Mitos e verdades sobre o Cialis

Cialis é o nome comercial de um medicamento à base de taladafil que é frequentemente usado no tratamento de impotência sexual e disfunção erétil. Ele é um remédio que só deve ser vendido com receita médica uma vez que o seu uso sem acompanhamento pode causar efeitos colaterais indesejados e até mesmo risco à saúde de alguns homens que fazem uso de certos tipos de medicações à base de nitrato.

Posso tomar qualquer dose?

Cialis é vendido atualmente nas doses de 2,5mg e 5mg (Cialis Diário) e 10mg e 20mg (Cialis para uso ocasional). A dose de 10mg é normalmente a mais recomendada por médicos para uso inicial. Ele atua, como a maioria dos medicamentos do tipo, diretamente na região genital. Sua ação vasodilatadora permite ereções mais fáceis porque aumentam o fluxo de sangue para o pênis em períodos de excitação sexual.

O Cialis é eficaz?

Segundo o urologista e professor da Escola Paulista de Medicina, Joaquim de Almeida Claro, este tipo de fármaco de efeito local é mais eficiente que outras classes de drogas para disfunção que atuam no cérebro diretamente no sistema nervoso central. Os que atuam na região genital costumam ser eficazes para 85% dos homens enquanto os segundos só funcionam em 65% dos casos.

Cialis pode causar dependência?

Segundo o urologista Eduardo Bertero, o Cialis não leva a dependência orgânica de nenhum tipo. Vários pacientes, no entanto, desenvolvem dependência psicológica e começam a acreditar que precisam tomar o remédio para ter relações sexuais, ou que ele as torna mais prazerosas.

O médico e urologista Sidney Glina também faz um alerta: esta é uma das muitas razões pelas quais homens não devem usar o medicamento se não tiverem disfunção erétil, pois se o homem não tem nenhum problema e decide usar o remédio mesmo assim, ele pode desenvolver uma impotência de ordem psicológica na qual só consegue ter um desempenho sexual satisfatório quando tomar uma dose do remédio.

Vou ter ereção constante por 36 horas se tomar Cialis?

O Cialis faz efeito no corpo humano por até 36 horas. Isso não significa de modo algum que quem tomar o remédio terá uma ereção de 36 horas, e sim, que ao longo desse período a ereção será facilitada pelo remédio quando houver estímulo físico ou visual. A duração do efeito vasodilatador, no entanto, pode durar por mais ou menos tempo dependendo das idiossincrasias do corpo de cada paciente.

O priapismo (ereção por um longo período de tempo), no entanto, é um efeito colateral conhecido do Cialis, ainda que muito incomum. Saiba que caso isso venha a acontecer um médico deve ser consultado, pois esta não é uma reação normal ao uso do medicamento e pode causar desconforto físico e psicológico aos usuários do remédio, além de poder vir acompanhado de outros efeitos secundários indesejados, como:

  • ereção que continua por cerca de quatro horas ou mais;
  • dificuldade para ejacular;
  • corpo do pénis tornar-se rígido;
  • prepúcio permanece macio;
  • dor e sensibilidade no pênis.

Posso iniciar uma segunda relação imediatamente?

Como esclarecemos no caso do priapismo, a ereção continua após a ejaculação não é comum e nem desejável, embora aconteça em casos raros (não necessariamente em decorrência do uso do medicamento).

Fisiologicamente, o natural é que o clímax sexual leve ao término da ereção pouco tempo depois da ejaculação.

O que pode acontecer para a maioria dos pacientes é que o tempo entre uma ereção e outra seja menor do que costuma ser sem o uso do medicamento (caso em que costuma levar, em média, meia hora).

Cialis aumenta a libido?

Não! Remédios da classe do Cialis não aumentam o desejo sexual. Este tipo de fármaco (vasodilatadores) atua de maneira orgânica diretamente sobre a dificuldade de ereção e esta precisamente a maneira de agência da substância taladafil.

Tomar esta medicação não terá qualquer efeito químico sobre a libido, embora possa, novamente, criar um efeito psicológico sobre o paciente levando-o a acreditar que seu desejo sexual aumentou.

Se a disfunção for de ordem psicossocial ou emocional e tiver relacionada à falta de libido, é possível que o remédio não tenha o efeito esperado.

Cialis pode ser comprado sem receita?

O Cialis pode ser vendido sem retenção da receita médica, mas é necessário aconselhamento médico e prescrição antes de fazer uso do memo. Como é o caso de todo e qualquer medicamento, o Cialis pode causar efeitos colaterais que devem ser administrados por um médico e não é aconselhável para pacientes com algumas condições de saúde.

Para descobrir qual dosagem é mais apropriada para as suas necessidades, faça a nossa consulta online. Após responder a algumas perguntas sobre seu histórico médico, você estará pronto para tirar o máximo proveito deste medicamento fazendo uso de maneira mais eficaz e segura.

Onde o Cialis é comercializado?

Hoje em dia o remédio é comercializado na maioria das redes de farmácias físicas ou online. Quando for adquirir o medicamento, você precisará de uma receita médica. Recomendamos que opte por farmácias de redes conhecidas e que possuem certificações.

Fonte:

  1. CIALIS 5 mg comprimidos revestidos por película - URL: Diagnosia.com
  2. Cialis - Tadalafil - Remédio contra disfunção erétil - URL: copacabanarunners.net
  3. CIALIS - URL: Med.br 
Atualizado em 15 de agosto de 2016.

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita