> Impotência > Viagra
Fabricante: Pfizer

Viagra

Comprar Viagra (Sildenafil) 25 mg, 50 mg e 100 mg para impotência

  • Viagra Sildenafil 100mg Pfizer
  • Sildenafil
  • Viagra Sildenafil 100mg Pfizer
  • Sildenafil
Excelente Star Rating  4.5 649 opiniões de pacientes no

O Viagra é um medicamento de prescrição fabricado pelos laboraórios Pfeizer e utilizado por homens com impotência para melhoria do desempenho sexual. O Sildenafil, ingrediente ativo do Viagra, atua entre 30 a 60 minutos após a toma, e seus efeitos podem durar até 5 horas desde que haja o estímulo sexual.

Dependo do caso, as doses do Viagra (Sildenafil) podem variar entre 25 mg, 50 mg e 100 mg. A nossa farmácia também disponibiliza o Sildenafil (Viagra Genérico) a custo mais barato.

Na euroClinix, é possível comprar o remédio para disfunção erétil Viagra (Sildenafila) online porque nós emitimos uma receita com base em uma consulta realizada online. O serviço da euroClinix inclui entrega expresso, diagnóstico especializado e prescrição online sem custo.

  • Possui um versão genérica (com custo menor), chamada Sildenafil
  • Medicamento original produzido pelo fabricante Pfizer
  • Entrega expressa (24 horas), diagnóstico especializado e prescrição online sem custo
Comentários   Excelente 4.5 Star Rating  649 opiniões de pacientes no
Nosso serviço é licenciado:

Perguntas e respostas sobre como comprar Viagra online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Viagra na euroClinix?

Viagra é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se quiser comprar Viagra online, a euroClinix fornece esse serviço de emissão de receita. Cada pedido, portanto, é precedido por um diagnóstico que considera o seu estado de saúde e determina a sua adequação ao medicamento Viagra.

É seguro comprar Viagra online na euroClinix?

Na euroClinix a saúde do paciente é a nossa principal preocupação. Antes de concluir a compra de Viagra na euroClinix, um dos nossos médicos parceiros avalia o seu questionário médico. Isto permite-lhe ter a certeza absoluta de que todas as verificações necessárias para confirmar a sua aptidão para o tratamento foram concluídas antes do processo de emissão da receita médica.

A nossa equipa médica parceira está registada e regulada pela Autoridade Médica Britânica (GMC, General Medical Council). A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisita qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, para além de potencialmente pôr a sua vida em risco, estará a cooperar com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Viagra sem receita médica?

Segundo determinação Europeia, não é possível comprar Viagra sem receita médica. O Viagra é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se o quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente ou através de uma consulta na internet. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Viagra sem receita não está a agir de acordo com a legislação.

Qual é o preço de Viagra na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Viagra inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Viagra original, a consulta e emissão de receita médica online por parte da nossa equipa de médicos experientes e a entrega expresso em 24H em embalagem discreta. Para além disso temos uma equipa de atendimento ao paciente e equipa médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento. Pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço economizará tempo e não precisa passar pelo desconforto de uma consulta presencial ou visitar uma farmácia local.

Existe algum genérico mais barato do Viagra?

Sim, o Sildenafil. Está disponível desde que a patente do Viagra expirou.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Na euroClinix oferecemos vários métodos de pagamento cómodos para si como cartão de crédito/débito (Visa ou Mastercard), referência de Multibanco e pagamento por contra-reembolso, ou seja, pode pagar no ato de entrega em dinheiro (só disponível via UPS e tem taxa adicional de 19€). Se o pagamento for feito antes das 16,30h de um dia útil, garantimos sempre o envio no próprio dia.

Os meus dados estão seguros ao comprar Viagra online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Viagra na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é partilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão ou multibanco, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa mãe "HHC".

O que é o Viagra?

Viagra é o nome comercial do sildenafil, um fármaco para melhoria da potência sexual masculina, pertencente ao grupo de medicamentos conhecidos como inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5). Desenvolvido originalmente como um tratamento para angina, os pacientes que receberam prescrição de Viagra relataram erecções como um efeito colateral inesperado, o que tornou esse medicamento o pioneiro no grupo de farmácos para melhoria do desempenho sexual masculino.

Quais os benefícios?

O Viagra é um tratamento para a impotência cómodo que pode ser eficaz em apenas 30 minutos e cujos os efeitos duram até 4 horas. O Viagra da Pfizer é um dos medicamentos mais prescritos para a disfunção eréctil, tendo já ajudado mais homens a tratar os seus problemas de erecção que o Cialis e o Levitra em conjunto.

A versão genérica do Viagra é segura?

Quando comprado de uma fonte confiável, o Viagra genérico, chamado apenas de Sildenafil, é tão seguro quanto o Viagra original. Todos os medicamentos de prescrição devem ser aprovados pela MHRA (Agência reguladora de Medicamentos e produtos para a saúde). Pode não ser tão óbvio se um medicamento foi ou não aprovado, por isso é geralmente mais seguro adquirir o seu tratamento de uma fonte confiável e bem conhecida.

Como funciona?

O GMP cíclico é uma substância naturalmente produzida pelo corpo que aumenta o calibre dos vasos sanguíneos do pénis. Quando está sexualmente excitado, os vasos dilatam-se, permitindo que mais sangue chegue ao pénis, o que leva à erecção. O GMP cíclico é quebrado por uma enzima denominada fosfodiesterase tipo 5. Contudo, quando em abundância, esta enzima pode restringir a circulação sanguínea para o pénis, mantendo-o flácido mesmo quando está sexualmente excitado.

Composição Química do Sildenafil

O Viagra inibe esta acção, mantendo os vasos sanguíneos dilatados durante mais tempo e aumentando a circulação sanguínea no pénis. O resultado são erecções firmes que podem ser mantidas por mais tempo.

Como tomar o Viagra?

O Viagra é um pequeno comprimido azul (ou pílula azul, como também é chamado) que pode ser tomado por via oral. O comprimido pode ser tomado com ou sem alimentos, apesar de os seus efeitos poderem diminuir no caso de ter ingerido alimentos com muita gordura ou refeições pesadas. O Viagra tem uma acção de aproximadamente 4-5 horas. Isto não quer dizer que terá uma erecção durante 4 ou 5 horas, mas sim que a qualquer altura durante este período, se se sentir excitado, conseguirá facilmente uma erecção para uma relação sexual satisfatória.

O comprimido Viagra actua em 30 minutos e leva no máximo 1 hora a ficar activo no seu organismo, por isso, é necessário que planeie com alguma antecedência as suas relações, já que não pode tomar um comprimido de Viagra e esperar ter uma erecção imediatamente.

Para atingir os melhores resultados e evitar efeitos secundários, mantenha a dose recomendada de apenas um comprimido por dia (por cada 24 horas). Se não tem a certeza da dose a tomar, consulte um profissional médico para que este possa avaliar a dose mais segura para si. Se notar alguns efeitos secundários e estes persistirem, sugerimos que contacte um médico. O Viagra pode ser perigoso se tomado em conjunto com certos medicamentos ou se tomado por homens que pertençam a um determinado grupo de risco. Conheça as precauções sobre tomar Viagra antes de iniciar o tratamento.

Quem pode tomar?

A maioria dos homens com mais de 18 anos que sofram de problemas recorrentes de disfunção eréctil podem recorrer ao Viagra para melhorar a sua vida sexual. Existem certas condições ou tratamentos com os quais não pode usar Viagra, pelo que é importante que os descreva com o maior detalhe possível durante a sua consulta médica.

Quem não pode tomar?

O Viagra pode não estar aconselhado a homens que sofram de desordens cardíacas graves ou falência cardíaca grave, que tenham sofrido de ataque cardíaco ou AVC recentemente, tensão arterial baixa e função hepática diminuída. O médico apenas lhe prescreverá o Viagra se tiver a certeza de que o pode tomar com segurança.

Antes de tomar

Existem várias precauções que deverão ser tomadas por si, antes de considerar a hipótese de adquirir Viagra para a impotência. Durante a sua consulta médica ser-lhe-ão realizadas algumas perguntas para garantir que o Viagra é o tratamento mais indicado.

Também lhe será solicitado que nos divulgue outras informações relevantes, relacionadas com a sua saúde, como por exemplo, medicamentos que esteja a tomar e que possam interagir com o princípio activo do Viagra, o sildenafil.

É muito importante garantir que está em condições de realizar a actividade sexual, pois alguns homens com doenças cardíacas estão desaconselhados a praticar relações sexuais de modo a limitar o risco de de ataque cardíaco. Os homens que pertencem a este grupo não devem, em nenhuma circunstância, tomar Viagra para ajudar a tratar a impotência ou disfunção eréctil. A lista seguinte foi criada para o informar acerca das contra-indicações do Viagra e dos riscos associados a este tratamento.

Grupos de Risco: Contra-indicações:
  • Idosos
  • Homens que sofrem de um funcionamento reduzido ou danos no fígado
  • Homens que sofrem de uma doença que afecte o coração ou os vasos capilares
  • Homens que sofrem de problemas de sangramento, como a hemofília
  • Homens com uma úlcera péptica activa
  • Homens que têm uma anormalidade física no pénis
  • Ataque de coração recente
  • AVC ou derrame cerebral recentes
  • Tensão arterial baixa (hipotensão)
  • Nitratos
  • Problemas do fígado
  • Problemas oftalmológicos graves
  • Alergia a qualquer um dos princípios activos do medicamento

Devido aos riscos que podem estar envolvidos, é importante ser honesto e responder a todas as perguntas médicas antes da prescrição do Viagra. Se estiver a tomar outros medicamentos e não souber se estes podem interagir com o Viagra, poderá contactar a nossa equipa para mais informações. De igual forma, se pertencer a este grupo de risco e não souber qual a dose de Viagra mais correcta para si, leia mais sobre este medicamento ou consulte um médico.

Que doses de Viagra existem?

As doses de Viagra apresentam-se em três formas diferentes: 25mg, 50mg e 100mg. Antes de adquirir Viagra online ou na farmácia, é importante considerar a dose de Viagra que lhe está mais indicada. O Viagra para o tratamento da disfunção eréctil actua como um inibidor da PDE-5. O sildenafil, o seu princípio activo, assegura a inibição da enzima PDE-5, permitindo um maior fluxo de sangue para os vasos sanguíneos do pénis. Este facto permite ao homem atingir erecções facilmente e mantê-las durante a relação sexual durante mais tempo.

Doses do Viagra
Viagra 25mg Viagra 50mg Viagra 100mg
25MG 50MG 100MG

25mg de Viagra

As doses mínimas de Viagra (25mg) são recomendadas para pessoas que sofrem de casos moderados de disfunção erétil, para pacientes que fazem uso regular de fármacos que interagem medicamentosamente com o citraro de sildernafila, e para pacientes com condições de saúde que podem ser potencializadas pela substância.

Esta dose também é recomendada para pacientes que fazem uso de medicamentos do tipo bloqueadores alfa adrenérgicos, pacientes que fazem uso de Ritonavir ou similares, pacientes com mais de 65 anos de idade, pacientes com problemas no coração, no fígado, ou nos rins.

Nenhum dos usuários acima mencionados devem fazer uso da medicação sem acompanhamento médico. Em nenhum caso estes pacientes devem aumentar a dosagem do remédio por conta própria.

Em resumo, a dose mais pequena de Viagra é a de 25mg, muitas vezes receitada se:

  • Sofrer de efeitos secundários
  • Estiver a tomar bloqueadores alfa

Alguns benefícios de tomar 25mg de Viagra:

  • Diminui o risco de efeitos secundários
  • Taxa de eficácia de 63% nos homens que sofrem de disfunção eréctil
  • A dose pode ser aumentada, caso seja necessário

50mg de Viagra

Esta é a dose recomendada para a grande maioria dos usuários de Viagra sem condições pré-existentes ou outros problemas de saúde. A principio essa dose é suficiente para atingir o efeito desejado. Se os efeitos colaterais forem muito fortes, recomenda-se a redução para o Viagra de 25mg, se o efeito for muito fraco, pode ser alterado para 100 mg.

Deve se levar em consideração que, em alguns homens a melhoria da função eréctil não é imediata com a primeira dose. Neste caso, o tratamento não deve ser interrompido após primeira tentativa. Ressaltamos que é preciso de uma pausa na toma do medicamento, não se deve tomar mais do que uma dose em menos de 24 horas.

Em resumo, a dose de 50mg de Viagra é normalmente recomendada se:

  • Estiver a iniciar o tratamento para a impotência pela primeira vez
  • Não tiver condições médicas pré-existentes
  • Não tomar outros medicamentos

Alguns benefícios de tomar 50mg de Viagra:

  • A dose pode ser aumentada ou reduzida, consoante o efeito que tem em si
  • É eficaz no tratamento da impotência em 74% dos homens

100mg de Viagra

Esta é a dosagem máxima de Viagra considerada segura para consumo. E apresenta efeito máximo no corpo do usuário

O Viagra de 100mg só é recomendado em casos de disfunção erétil severa em que os usuários não estejam em nenhuma categoria de risco ou de contra-indicações.

Recomenda-se que esta dosagem só seja utilizada por usuários com indicação médica.

Lembre-se que a função eréctil não é recuperada com a primeira dose do medicamento. Portanto, não desista após a primeira tentativa.

Em resumo, a dose de 100mg de Viagra é a dose mais forte e é normalmente receitada se:

  • Sofrer de impotência durante muito tempo
  • Não sofrer de efeitos secundários

Alguns benefícios de tomar 100mg de Viagra:

  • Usado para tratar as situações mais graves de impotência
  • É 82% eficaz no tratamento desta condição

Efeitos colaterais de cada dose do Viagra

O Viagra é considerado um medicamento bem tolerado, mas assim como qualquer outro medicamento os efeitos colaterais são possíveis. De acordo com um estudo, que foi realizado pela Pfizer, laboratório fabricante do Viagra, menos de 2% dos usuários do medicamento sofreram efeitos colaterais ao tomá-lo. Os participantes desse estudo relataram que os efeitos colaterais dependeram da dose tomada:

Efeitos colaterais 25 mg 50 mg 100 mg Placebo
Dor de cabeça 16% 21% 28% 7%
Afrontamentos 10% 19% 18% 2%
Indigestão 3% 9% 17% 2%
Distúrbios visuais 1% 2% 11% 1%
A congestão nasal 4% 4% 9% 2%
Dor nas costas 3% 4% 4% 2%
Dor muscular 2% 2% 4% 1%
Náusea 2% 3% 3% 1%
Vertigem 3% 4% 3% 2%
Erupção cutânea 1% 2% 3% 1%

Quais as precauções do Viagra?

Como com quase todos os medicamentos, existem algumas precauções do Viagra que deverá ter em conta antes de o tomar. Por este motivo, a consulta com o seu médico é muito importante, pois este irá avaliar a sua situação, a sua condição médica e quaisquer medicamentos que esteja a tomar para decidir se o Viagra é o tratamento ideal para si.

Quando for questionado sobre a sua saúde e bem-estar, é muito importante que responda de forma honesta e correcta. Se omitir qualquer informação, poderá sofrer consequências a longo prazo. Algumas pessoas poderão sofrer reacções adversas com o Viagra e, em algumas circunstâncias, este poderá estar mesmo desaconselhado. O quadro abaixo resume algumas das interacções que podem ocorrer.

Álcool Comida

Alcohol and ViagraPode ingerir álcool e tomar Viagra, embora possa tornar a medicação menos eficaz.

Food and ViagraRefeições pesadas podem retardar a eficácia do efeito do Viagra.

Condução Mulheres

Driving and ViagraTomar Viagra pode dar sonolência, por isso não deve conduzir ou operar máquinas pesadas.

Women and ViagraAs mulheres não devem tomar Viagra, uma vez que o medicamento apenas foi aprovado para homens.

Viagra e Outros Medicamentos

Quer esteja a tomar medicamentos naturais, medicamentos sujeitos a receita médica ou outros, todos estes poderão ter um impacto nos efeitos do Viagra. Também podem fazer com que sinta mais efeitos secundários, ou em alguns casos extremos, colocar a sua vida em risco. Por vezes a combinação com outros medicamentos pode ser muito potente, mas a maior parte dos riscos do Viagra pode ser evitada alterando a dose ou o medicamento.

Assegure-se que descreve detalhadamente todos os medicamentos e suplementos que estiver a tomar durante a sua consulta.

Medicamentos que podem ser tomados com o Viagra

  • Bloqueadores Alfa: Os bloqueadores alfa são usados para baixar a tensão arterial alta. Se controlada, o Viagra pode ser tomado de forma segura com bloqueadores alfa como a Alfuzosina e a Indoramina. Se estiver a tomar bloqueadores alfa, o seu médico irá receitar-lhe inicialmente uma dose mais baixa e acompanhar a sua reacção antes de aumentar a dose.

Medicamentos que não podem ser tomados com o Viagra

  • Nitratos: Os Nitratos são usados para facilitar a circulação sanguínea no corpo e não podem ser tomados juntamente com o Viagra, podendo resultar numa queda brusca da tensão arterial, causando tonturas, desmaios e por vezes até um ataque de coração. Exemplos de medicamentos com nitratos são o glicerol trinitrato, o mononitrato de isosorbida e o nicorandil.
  • Amil nitrato: reconhecido maioritariamente como "popper", o amil nitrato também baixa a tensão arterial drasticamente se for tomado com o Viagra. Se estiver a usar "poppers", não tome Viagra.

Outros tratamentos para a impotência

Se estiver a tomar outros medicamentos para o tratamento da disfunção eréctil, como o Levitra ou o Cialis, não poderá tomar Viagra ao mesmo tempo. A combinação deste tipo de medicamentos pode levar a uma quantidade excessiva de sildenafil no sangue, fazendo com que a pressão sanguínea fique abaixo dos mínimos possíveis.

Comida e bebida

Embora o Viagra possa ser tomado com ou sem comida, refeições pesadas e gordurosas podem fazer com que a medicação demore mais tempo a fazer efeito. Comer toranja ou beber sumo de toranja pode aumentar os níveis de Viagra no sangue, pelo que este está desaconselhado. Em relação à combinação de Viagra com álcool, este medicamento será mais eficaz se não for misturado com álcool.

Sobredosagem de Viagra e Álcool

O resultado de uma sobredosagem de Viagra pode ser muito perigoso. O desconhecimento das consequências da toma excessiva de Viagra pode trazer consequências grave para a saúde.

Em primeiro lugar, a sobredosagem de Viagra está muitas vezes associada a uma atividade sexual mais frequente que o normal para determinados indivíduos, o que pode resultar em episódios cardíacos. Este facto verifica-se com especial incidência em indivíduos sexualmente inativos por longos períodos de tempo.

Por outro lado, a presença de álcool no sangue nestas circunstâncias aumenta significativamente a probabilidade de insuficiência cardíaca. Este risco é tanto maior quanto maior for a quantidade de álcool ingerida.

No entanto, o mais precavido será sempre não consumir álcool quando se toma Viagra, particularmente para quem sofre de doenças crónicas.

Os riscos do consumo de álcool com o Viagra são imprevisíveis, pelo que as seguintes decisões são sempre as mais acertadas: quando se tomou Viagra não se bebe álcool, ou quando já se ingeriu álcool não se toma Viagra.

Viagra pode ser tomado por diabéticos?

Cerca de 50 % dos homens com diabetes tipo 1 e 60% com diabetes tipo 2 já tentaram tomar medicamentos para melhorar as suas ereções. No entanto, existe ainda uma grande percentagem de homens com diabetes e disfunção erétil que não obtiveram tratamento. O Viagra aparenta ser um dos medicamento mais indicados para estes pacientes. Vamos analisar o porquê.

Estudos sobre a eficácia do Viagra em homens com diabetes

  • Desde 1998 os diabéticos tem acesso a tratamento para impotência sexual com fármacos vasodilatadores, como o Viagra – o primeiro a chegar ao mercado e o sexto medicamento mais vendido do mundo. De acordo com o pesquisador Moshe Varde, do Lady Davis Carme Medical Center, "esta classe de medicamentos (vasodilatadores) deve ser considerada um tratamento primário para os homens diabéticos" com disfunção erétil.
  • Estudos promovidos pela Biblioteca Cochrane do Reino Unido, mais de 1.700 diabéticos (aproximadamente 20% com diabetes tipo I e 80% com diabetes tipo II) receberam medicação da classe dos vasodilatadores inibidores de PDE5, no qual se enquadra o Viagra.

    Aproximadamente 30% dos homens que tomaram algum dos medicamentos conseguiram ter e manter a ereção, embora tenham-se mostrado mais suscetíveis a alguns dos efeitos secundários comparativamente com homens que não sofriam de diabetes.

  • Numa meta-análise realizada pela Ochsner Clinic (Louisiana, EUA) foram analisados 11 estudos da eficácia do Viagra para pacientes diabéticos. Os pacientes diabéticos que tomaram Viagra apresentaram resultados bastante positivos ao terem melhor facilidade em obter e manter ereção comparados àqueles que tomaram um placebo.

    Neste mesmo estudo, os homens com diabetes não apresentaram mais efeitos secundários que os outros. Os efeitos secundários mais comuns do Viagra, apresentados no grupo foram cefaléia, rubor, azia e vertigem.

  • De acordo com um estudo similar divulgado pela American Diabetes Association, o Viagra foi considerado seguro e eficaz para homens que sofrem de diabetes ainda que este grupo tenha apresentado resposta menos positiva que os homens que são sofrem desta condição.
  • Já em análise realizada pelo Dr. Lawrence J. Blonde e colegas a partir dos resultados de 11 pesquisas sobre o uso de Viagra, os pesquisadores concluíram que pacientes com diabetes I e II tiveram uma resposta semelhante ao medicamento, embora o primeiro grupo tenha tido melhores resultados de forma geral.

Pode-se tomar Viagra com qualquer tipo de diabetes

Existem dois tipos de diabetes: o tipo I tem origem autoimune, que é tratada com insulina, e costuma aparecer entre pacientes jovens; o tipo II, por outro lado, é mais comum em adultos (especialmente os mais velhos), que é tratado com medicação oral, e pode ser controlada com o auxílio de dieta e exercícios.

O Viagra é seguro para os dois tipos de pacientes e teve resposta muito similar nos grupos com diabetes tipo I e II.

Quais são os efeitos secundários?

O Viagra, apesar de ser um medicamento sujeito a receita médica, foi clinicamente testado, pelo que é geralmente bem tolerado se usado correctamente. Tal como outros medicamentos de prescrição, alguns homens podem estar mais propensos a desenvolver efeitos secundários, principalmente na primeira vez que usam um tratamento deste tipo. A imagem seguinte permite conhecer os efeitos secundários do Viagra relativos a diferentes partes do corpo.

Neurológicos

Dores de cabeça e tonturas são alguns dos efeitos secundários mais comuns do Viagra. Os efeitos são normalmente suaves e temporários. A fadiga é menos comum mas também poderá ocorrer. O desmaio é um efeito extremamente raro.

Cabeça

O rubor facial e ligeiras perturbações visuais são efeitos secundários muito comuns. A boca seca é um efeito menos comum e as hemorragias nasais é um efeito bastante raro.

Coração

Os efeitos secundários relacionados com o coração são raros, mas existe a pequena hipótese de poder sentir palpitações ou alguma dor na região do peito. Alterações na tensão arterial, ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral são efeitos extremamente raros. Se sentir algum destes efeitos deverá contactar um médico imediatamente.

Gástricos

A indigestão é ​​um efeito secundário comum do Viagra. As náuseas são menos comuns, mas podem ocorrer por um curto período de tempo.

Efeitos secundários do Viagra

Clique na zona do corpo pertinente para saber como esta pode ser afectada pelo Viagra

Estes efeitos do Viagra são em geral ligeiros e tendem a desaparecer assim que o seu corpo se habitua ao medicamento. Porém, existem efeitos mais raros associados à toma deste medicamento que deve conhecer. Apesar de estes estarem descritos, o mesmo não significa que irão ocorrer.

Efeitos secundários comuns

Os efeitos secundários mais comuns do Viagra não são graves e normalmente desaparecem à medida que este deixa de fazer efeito no organismo. Se sofrer de dores de cabeça, rubor facial ou outro efeito do Viagra incluído nesta categoria, não se preocupe, pois o mais provável é que este tipo de efeitos desapareça em pouco tempo. Se os efeitos secundários persistirem, não hesite em contactar um médico.

Efeitos secundários pouco comuns

Cerca de 1 em cada 100 homens relata efeitos secundários pouco comuns com o Viagra, tal como boca seca e fadiga, entre outros. Tal como os efeitos secundários comuns, se estes persistirem por mais tempo do que o Viagra permanece activo no seu corpo, deve contactar um médico para aconselhamento.

Efeitos secundários raros

Efeitos secundários como a alteração da pressão arterial e o desmaio ocorrem muito raramente, não afectando a maioria dos homens que tomam Viagra. Estes efeitos secundários, embora raros, são mais graves e necessitam normalmente de assistência médica imediata.

O Priapismo é um efeito secundário do Viagra que raramente ocorre e quando acontece, é normalmente tratado com sucesso. Consiste numa erecção por um longo período de tempo, normalmente por mais de quatro horas. Se ocorrer, pode danificar os tecidos do seu pénis e causar problemas a longo prazo. Por este motivo, é muito importante contactar um médico assim que possível.

COMUM INCOMUM RARO
Dores de cabeça
Tonturas
Rubor
Indigestão
Distúrbios visuais
Palpitações
Dores no peito
Fadiga
Boca seca
Náuseas
Alteração da pressão arterial
Perda de audição
Hemorragia nasal
Desmaio
AVC
Ataque cardíaco

Efeito do Viagra no Jet Lag

O ingrediente ativo do Viagra – denominado de Sildenafil – atua no aumento da mesma enzima responsável pela regulação do relógio biológico interno: a guanosina monofosfato cíclica (GMPc).

Este mecanismo deve-se essencialmente às suas propriedades de inibição de da enzima fosfodiesterase tipo 5 (pde5) – que destrói os níveis de GMPc tão necessários para regular funções internas como dormir, como para a obtenção e manutenção de uma ereção.

Quem não deseja evitar a tamanha sonolência após uma viagem de longo curso? Apesar de poder ser ligeiramente constrangedor ingerir um comprimido de Viagra durante num vôo internacional, o mesmo, nomeadamente a sua substância Sildenafil, aparenta ter resultados satisfatórios da dimuição do Jet-Lag e é utilizado por cada vez mais homens com este propósito.

Se pensa que seria o único, está enganado. Num levantamento feito pela multinacional Skyscanner a 1000 pesssoas na Singapura que fizeram vôos internacionais foram obtidos resultados curiosos:

  • Cerca de 11% dos 1000 referiram que já tomam ou já tinham experimentado Viagra como tratamento do Jet Lag
  • Dos 11%, cerca de metade (45%) confirmou que realmente teve bons resultados com o uso de Viagra.

Um estudo realizado em 2007 parece concordar com estes homens e o positivo efeito do sildenafil. Em 2007, cientistas da Universidade de Quilmes em Buenos Aires iniciaram ensaios in vivo (em hamsters) que demonstraram que os animais a quem foi administrado sildenafil toleraram melhor os efeitos de um jet lag – simulado artificialmente – do que aqueles a quem foi administrado um placebo.

É de salientar que os benefícios do Viagra serão apenas sentidos durante o vôo mas que ainda assim não existe uma garantia que aconteçam.

Se sofrer de jet lag, quiser permanecer acordado por mais tempo e evitar transtornos nas suas férias ou viagem, não tome maiores quantidades para além de um comprimidos de Viagra. Existe um grande perigo de overdose neste caso.

Fármacos como o Circadin podem ser utilizados alternativamente, sendo estes perfeitamente testados e eficazes, com autorização de venda e indicação terapêutica para o tratamento do Jet Lag.

Viagra e Cialis: quais as principais diferenças?

O Viagra foi o primeiro tratamento aprovado para combater a disfunção erétil, sendo actualmente o medicamento para a impotência testado no maior número de homens, devido ao poder da marca e à sua presença no mercado durante mais dois anos relativamente ao Cialis. O Viagra é assim o percursor do Cialis, lançado no mercado mais tarde pela empresa farmacêutica Lilly ICOS.

A principal diferença entre esses tratamentos para a impotência reside na sua duração de acção. O princípio activo do Viagra, o Sildenafil , tem um tempo de semi-vida (eficácia do medicamento no organismo) inferior ao do tadalafil, o princípio activo do Cialis. A duração do efeito do Sildenafil é estimada em 4-6h após a ingestão.

Já o Cialis permanece activo no organismo durante 36 horas permitindo que os parceiros tenham uma relação mais natural e a longo prazo. Por este motivo, o Cialis foi apelidado de "Comprimido do fim de semana". Pode por exemplo tomar Sexta-feira à noite e no Domingo, caso tenha um estímulo sexual, ainda ter efeitos!

Deve ter em conta que tanto o Viagra como o Cialis lhe permitem a erecção natural, ou seja, esta apenas é possível após estimulação sexual.

Agradecemos pela sua confiança

A euroClinix encontra-se estabelecida na Europa já desde 2011, tendo centenas de clientes que vêm comprar Viagra regularmente. Estas centenas de clientes são a prova da eficácia do serviço profissional prestado pela euroClinix.

Nós colaboramos com médicos e farmácias profissionais registados na União Europeia, de onde enviamos os medicamentos de marca, para Portugal e restantes países europeus, e também para o Brasil. Além disso, a euroClinix tem uma equipa de apoio ao paciente em português que atende de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30 em Portugal e das 05h30 às 14h30 no Brasil, a qual pode contactar sempre que tiver alguma dúvida ou necessitar de algum esclarecimento, seja por telefone, no nosso serviço de chat ou por e-mail.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Viagra
Princípio ativo: Sildenafil
Fabricante: Pfizer
Descrição: O Viagra relaxa os músculos e permite a entrada de mais sangue no pénis, levando a ereções suficientes para penetração durante 4-5 horas
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica
Administração: Oral
Apresentação: Comprimidos
Dose: 25mg, 50mg, 100mg
Aplicação: Homens com mais de 18 com disfunção erétil
Posologia: 1 comprimido, 30 a 60 minutos antes da relação sexual.
Classe: Inibidor da PDE-5
Com álcool: Pode aumentar os efeitos do álcool
Durante a amamentação: Não relevante
Durante a gravidez: Não relevante
Download da bula do medicamento Bula do Viagra Download da bula do medicamento Sildenafil bula
Como funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
6,489 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Sildenafil
Excelente
Star Rating 4.6
837 pacientes deram a sua opinião sobre Viagra
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 09:00h - 21:00h
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega
  • Entrega em 24 horas

    Garantida para todos os pedidos feitos até às 16h

Comentários atuais sobre o tratamento Viagra

Avaliado com 4.6 baseado em 837 opiniões independentes no Trustpilot (Veja todos os comentários sobre a euroClinix).

  • Bom Star Rating

    Avaliar o Produto:Razoável ++

    5 Nov
  • Bom Star Rating

    Avaliar o Produto:Preço muito elevado

    10 Out
  • Excelente Star Rating

    Avaliar o Produto:parece estar correcto

    21 Març
  • Bom Star Rating

    Avaliar o Produto:Bastante eficaz, não tendo notado efeitos secundários dignos de relevo

    11 Jan
  • Excelente Star Rating

    Avaliar o Produto:Funciona regular Obrigado.

    Avaliar o ServiçoAcho que tem um serviço exelente Obrigado.

    13 Nov
  • Excelente Star Rating

    Avaliar o Produto:Excelente.

    Avaliar o ServiçoSempre recebi os remédios adquiridos. Pontualidade.

    11 Nov
Alternativas ao Viagra