Coronavírus: Nossos serviços estão funcionando normalmente.
Telefone Falar no Chat
Equipe de suporte ao paciente disponível: seg-sex 8:00-17:00
  • Serviço privado e confidencial
  • Medicamentos Originais
  • Serviço incluído no preço e parcelamento
  • Entrega gratuita
Início / Impotência / A masturbação frequente pode levar à impotência?

A masturbação frequente pode levar à impotência?

A masturbação é uma atividade sexual normal e saudável com poucos efeitos colaterais. No entanto, a dificuldade em ter e manter uma ereção durante a masturbação ou durante o sexo pode ser um sinal de outras condições de saúde. Entenda.

A masturbação pode causar a impotência? Ou prevenir-lá?

Existem muitas causas diferentes para a impotência durante ou depois da masturbação, mas ela normalmente ocorre quando há muito pouco fluxo de sangue para o pênis.

A sexualidade masculina começa com interesse e desejo. Em seguida, vem o estado de excitação, que resulta de várias combinações de pensamentos eróticos e estimulação sensorial. Os impulsos do desejo são transmitidos dos nervos da pelve para as artérias do pênis, que se alargam para admitir mais sangue e produzir uma ereção rígida. Por essa razão, os pesquisadores estão confiantes de que a masturbação não causa disfunção erétil (DE).

A masturbação frequente pode levar à disfunção erétil?

A masturbação frequente nunca foi uma causa comprovada da impotência. Em circunstâncias especiais, contudo, a masturbação frequente até pode levar à disfunção erétil, principalmente em decorrência de problemas psicológicos.

Podemos imaginar a ereção como uma reação a estímulos externos, da mesma forma como um cheiro bom de comida pode provocar excesso de saliva na boca. Cientistas que estudam o comportamento humano consideram que seja um condicionamento. Portanto, um homem que está muito acostumado com estímulos sexuais, ou com estímulos específicos, pode chegar a ter impotência à medida que faltam esses estímulos.

Podemos dar como exemplo um homem que costuma se sentir excitado através de determinadas fantasias eróticas ou através da pornografia, levando-o a se masturbar. No momento em que surge uma pessoa que o tente estimular sexualmente, ele não consegue substituir em sua mente o estímulo físico pelo estímulo provocado pela pornografia ou pelas fantasias eróticas, podendo ser levado à impotência e não conseguindo manter a relação sexual, mesmo se estava ansioso por ela.

Pornografia causa impotência?

Seu hábito de pornografia também pode ser responsável pela sua impotência. Os pesquisadores estudaram esse efeito e deram à doença seu próprio nome - disfunção erétil induzida por pornografia (PIED). Se você passa muito tempo assistindo e se masturbando com pornografia, isso pode fazer com que você desenvolva expectativas irrealistas sobre sexo ou sobre seus parceiros sexuais. A disfunção erétil induzida por pornografia pode criar mais preocupações com a ansiedade de desempenho, agravando-se em um problema que é tanto biológico quanto psicológico.

Uma pessoa condicionada a determinados conteúdos pornográficos pode apresentar problemas na hora de manter uma relação sexual, impedindo de viver sua sexualidade ao vivo, com uma pessoa parceira. Essa situação pode ter consequências graves para um relacionamento, levando até mesmo à separação.

Em um nível fisiológico, se você está constantemente assistindo - e se masturbando - pornografia, você pode ter o que é clinicamente chamado de "hiperestimulação". Essencialmente, você aprende a obter mais estímulo físico da masturbação do que da relação sexual.

Quais os tratamentos para impotência?

Causas orgânicas da impotência erétil, incluem insuficiência arterial peniana - causada por artérias sanguíneas ineficientes, que podem reduzir a tensão de oxigênio, deixando os músculos que normalmente mantêm o pênis cheio de sangue, fracos. Se o fluxo sanguíneo for insuficiente, isso causa a impotência.

Homens que tenham problema de disfunção erétil independente de a causa ser ou não a masturbação, podem fazer uso dos inibidores da PDE5, como Viagra, como um tratamento médico temporário, utilizando o medicamento como estimulante sexual. O Viagra é um medicamento bastante eficaz nos mais diversos casos de impotência e disfunção sexual, ajudando a solucionar o bloqueio que impede a ereção e permitindo que o homem adquira a autoconfiança necessária para manter uma relação sexual satisfatória.

Os medicamentos inibidores da fosfodiesterase tipo 5 são drogas vasodilatadoras que atuam bloqueando a enzima PDE-5. Isso estimula o fluxo sanguíneo para o pênis, produzindo uma ereção. É importante conversar com um profissional de saúde sobre o uso de medicamentos para disfunção erétil. Um médico pode analisar o seu histórico médico e determinar se algum medicamento ou suplemento é contra-indicado para você, ou se sua disfunção erétil é resultado de uma condição subjacente que precisa de tratamento adicional.

A euroClinix oferece acesso a tratamentos para Impotência, como o Viagra ou Cialis, online no Brasil. Por meio de nosso questionário de consulta online, você será avaliado por um médico discretamente.

Conheça os principais inibidores da PDE5:

Viagra
Viagra Tabletten und Packung
Activo em: 30-60 min
Duração: 5 horas
Dosagem: 25, 50, 100mg
Mais sobre o Viagra
Cialis
Cialis Packung und Tabletten
Activo em: 30-60 min
Duração: 36 horas
Dosagem: 10, 20 mg
Mais sobre o Cialis
Levitra
Levitra Packung und Tabletten
Activo em: 30min
Duração: 5 Horas
Dosagem: 5, 10, 20 mg
Mais sobre o Levitra

Você pode ter que responder perguntas sobre seu desejo sexual (libido), sua capacidade de alcançar e manter uma ereção, sua capacidade de atingir o orgasmo, seu nível de satisfação com a relação sexual, bem como sua satisfação sexual geral. Se o médico determinar o seu tratamento como apropriado, ele emitirá uma receita para nossa farmácia e você receberá o tratamento discretamente na sua casa ou trabalho.

Relações sexuais frequentes levam à impotência?

O sexo frequente num relacionamento saudável, que seja confortável para ambos os parceiros, não provoca qualquer efeito negativo sobre a potência. No entanto, quando ocorrem medos, pressão psicológica ou estresse da atividade sexual, podem ocorrer problemas de disfunção erétil no homem, não conseguindo manter o pênis em ereção pelo tempo necessário para uma atividade sexual satisfatória.

Podemos ver essa condição, por exemplo, num homem que sente medo de fracassar durante a relação sexual, ou que acredita que não vai satisfazer as necessidades de sua parceira ou parceiro.

A disfunção erétil, ou impotência, ocorre quando um homem sente excitação sexual, mas não consegue ereção completa do pênis, ou não mantém ereção suficiente para ter uma relação sexual.

causas da impotencia

A falta de ereção, quando ocorre de forma esporádica, pode ser resultado de estresse ou de alguma condição psicológica. No entanto, quando é persistente, pode ser decorrente de causas físicas e psicológicas mais aprofundadas.

Entre as causas físicas da disfunção erétil podemos destacar as doenças cardiovasculares, que atacam principalmente homens de idade mais avançada. Em homens mais jovens, predominam as causas psicológicas.

Segundo alguns estudos publicados pelo Journal of Sexual Medicine, até os 40 anos pelo menos um em cada 4 homens pode ser afetado pela disfunção erétil. Em idades acima de 40 anos, a proporção vai aumentando à medida que o homem envelhece. A impotência ou redução no desejo sexual pode também estar ligada a fatores como ansiedade, depressão, diabetes, hipertensão, síndrome do pânico e muitos outros problemas. No entanto, a masturbação não deve ser encarada como causa do problema de disfunção erétil, uma vez que, durante o ato, infalivelmente o homem mantém o pênis em ereção.

impotência psicologica

Que efeitos positivos a masturbação tem sobre a saúde?

Segundo os médicos, a masturbação apresenta impactos positivos na saúde das pessoas, principalmente antes de dormir, já que reduz o estresse e a tensão e melhora a autoconfiança.

Nas mulheres, a masturbação pode ter efeitos benéficos e melhorar as relações sexuais com o parceiro.

Além disso, a masturbação não oferece riscos de contaminação de doenças sexualmente transmissíveis, evitando que um contato apenas sexual, sem envolvimento emocional, possa trazer sérios problemas de saúde.

A autossatisfação e uma relação sólida se encaixam?

A masturbação é um ato perfeitamente normal para homens e mulheres, independente do fato de estarem ou não num relacionamento.

Um ponto importante a ser observado, no entanto, é a busca do prazer solitário quando uma pessoa está vivendo um relacionamento. A masturbação compulsiva pode levar uma pessoa a se sentir extremamente satisfeito sexualmente, não sentindo mais vontade de buscar sexo com uma companhia, entendendo que ele mesmo pode solucionar suas necessidades sexuais, sem precisar manter relações sexuais com outra pessoa.

O orgasmo prolonga a vida dos homens?

Segundo um estudo norte-americano realizado com cerca de 1.000 homens, constatou-se que os homens que têm mais orgasmos vivem mais tempo. No entanto, não se pode constatar se a menor taxa de mortalidade está diretamente ligada à maior atividade sexual.

Como você sabe se seu DE é psicológico ou fisicológico?

Quer sejam fisiológicas ou psicológicas, as ereções parciais são um sinal de alerta para a disfunção erétil e representam um problema que deve ser enfrentado antes que piorem. Durante anos, os homens acreditaram que os problemas sexuais eram uma parte normal do envelhecimento. Felizmente, a medicina moderna e a mudança de atitudes desmascaram esse mito.

Quer você tenha falado com um profissional de saúde ou não, existem alguns sinais a serem observados que podem sugerir que sua disfunção erétil é de natureza psicológica ou fisiológica. Pergunte a você mesmo as seguintes questões:

  • Você se interessa por sexo e se sente atraído pelo parceiro, mas tem problemas na cama?
  • Você consegue ter uma ereção enquanto se masturba?
  • Você tem ereções matinais?
  • Você está sob muito estresse ou uma quantidade anormal de ansiedade?
  • Você fica nervoso sobre agradar seu parceiro?

Condições físicas de saúde - como doenças cardíacas, hipertensão e diabetes - podem contribuir para a DE. Se você está tendo impotência, é uma boa ideia conversar com um profissional de saúde para descartar outros problemas médicos como:

  • Pressão alta
  • Problemas de coração
  • Baixa testosterona
  • Diabetes
  • Colesterol alto
  • Depressão

Ao falar com um dos nossos profissionais de saúde sobre seu tratamento, mencione quaisquer problemas de saúde existentes que você tenha e quaisquer medicamentos sujeitos a receita médica, medicamentos de venda livre ou suplementos que esteja tomando.

Tudo isso acontece em questão de minutos, do conforto de sua casa, para que possa tratar a DE de maneira fácil, discreta e do seu jeito. Os ajustes contínuos nas dosagens e renovações de prescrições são simplificados ao entrar em contato com nosso Atendimento ao Cliente em Português pelo chat ao vivo ou e-mail. Nosso objetivo é fornecer um atendimento de qualidade e rápido para todos os homens do Brasil.

Cialis
Cialis
  • Eficácia Clinicamente Comprovada
  • Ação rápida e Duração efeitos 36 horas
  • Disponível na versão genéricaTadalafila
Conheça Tratamentos Disponíveis
Dr. Mahesh Chhaya
Dr. Mahesh Chhaya Médico prescritor
Impotência

Nosso serviço - apenas na euroClinix
  • Serviço Privado e ConfidencialRealizamos o envio em embalagem discreta e mantemos os seus dados em sigilo absoluto
  • Medicamentos originaisEnviados da nossa farmácia credenciada no Reino Unido
  • Não é necessário passar por uma consulta presencialos nossos médicos vão avaliar a sua consulta online
  • Entrega Expressa GrátisEntrega pelos Correios. Sem taxas de frete adicionais
Ver tratamentos
  • Selecione
    o Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    expressa grátis