Outros Tratamentos

Pramil

O Pramil é um medicamento vendido ilegalmente na internet, sem receita médica, sendo divulgado como uma das melhores soluções para o tratamento de disfunção erétil. É importante lembrar que o Pramil teve sua comercialização proibida pela Infarmed, em razão de uma série de problemas provocados pelo seu uso.

O medicamento ficou bastante conhecido como alternativa ao Viagra e, infelizmente, muitos homens ainda fazem uso dele, seja por curiosidade, por desconhecimento de seus efeitos prejudiciais ou simplesmente por precisar de estímulos para manter suas funções sexuais ativas.

O que é o Pramil?

o-que-e-o-pramil

Atualmente o Pramil é comercializado apenas pela internet, sendo vendido sem receita médica, prometendo ainda ser o melhor medicamento para tratamento de disfunção erétil. Seus valores atuais ainda são bem menores do que outros medicamentos inibidores de PDE5, como o Viagra, sendo divulgado que seu princípio ativo é o mesmo do medicamento original, ou seja, o citrato de sildenafila.

A contradição dos sites que revendem o Pramil é o fato de salientar que o medicamento não pode ser tomado sem antes consultar um médico. No entanto, sua venda é feita sem prescrição, em farmácias online não confiáveis.

Informações obtidas nos sites dizem ser de extrema importância ter o acompanhamento médico, até mesmo para saber se o Pramil é o medicamento indicado para o paciente que o está adquirindo.

Da mesma forma que o Viagra, o Pramil é divulgado como um medicamento que só apresenta efeitos quando o homem for estimulado. A realidade, no entanto, demonstra que o Pramil estimula automaticamente o homem, havendo casos em que o usuário apresentou os sintomas clássicos de priapismo, condição em que o homem mantém ereção por tempo demasiadamente prolongado, podendo levar a consequências graves que provocam lesões nos nervos e tecidos penianos.

Quais são os ingredientes de Pramil?

Segundo os sites que comercializam o Pramil, o medicamento tem como princípio ativo o citrato de sildenafil, substância com capacidade de inibir o PDE5, um composto que aumenta a circulação sanguínea no pênis, proporcionando ereção mais rígida e por tempo mais prolongado, permitindo que o homem com disfunção sexual possa manter relações sexuais satisfatórias.

Contudo, não é conhecida a procedência do suposto laboratório produtor do Pramil que está sendo comercializado, não se sabendo se o princípio ativo é realmente o sildenafil, o que deve levar os interessados que tenham problemas de impotência sexual a procurar um médico para prescrição de um medicamento seguro.

Como o Pramil funciona no corpo?

De acordo com a divulgação, o Pramil, através de seu suposto princípio ativo sildenafil, facilita o relaxamento da musculatura lisa do pênis e estimula a passagem e o fluxo de sangue nas artérias, trazendo com consequência a ereção.

Os sites que comercializam o Pramil informam que o medicamento teve sua eficiência comprovada, alertando para uma situação que não é constatada com o uso de Viagra, ou seja, o órgão masculino deve ser manipulado para que o medicamento faça efeito.

O princípio ativo citrato de sildenafil apresenta efeitos em pessoas que possuem disfunção sexual inclusive através de estímulos visuais, um fato que parece comprovar que o Pramil não é produzido a partir dessa substância já aprovada e comprovada como eficiente para o  .

Com relação à duração dos efeitos, os sites informam que o Pramil pode durar no organismo entre 3 a 8 horas, dependendo da dosagem utilizada.

Praticamente todas as farmácias e sites online que comercializam ilegalmente o Pramil também informam que, por ser um medicamento de laboratório, o Pramil pode provocar efeitos colaterais graves, que devem ser acompanhados com cuidado e, no caso de se tornarem graves e intensos, o usuário deve procurar ajuda médica imediatamente.

Entre os efeitos colaterais informados pelos sites de venda do Pramil, estão os seguintes:

  • Dor de cabeça;
  • Vermelhidão no rosto;
  • Taquicardia;
  • Tonturas;
  • Má digestão;
  • Congestão nasal;
  • Distúrbios visuais.

Os sites ainda reiteram o fato de que, se o usuário começar a sentir fortes náuseas ou vômitos, dores pelo corpo, sensibilidade à luz ou visão turva, taquicardia intensa ou dores no peito, deve parar imediatamente com o uso do medicamento, consultando um médico e informando todos os sintomas que apresenta.

Riscos ao comprar e utilizar o Pramil

O Pramil não é mais encontrado em nenhuma farmácia legalmente registrada, sendo um medicamento proibido de ser comercializado. Sua fama se deve mais ao fato de ser um medicamento de baixo preço e pela promessa de oferecer efeitos semelhantes ao Viagra original, embora tenha causado diversos problemas de saúde em razão dos inúmeros efeitos colaterais que provocou nos usuários.

Como mencionamos anteriormente, não se conhece a procedência do Pramil que é vendido atualmente através dos sites da internet, considerando ainda o fato de que o medicamento teve sua comercialização proibida no Brasil e nos países europeus, inclusive Portugal.

Por não se saber sua origem exata, não se pode confiar nas consequências de seu uso indiscriminado e sem acompanhamento médico.

Comparação do Pramil e inibidores de PDE5 originais

Os inibidores de PDE-5 originais minimizam a atuação das enzimas que impedem a livre circulação de sangue nas artérias do pênis. A forma de atuação dos inibidores de PDE5 é inibir a enzima fosfodiesterase tipo 5, reduzindo os efeitos que ela causa ao processo de ereção, que impedem que o homem com disfunção tenha condições de manter uma relação sexual satisfatória.

Normalmente, com medicamentos originais, essa interferência não provoca qualquer dano à saúde, permitindo ao homem manter uma vida sexual saudável e normal.

O fato não foi constatado com o Pramil durante seu tempo de comercialização legal, o que levou o medicamento a ser proibido em Portugal e em todos os países onde estava sendo vendido.

"Os inibidores de PDE5 foram aprovados para uso no tratamento da disfunção erétil desde 1998, depois de centenas de ensaios clínicos comprovarem a sua segurança e eficácia para o uso dessa condição em particular. A utilização de produtos não testados apresenta muitos riscos."

Pramil é aprovado no Brasil?

Como já informamos anteriormente, o Pramil não é aprovado no Brasil e em todos os países onde antes era comercializado. Medicamentos ilegais não devem ser vendidos e, quem os comercializa, são punidos com multa e, em certos casos, prisão.

Depois da proibição da venda de Pramil um comerciante foi levado à Justiça depois de ter sido denunciado por manter em um depósito, expor à venda e entregar ao consumo o medicamento já ilegal, em doses de 100 mg e 50 mg.

O caso foi levado à Justiça em razão de um dos usuários do medicamento, que precisou ser internado logo após a ingestão do Pramil, precisando de um cuidadoso atendimento médico para retornar à condição normal de saúde.

Por que há tantas ofertas de Pramil online?

Um dos problemas mais angustiantes para o homem com disfunção sexual é falar sobre esse problema. Normalmente ele o esconde e procura meios os mais diversos para tratar a disfunção sexual, evitando, inclusive, enfrentar um médico para expor sua condição.

Para atender esse público, a internet possibilita a comerciantes desonestos vender medicamentos, não apenas o Pramil, mas também outros que, não sendo necessário consulta médica, podem ser vendidos como suplemento alimentar ou mesmo como medicamentos sem prescrição.

Alternativas legais ao Pramil

produtos-para-impotencia

O Pramil possui diversas alternativas legais, com prescrição médica, permitindo que o homem com disfunção erétil tenha um tratamento sério, com acompanhamento médico, muito mais seguro do que quando faz uso de medicamentos ilegais.

Quando o homem tem disfunção erétil, deve ter em mente que sua condição exige tratamento adequado, para manter sua qualidade de vida. Além disso, é necessário também conhecer as condições físicas do paciente, situação que somente um médico pode determinar.

Fazendo uma consulta médica, o profissional de saúde poderá prescrever o melhor remédio para sua condição, como Viagra, Cialis ou outro aprovado pelos órgãos de saúde.

Se procura um tratamento com comprovação cientifíca e mais económico para a disfunção erétil, Sildenafil pode ser a melhor opção para o seu caso. O ingrediente activo, mesmo utilizado no Viagra, pode ser vendido legalmente na versão genérica e por essa razão o seu preço é mais baixo.

Sildenafil
  • Medicamento original, testado em estudos clinícos
  • Ação em 30 minutos e duração de 4 horas
  • Versão económica do medicamento Viagra
Mais sobre o Sildenafil

Fontes:

Aprenda mais sobre medicamentos para impotência:
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?