Atualização sobre o Coronavírus: Nossos serviços estão funcionando normalmente.
Telefone Falar no Chat
Equipe de suporte ao paciente disponível: seg-sex 8:00-17:00
  • Serviço privado e confidencial
  • Medicamentos Originais
  • Serviço incluído no preço e parcelamento
  • Entrega gratuita
Início / Candidíase

Candidíase

Infeção por Candida Albicans nas Mulheres

A candidíase, frequentemente conhecida como candidíase vaginal, é uma infecção experienciada por cerca de 75% das mulheres ao longo da sua vida. A candidíase é um tipo de infecção fúngica, que pode recorrer várias vezes e durante vários anos sem que seja necessariamente perigosa. Esta infecção pode causar desconforto e deve ser tratada o mais cedo possível.

Esta condição desenvolve-se geralmente como resultado de um desequilíbrio bacteriano na vagina, que motiva a proliferação do fungo candida albicans, responsável pela candidíase vaginal, candidíase oral e peniana ou balanite.

Tratamentos Disponíveis

Embalagem Diflucan 150 (Fluconazol), 150 mg, 1 comprimido
Diflucan (Fluconazol) 150 4.4(27 Opiniões)
  • Tratamento de dose única
  • Diminui as hipóteses de efeitos secundários
  • Contém o princípio activo Fluconazol
Mais Informação
Preços a partir de R$299.99
Embalagem Gyno Daktarin (Nitrato de Miconazol) 20 mg/g, creme vaginal + aplicador
Creme Vaginal Gyno-Daktarin (Miconazol) 4.8(6 Opiniões)
  • Tratamento eficaz e clinicamente comprovado para a candidíase
  • Neutraliza a infecção fúngica e reduz os sintomas mais severos
  • Contém o princípio activo Miconazol
Mais Informação
Preços a partir de R$219.99

Quais as causas da candidíase vaginal?

A candidíase vaginal é causada por um fungo conhecido como Candida albicans, frequentemente presente na vagina sem apresentar quaisquer sintomas. Isto deve-se às bactérias naturalmente presentes na vagina equilibrarem a presença do fungo, pelo que não será sentido qualquer desconforto. Contudo, quando o fungo Candida se multiplica e o seu equilíbrio é quebrado, desenvolve-se a candidíase. Por esta razão, apesar de se poder desenvolver após e ser transmitida pelo contacto sexual, a candidíase vaginal não é classificada como uma doença sexualmente transmissível.

As causas potenciais desta alteração no equilíbrio bacteriano incluem tomar antibióticos, quimioterapia e o uso de produtos agressivos para higiene vaginal. O uso de roupa apertada pode também induzir à multiplicação do fungo.

Quais são os sintomas?

Como o fungo apenas apresenta sintomas após começar a multiplicar-se, é possível ser infectada sem saber. Se este for o caso, a única forma de estabelecer se a infecção está presente é fazer um teste ao muco cervical. Os sintomas que se desenvolvem incluem comichão, inchaço e irritação em torno da área genital. A vagina pode apresentar-se vermelha tal como a vulva, com alteração do corrimento vaginal, sendo a dor ao urinar e durante o sexo muito comum.

Prevenir a candidíase vaginal

Para minimizar o risco de ser infectada pela candidíase vaginal, deve evitar roupas apertadas ou produtos de higiene que contenham álcool ou perfumes. A roupa interior de algodão também está aconselhada se for susceptível à candidíase. Evite usar produtos desinfectantes ou antissépticos que possam irritar a vagina e tenha uma boa higiene em geral. Ao seguir estas recomendações, irá diminuir as hipóteses de contrair a infecção, bem como impedir os surtos de ocorrerem.

Tratamento da candidíase vaginal

Os tratamentos da candidíase variam entre os cremes e óvulos de venda livre e os medicamentos de prescrição. Dependendo da severidade da sua infecção, um médico pode recomendar o tratamento mais adequado e que forneça os melhores resultados. O método de aplicação pode também desempenhar um papel definitivo sobre o uso mais confortável para si, quer seja um tratamento em comprimidos ou a aplicação tópica em creme.

O Diflucan e o Gyno-Daktarin são dois exemplos de tratamento para a candidíase. O Diflucan é um tratamento antifúngico que contém fluconazol e se apresenta em comprimidos. O Gyno-Daktarin contém miconazol e é um tratamento em creme. Ambos estão clinicamente comprovados serem formas de tratamento eficazes, permitindo escolher qual das duas variantes melhor se adequa.

  • Selecione
    o Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    expressa grátis

Informações Relacionadas
Candidíase na gravidez