• Receita incluída
  • Medicamentos de marca original
  • Tudo incluído no preço
  • Entrega sem portes de envio
Início / Contraceção / Pílula Contraceptiva Combinada

Pílula contracetiva combinada

Obtenha contraceção hormonal combinada com uma receita online

A pílula combinada é uma das formas mais populares de contraceção devido à sua simplicidade e eficácia. É tomada uma vez ao dia e a sua eficácia na proteção contra a gravidez é elevada.

Na euroClinix, oferecemos uma grande variedade de contraceção hormonal. Tudo o que tem de fazer é escolher a marca que utiliza, preencher uma consulta e receber o medicamento pouco depois.

Texto revisto por Dr. Caroline Fontana Escrito pela nossa equipa editorial Última atualização 27-03-2024

Condições disponíveis

Uma caixa contendo Mercilon® desogestrel/ethinylestradiol 63 comprimidos
Mercilon 4.8 (63 Opiniões)
  • Pílula combinada fácil de usar
  • Reduz os problemas pré-menstruais
  • Pílula de estrogénio de baixa dose
Mais Informação
Preços a partir de 69.95 €
Pacote de Microgynon® 30 comprimidos para uso oral
Microgynon 30 (Microginon) 4.9 (218 Opiniões)
  • 99% eficaz na prevenção da gravidez
  • Reduz períodos dolorosos e fluxo intenso
  • Comprimidos fáceis de tomar
Mais Informação
Preços a partir de 49.95 €
Trigynon 4.9 (56 Opiniões)
  • Contracepção eficaz e fácil de usar
  • Pode ajudar a tratar sintomas pré-menstruais
  • Os quadros imitam de perto o seu ciclo natural
Mais Informação
Preços a partir de 44.95 €
Pacote de Marvelon® desogestrel/ethinylestradiol 63 comprimidos
Marvelon 4.9 (81 Opiniões)
  • Ciclo de 21 dias
  • Ajuda a regular os períodos e controla condições pré-menstruais
  • Contém 30mcg de Etinilestradiol e 150mcg de Desogestrel
Mais Informação
Preços a partir de 69.95 €
Caixa de Qlaira 28 comprimidos
Qlaira 4.8 (37 Opiniões)
  • 99% eficaz na prevenção da gravidez
  • Pílula diária, não são necessárias pausas de comprimidos
  • Ajuda a reduzir períodos pesados, irregulares e dolorosos
Mais Informação
Preços a partir de 94.95 €
Yaz 5
  • Pílula combinada de dose mais baixa
  • Sem interrupção da pílula
  • Protecção eficaz contra a gravidez
Mais Informação
Preços a partir de 64.95 €
Pacote de Yasmin® 0,03mg/3mg de etinilestradiol/drospirenona 63 comprimidos revestidos por película
Yasmin 4.9 (411 Opiniões)
  • Quase 100% de proteção contra a gravidez
  • Genérico Disponível
  • É possível comprar Yasmin na internet após consulta online
Mais Informação
Preços a partir de 54.95 €
Embalagem de Zoely 2,5mg/1,5mg de acetato nomegestrol/estradiol 84 comprimidos orais revestidos por película
Zoely 4.8 (74 Opiniões)
  • Contém um estrogénio mais natural
  • Períodos mais curtos
  • Pílula diária
Mais Informação
Preços a partir de 64.95 €
Pacote de Femodene® comprimidos orais
Gynera (Femodene) 4.8
  • Dose única diária
  • 99% eficaz na prevenção da gravidez
  • Pode melhorar os sintomas do TPM
Mais Informação
 
Embalagem de Cilique contraceptivo
Cilique 5
  • Tratamento da endometriose e dos sintomas pré-menstruais
  • Toma diária durante 21 dias consecutivos com 7 dias de pausa
  • Contém 35mcg de Etinilestradiol e 250mcg de Norgestimato
Mais Informação
 
Pacote de Femodette® 63 comprimidos orais
Femodette (Minigeste) 4.6
  • Baixa em estrogénio
  • Toma diária durante 21 dias, seguida de 7 dias de pausa
  • Consulta online e entrega incluídos no preço
Mais Informação
 
Caixa de Ovranette® 150/30 microgramas 63 pastilhas revestidas
Ovranette 4.6
  • Popular por ajudar a reduzir a severidade dos sintomas da TPM
  • Tomada por 21 dias, seguidos de uma pausa de 7 dias
  • Contém 30mcg de Etinilestradiol e 150mcg e Levonorgestrel
Mais Informação
 

O que é a pílula contracetiva combinada?

A pílula contracetiva combinada é um método de contraceção hormonal com duas hormonas.

Imagem de pílula contracetiva

Ao contrário da pílula de progesterona (“minipílula”), que apenas contém uma hormona, a pílula contracetiva combinada contém duas hormonas sintéticas semelhantes ao estrogénio e à progesterona, que são as hormonas produzidas naturalmente nos ovários.

A pílula é eficaz?

Quando tomada corretamente, a pílula apresenta um elevado grau de eficácia (99%). Algumas combinações hormonais podem ser mais eficazes do que outras para tratar condições como a acne.

Como é que funciona a pílula?

Uma vez por mês, os ovários libertam um óvulo que se desloca nas trompas de falópio na direção do útero. Este processo chama-se ovulação.

Enquanto a ovulação acontece, o revestimento uterino começa a engrossar e prepara-se para receber o óvulo fertilizado. Ao mesmo tempo, o muco do colo do útero fica mais fino para facilitar a passagem dos espermatozóides para o útero.

Infográfico de sistema reprodutivo feminino

A pílula combinada impede os seguintes processos:

  • Impede a ovulação todos os meses.
  • Engrossa o muco cervical, dificultando a entrada de espermatozóides no útero e impedindo que estes encontrem o óvulo.
  • Diminui a espessura do revestimento uterino, dificultando a implantação de um óvulo fertilizado no útero e o seu desenvolvimento.

Que tipos de pílulas contracetivas estão disponíveis?

Existem muitos tipos de pílulas contracetivas disponíveis, o seu médico poderá dar-lhe conselhos sobre o tipo de pílula indicado para si.

Os tipos principais de pílulas combinadas são: monofásica e multifásica. Eles diferem na dose hormonal ao longo do mês e na quantidade de comprimidos na embalagem.

Pílulas monofásicas

Este é o tipo mais comum de pílula combinada e, geralmente, a primeira opção receitada pelo médico.

Os comprimidos contêm a mesma quantidade de hormonas ao longo do mês e são tomados uma vez por dia, ao longo de 21 dias, depois disso faz-se uma pausa de 7 dias e a hemorragia de privação ocorre. Depois dessa pausa, a próxima embalagem deve ser iniciada, mesmo que a hemorragia ainda esteja presente.

Eis algumas das marcas monofásicas mais comuns:

Algumas embalagens de pílulas monofásicas contêm 28 comprimidos, dos quais 21 contêm hormonas e 7 não contêm hormonas (ou uma variação desta combinação). Isto significa que um comprimido é tomado todos os dias, durante 28 dias, sem haver pausa entre embalagens.

Esta opção poderá ser ideal para quem prefere tomar um comprimido todos os dias, sem pausa, para evitar esquecimentos na altura de parar e recomeçar. Durante esses dias tomam-se os comprimidos inativos e dá-se a hemorragia de privação.

Exemplos deste tipo de pílula: Yas e Zoely.

Pílulas multifásicas

As pílulas multifásicas contêm secções com dosagens diferentes numa embalagem. Cada secção está assinalada com uma cor diferente. As diferenças de dosagem pretendem imitar a flutuação natural do ciclo menstrual. Os comprimidos têm de ser tomados na ordem indicada para serem eficazes.

As pílulas multifásicas encontram-se disponíveis em embalagens com 21 e 28 comprimidos. As pílulas para 21 dias são tomadas uma vez por dia, seguindo-se uma pausa de 7 dias. As pílulas de 28 dias são tomadas todos os dias, mas os últimos 7 comprimidos da embalagem não contêm hormonas.

Os 3 tipos de pílulas multifásicas são:

  • Bifásica — os valores de progesterona mudam no meio do ciclo. Os valores de estrogénio são mantidos durante todo o ciclo.
  • Trifásica — (ex.: Trinordiol) os valores hormonais mudam 3 vezes ao longo do ciclo.
  • Quadrifásica — (ex.: Qlaira) os valores hormonais mudam 4 vezes ao longo do ciclo.

Quais são os benefícios de tomar a pílula anticoncecional?

O benefício principal das pílulas anticoncecionais é a prevenção de gravidez, mas as pílulas também proporcionam outras vantagens, como:

  • tornar os períodos mais regulares ou evitá-los completamente
  • redução de dores menstruais
  • redução de sintomas de SPM, como mudanças de humor ou irritabilidade
  • tornar os períodos menos abundantes
  • melhoria da pele e de erupções cutâneas
  • melhoria de sintomas de endometriose e SOP (síndrome do ovário policístico)
  • redução do risco de cancro do útero e dos ovários

Se precisar de melhorar um sintoma ou condição específicos, consulte o seu médico.

A pílula não previne infeções sexualmente transmissíveis. Use um preservativo para prevenir infeções e visite uma clínica sexual se pensar que pode estar infetado(a).

Como se toma a pílula?

A parte mais importante de tomar contracetivos orais é tomá-los à mesma hora, todos os dias. Tomar um comprimido muito tarde ou não tomá-lo poderá reduzir a sua eficácia.

Imagem de pílulas contracetivas e de um relógio

A forma como toma a pílula dependerá do tipo de pílula que lhe foi receitado. O médico irá explicar-lhe como deve tomá-la. Para mais informações, leia a bula do paciente.

Como é que se começa a tomar a pílula?

Para proteção imediata contra a gravidez, comece a tomar os comprimidos ativos nos primeiros 5 dias do período.

Pode começar a tomar a pílula em qualquer altura do seu ciclo, mas a proteção só será eficaz após 7 dias de toma. Durante esses 7 dias, será necessário utilizar um método de contraceção de barreira.

Como é que atraso o meu período com a pílula?

A pílula combinada também pode ser utilizada para atrasar os períodos. Se toma a pílula de 21 dias, basta não fazer a pausa de 7 dias e começar a próxima embalagem imediatamente. Da mesma forma, se toma uma pílula todos os dias, pode ignorar os comprimidos inativos e começar imediatamente na secção com pílulas ativas.

O período só pode ser evitado com pílulas hormonais combinadas. Se toma a pílula só com progesterona (minipílula), todas as pílulas da embalagem devem ser tomadas.

Depois do parto, quando é que posso tomar a pílula?

Ao decidir que contraceção deve utilizar depois do parto, tudo dependerá de quando pode começar a tomá-la.

Se não estiver a amamentar, pode tomar a pílula combinada 3 semanas depois do parto, apesar disso, deve sempre consultar o seu médico. Se estiver a amamentar, terá de aguardar pelo menos 6 semanas, depois do parto, para tomar o medicamento. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Se tiver tido um aborto espontâneo, pode começar a tomar a pílula imediatamente. Se tomar a pílula nos primeiros 5 dias depois do aborto, esta será eficaz imediatamente. Também pode usar outros tipos de contraceção (como preservativos) até ter tomado um comprimido ativo durante 7 dias.

E se me esquecer de tomar uma pílula?

Se o atraso for superior a 24 horas (ou 12 horas em certas pílulas combinadas), ou se se esquece de tomar a pílula com frequência, este medicamento será menos eficaz na prevenção da gravidez. Se se tiver esquecido de dois ou mais comprimidos e tiver tido relações sexuais, poderá ter de tomar contraceção de emergência ou a pílula do dia seguinte.

Os conselhos relacionados com esquecimentos mudam de acordo com a pílula que estiver a tomar e com a semana em que o esquecimento ocorreu, é, por isso, importante que leia a informação da bula do paciente com atenção.

Use a ferramenta interativa abaixo para ver o que fazer caso tenha havido um esquecimento. Clique em começar.

Utilize a ferramenta interactiva abaixo para saber exactamente o que fazer se falhou ou esqueceu um comprimido ou teve diarreia por vómitos/vómitos. Basta clicar para começar.

Contraceção e Esquecimentos: o que devo fazer?

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido esquecido e os comprimidos seguintes à hora habitual (até que acabe o blister)

2) Ignore a semana de intervalo

3) Inicie o blister seguinte imediatamente

Se o seu blister contém 21 comprimidos, a sua 4ª semana deve ser uma semana de intervalo sem comprimidos. Isto significa que ainda deve estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome o blister seguinte de acordo com o calendário normal.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

3) Utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido, assim que possível, de um blister de reserva - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Continua a estar totalmente protegida. Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Continua a estar totalmente protegida. Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido esquecido e os comprimidos activos seguintes à hora habitual

2) Ignore os comprimidos inactivos

3) Inicie o blister seguinte imediatamente

Se falhou uma pílula inactiva (placebo), na 4ª semana do seu ciclo, ainda estará protegido da gravidez.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

3) Utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido dentro de 24 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Se tiver tido relações sexuais na semana anterior ao esquecimento do comprimido, poderá estar grávida. Nesse caso, contacte o seu médico e considere a utilização de um método contraceptivo de emergência.

Deve ter em mente estes pontos-chave sobre como tomar esta pílula:

1) Quanto mais "comprimidos brancos activos" falharem e quanto mais perto os comprimidos falhados estiverem dos 4 comprimidos amarelos de placebo, maior será o risco de gravidez.

2) São necessários 7 dias de "comprimidos activos" ininterruptos para se conseguir uma protecção adequada contra a gravidez.

Se tiver dificuldade em lembrar-se de tomar a sua pílula de forma consistente, deve falar com o seu médico para aconselhamento.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome o blister seguinte de acordo com o calendário normal.

Desde que só tenha falhado um comprimido e tenha tomado os comprimidos correctamente na semana anterior, deve continuar a estar protegida contra a gravidez.

Deve:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

Se falhou mais de 1 comprimido ou não tomou os comprimidos consistentemente na semana pior, deve usar um método contraceptivo de barreira durante os 7 dias seguintes.

Se falhou um comprimido na última semana de comprimidos activos, o risco de gravidez é maior. Deverá ainda estar protegida se tiver tomado as pílulas activas sem interrupção nos 7 dias anteriores e seguir os seguintes conselhos:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

Se falhou mais de 1 comprimido ou não tomou os comprimidos consistentemente na semana pior, deve usar um método contraceptivo de barreira durante os 7 dias seguintes.

Se falhou uma das últimas 4 pílulas da embalagem de comprimidos, não deverá ter qualquer impacto, uma vez que estes são comprimidos sem hormonas. Deve:

1) Descarte a pílula falhada e tome a próxima pílula programada na altura correcta, assegurando que não se vai mais de 4 dias antes de iniciar um nova blister com pílulas activas.

2) Também pode começar imediatamente um novo blister. Isto mudará o primeiro dia do seu ciclo.

Se teve relações sexuais na semana anterior, pode estar em risco de gravidez. Contacte o seu médico para aconselhamento e considere a utilização de um método contraceptivo de emergência. Deve também seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

3) Utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

3) Utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido dentro de 24 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegido contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Deve ainda estar protegido contra a gravidez se tiver tido alguns episódios de diarreia num dia/ por menos de 24 horas. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual. Fale com o seu médico ou farmacêutico se não tiver a certeza.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

A protecção contra a gravidez não será reduzida se tiver sido há menos de 12 horas. Mas, deve ainda assim seguir os seguintes conselhos para assegurar a protecção:

1) Tome o comprimido logo que se lembre.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.

A protecção contra a gravidez será reduzida. Deverá seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar dois comprimidos num dia.

3) Utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 9 dias.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Para pílulas multifásicas, os conselhos dependerão de onde se encontra no ciclo, e de que marca de pílulas está a tomar. Siga os conselhos abaixo:

1) Familiarize-se sempre com as instruções no folheto de informação ao paciente que acompanha as suas pílulas.

2) Tome nota de quando no seu ciclo não tomou a sua pílula - os conselhos serão diferentes com base nisto.

  • 2.1 No início do seu ciclo deve tomar o comprimido logo que se lembre e continuar a tomar os comprimidos seguintes à hora habitual. Deverá utilizar um método de barreira (preservativo) nos próximos 9 dias para assegurar a protecção contra a gravidez.
  • 2.2 Se esquecer uma pílula perto do fim do seu ciclo, poderá ser aconselhada a saltá-la e iniciar um novo ciclo (novo blister de pílulas).

Se se esquecer de tomar um comprimido inactivo/placebo (os últimos comprimidos do blister), não precisa de os tomar, uma vez que não contêm substâncias activas. Mas deve deitar fora o(s) comprimido(s) branco(s) que se esqueceu de tomar, para que não prolongue o período de comprimidos inactivos. O prolongamento pode aumentar o risco de gravidez. Continue a tomar o próximo comprimido no momento habitual. Isto só é relevante se estiver a tomar um comprimido multifásico com 28 comprimidos.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido dentro de 24 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Se o atraso for inferior a 12 horas, tomar o comprimido perdido o mais cedo possível, mesmo que isso signifique tomar 2 comprimidos no mesmo dia. Isto assegurará que a protecção contraceptiva seja mantida.

Se lhe faltou um comprimido na primeira semana do seu ciclo, deve:

1) Tomar o o comprimido logo que se lembre e tomar os comprimidos seguintes à hora habitual.

2) Deverá utilizar um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias para assegurar a protecção contra a gravidez.

3) Se tiver relações sexuais nessa 1ª semana (sem contracepção adicional), poderia ficar grávida. Contacte o seu médico para aconselhamento o mais cedo possível. Eles podem recomendar-lhe o uso de contracepção de emergência. Deve continuar a tomar a sua pílula como habitualmente.

Se se atrasar mais de 12 horas, tome o último comprimido perdido o mais cedo possível e depois continue a tomar o resto dos comprimidos da maneira normal. Além disso, utilize um método de barreira (preservativo) nos próximos 7 dias.

Se tiver menos de sete comprimidos no seu blister depois de ter esquecido uma dose, deve:

1) Completar o blister e iniciar o próximo blister sem uma pausa.

Isto dar-lhe-á protecção desde o momento em que tomou o último comprimido em que falhou. Pode não ter um período até ao fim de dois blisters, mas isto não a prejudicará. Poderá também ter alguma hemorragia nos dias em que tomar as pílulas.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido dentro de 24 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegido contra a gravidez. Tome o seu próximo comprimido de acordo com o seu horário habitual.

Se falhou mais do que uma pílula, deve:

1) Tomar a pílula mais recentemente esquecida e saltar qualquer pílula que tenha faltado anteriormente.

2) Tomar os comprimidos seguintes como habitualmente (isto pode significar tomar dois comprimidos num dia).

3) Usar um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 7 dias seguintes.

4) Se tiver relações sexuais nessa 1ª semana (sem contracepção adicional), poderá engravidar. Contacte o seu médico para aconselhamento o mais cedo possível. Eles podem recomendar-lhe o uso de contracepção de emergência. Deve continuar a tomar a sua pílula como habitualmente.

Se falhou mais do que um comprimido, deve:

1) Tomar a pílula mais recente que falhou (saltar qualquer pílula que tenha falhado anteriormente).

2) Tomar os comprimidos seguintes como habitualmente (isto pode significar tomar dois comprimidos num dia).

3) Usar um método contraceptivo de barreira se tiver sexo, durante os 7 dias seguintes.

Se lhe faltar um comprimido e lhe restarem menos de 7 comprimidos da sua embalagem, deve:

1) Tomar a pílula mais recente que falhou (saltar qualquer pílula que tenha falhado anteriormente).

2) Tomar os comprimidos seguintes como habitualmente (isto pode significar tomar dois comprimidos num dia).

3) Quando terminar o blister de comprimidos, comece o blister seguinte no dia seguinte sem pausa.

4) Usar um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 7 dias seguintes.

5) Se não tiver uma hemorragia de retirada depois de ter terminado o segundo blister, faça um teste de gravidez antes de iniciar outra tira.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Quanto mais pílulas se esquecer de tomar, menos eficaz é a sua contracepção. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Continue o resto da embalagem como de costume (no seu horário habitual). Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister de pílulas o mais rápido possível (desde que seja tomada dentro de 12 horas do seu horário habitual).

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Quanto mais pílulas se esquecer de tomar, menos eficaz é a sua contracepção. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Continue o resto da embalagem como de costume (no seu horário habitual). Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Pode estar em risco de gravidez. Por favor consulte o seu médico para aconselhamento e considere a utilização de um contraceptivo de emergência. Por favor, note que deverá continuar a tomar a pílula normalmente se tiver usado contracepção de emergência.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Quanto mais pílulas se esquecer de tomar, menos eficaz é a sua contracepção. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Continue o resto da embalagem como de costume (no seu horário habitual). Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Se vomitar dentro de 3 horas após a toma dum comprimido, tome outro comprimido dentro de 12 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Não estará protegido contra a gravidez se tiver perdido mais de 2 comprimidos. Deve-se deixar de a tomar até que se possa descartar a possibilidade de gravidez (por exemplo, a partir de um teste de gravidez). Se a gravidez puder ser descartada, siga o conselho abaixo:

1) Continue a tomar a pílula onde parou (ou inicie um novo blister).

2) Utilizar um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

3) Após 2 dias de tomar a pílula ao horário habitual, estará novamente protegida.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre (o mais tardar a 3 horas do seu horário habitual).

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Quanto mais comprimidos se esquecer de tomar, menos eficaz será a sua contracepção. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Pode estar em risco de gravidez. Por favor consulte o seu próprio médico para aconselhamento e considere a utilização de um contraceptivo de emergência. Por favor, note que deverá continuar a tomar a pílula normalmente se tiver usado contracepção de emergência.

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Quanto mais comprimidos se esquecer de tomar, menos eficaz será a sua contracepção. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 2 dias seguintes.

Se vomitar dentro de 2 horas após a toma dum comprimido, tome outro comprimido dentro de 3 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Deve ainda ser protegida contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Quanto mais comprimidos lhe faltarem, mais o efeito contra a gravidez é reduzido.

2) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

3) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter necessidade de tomar duas pílulas num dia.

4) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 7 dias seguintes.

5) Se isto aconteceu na 1ª semana do ciclo (uma ou mais das primeiras 7 pílulas), e teve relações sexuais na semana anterior, pode estar grávida. Fale com o seu médico para aconselhamento.

Continua a estar totalmente protegida, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre (o mais tardar a 24 horas do seu horário habitual).

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Quanto mais comprimidos se esquecer de tomar, mais reduzida será a eficácia. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 7 dias seguintes.

Deve ainda estar protegida contra a gravidez, desde que:

1) Tome o comprimido logo que se lembre e os comprimidos activos seguintes à hora habitual (24 pílulas).

2) Salte as 4 pílulas inactivas (placebo) e inicie imediatamente a nova embalagem de comprimidos.

Terá agora um dia diferente de início do seu ciclo.

Se falhou uma das últimas 4 pílulas do blister, não deverá ter qualquer impacto (uma vez que estes são comprimidos sem hormonas). Deve:

1) Eliminar a pílula esquecida e tomar a próxima pílula à hora habitual.

2) Ter em atenção que apenas um tipo específico de mini-pílulas contém pílulas inactivas, e estas devem ser claramente indicadas e ter uma cor diferente do resto das pílulas (contendo hormonas). As instruções serão diferentes se tiver falhado uma pílula activa.

A proteção da gravidez poderá estar reduzida. Aconselhe-se junto do seu médico.Podem sugerir o uso de uma forma de contracepção de emergência. Pode continuar a tomar as suas pílulas normalmente se tiver utilizado uma forma de contracepção de emergência. Deverá também usar um método de barreira (como um preservativo) se tiver relações sexuais nos próximos 7 dias.

A sua contracepção pode não ser tão eficaz. Quanto mais comprimidos se esquecer de tomar, mais reduzida será a eficácia. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Tome o comprimido logo que se lembre ou inicie um novo blister o mais rápido possível.

2) Tome os comprimidos seguintes à hora habitual. Poderá ter de tomar duas pílulas num dia.

3) Use um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os 7 dias seguintes.

Se vomitar dentro de 3-4 horas após a toma dum comprimido ou se tiver diarreia intensa, tome outro comprimido dentro de 24 horas do horário em que costuma tomar a sua pílula - deve continuar a estar protegida contra a gravidez. Se tal não for possível ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for esse o caso, volte a fazer o teste e siga o conselho para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegido contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se sofrer de diarreia grave dentro de 3 horas após ter tomado a pílula, deve tomar uma nova pílula o mais rápido possível (dentro de 24 horas do horário habitual de toma da pílula). Desde que não continue a ter diarreia, deve continuar a ser protegida contra a gravidez.

Se tiver diarreia grave dentro de 3-4 horas após tomar uma pílula, e se não tiver tomado uma nova pílula ou se estiver novamente doente, a sua contracepção não será eficaz. Se for este o caso, faça um novo teste e siga os conselhos: "Esqueci-me de 1 comprimido".

Deve ainda ser protegido contra a gravidez. Tome a sua próxima pílula de acordo com o seu horário habitual.

Se tiver diarreia intensa durante 24 horas, existe um risco de as substâncias ativas na pílula não serem completamente absorvidas pelo seu organismo. Deve considerar cada 24 horas de diarreia intensa como uma pílula perdida. Volte a fazer o teste e siga os conselhos para: "Esqueci-me de 1 comprimido".

O anel, muito raramente, poder-se-á partir. Foi notificada a ocorrência de lesão vaginal associada à quebra do anel. Se notar que o seu anel se partiu:

1) Deite fora este anel e substitua-o por um novo anel o mais rapidamente possível.

2) Utilize precauções contracetivas adicionais (por exemplo, um preservativo masculino) durante os próximos 7 dias.

3) Se teve relações sexuais antes de notar a quebra do anel, contacte o seu médico.

Se estiver doente (vómitos) ou tiver diarreia, o anel contraceptivo ainda é eficaz (ao contrário de quando se está a tomar a pílula).

Se estiver doente (vómitos) ou tiver diarreia, o anel contraceptivo ainda é eficaz (ao contrário de quando se está a tomar a pílula).

Se o tempo sem anel não foi superior a 7 dias, ainda está protegida contra a gravidez. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Coloque um novo anel logo que se lembre

2) Substitua o anel de acordo com o seu horário normal (1 anel deve ser substituído a cada 21 dias, ao horário habitual).

Se o seu intervalo de tempo sem anel foi superior a 7 dias, não pode ser protegida contra a gravidez. Quanto maior for o intervalo sem anel, maior será o risco de engravidar. Siga os conselhos abaixo:

1) Coloque um novo anel logo que se lembre.

2) Use medidas contracetivas adicionais (como um preservativo masculino) se tiver relações sexuais durante os 7 dias seguintes.

3) Se tiver tido relações sexuais no intervalo sem anel, existe a possibilidade de ter engravidado. Neste caso, contacte imediatamente o seu médico.

Se o anel esteve fora da vagina por menos de 3 horas, ainda a continuará a proteger contra uma gravidez. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Lavar o anel em água fria ou morna (não utilizar água quente).

2) Voltar a colocar o anel o mais cedo possível.

3) Substituir o anel de acordo com o seu horário normal (1 anel deve ser substituído a cada sete dias, ao horário habitual).

Pode não estar protegido contra a gravidez. Faça um teste de gravidez e consulte um médico antes de inserir um novo anel.

Se o anel esteve fora da vagina por mais de 3 horas na primeira e segunda semana, poderá não a proteger contra uma gravidez. Deverá:

1) Lavar o anel com água fria a morna (não utilize água quente)

2) Coloque novamente o anel na vagina logo que se lembre e mantenha o anel colocado sem interrupção, durante, pelo menos 7 dias

3) Use um preservativo masculino no caso de ter relações sexuais durante estes 7 dias.

4) Se estiver na primeira semana de utilização do anel e tiver tido relações sexuais durante os últimos 7 dias, existe a possibilidade de ficar grávida. Neste caso deverá contactar o seu médico.

Poderá não a proteger contra uma gravidez. Deverá deitar fora esse anel e escolher uma das duas opções seguintes:

1) Inserir um novo anel imediatamente.

2) Iniciar-se-á o próximo período de utilização de três semanas.

3) Poderá não ter o seu período, mas poderão ocorrer sangramentos ou hemorragias irregulares.

OU

1) Não insira novamente um anel.

2) Deve primeiro ter o seu período menstrual e inserir um novo anel, o mais tardar, 7 dias após o dia em que o seu anel anterior foi removido ou tenha caído.

3) Deverá apenas escolher esta opção se utilizou NuvaRing continuamente durante os últimos 7 dias.

Se estiver doente (vómitos) ou tiver diarreia, o adesivo contraceptivo ainda é eficaz (ao contrário de quando se está a tomar a pílula).

Se estiver doente (vómitos) ou tiver diarreia, o adesivo contraceptivo ainda é eficaz (ao contrário de quando se está a tomar a pílula).

Siga os conselhos abaixo para se assegurar de que ainda está protegida:

1) Tente prendê-lo novamente ou colocá-lo num novo adesivo transdérmico imediatamente (por isso está desligado há menos de 24 horas).

2) Utilize um novo adesivo se o outro já não estiver pegajoso, se tiver colado ou se tiver caído antes (não tente utilizar fita adesiva ou invólucros para colar o antigo de novo).

3) O seu "dia de mudança do adesivo" deve permanecer inalterado.

O adesivo pode não ser tão eficaz. Quanto mais tempo estiver sem o adesivo, menos eficaz será a sua contracepção. Deverá seguir os conselhos abaixo:

1) Iniciar imediatamente um novo ciclo de 4 semanas, aplicando um novo adesivo transdérmico.

2) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

3) Tem de utilizar contraceção não hormonal durante uma semana.

O adesivo pode não ser tão eficaz. Quanto mais tempo estiver sem o adesivo, menos eficaz será a sua contracepção. Deverá seguir os conselhos abaixo:

1) Iniciar imediatamente um novo ciclo de 4 semanas, aplicando um novo adesivo transdérmico.

2) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

3) Tem de utilizar contraceção não hormonal durante uma semana.

Siga os conselhos abaixo para se assegurar de que ainda está protegida:

1) Tente prendê-lo novamente ou colocá-lo num novo adesivo transdérmico imediatamente (por isso está desligado há menos de 24 horas).

2) Utilize um novo adesivo se o outro já não estiver pegajoso, se tiver colado ou se tiver caído antes (não tente utilizar fita adesiva ou invólucros para colar o antigo de novo).

3) O seu "dia de mudança do adesivo" deve permanecer inalterado.

O adesivo pode não ser tão eficaz. Quanto mais tempo estiver sem o adesivo, menos eficaz será a sua contracepção. Deverá seguir os conselhos abaixo:

1) Iniciar imediatamente um novo ciclo de 4 semanas, aplicando um novo adesivo transdérmico.

2) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

3) Tem de utilizar contraceção não hormonal durante uma semana.

O adesivo pode não ser tão eficaz. Quanto mais tempo estiver sem o adesivo, menos eficaz será a sua contracepção. Deverá seguir os conselhos abaixo:

1) Iniciar imediatamente um novo ciclo de 4 semanas, aplicando um novo adesivo transdérmico.

2) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

3) Tem de utilizar contraceção não hormonal durante uma semana.

Se se esquecer de colocar o adesivo transdérmico na 1ª semana do seu ciclo, poderá ter um risco particularmente elevado de engravidar. Siga os conselhos abaixo:

1) Tem de utilizar contraceção não hormonal durante uma semana.

2) Colocar o primeiro adesivo do novo ciclo assim que se lembrar.

3) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

Se estiver na 4ª semana do ciclo, deverá ainda estar protegido contra a gravidez. Se deixou o adesivo ligado durante demasiado tempo (esqueceu-se de o remover), tire-o logo que se lembrar. Siga os conselhos abaixo para se manter protegido:

1) Comece o ciclo seguinte no habitual "dia da mudança do adesivo", no dia seguinte ao 28º dia.

2) Continuar a substituí-los semanalmente, no mesmo dia e à mesma hora.

3) Não há necessidade de contracepção adicional.

Deverá ainda ser protegida, desde que siga os conselhos abaixo:

1) Aplique um novo adesivo assim que se lembrar (dentro de 48 horas).

2) Substitua o seguinte adesivo no habitual "dia de mudança de adesivo".

3) Não é necessária contracepção adicional.

Se se esquecer de mudar o adesivo durante mais de 2 dias, pode engravidar. Quanto mais tempo ficar sem o adesivo, menor será a eficácia. Deve seguir os conselhos abaixo:

1) Iniciar de imediato um novo ciclo de 4 semanas aplicando um novo adesivo.

2) Tem agora um novo dia 1 e um novo "dia de mudança do adesivo".

3) Deve utilizar um método contraceptivo de barreira se tiver relações sexuais, durante os sete dias seguintes (1ª semana do ciclo).

Esqueceu-se de uma ou de mais pílulas

Tomar um comprimido com mais de 24 horas de atraso (ou 12 horas em algumas pílulas combinadas) conta como uma pílula esquecida. Se se esquecer de tomar um comprimido, por norma, deve tomá-lo assim que se lembrar dele, mesmo que isso signifique tomar 2 pílulas num dia. Também se recomenda que utilize contraceção de barreira por, pelo menos, 7 dias. Se tiver relações sexuais desprotegidas durante esse período, poderá necessitar de contraceção de emergência.

Vómitos e diarreia

Se tiver diarreia ou vomitar no espaço de 3 horas depois de tomar a pílula, o medicamento poderá não ser absorvido adequadamente pelo organismo e poderá perder a eficácia. Caso isso suceda, siga os conselhos da bula de paciente.

Quais são os efeitos secundários da pílula?

A pílula combinada pode provocar efeitos secundários, especialmente ao início.

Alguns efeitos adversos da pílula contracetiva combinada são:

  • dores de cabeça
  • alteração da tensão da sensibilidade mamária
  • spotting entre períodos ou hemorragia de privação
  • mudanças de humor
  • mudanças na libido
  • alteração de peso

Veja o nosso diagrama abaixo para ver mais efeitos secundários.

Neurológicos

As dores de cabeça são um efeito secundário comum das pílulas contraceptivas. As dores de cabeça e enxaquecas mais graves são menos comum.

Gástricos

As perturbações do estômago são bastante comuns e podem ocasionalmente resultar em vómitos. Algumas mulheres experimentam um ligeiro aumento de peso, mas a perda de peso é rara.

Ginecológicos

Algumas mulheres que tomam uma pílula contraceptiva irão experimentar mudanças no seu desejo sexual

Mamários

É bastante comum sentir dor ou sensibilidade mamária nas primeiras semanas ou meses após iniciar um novo comprimido. Em casos muito raros, poderá notar descarga mamária.

Efeitos secundários da pílula contraceptiva

Clique na área relevante do corpo para saber como pode ser afetada pela sua pílula contraceptiva

A maioria dos efeitos secundários são ligeiros. No entanto, se tiver efeitos secundários que a preocupam, consulte o seu médico. Este poderá sugerir outro tipo de contraceção.

Quais são os riscos da pílula?

Apesar de a contraceção hormonal ser segura para a maioria das mulheres, alguns fatores podem aumentar o risco de efeitos adversos e de complicações.

Esta medicação poderá não ser indicada para si, se:

  • tiver mais de 35 anos de idade e/ou fumar
  • tiver um IMC alto
  • sofrer de condições como hipertensão, diabetes (com complicações), doenças hepáticas ou biliares
  • tiver enxaquecas frequentes
  • tiver um histórico pessoal ou familiar de coágulos sanguíneos
  • tiver cancro da mama
  • sofrer de problemas vasculares como AVC

A pílula também pode interagir com outros medicamentos, como:

  • medicamentos para a epilepsia
  • medicamentos para o VIH
  • certos antibióticos
  • Erva-de-São-João (um medicamento natural)
  • certos medicamentos antifúngicos

Estes medicamentos podem reduzir a eficácia da pílula. Em muitos casos, as mulheres que não podem usá-la podem usar outra forma de contraceção hormonal, como a minipílula.

Cancro

Tomar a pílula combinada reduz o risco de cancro dos ovários, cancro colorrectal e cancro do endométrio. Estudos Fonte confiável National Cancer Institute (NCI) Fonte Governamental Ir para a fonte demonstraram que tomar a pílula aumenta ligeiramente o risco de cancro da mama e de cancro cervical quando comparado com mulheres que não a tomam. Apesar disso, o risco reduz e reverte 10 anos depois de parar de tomar o medicamento.

Não se esqueça de se auto-examinar e de estar atenta a outras alterações na saúde.

Coágulos sanguíneos

Outra das complicações é um pequeno aumento no risco de coágulos sanguíneos (trombose). Apesar de o risco ser baixo, o médico poderá querer confirmar se a pílula é indicada para si.

Se tiver sinais de coágulos sanguíneos, como inchaço, vermelhidão ou sobreaquecimento da perna, procure atenção médica imediatamente.

Quais são os efeitos secundários quando se para de tomar a pílula?

Apesar de a pílula contracetiva ser segura e eficaz, algumas mulheres preferem não tomar a pílula ou fazer uma pausa. É importante compreender os efeitos que isto poderá ter no seu corpo.

Alguns efeitos secundários por parar de tomar a pílula são:

  • enxaquecas
  • alterações de peso
  • acne
  • mudanças de humor
  • períodos irregulares

Posso comprar a pílula online?

Se utilizar a pílula contracetiva combinada, pode comprá-la online na euroClinix. Só tem de preencher um questionário rápido online, que será avaliado por um dos nossos médicos. Se o tratamento for aprovado, o seu pedido será despachado com entrega rápida e gratuita.

Leia mais

Compreender e controlar os efeitos secundários da pílula

Compreender e controlar os efeitos secundários da pílula

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Que pílula anticoncecional devo tomar?

Que pílula anticoncecional devo tomar?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Como tomar a pílula contracetiva corretamente

Como tomar a pílula contracetiva corretamente

Revisto por Dr. Caroline Fontana
O método de coito interrompido é eficaz?

O método de coito interrompido é eficaz?

Revisto por Dr. Plauto Filho
A contracepção hormonal e o risco de coágulos sanguíneos

A contracepção hormonal e o risco de coágulos sanguíneos

Revisto por Dr. Plauto Filho
Esqueci-me de Tomar a Pílula

Esqueci-me de Tomar a Pílula

Revisto por Dr. Plauto Filho
Como começar a tomar a pílula?

Como começar a tomar a pílula?

Revisto por Dr. Plauto Filho
Eficácia contraceptiva - Os 4 motivos pelos quais os contraceptivos podem falhar

Eficácia contraceptiva - Os 4 motivos pelos quais os con...

Revisto por Dr. Plauto Filho
Qual a melhor contracepção pós-parto?

Qual a melhor contracepção pós-parto?

Revisto por Dr. Plauto Filho
Como armazenar medicamentos corretamente

Como armazenar medicamentos corretamente

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Posso tomar a Pílula Contraceptiva depois dos 40 anos?

Posso tomar a Pílula Contraceptiva depois dos 40 anos?

Revisto por Dr. Anand Abbot
Acne: a pílula contracetiva é eficaz no combate do acne?

Acne: a pílula contracetiva é eficaz no combate do acne?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Mais artigos
  • Seleccione
    Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    sem custo adicional