• Receita incluída
  • Medicamentos de marca original
  • Tudo incluído no preço
  • Entrega sem portes de envio
Início / Calvície / Efeitos secundários de finasterida: o que esperar

Efeitos secundários de finasterida: o que esperar

Saiba mais sobre os efeitos adversos de finasterida

Finasterida, ou propecia, é um tratamento eficaz para a calvície masculina (alopecia androgenética).

O fármaco impede o organismo de transformar testosterona em di-hidrotestosterona (DHT). Esta hormona contrai os folículos capilares, provocando queda de cabelo a longo prazo.

Grande plano de homem a ler bula do paciente.

Apesar de o fármaco ser eficaz, alguns homens observam efeitos secundários. Assim sendo, se estiver a pensar tomar comprimidos de finasterida, é importante saber o que esperar.

Continue a ler para saber mais sobre os possíveis efeitos indesejáveis de finasterida e como reduzi-los.

Quais são os efeitos secundários comuns de finasterida?

O efeito secundário mais comum de finasterida é disfunção sexual. O fármaco impede que testosterona seja convertida em DHT e converte-a, em vez disso, em estradiol (um tipo de estrogénio). Os níveis de testosterona diminuem e a disfunção sexual pode ocorrer.

Abaixo encontra uma lista de sugestões para minimizar estes efeitos secundários.

Perda de líbido

Alguns pacientes que tomam finasterida sofrem com líbido baixa ou um decréscimo no desejo sexual. Se for esse o seu caso, e precisar de ajuda, fale com o seu médico para mudar a dose ou experimentar outro medicamento.

Disfunção erétil

A disfunção erétil caracteriza-se pela incapacidade persistente de obter ou manter uma ereção que permita um desempenho sexual satisfatório. Se tiver disfunção erétil, fale com o seu médico para adaptar a dose, caso seja necessário.

A disfunção erétil provocada por finasterida pode ser tratada, normalmente, com inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), como Sildenafil (Viagra), Tadalafil (Cialis), Vardenafil (Levitra), or Avanafil (Spedra).

Problemas de ejaculação

Se, depois de tomar este medicamento, tiver problemas relacionados com a ejaculação, consulte o seu médico. Problemas como ejaculação precoce são comuns e podem ser tratados com medicamentos de prescrição como Priligy (dapoxetina).

Contagem de espermatozoides reduzida

Se ejacular menos do que o normal ou não tiver sémen, fale com o seu médico para mudar a dose do medicamento.

Eis algumas mudanças de estilo de vida que pode implementar para melhorar a produção de espermatozoides:

  • consumir menos álcool
  • perder peso (se tiver excesso de peso)
  • parar de fumar (se fumar)
  • usar roupa interior confortável
  • evitar o calor em excesso (jacúzis, sauna)
  • evitar exposição a pesticidas, solventes ou alguns metais pesados
Grande plano de homem com mãos na virilha.

Quais são os efeitos menos comuns de finasterida?

Anomalias mamárias

Sim, à semelhança do que acontece com as mulheres, os homens também podem ter alterações mamárias. Estas podem ocorrer porque finasterida aumenta os valores de estrogénio.

Em alguns homens, esse aumento pode causar ginecomastia, uma condição que faz com que o peito masculino se assemelhe a um peito feminino.

Grande plano de homem a cobrir o peito, sem camisa.

Os sintomas podem variar em seriedade. O mais comum é volume excessivo à volta dos mamilos. Em casos mais graves, o volume pode assemelhar-se ao do peito de uma mulher e causar dores ou sensibilidade.

Reações cutâneas

Alguns homens podem ter uma reação alérgica, se for a sua primeira vez a tomar finasterida. O sintomas de alergia são:

  • erupção cutânea com comichão
  • vermelhidão
  • irritação
  • urticária

Se tiver qualquer um destes sintomas, pare de tomar finasterida e consulte o seu médico.

Quais são os efeitos secundários sérios de finasterida?

Alguns efeitos secundários são extremamente raros e não se sabe ao certo com que frequência ocorrem.

Contudo, apesar de o seu desenvolvimento ser improvável, é importante conhecê-los, para poder minimizá-los, caso estes ocorram.

Efeitos secundários raros:

  • angioedema (inchaço causado por retenção de fluidos)
  • infertilidade
  • palpitações
  • dores testiculares
  • depressão
  • pensamentos suicidas

Cancro da mama

Foram observados alguns casos de cancro mamário masculino por causa de finasterida. Contudo, alguns estudos Fonte confiável UK Government Publications Fonte Governamental Ir para a fonte demonstraram que a diferença nas taxas de cancro da mama entre homens que tomam finasterida e homens que não a tomam é insignificante.

Ainda assim, o auto-exame continua a ser importante. Fale com o médico se detetar sintomas de cancro da mama, como nódulos, modificações no tamanho ou formato da mama, sensibilidade ou corrimento mamilar.

O risco de cancro em geral pode ser reduzido com mudanças de estilo de vida como:

  • Parar de fumar, se for um fumador
  • Manter um peso saudável
  • Ter uma alimentação equilibrada com muita fruta, vegetais, produtos integrais e proteínas
  • Proteger-se do sol com protetor solar, vestuário ou ficando à sombra
  • Limitando o consumo de álcool

Quanto tempo duram os efeitos secundários?

Na maioria dos casos, os efeitos adversos duram apenas algumas semanas, o que é normal, à medida que o organismo se adapta ao medicamento. Contudo, se os efeitos indesejáveis persistirem, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Que precauções devo tomar ao tomar finasterida?

Para além dos efeitos secundários, é importante tomar algumas precauções ao tomar finasterida.

Mulheres grávidas

Finasterida pode afetar o feto. Assim, as mulheres grávidas não devem manusear comprimidos partidos ou esmagados. Os homens que tomam finasterida devem usar um método de barreira se tiverem relações sexuais com uma mulher grávida.

Testes de laboratório

Finasterida também pode afetar alguns testes de laboratório. Particularmente os valores de testes de cancro da próstata. Se tiver a utilizar finasterida, comunique-o ao seu médico.

O que acontece quando se para de tomar finasterida?

Alguns homens têm efeitos secundários quando param de tomar finasterida.

A isto chama-se síndrome pós-finasterida (SPF). A síndrome é uma condição controversa, sobre a qual pouco se sabe, e continua a ser estudada atualmente.

A mesma provoca sintomas físicos e mentais. Em 2021, foram publicados os primeiros critérios de diagnóstico de SPF de sempre na literatura médica.

Abaixo, encontra todos os sintomas de SPF alguma vez observados.

Sintomas sexuais Sintomas físicos Sintomas psíquicos ou cognitivos
  • baixa libido
  • disfunção erétil
  • perda de intensidade nos orgamos
  • volume reduzido de sémen
  • encolhimento peniano e/ou escrotal
  • doença de Peyronie
  • ginecomastia
  • cansaço
  • dor ou fraqueza muscular
  • mudanças na pele
  • alterações na visão
  • alterações no metabolismo
  • tinite
  • problemas de memória
  • depressão, ansiedade e pensamentos suicidas
  • indiferença emocional
  • insónia
  • apneia obstrutiva do sono (SAOS)

Infelizmente, a condição não tem cura e há poucos tratamentos para ela, mas, felizmente, a sua ocorrência é rara.

Em 2018 Fonte confiável National Center for Biotechnology Information (NCBI) Fonte Governamental Pesquisa e Literatura Biomédica Ir para a fonte , estima-se que, a nível mundial, mais de 1000 homens tiveram sintomas de SPF. Estes dados tiveram como base um fórum de aconselhamento na Internet para pessoas a tomar Propecia. No entanto, é provável que a condição não tenha sido diagnosticada, dado que pouco se sabe sobre a mesma.

Para mais informações e apoio, consulte o site PFS Foundation.

Quem é mais suscetível aos efeitos secundários?

Se tem outras condições de saúde ou toma outros medicamentos, comunique isso ao médico ou farmacêutico antes de utilizar finasterida. O seu risco de sofrer efeitos secundários poderá ser maior.

Informe o seu médico se tiver:

  • um histórico de depressão ou problemas psíquicos
  • interrupção do fluxo urinário
  • intolerância à lactose
  • um histórico de disfunção erétil ou outro distúrbio sexual

Em princípio, não haverá problema, mas, antes de utilizar qualquer medicamento, deve consultar um profissional de saúde para obter aconselhamento médico.

Como posso minimizar os efeitos secundários de finasterida?

Alguns efeitos indesejáveis podem ser controlados com outros medicamentos.

Por exemplo, se tiver disfunção erétil, existem vários tratamentos de prescrição disponíveis no mercado, semelhantes ao Viagra.

Saiba mais sobre tratamentos para a disfunção erétil

Clique aqui

No entanto, em alguns casos, poderá ser melhor experimentar outro tratamento.

Uma alternativa também eficaz à finasterida é minoxidil. Um tratamento tópico que pode aplicar diretamente nas zonas do couro cabeludo onde está a perder cabelo. O fármaco pode ser adquirido na farmácia ou com receita médica.

Texto revisto por Dr. Caroline Fontana Escrito pela nossa equipa editorial Última atualização 05-07-2024

Leia mais

Causas comuns de queda de cabelo: guia completo

Causas comuns de queda de cabelo: guia completo

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Finasterida resultados para queda de cabelo - funciona?

Finasterida resultados para queda de cabelo - funciona?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Implante Capilar

Implante Capilar

Revisto por Dr. Plauto Filho
  • Seleccione
    Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    sem custo adicional