Aldara

Wartec

4.6 / 5 (20 Opiniões)
  • Espelho para aplicação prática incluído
  • Elimina as verrugas genitais em 3 dias
  • Consulta online e entrega incluídos no preço
Mais informação sobre Wartec

O que são Verrugas Genitais?

As verrugas genitais (condiloma acuminado) são um sintoma da presença de uma infecção por via do vírus do papiloma humano (HPV). A transmissão é feita maioritariamente por via sexual (sexo vaginal, anal e oral desprotegido), tornando-a numa das DSTs mais comuns a nível mundial.

As verrugas genitais são também conhecidas pelos outros nomes mais comuns como: condiloma, Cavalo, Cavalo de crista, Crista de galo, Figueira, Jacaré, Jacaré de crista ou couve-flor.

Este tipo de protuberâncias pode variar na coloração, geralmente de acordo com o tom de pele do indivíduo infectado e são especialmente comuns em pessoas entre os 17 e os 33 anos, apesar de poder afectar pessoas de todas as idades.

Se estiver infectado(a) tem uma probabilidade de 60% de infectar o(a) seu/sua parceiro(a) sexual, mesmo que o contato sexual tenha sido único. Por este motivo, deve seguir um tratamento para as verrugas genitais o mais cedo possível, depois da infecção, para reduzir este risco. Apesar de existirem medicamentos que possam ajudar a controlar e a eliminar o surto, não existe cura para as verrugas genitais. É importante perceber que o vírus HPV que causa os surtos é incurável tal como por exemplo o vírus do herpes. O que significa que o vírus estará presente para sempre no seu corpo e pode desencadear um novo surto.

Qual a causa das Verrugas Genitais?

As verrugas genitais são um sintoma consequente da presença de infecção pelo vírus HPV, sendo possível que a contaminação ocorra com uma única exposição, uma vez que o vírus é altamente contagioso.

Aproximadamente 90% das infecções por verrugas genitais são causadas pelas estipes HPV-6 e HPV-11. Estas estirpes do HPV são consideradas de baixo risco, o que significa que o seu potencial para causar cancro é baixo. Existem outras estirpes de HPV que podem levar ao cancro cervical, como o HPV-16, porém, estas não são as mesmas estirpes que causam as verrugas genitais.

A transmissão ocorre principalmente por contato sexual, devendo ser consideradas as vias genital-genital e oral-genital. É fundamental ter em atenção que o contágio não ocorre apenas em/por pessoas que apresentem sintomas. Porém, se os indícios da presença de infecção forem visíveis, nomeadamente através da existência de verrugas genitais, a probabilidade de transmissão aumenta consideravelmente.

Estrutura Verruga genital

A evolução, manifestação e tratamento do vírus é diferente para os dois sexos. Homens e mulheres são anatómica e hormonalmente diferentes e as mulheres acabam por possuir um ambiente mais propício à ocorrência de problemas mais graves, incluindo lesões que a longo prazo poderão derivar num tumor.

Como o vírus é transmitido principalmente através do contato com pele genital, o uso de preservativo é uma forma de proteção relativamente eficaz. No entanto, o preservativo não protege totalmente a infecção, uma vez pequenas regiões da área genital podem ficar expostas ao contato. Estima-se que esta barreira protetora consiga proteger em apenas 70-80% a transmissão do vírus. Em qualquer situação de suspeita de que o parceiro é portador do vírus, é altamente recomendada a procura de um profissional clínico que forneça as indicações necessárias de forma a minimizar o risco.

O HPV pode também ser transmitido durante o parto, embora este tipo de ocorrência seja raro. A contaminação através de objetos específicos, como toalhas, roupas íntima ou louças sanitárias também é possível, contudo bastante incomum.

O que causa um surto?

Tal como indicado, o vírus HPV não tem cura. Alguma literatura refere que o sistema imunitário ao fim de alguns anos pode acabar por o remover, mas é informação discutível e sem consenso.

O vírus HPV permanece adormecido no corpo por meses ou até anos e não pode ser completamente tratado. Apesar de se desconhecer o que desencadeia um surto, estudos clínicos demonstram que os principais factores incluem o consumo excessivo de álcool, fricção genital, fadiga e stress. Todos eles contribuem para um fator principal que é a diminuição da capacidade imunitária. A vacina do HPV ou até a aplicação de pomadas podem fortalecer o sistema imunitário e evitar novos surtos.

Quais os Sintomas de Verrugas Genitais?

A maioria das pessoas não consegue perceber imediatamente que estão infectadas com esta DST, uma vez que podem decorrer vários meses ou anos até o vírus causar um surto. É por isso importante ser testado(a) a doenças sexualmente transmissíveis se tiver sexo desprotegido.

Os primeiros sintomas das verrugas genitais são o crescimento de protuberâncias em torno dos seus genitais. As verrugas genitais nas mulheres aparecem em volta da vagina e dos lábios vaginais, bem como em toda a área genital, enquanto que nos homens aparecem frequentemente no pénis ou no prepúcio. Podem ter uma aparência pequena ou grande, são geralmente indolores e podem ter uma textura rugosa ou suave. Algumas pessoas relatam comichão, não estando esta sempre presente. É importante conhecer que por vezes as verrugas podem aparecer internamente, o que significa que não são visíveis na zona genital.

Resumo dos locais onde as verrrugas podem aparecer:

  • Lábios vaginais – é o mais comum sintoma feminino de verrugas genitais. Propícia a propagação à abertura vaginal, cervix e até o orifício da uretra.
  • Glande do Pénis – maioritariamente as verrugas genitais masculinas aparecem na glande mas em casos mais avançados podem espalhar-se por todo o membro.
  • Anûs – As verrugas anais são comuns em ambos os sexos. A zona quente e húmida torna-a uma das zonas mais afetadas.
  • Boca – até a boca pode ser afetada. Neste caso deixam de se chamar verrugas "genitais". São comuns em pessoas que sofrem de HIV ou outras doenças que enfraquecem o sistema imunitário.
  • Instestino – Verrugas internas que têm origiem através das verrugas anais e rectais. Este tipo de verrugas devem ser removidas por via cirúrgica.

Diagnóstico de Verrugas Genitais

Uma das formas mais óbvias de fazer o diagnóstico é através de auto-exame por observação direta quando existe aparecimento de verrugas genitais. No entanto, dependendo da localização da lesão, o auto-exame pode ser difícil e nem sempre é possível avaliar e identificar a presença deste sintoma.

Os sintomas de verrugas nos homens são mais comuns na glande, prepúcio e o meato uretral. Os sintomas de verrugas nas mulheres são mais comuns nos pequenos lábios, introito vaginal e o períneo. Em ambos os casos o anus e reto são também regiões propicias ao aparecimento das verrugas.

Em todos os casos, o mais indicado é que, em caso de suspeita de infeção por parceiro contaminado, deve ser procurada ajuda médica. Um profissional clínico poderá orientar de forma direta e prática a realização dos exames necessários, bem como o estudo de um tratamento orientado à infecção.

Em ambiente clínico, o diagnóstico pode ser feito por observação recorrendo à ajuda de colposcópio ou lupa, que possam ajudar a visualizar as lesões. Contudo, se não existirem sintomas visíveis, o diagnóstico só é possível através de exames laboratoriais específicos e direcionados, que incluem captura híbrida e PCR. A indicação para realização destes testes é restrita e só pode ser feita por um médico.

É fundamental que, em casos em que o diagnóstico é positivo, ocorra um acompanhamento psicológico direto. Existem sentimentos de angústia, depressão e ansiedade associados à identificação da doença que não devem ser desmerecidos. Um seguimento completo e que atenda não só ao tratamento físico, mas também ao bem-estar da saúde emocional permitirão que o paciente passe pelo diagnóstico e tratamento de uma forma mais saudável.

Tratamento de Verrugas Genitais

Existem várias abordagens no que diz respeito ao tratamento de verrugas genitais sendo que algumas acabam por ser parcialmente combinadas. Como as verrugas genitais tendem a re-aparecer após o tratamento (recidiva, recaída), um tratamento sintomático como a remoção cirúrgica das verrugas é muitas vezes combinado com um tratamento causal.

Remoção cirúrgica

Em casos de grande aglomerado de verrugas genitais, as mesmas podem ser removidas cirurgicamente através de uma pequena operação sob anestesia local. No entanto, a cirurgia é sempre acompanhada um risco de infecção latente e até possível formação de cicatrizes. Se as verrugas maiores estiverem presentes no ânus ou na vagina existe também a possibilidade de que os músculos ou nervos dessas áreas sejam afetados. No entanto, a remoção cirúrgica das verrugas genitais por um cirurgião experiente é muitas vezes a única forma de as remover rapidamente.

Tratamento a Laser

Várias clínicas e consultórios usam a terapia a laser para o tratamento de verrugas genitais. Funciona pois as verrugas são lentamente corroídas pela acção do calor. O tratamento a laser é geralmente menos invasivo, mais específico e causa menos cicatrizes comparativamente à remoção cirúrgica.

Cauterização e Crioterapia

Semelhante ao tratamento laser, as verrugas são eliminadas através do calor ou removidas por cauterização. O termo cauterização é derivado do instrumento cirúrgico cautério. É algo como que um bisturi com um laço de arame que é aquecida por energia eléctrica. Permite uma remoção precisa apenas da zona envolvida pelo cautério. A crioterapia (congelamento) com azoto líquido é também uma forma de tratar e/ou remover verrugas. As verrugas congeladas morrem e são depois rejeitadas pelo organismo, levando à restauração de uma pele saudável.

Tratamento com recurso a medicamentos

O tratamento de verrugas genitais pode ser alcançado com sucesso fazendo uso de pomadas e soluções formuladas especialmente para este tipo de problema. Estas terapias são eficazes mas não tão rápidas como por exemplo a remoção cirúrgica. Os dois medicamentos mais eficazes são:

  • O Aldara, contendo o princípio ativo imiquimod, tem-se apresentado como uma pomada bastante eficaz, levando ao desaparecimento dos sintomas em poucas semanas. O Aldara não elimina o vírus HPV responsável pelos sintomas, mas estimula a produção de citoquinas que impedem a multiplicação da infecção. A pomada atua localmente na resposta imune, estimulando as defesas naturais do organismo a combaterem a lesão, conduzindo à sua total eliminação. O uso recomendado de imiquimod é externo, podendo ser utilizado no pénis, vagina e ânus. O tratamento de lesões internas do ânus, vagina e tracto urinário requerem uma orientação médica acrescida.
  • O Wartec (Warticon), contendo o princípio ativo podofilotoxina, existe tanto na versão em pomada como em solução e é também uma possibilidade no tratamento de verrugas genitais, levando ao seu desaparecimento em algo tão rápido como 3 dias. A acção de Wartec é ao nível celular, atuando diretamente no núcleo de modo a conduzir a sua destruição. Deste modo a disseminação da infecção é controlada e as células infetadas são substituídas por células saudáveis em algumas semanas. A sua indicação é para tratamento externo de lesões no pénis ou vagina. Em casos de verrugas de proporções maiores ou do tracto urinário, o ideal é consultar um médico que direcione para um tratamento mais conveniente.

Comprar Medicamentos para Verrugas Genitais Online

Antes de comprar qualquer tratamento, a sua condição deve ser avaliada por um médico. Para comprar tratamento para as verrugas genitais como o Wartec e o Aldara, terá de realizar uma consulta online que permitirá que a sua condição possa ser correctamente diagnosticada. Esta consulta contém questões médicas sobre a sua saúde em geral e em particular sobre esta condição, para garantir que o tratamento é o mais adequado para o paciente. Após a avaliação da consulta médica por parte dos nossos médico credenciados, será prescrita uma receita médica que permitirá a compra do medicamento. Receba de forma rápida e discreta em 24h na Europa e em 7 dias no Brasil.

Fontes:

  1. "Verrugas", Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Vereneologia - URL: spdv.com.pt
  2. "Condiloma acuminado (Papilomavírus Humano - HPV)", Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais - URL: aids.gov.br/
  3. "Guia do HPV", Instituto do HPV (2013) - URL: incthpv.org.br
  4. "Verrugas Genitais" , Farmacêutica Bayer (2012) - URL: pharma.bayer.com.br/pt

Atualizado em 24 de Outubro de 2016

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita