Saxenda, ou Liraglutida

O Saxenda é um medicamento produzido a partir do princípio ativo Liraglutida, atendendo o tratamento de pessoas adultas com excesso de peso, inclusiva aquelas que apresentam problemas de saúde relacionados à obesidade, como diabetes tipo 2, altos níveis de colesterol ou pressão arterial elevada.

O Saxenda é um medicamento de prescrição aprovado pelos órgãos fiscalizadores de saúde tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil e nos países da União Europeia.

Este produto está temporariamente fora de estoque. Estará disponível em breve, forneça seu endereço de e-mail abaixo para receber atualizações assim que este produto estiver disponível.

O que é Saxenda?

O Saxenda é um medicamento indicado para tratamento de obesidade e sobrepeso, sendo produzido pelo mesmo laboratório que desenvolveu o Victoza, utilizando, inclusive, o mesmo princípio ativo, a Liraglutida.

O medicamento foi aprovado em decorrência da comprovação de sua eficácia através de ensaios clínicos de amostra expressiva. Além disso, estudos continuam sendo realizados para investir outras condições de segurança de sua utilização.

O Saxenda é indicado para tratamento de obesidade em adultos que apresentem Índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30, ou de pessoas com sobrepeso, com IMC igual ou superior a 27.

Sua maior vantagem frente a outros medicamentos utilizados para tratamento de obesidade é o fato de poder ser usado inclusive em pessoas que tenham problemas de saúde decorrentes da própria condição, como excesso de colesterol e de triglicérides na corrente sanguínea, hipertensão ou diabetes.

Da mesma forma que outros medicamentos, no entanto, o Saxenda deve ser usado em combinação com uma alimentação equilibrada, com baixos índices de caloria, e com o paciente praticando atividades físicas de forma regular.

Saxenda

A eficácia do Saxenda foi comprovada em um dos ensaios clínicos realizados durante um ano, com resultados demonstrando que os voluntários tiveram uma redução média de peso de 4,5%, comparado com o grupo que tomou placebo.

Um dos cuidados a ser tomado com o tratamento feito com Saxenda é com relação às recomendações médicas. A partir do momento de sua prescrição, o paciente deve seguir as orientações, já que o princípio ativo presente no Saxenda, o Liraglutida, pode trazer efeitos adversos, inclusive com o risco de disfunção renal de desenvolvimento de pancreatite.

Composição do Saxenda

O Saxenda é oferecido em solução líquida injetável. Sua composição química apresenta fosfato de sódio dibásico di-hidratado, fenol, propilenoglicol, hidróxido de sódio, ácido clorídrico e água purificada para solução injetável.

O medicamento é comercializado com um sistema de aplicação com conteúdo de 18 mg de Liraglutida, que devem ser distribuídos em doses a serem aplicadas de acordo coma a prescrição médica.

Ingrediente ativo do Saxenda

Como funciona o Saxenda

A Liraglutida, princípio ativo do Saxenda, possui ação de agonista de receptor dos peptídeos, sendo semelhante ao glucagon 1 humano acilado (GLP-1). A função do GLP-1 no organismo é regular o apetite e reduzir a ingestão de calorias, estando presente no organismo na região cerebral envolvida na regulação do apetite.

A Liraglutida, que foi desenvolvida pelo Novo Nordisk, possui uma similaridade de 97% com o GLP1, o hormônio produzido nos intestinos humanos, que ajudam a controlar o apetite. Além disso, esse hormônio também permite a redução do colesterol e da pressão arterial.

Com esse princípio ativo semelhante à ação do GLP-1 no organismo, o Saxenda permite a redução do peso, desde que o paciente o combine com uma dieta equilibrada na alimentação, não consumindo alimentos excessivamente calóricos, e que pratique atividades físicas regularmente. Aos poucos, o obeso e as pessoas com sobrepeso conseguem reduzir o excesso de gordura, mantendo, ao mesmo tempo, uma perda constante e estável.

O Saxenda pode ser utilizado por pessoas portadoras de diabetes tipo 2. Contudo, é preciso destacar que não se trata de um medicamento para controle do diabetes. Além disso, também não deve ser usado em conjunto com o Victoza, que possui o mesmo princípio ativo, ou com medicamentos que tenham princípios ativos agonistas do receptor de GLP1 ou de insulina.

Eficácia e segurança do Saxenda de acordo com estudos clínicos

O Saxenda passou por diversos estudos clínicos, aplicando o formato duplo-cego, ou seja, com grupos fazendo uso do princípio ativo e grupos utilizando placebo, sem saber o que estavam usando.

Os estudos serviram para avaliar a eficácia da Liraglutida para o controle e redução da obesidade, bem como sua atuação no controle da glicemia.

Os voluntários integrantes dos estudos apresentaram sensível melhora clínica e estatística na hemoglobina glicada (HbA1), na glicemia em jejum e na glicemia pós-prandial, quando comparados com os voluntários que utilizaram placebo.

Um desses estudos teve a participação de 3978 voluntários, sendo que 2501 deles foram tratados com Liraglutida. A distribuição entre homens e mulheres nesse grupo foi de 53,7% e de 46,3%, respectivamente.

Entre os participantes, encontravam-se 797 voluntários com idade superior a 65 anos; sendo 508 tratados com Liraglutida; e 113 pessoas com idade superior a 75 anos, sendo 66 deles tratados com Liraglutida.

O estudo teve a duração de 1 ano, apresentando reduções na HbA1 de forma significativa e sustentável, se comparados com os voluntários tratados com placebo.

A redução de hemoglobina glicada basal, no final do tratamento, obteve uma redução de 2,1% em pacientes que a possuíam acima de 9,5%, no tratamento com monoterapia de Liraglutida. Para os pacientes tratados com o princípio ativo em combinação com outros medicamentos, a redução ficou em 1,1 e 2,5%.

Os estudos também foram realizados para comparação entre a Liraglutida e a Glimepirida, em pacientes portadores de diabetes tipo 2. A monoterapia com o princípio ativo apresentou significativas melhoras na qualidade de vida dos voluntários participantes, oferecendo, além de melhora na saúde geral, também melhor bem-estar psicológico dos pacientes.

O gráfico abaixo é de um estudo de 1 ano realizado com mais de 3.500 adultos. Ele mostra a variação média no peso corporal durante as 56 semanas. Os resultados individuais podem variar.

Estudo sobre eficácia e segurança do Saxenda

O gráfico mostra a variação média no peso corporal após 56 semanas considerando:

  • B - Patientes sem diabetes tipo 2 e com IMC ≥30 ou ≥27 com pelo menos 1 condição relacionada ao peso, juntamente com uma dieta com baixa caloria e atividade física. 
  • C -  O peso inicial foi de 233.9 lb e o IMC médio inicial foi de 38.3. 
  • D - A redução no peso corporal de 5% ou mais.

Quais as doses disponíveis para o Saxenda

O conjunto oferecido de Saxenda é composto do medicamento já inserido no sistema de aplicação, contendo um seletor de doses para o paciente fazer a auto aplicação.

O sistema de aplicação vem com 18 mg de Liraglutida, podendo liberar doses diferenciadas, de 0,6 mg, 1,2 mg, 1,8 mg, 2,4 mg e 3 mg. O Saxenda foi desenvolvido especificamente para ser utilizado com agulhas descartáveis, também desenvolvidas pelo laboratório Novo Nordisk.

Doses do Saxenda

As agulhas não estão incluídas na embalagem, devendo ser adquiridas à parte.

Como usar o Saxenda

O Saxenda deve ser aplicado de acordo com a recomendação médica, fazendo uso do sistema de aplicação e aplicando a dose prescrita através do próprio seletor de dose, girando o equipamento até que o contador disponibilize a quantidade definida.

Caso o paciente selecione uma dose diferente, deve girar novamente o seletor, para trás ou para frente, corrigindo a dose que deve ser aplicada.

O sistema de aplicação está desenvolvido para evitar doses erradas ou sobre doses, para o que oferece a limitação de 3 mg no máximo. O seletor altera a quantidade de Saxenda que deve ser aplicado de forma automática, devendo ser de responsabilidade do próprio paciente selecionar a dosagem determinada pelo médico.

Portanto, o paciente deve seguir a prescrição médica, ao mesmo tempo em que não pode selecionar mais do que 3,0 mg por dose. Se o sistema não tiver o medicamento em quantidade suficiente, ele próprio irá impedir a oferta da dose solicitada pelo paciente.

Como usar o Saxenda

O sistema, ao ser movimentado, cria alguns cliques conforme o paciente muda as dosagens. No entanto, é necessário prestar atenção aos números para ter certeza de que a dose está sendo aplicada corretamente.

O paciente deve utilizar o contador de doses e o indicador das mesmas, sabendo, dessa forma, quantos mg do Saxenda estão disponibilizados para a injeção, sem fazer uso da escala do sistema de medição, já que a escala apenas apresenta a quantidade aproximada de Saxenda restante no sistema de aplicação.

Embora pareça complexo, basta que o paciente observe a dose selecionada, que deve estar perfeitamente alinhada com o indicador de dose, garantindo assim, que ele esteja fazendo a aplicação da quantidade correta.

É necessário que o paciente tenha consciência de que o Saxenda só pode ser utilizado com prescrição médica, ao mesmo tempo em que é preciso ter um cardápio equilibrado e a prática de atividades físicas regularmente.

Também devemos ressaltar que o Saxenda não é um medicamento para tratar o diabetes tipo 2, e que não pode ser usado com o Victoza, que possui o mesmo princípio ativo.

Se o paciente obeso ou com sobrepeso estiver fazendo uso de insulina, não deve fazer o tratamento com Saxenda. Além disso, o médico deve ter conhecimento de qualquer medicamento que o paciente esteja utilizando, seja de prescrição, de uso livre ou à base de ervas.

No caso de o paciente apresentar problemas cardíacos ou doenças cardiovasculares, deve informar ao seu médico. Não houve constatação de que o Saxenda possa provocar alterações nesses casos médicos, mas é necessário que o profissional de saúde tenha conhecimento do estado físico do paciente.

O uso de Saxenda não é recomendado para pessoas que tiveram problemas no pâncreas e, além disso, o medicamento não pode ser usado por crianças, não havendo, no entanto, contraindicação para seu uso por pessoas entre 12 e 18 anos.

Onde injectar o Saxenda? 

Saxenda deve ser administrado como uma injeção sob a pele (injeção subcutânea).

Os melhores lugares para injetar são a frente da cintura (abdômen), a frente das coxas ou a parte superior do braço.Não injete em veias ou músculos;

Locais onde a injeção deve ser aplicada

Quais os efeitos colaterais de Saxenda

Como outros medicamentos de prescrição, o Saxenda pode apresentar alguns efeitos colaterais, alguns deles mais graves, como se pode observar:

Pancreatite

Se o paciente perceber dor mais intensa na região do estômago, de forma persistente, ou se apresentar vômitos, ou mesmo se sentir dores saindo do abdômen com direção às costas, deve suspender o uso do medicamento e procurar assistência médica.

Tumores na tireoide

O Saxenda, em raros casos, apresentou desenvolvimento de tumores na tireoide, o que não o torna recomendado para pacientes que já apresentem problemas nessa glândula.

Vesícula biliar

Caso o paciente tenha sintomas como dor na parte superior do abdômen, febre, sintomas de icterícia e fezes cor de argila, deve suspender o uso do Saxenda e procurar assistência médica, já que o medicamento pode provocar cálculos biliares.

Hipoglicemia

Em pacientes com diabetes tipo 2, que utilizam insulina ou medicamentos, o Saxenda pode provocar baixos níveis de açúcar no sangue, ou hipoglicemia. Os sintomas de hipoglicemia se apresentam através de sudorese e tremores, dor de cabeça e sonolência, tontura e fraqueza, irritabilidade e confusão mental, fome, batimentos cardíacos rápidos e sensação de ansiedade e nervosismo.

Pacientes com diabetes tipo 2, antes de usar Saxenda, devem analisar os níveis de açúcar no sangue, fazendo esse acompanhamento durante todo o tratamento.

Aumento da frequência cardíaca

O uso do Saxenda pode aumentar os batimentos cardíacos, mesmo quando o paciente esteja em repouso. Se a pessoa tiver problemas cardíacos, deve monitorar sua condição clínica enquanto estiver fazendo o tratamento com Saxenda. Além disso, deve informar o seu médico no caso de sentir esses sintomas durante tempo persistente.

Problemas renais

O Saxenda pode provocar insuficiência renal, cujos sintomas mais claros são náuseas, vômitos e diarreia, levando à perda de líquido que pode provocar desidratação. A desidratação no tratamento com Saxenda pode exigir diálise, mesmo em pessoas que nunca apresentaram problemas nos rins.

O paciente pode evitar a desidratação durante o tratamento com Saxenda tomando muito líquido durante o dia e, no caso de ter problemas decorrentes do sistema renal, deve procurar assistência médica.

Reações alérgicas

O paciente que apresentar reações alérgicas durante o tratamento com Saxenda, deve suspender o seu uso e, em casos mais graves, procurar ajuda médica.

Depressão

Em raríssimos casos, o Saxenda provocou depressão nos pacientes tratados, inclusive com pensamentos suicidas. Se o paciente começar a apresentar mudanças repentinas de comportamento e de humor, deve suspender o uso do medicamento e procurar ajuda médica.

É importante lembrar que os efeitos colaterais apresentados foram constatados em raros casos durante os estudos com Saxenda, atingindo um mínimo número de participantes.

Entre os efeitos colaterais considerados mais comuns, com uma pessoa em cada 100 pacientes, estão a náusea, a diarreia, o vômito, dores de cabeça, hipoglicemia, redução no apetite, dores estomacais, tonturas e cansaço, além de alterações nos níveis de enzima na corrente sanguínea.

No início do tratamento com Saxenda, a náusea é o efeito colateral mais comum, embora seja amenizada ou eliminada ao longo do tratamento. Basta que o organismo do paciente se acostume com o medicamento.

Quais as precauções ou interações de Saxenda

Em alguns pacientes que apresentam os casos descritos a seguir, o Saxenda não pode ser aplicado no tratamento contra a obesidade:

  • Histórico de câncer de tireoide molecular, no paciente ou na família;
  • Tumores em mais de uma glândula no organismo em seu histórico médico;
  • Alergia ao princípio ativo do Saxenda ou a qualquer dos componentes de sua fórmula. A alergia pode apresentar alguns sintomas, como, por exemplo, inchaço nos lábios, língua e garganta, inchaço no rosto, aceleração dos batimentos cardíacos, problemas respiratórios, erupções cutâneas graves, comichões pelo corpo, desmaios e tonturas.

O princípio ativo do Saxenda pode prejudicar o desenvolvimento do feto e, em razão disso, o medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas ou que estejam planejando engravidar.

Comparação do Saxenda e Xenical

Veja abaixo uma breve comparação do medicamento Saxenda com o Medicamento Xenical:

Saxenda Xenical
Ingrediente Liraglutide Orlistato
Função Saxenda é uma medicação para transtorno alimentar. Xenical é uma medicação para transtorno alimentar.
Data de aprovação 23 de dezembro de 2014 23 de abril de 1999
Combinação com alcool Pode haver uma interação negativa entre Saxenda e álcool. Pode haver uma interação negativa entre Xenical e álcool.
Método de uso Injeção Comprimido
Dosagens Injector: 3 mg / 0,5 mL (18 mg / 3 mL) Cápsula: 120 mg
Interações Medicamentosas Interação entre Saxenda e Xenical: não existe uma interação conhecida entre Saxenda e Xenical em nossos registros. No entanto, uma interação ainda pode existir. Sempre consulte o seu médico antes de tomar estes medicamentos juntos. Não pare de tomar os medicamentos sem o conselho de um médico. Interação entre Saxenda e Xenical: não existe uma interação conhecida entre Saxenda e Xenical em nossos registros. No entanto, uma interação ainda pode existir. Sempre consulte o seu médico antes de tomar estes medicamentos juntos. Não pare de tomar os medicamentos sem o conselho de um médico.
Efeitos colaterais e preocupações Náusea, Cansaço e Prisão de ventre Depressão, Diarréia e Impotência




Perguntas e respostas sobre como comprar Saxenda (Liraglutida) online

Saxenda

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Saxenda (Liraglutida) na euroClinix?

Saxenda (Liraglutida) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se quiser comprar Saxenda (Liraglutida) online, a euroClinix fornece esse serviço de emissão de receita. Cada pedido, portanto, é precedido por um diagnóstico que considera seu estado de saúde, histórico médico e determina a sua adequação antes de utilizar o medicamento.

É seguro comprar Saxenda (Liraglutida) online na euroClinix?

Na euroClinix a saúde do paciente é a nossa principal preocupação. Antes de concluir a compra de Saxenda (Liraglutida) na euroClinix, um de nossos médicos parceiros avalia o seu formulário médico. Isto nos permite a realizar as verificações necessárias para confirmar sua aptidão para o tratamento antes do processo de emissão da receita médica.

Nossa equipe médica parceira está registrada e regulada pela Autoridade Médica Britânica (GMC, General Medical Council). A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja no rodapé da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se encontrar alguma farmácia física ou online que não requisite qualquer dado médico, que tem preços muito baixos, não tem atendimento português e não tem um registro de farmácia evidente, além de potencialmente colocar a sua vida em risco, estará cooperando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Saxenda (Liraglutida) sem receita médica?

Segundo determinação Europeia e Mundial, não é possível comprar Saxenda (Liraglutida) sem receita médica. O Saxenda (Liraglutida) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprá-lo, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente ou através de uma consulta na internet. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Saxenda (Liraglutida) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço de Saxenda (Liraglutida) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Saxenda (Liraglutida) inclui todo esse serviço, ou seja, você está pagando pelo medicamento Saxenda (Liraglutida) original, a consulta, emissão de receita médica online por parte da nossa equipe de médicos experientes e a entrega expressa em embalagem discreta. Além disso temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre disponível para qualquer tipo de esclarecimento. Pode consultar os preços no início dessa página.

Ao usar o nosso serviço economizará tempo e não precisará passar pelo desconforto de uma consulta presencial ou visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário. Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estarão seguros ao comprar Saxenda (Liraglutida) online?

A Privacidade dos nossos pacientes é sempre garantida. Quando você compra Saxenda (Liraglutida) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidas pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos total privacidade no processo de envio utilizando embalagem discreta e também se decidir pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa mãe "HHC" ou intermediário "goInterpay".

Fontes:

Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?