• Receita incluída
  • Medicamentos de marca original
  • Tudo incluído no preço
  • Entrega sem portes de envio
Início / Contraceção / Minipílula / Quais são os efeitos secundários da minipílula com desogestrel?

Quais são os efeitos secundários da minipílula com desogestrel?

Saiba mais sobre os possíveis efeitos secundários do desogestrel

A minipílula, ou pílula só com progestagénio (POP), é utilizada para prevenir a gravidez. O tipo mais comum de minipílulas contém desogestrel. Desogestrel é disponibilizado por várias marcas como Cerazette e Minipop.

O fármaco impede os ovários de libertarem um óvulo. Sem óvulo a fertilização é impossível e a gravidez é impedida.

À semelhança do que acontece com outras formas de contraceção, a minipílula pode provocar efeitos indesejáveis. Se pretender tomar este medicamento, ou se já o toma, é importante saber o que esperar.

Jovem mulher preocupada, a ler bula de pílula contracetiva.

Continue a ler para saber mais sobre os efeitos indesejáveis de desogestrel e como pode minimizá-los.

Quais são os efeitos secundários mais comuns da minipílula?

Os efeitos secundários mais comuns da minipílula com desogestrel afetam 1 em 10 mulheres que a tomam. Mas isso não significa que irá necessariamente ser afetada por eles. A reação à minipílula é diferente em todas as mulheres.

Mudanças no ciclo menstrual

Um dos efeitos indesejáveis mais comuns das minipílulas com desogestrel é hemorragias irregulares. Isto porque o fármaco contém uma versão sintética de progesterona que é responsável por controlar o ciclo menstrual.

Na maioria dos casos, a minipílula atenua os sintomas menos agradáveis associados aos períodos menstruais. As mulheres que tomam a minipílula têm períodos mais curtos e menos abundantes. Por isso, esta pílula é geralmente receitada a mulheres que têm períodos abundantes ou dolorosos.

Apesar disso, a pílula também pode tornar os períodos mais irregulares.

modelo decorativo em 2D de um útero em pano de fundo rosa.

Spotting ou hemorragias são comuns entre períodos. 3 em 10 mulheres Fonte confiável Faculty of Sexual and Reproductive Healthcare Organização Profissional Ir para a fonte que tomam a minipílula afirmaram ter este efeito secundário em mais do que um ciclo.

Em 2-3 mulheres em 10 Fonte confiável Faculty of Sexual and Reproductive Healthcare Organização Profissional Ir para a fonte , os períodos param completamente Isto porque, em alguns casos, a minipílula pode parar completamente a ovulação.

Tensão e alterações mamárias

Desogestrel pode provocar tensão mamária e sensação de inchaço no peito em algumas mulheres.

Isto porque a hormona progesterona pode afetar o tecido mamário, como o faz normalmente durante o ciclo menstrual. As flutuações hormonais também podem causar retenção de líquidos, o que poderá dar a sensação de maior volume mamário.

Por norma, estes efeitos são ligeiros e dissipam-se com a continuação. No entanto, se tiver mudanças nos seios persistentes e preocupantes, fale com o seu médico.

Mudanças de humor

As mudanças de humor também são comuns. Isto deve-se às alterações hormonais. De acordo com alguns estudos Fonte confiável National Center for Biotechnology Information (NCBI) Fonte Governamental Pesquisa e Literatura Biomédica Ir para a fonte a progesterona poderá afetar a atividade cerebral e, como consequência, o estado de espírito.

Dores de cabeça

Algumas mulheres afirmam ter dores de cabeça quando tomam desogestrel. Estas são conhecidas como dores de cabeça hormonais.

Não se sabe ao certo porque é que isto acontece. No entanto, crê-se que poderá ser devido à flutuação dos níveis de estrogénio, sendo que a minipílula apenas estabiliza os níveis de progesterona.

A melhor forma de evitar dores de cabeça ao tomar a minipílula, é consumindo refeições pequenas e frequentes para manter os valores de açúcar no sangue estáveis, dormir bem e evitar o stress.

Baixa libído

Baixa libído é também um dos efeitos secundários comuns de tomar a minipílula. Estudos Fonte confiável National Center for Biotechnology Information (NCBI) Fonte Governamental Pesquisa e Literatura Biomédica Ir para a fonte sugerem que isso sucede porque a minipílula impede a ovulação, podendo como consequência, afetar o desejo sexual. Além disso, tendo em conta que os níveis de estrogénio continuam a oscilar, qualquer queda de estrogénio poderá afetar a sensibilidade, podendo resultar em secura vaginal.

Náuseas

Algumas mulheres têm náuseas quando tomam esta pílula, especialmente nos primeiros meses. Isto acontece porque as hormonas podem irritar as paredes do estômago.

Uma forma de combater as náuseas ao tomar a minipílula é tomando-a à refeição. Alguns medicamentos, que podem ser obtidos na farmácia, também poderão ajudar a prevenir as náuseas e a indigestão.

Reações cutâneas

A minipílula pode afetar a pele. Em algumas mulheres a pele pode melhorar e noutras pode piorar.

Um dos efeitos indesejáveis é acne Isto porque a pele é regulada por hormonas, e níveis elevados de progesterona ou testosterona, devido à toma da minipílula, podem desencadear erupções cutâneas.

Mulher jovem com acne no rosto.

No entanto, em algumas mulheres a minipílula melhora a aparência da pele. Isto acontece porque a ovulação deixa de ocorrer. Durante a ovulação, os ovários produzem testosterona, que está associada ao aparecimento de acne. Por isso, parar a ovulação previne o aparecimento de borbulhas na pele.

Saiba mais sobre o acne

Clique aqui

Aumento de peso

Muitas mulheres afirmam que ganharam peso por tomar a minipílula. O mais provável é que isso se deva à retenção de líquidos. Normalmente, este aumento de peso é ligeiro e não tem qualquer impacto na saúde.

A maioria dos estudos comprovou que o aumento de peso por tomar a minipílula não é significativo. Numa revisão de 2016 Fonte confiável National Center for Biotechnology Information (NCBI) Fonte Governamental Pesquisa e Literatura Biomédica Ir para a fonte realizaram-se 22 estudos nos quais esta relação foi investigada e concluiu-se que no espaço de 6 a 12 meses o aumento de peso médio era menor do que 2 kg.

2 ou 3 anos depois, observou-se um aumento de peso acrescido. No entanto, a maioria das mulheres tende a ganhar peso nesse espaço de tempo, independentemente de estar a tomar a pílula.

Efeitos secundários pouco comuns e raros

Veja abaixo alguns dos efeitos indesejáveis menos comuns e raros da pílula de desogestrel.

Efeitos secundários incomuns Efeitos secundários raros
  • alopecia (perda capilar)
  • intolerância a lentes de contacto
  • fadiga
  • quistos nos ovários
  • infeções vulovovaginais (ex.: candidíase)
  • eritema nodoso — condição que provoca manchas vermelhas e dolorosas na pele.

Cancro da mama

Em mulheres que utilizam, ou utilizaram a minipílula de desogestrel, o risco de desenvolver cancro da mama é ligeiramente mais elevado.

Segundo um estudo recente, o risco de desenvolver cancro mamário em mulheres que tomam a minipílula com menos de 50 anos aumenta em cerca de 20 a 30%. Contudo, o risco em mulheres jovens é já tão reduzido que esse aumento percentual não é preocupante.

De acordo com a FSRH Fonte confiável Faculty of Sexual and Reproductive Healthcare Organização Profissional Ir para a fonte (The Faculty of Sexual & Reproductive Healthcare - A Faculdade de Cuidados de Saúde Sexual e Reprodutivos), em cada 100 mil mulheres, 8 mulheres entre as idades de 16 e 20 e 265 mulheres entre as idades de 35 e 39 vêm a desenvolver cancro da mama.

Mas qualquer risco associado à toma desta pílula desaparece no espaço de 10 anos depois de se parar de a tomar.

Diferenças entre a Minipílula e a pílula combinada

A pílula contracetiva oral combinada contém uma versão sintética de estrogénio (etinilestradiol) e de progesterona. Por isso, é natural que os dois tipos de pílulas sejam diferentes.

Veja abaixo os efeitos secundários mais comuns da pílula combinada comparados com os da minipílula.

Efeitos secundários comuns da pílula combinada Efeitos secundários comuns da minipílula com desogestrel
  • acne
  • retenção de fluidos
  • dores de cabeça
  • hemorragias entre períodos periods
  • náuseas
  • aumento de peso
  • irregularidades mamárias
  • mudanças de humor
  • dores de cabeça
  • baixa libído
  • ciclo menstrual irregular
  • náuseas
  • reações cutâneas
  • aumento de peso

A diferença principal entre as pílulas, é que a pílula combinada pode contribuir para problemas cardiovasculares, mas isto é raro. O estrogénio pode contribuir para um aumento da pressão sanguínea e pode aumentar ligeiramente o risco de coágulos sanguíneos.

Apesar de estes efeitos secundários serem raros, se tiver maior propensão para ter problemas de coração, o médico poderá receitar-lhe a minipílula em vez da pílula combinada. Isto poderá ser porque fuma, tem mais de 40 anos, ou sofre de problemas cardiovasculares.

Como posso minimizar os efeitos secundários?

Os efeitos indesejáveis mais comuns e ligeiros têm tendência a desaparecer com a continuação. A melhor forma de minimizar qualquer efeito indesejável é mantendo um estilo de vida saudável.

  • consuma uma dieta saudável e equilibrada
  • evite alimentos salgados se tiver tendência para reter líquidos
  • durma o suficiente e sempre à mesma hora
  • controle o stress

Se mesmo assim não conseguir minimizar os efeitos secundários, fale com o médico.

Alternativas à minipílula

O médico poderá recomendar a utilização de um método de contraceção hormonal alternativo, como por exemplo:

Apesar disso, existem também métodos não hormonais, como o dispositivo intrauterino de cobre ou os preservativos masculinos ou femininos. Quando utilizados corretamente, são económicos e eficazes.

Texto revisto por Dr. Caroline Fontana Escrito pela nossa equipa editorial Última atualização 21-06-2024
Minipílula

O nosso serviço - apenas na euroClinix
  • Serviço Privado e ConfidencialRealizamos o envio em embalagem discreta e mantemos os seus dados em sigilo absoluto
  • Medicamentos originaisEnviados da nossa farmácia credenciada no Reino Unido
  • Não é necessário passar por uma consulta presencialos nossos médicos vão proceder a uma avaliação online
  • Entrega em 3/4 dias úteisCompre até às 16:30 e receba o seu medicamento em 3 ou 4 dias úteis

Leia mais

A minipílula interrompe a menstruação?

A minipílula interrompe a menstruação?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
  • Seleccione
    Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    sem custo adicional