Efeitos Secundários e Interações do Levitra

Levitra é um medicamento de prescrição médica, e como todo medicamento de prescrição, pode causar efeitos colaterais em seus pacientes. Os efeitos colaterais mais comuns do Levitra incluem: dor de cabeça, rubor, congestão ou corrimento nasal, indigestão, e dor de estômago. Você poderá encontrar mais efeitos colaterais, interações e contra-indicações do Levitra em nosso artigo.

Levitra – breve introdução ao medicamento

O Levitra, com substãncia activa Vardenafil, é um medicamento fabricado pela farmacêutica alemã Bayer e é utilizado como terapia no tratamento da Disfunção Eréctil (Impotência sexual).

Levitra

O fármaco apresenta-se nas doses de 5 mg, 10 mg e 20 mg e sob a forma farmacêutica de comprimidos (Levitra) e de comprimidos orodispersíveis (Levitra Orodespersível)

É considerado bastante eficaz e as dosagens variam precisamente de acordo com o tipo de necessidade e de terapia a aplicar no utilizador específico.

O mecanismo do Levitra é bastante rápido pelo que o medicamento também é aconselhado para tomas pontuais.

Efeitos colaterais do Levitra

Como qualquer medicamento o Levitra não está completamente isento de efeitos secundários indesejáveis, sendo que estes não ocorrem sempre nem em todos os utilizadores.

O quadro em baixo indica o tipo de efeitos que a toma de Levitra pode provocar por frequência de ocorrência.

Efeitos Secundários mais comuns
  • Dor de cabeça
  • Rubor facial e/ou no pescoço, peito e braços
  • Espirrar
  • Nariz Entupido
Efeitos Secundários incomuns
  • Dor de cabeça (cefaleia)
  • Tontura e desmaio
  • Dores musculares
  • Náuseas
  • Epilepsia
  • Palpitações / desconforto no peito
Efeitos Secundários graves ou com Frequência desconhecida
  • Perda de audição
  • Perdas súbita de visão

Entre os Efeitos secundários menos comuns ( menos de 1% dos homens ) também foram relatados: dor de braços, costas, pescoço e/ou maxilar, dor abdominal, visão desfocada e/ou perda de visão , dor ou desconforto no peito , arrepios, suores frios , dificuldade em respirar e/ou em engolir , dor ocular , comichão , sangramento do nariz , glândulas inchadas no pescoço , dificuldades em dormir, sonolência, alterações na voz, latejar nos ouvidos, inchaço nas pálpebras, face, lábios ou língua, perda de apetite, Irritação, dor ou ardor na garganta , suor excessivo , úlceras, aftas ou manchas brancas na língua ou no interior da boca.

A incidência de efeitos secundários graves como, por exemplo, perdas súbitas de visão ou audição são motivo para se consultar imediatamente o médico.

Adicionalmente o agravamento, o prolongar dos efeitos ou efeitos não listados são também razões para o utilizador consultar um médico.

Interações medicamentosas do Levitra

À semelhança do que acontece com outros medicamentos, a toma de Levitra em concomitância com determinados medicamentos ou substâncias pode causar alguns efeitos. Por este motivo o paciente deve consultar um médico aquando da toma do medicamento, especialmente doentes com patologias crónicas.

Os medicamentos que interagem com o Levitra são os seguintes:

Medicamento, grupo medicamentoso ou substância Interacção
Nitratos / Óxido Nítrico para o tratamento da angina de peito Utilização destes medicamentos com o Levitra pode provocar alterações significativas na tensão arterial. A sua concomitância deve ser autorizada por um médico.
Amiodarona / Quinidina para o tratamento contra a arritmia cardíaca Alterações da tensão arterial. A toma em simultâneo com Levitra deve ser supervisionada medicamente.
Antirretrovirais (Ritonavir ou Indinavir) para tratar infecção pelo vírus HIV e AIDS Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Antifúngicos (Cetoconazol ou itraconazol) Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Antibióticos macrólidos (ex: Azitromicina, eritromicina) para o tratamento das infecções bacterianas e fúngicas comuns Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Bloqueadores alfa para o tratamento da hipertensão arterial sistêmica Alterações da tensão arterial. Pode existir concomitãncia mas com pausa de 4-6h entre eles e o Levitra.
Cialis, Viagra, Spedra para o tratamento da disfunção eréctil Alterações da tensão arterial, desmaio, etc. Não podem ser tomados em simultâneo.
Sumo de toranja Pode afetar o normal desempenho do fármaco.

As interações medicamentosas podem provocar efeitos indesejáveis e até mesmo prejudiciais para a saúde, pelo que é necessária precaução nesta matéria.

Contra-indicações do Levitra

As contraindicações de um medicamento são circunstâncias nas quais a toma do fármaco está comprovadamente contraindicada, isto é, o fármaco não deve efectivamente ser tomado.

Por outro lado, há pacientes a quem a toma não está contraindicada, mas que devem tomar espaciais precauções na toma. Estes casos são os seguintes: doentes com doenças coronárias, alterações cardíacas ou condições do coração hereditárias; pacientes com patologias que possam afetar o pénis como a leucemia, anemia e mieloma múltiplo; úlceras no estômago.

As contraindicações do Levitra, ou seja, casos em que não deve tomar Levitra são:

  • Alergia ou hipersensibilidade ao Vardenafil ou a qualquer um dos excipientes do fármaco Levitra – a alergia traduz-se em sintomas como irritação cutânea, inchaço e dificuldade em respirar
  • Se o paciente tem mais de 75 anos e está a tomar fármacos do grupo medicamentoso dos antifúngicos
  • Se o doente sofre de doença cardíaca grave ou teve algum episódio cardíaco ou vascular súbito (ataque cardíaco, enfarte do miocárdio, acidente vascular cerebral) recentemente
  • Pacientes com doença hepática grave
  • Pacientes que se encontram presentemente a fazer hemodiálise
  • Pacientes com Hipotensão
  • Pacientes com doenças oculares degenerativas ou historial familiar de doenças como a retinite pigmentosa
  • Pacientes com perda de visão parcial ou total mesmo que não causada por neuropatia ótica isquémica anterior não arterítica (NAION)
  • A toma de Levitra está também contraindicada a todos os pacientes cuja atividade sexual não seja recomendada

Apesar de não estarem relatados efeitos secundários causados pela toma de álcool e Levitra, o seu consumo não é aconselhado nestas circunstâncias porque pode causar dificuldades no processo da ereção.

Finalmente, o Levitra apenas está indicado para utilização por homens adultos maiores de 18 anos, estando a sua toma totalmente contraindicada em mulheres e crianças.

Fontes:

  1. Levitra - Vardenafil, Agência Europeia Medicamentos - URL: ema.europa.eu
  2. LEVITRA® (vardenafil HCl) Tablets. FDA (2008) - URL: accessdata.fda.gov
  3. Levitra 10 mg comprimidos orodispersíveis, Diagnosia (2011) - URL: diagnosia.com/pt/
  4. Vardenafil Side Effects. Drugs.com, the independent medicine information website. URL: drugs.com

Publicado em 27 de Outubro de 2016

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita