• Receita incluída
  • Medicamentos de marca original
  • Tudo incluído no preço
  • Entrega sem portes de envio
Início / Contraceção / Alternativas à pílula contracetiva

Alternativas à pílula contracetiva

Outros métodos de contraceção hormonal

Cerca de 150 milhões de muheres Fonte confiável United Nations Fonte Governamental Ir para a fonte tomam a pílula contracetiva, tornando-a o quarto método de contracenção mais popular a nível global.

No entanto, para esta funcionar, a mesma deve ser tomada todos os dias, aproximadamente à mesma hora. Isto aplica-se tanto à pílula contracetiva combinada como à minipílula.

Nem sempre é fácil para as mulheres lembrarem-se de tomar a pílula todos os dias. Isto pode resultar em stress e preocupações.

Algumas opções hormonais podem prevenir a gravidez por semanas, meses ou até mesmo anos. Além disso, existem opções não hormonais. Continue a ler para saber mais sobre as alternativas à pílula contracetiva.

Texto revisto por Dr. Caroline Fontana Escrito pela nossa equipa editorial Última atualização 24-04-2024

Condições disponíveis

Pacote de 9 adesivos transdérmicos Evra®.
Evra Adesivo 4.7 (106 Opiniões)
  • Usado durante três semanas, com uma pausa de uma semana
  • Pode ajudar a regular os períodos e a reduzir as dores menstruais
  • Contém 203mcg de Etinilestradiol e 34mcg de Norelgestromina
Mais Informação
Preços a partir de 69.95 €
Nuvaring Embalagem anel vaginal
NuvaRing 4.9 (31 Opiniões)
  • Contraceptivo 99% eficaz
  • Fácil de inserir
  • Sem necessidade de comprimidos diários
Mais Informação
Preços a partir de 94.95 €

Quais são os diferentes tipos de contraceção?

Existem dois tipos principais de contraceção: hormonal e não hormonal.

A contraceção hormonal impede a gravidez alterando a forma como as hormonas funcionam. Existem dois tipos diferentes:

Exemplos de contracetivos não hormonais ou métodos naturais, são: preservativos, abstinência periódica/autocontrolo da fertilidade. Estes métodos não têm qualquer impacto nas hormonas, mas são menos fiáveis.

Contracetivos hormonais

Há vários tipos de contracetivos com hormonas, como:

  • a pílula combinada
  • a minipílula
  • o adesivo contracetivo
  • o anel contracetivo

Também existem contracetivos hormonais reversíveis de longa duração. Estes são:

  • o sistema intrauterino (SIU)
  • contraceção hormonal injetável
  • o implante contracetivo
Infográfico a mostrar contracetivos hormonais e não hormonais

Os contracetivos hormonais reversíveis de longa duração protegem-na por períodos mais longos, quando comparados com a pílula, adesivo ou anel. Estes podem prevenir a gravidez por vários meses ou anos.

Contracetivos não hormonais

Os métodos de contraceção não hormonal, são:

  • preservativos — externos (para o homem) e internos (para a mulher)
  • capuz cervical
  • diafragma
  • espermicidas (cremes, gel ou espuma)

Por vezes, referimo-nos a estes como métodos de barreira, porque criam uma barreira entre o sémen e o colo do útero impedindo os espermatozóides de penetrarem no útero da mulher.

Outra forma de contraceção não hormonal ou método natural é a abstinência periódica com autocontrolo da fertilidade. Ao se evitar ter relações sexuais aquando da ovulação, a gravidez pode ser prevenida sem a utilização de métodos de barreira.

Porquê optar por uma alternativa à pílula?

Apesar de todos os tipos de pílulas anticoncecionais terem uma eficácia de cerca de 99,9% quando utilizadas corretamente, os esquecimentos são muito comuns — podendo causar stress sem haver necessidade.

Para algumas mulheres, uma alternativa à pílula pode ser uma boa ideia, se:

  • for um stress terem de se lembrar de trazer consigo as pílulas em viagens de uma noite ou férias
  • não quiserem tomar pílulas todos os dias ou tiverem dificuldade em tomarem-nas corretamente
  • tomar comprimidos afetar o estômago
  • tiverem estado a tomar a pílula durante algum tempo e quiserem experimentar um tipo diferente de contraceção
  • quiserem continuar a usar contraceção hormonal e preferirem um tipo de contraceção que dure mais tempo

Felizmente, há muitas alternativas por onde escolher se achar que a pílula não é para si.

Quais são as alternativas de contraceção hormonal?

Na lista seguinte poderá ver todos os tipos de contraceção hormonal existentes que podem servir como alternativas à pílula.

Anel

O anel contracetivo, geralmente conhecido NuvaRing, é inserido na vagina a cada três semanas.

Ao fim das três semanas, o anel é removido por uma semana, permitindo que se dê a hemorragia de privação.

Vantagens Desvantagens
  • Apenas tem de ser introduzido uma vez por mês
  • Oferece uma eficácia de 99% na prevenção de gravidez
  • Fácil de inserir/remover
  • Não afeta o ato sexual
  • O anel pode cair, interrompendo o ciclo hormonal
  • Deve ser refrigerado, quando armazenado a longo prazo
  • Algumas mulheres podem achá-lo desconfortável

Contém versões sintéticas (artificiais) de estrogénio e progesterona. Assim sendo, previne a gravidez da mesma forma que a pílula combinada, oferecendo também os mesmos benefícios (período mais leve, menos cólicas e um ciclo regular).

Quando utilizado corretamente, o anel contracetivo tem uma eficácia de 99,7% na prevenção da gravidez.

Quer experimentar o anel contracetivo?

Clique aqui

Adesivo

O adesivo anticoncecional (também conhecido como adesivo Evra) também funciona da mesma forma que a pílula combinada. No entanto, em vez de se tomarem hormonas por via oral, o organismo absorve-as através de um adesivo na pele.

Vantagens Desvantagens
  • O adesivo só precisa de ser colocado uma vez por semana
  • As hormonas são absorvidas através da pele, por isso o estômago não é afetado
  • Vómitos/diarreia não diminuem o seu efeito (como acontece com a pílula)
  • O adesivo pode não ser eficaz em mulheres com 90 kg ou mais
  • Pode irritar a pele
  • Pode cair, interrompendo o ciclo de hormonas

O adesivo deve ser colocado em pele limpa e seca no início de cada semana, durante três semanas. Na quarta semana não se coloca um adesivo e a hemorragia de privação ocorre.

Os locais comuns para aplicar o adesivo, são:

  • parte superior do tronco
  • na parte de fora do antebraço
  • na barriga
  • nas nádegas

Quer experimentar o adesivo contracetivo?

Clique aqui

Injeção

Outra opção de anticoncetivo hormonal é um tipo de injeção, que pode ser administrada numa clínica ou autoadministrada com a injeção Depo-Provera.

Médica com luvas a preparar uma injeção

A injeção proporciona 13 semanas de proteção contra a gravidez, para a ovulação (a parte do ciclo em que os ovários libertam um óvulo) e contém uma versão sintética de progesterona.

Quando se deixa de tomar a injeção, pode demorar algum tempo até que a fertilidade volte ao normal. Se estiver a planear ter filhos num futuro próximo, deve ter isso em conta.

Implante

O implante é um pequeno bastonete flexível (com cerca de 4 cm) que é inserido no antebraço por um profissional especializado. O implante vai libertando uma pequena quantidade de hormonas de forma gradual e contínua para a corrente sanguínea.

Médico a segurar implante contracetivo com pinça médica

Ao contrário do anel e do adesivo, o implante apenas liberta progesterona, à semelhança do que acontece com a minipílula.

Uma vez que é introduzido, o implante pode durar até 3 anos, tendo depois de ser removido e substituído por um novo.

Sistema intrauterino (SIU)

O SIU (sistema intrauterino) é um pequeno dispositivo em forma de “T” que é introduzido no útero. Funciona impedindo os espermatozóides de alcançarem o óvulo e libertando progesterona (que altera o muco cervical).

Pode optar pelo dispositivo intrauterino de cobre (DIU) que não liberta hormonas.

Médico a segurar sistema intrauterino

Tanto o DIU como o SIU têm uma ação de longa duração que pode durar até 5 anos. Ambos são muito eficazes como métodos de contraceção.

Quais são as opções não hormonais ou os métodos naturais?

Para prevenir a gravidez as opções não hormonais são:

  • métodos de barreira (preservativos masculinos e femininos)
  • abstinência periódica com autocontrolo da fertilidade

Tenha em atenção que estas formas de contraceção podem ser menos fiáveis. Apesar disso, os métodos de barreira devem ser sempre utilizados com novos parceiros, sendo que estes são a única forma de prevenção contra infeções sexualmente transmissíveis.

Tabela de comparação de métodos anticoncecionais

Na tabela seguinte pode ver todos os métodos de contraceção disponíveis, bem como uma descrição da sua duração.

Tipo de contraceção Descrição Duração Eficácia
Pílulas orais contracetivas A pílula combinada ou a minipílula é tomada uma vez por dia. Diariamente 91-99%
Adesivo anticoncecional O adesivo é aplicado uma vez por semana por 3 semanas, seguidas por uma semana sem adesivo. Semanalmente 91-99%
Anel contracetivo O anel é introduzido e usado por 3 semanas, sendo depois removido por uma semana. Mensalmente 91-99%
Injeção anticoncecional As hormonas são administradas por meio de uma injeção a cada 13 semanas. A cada 3 meses 94-99%
Implante contracetivo Pequeno bastonete flexível inserido na pele do antebraço. Até 3 anos >99%
Dispositivo intrauterino (DIU) Dispositivo intrauterino de cobre em forma de “T” que é introduzido no útero. Até 10 anos >99%
Sistema intrauterino(SIU) Dispositivo hormonal em forma de “T” que é introduzido no útero. 3-5 anos >99%
Preservativos (masculinos e femininos) Impedem que o sémen entre na vagina. Usados durante o ato sexual 85-98%
Capuz cervical e diafragmas Introduzidos antes do ato sexual, podem ser removidos 6 a 24 horas depois. Usados durante o ato sexual 71-88%
Espermicidas Aplicados no interior da vagina pelo menos uma hora antes do ato sexual. Usados durante o ato sexual 71-82%
Seguimento do ciclo Seguimento do ciclo menstrual com abstinência de relações sexuais nos períodos de fertilidade. Contínuo 76-88%

Posso comprar contracetivos alternativos online?

Sim, pode adquirir o anel contracetivo ou o adesivo online, aqui na euroClinix.

Basta responder ao nosso questionário online para fazer a sua consulta. A mesma será então revista por um dos nossos médicos registados que lhe emitirão uma receita, se tiver utilizado este método anteriormente. Se nunca tiver utilizado o anel ou o adesivo de contraceção, terá de consultar o seu médico de família primeiro.

Quando o método de contraceção for aprovado para si, a encomenda ser-lhe-á enviada diretamente para casa, sem portes de envio, numa embalagem discreta.

Leia mais

Que pílula anticoncecional devo tomar?

Que pílula anticoncecional devo tomar?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Como tomar a pílula contracetiva corretamente

Como tomar a pílula contracetiva corretamente

Revisto por Dr. Caroline Fontana
O método de coito interrompido é eficaz?

O método de coito interrompido é eficaz?

Revisto por Dr. Plauto Filho
A contracepção hormonal e o risco de coágulos sanguíneos

A contracepção hormonal e o risco de coágulos sanguíneos

Revisto por Dr. Plauto Filho
Esqueci-me de Tomar a Pílula

Esqueci-me de Tomar a Pílula

Revisto por Dr. Plauto Filho
Como começar a tomar a pílula?

Como começar a tomar a pílula?

Revisto por Dr. Plauto Filho
Eficácia contraceptiva - Os 4 motivos pelos quais os contraceptivos podem falhar

Eficácia contraceptiva - Os 4 motivos pelos quais os con...

Revisto por Dr. Plauto Filho
Qual a melhor contracepção pós-parto?

Qual a melhor contracepção pós-parto?

Revisto por Dr. Plauto Filho
Como armazenar medicamentos corretamente

Como armazenar medicamentos corretamente

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Posso tomar a Pílula Contraceptiva depois dos 40 anos?

Posso tomar a Pílula Contraceptiva depois dos 40 anos?

Revisto por Dr. Anand Abbot
Acne: a pílula contracetiva é eficaz no combate do acne?

Acne: a pílula contracetiva é eficaz no combate do acne?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Mais artigos
  • Seleccione
    Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    sem custo adicional