Acne na idade adulta

O acne é típico da puberdade, e deve-se às variações hormonais características deste período. Também é mais frequente no homem, e nele é mais comum que persista até à idade adulta de acordo com a predisposição genética de cada um, uma vez que a testosterona estimula a produção de sebo.

Contudo, nos últimos anos, a prevalência do acne na mulher adulta e o seu reaparecimento no homem aumentaram, embora não seja claro o motivo desta tendência. Acredita-se que mudanças na alimentação e um estilo de vida mais agitado possam estar na origem desta tendência.

Atualmente, reconhece-se que esta patologia dermatológica é uma das mais debilitantes a nível psicológico, tanto no adolescente como no adulto.

O que é o acne?

O acne é um dos problemas de pele mais comuns, e pode ser despoletado por fatores internos ou ambientais. A sobreprodução de sebo pelas glândulas sebáceas e o crescimento exarcerbado das mesmas resultam na obstrução dos poros, o que favorece o desenvolvimento de pontos negros (comedões abertos) no caso de haver uma abertura que permita a oxidação do sebo, ou de pontos brancos (comedões fechados) quando o poro não é arejado.

Por outro lado, a obstrução dos poros causa uma redução na ventilação dos mesmos, permitindo o crescimento de bactérias Propionibacterium acnes. Estas bactérias fazem parte da flora normal da pele, e multiplicam-se preferencialmente na ausência de oxigénio. O crescimento bacteriano desencadeia uma resposta inflamatória por parte do sistema imunitário, que resulta no aparecimento de borbulhas e/ou quistos.

Formação de acne no poro

Causas do acne na idade adulta

A causa universal é a obstrução dos poros, fruto da hipersecreção sebácea e da proliferação exagerada das suas glândulas produtoras. No entanto, em cada caso, estes fenómenos podem dever-se a diferentes fatores.

Alterações hormonais

O reaparecimento do acne na idade adulta pode dever-se a situações mais ou menos patológicas.

Tanto no homem como na mulher, o acne pode ter como origem distúrbios nas glândulas suprarrenais ou um aumento da sensibilidade da pele à testosterona, e não necessariamente ao aumento da produção desta hormona pelo organismo.

Já especificamente nas mulheres, alterações no funcionamento dos ovários, podem levar ao aparecimento de acne. Pode ocorrer aquando do desenvolvimento de quistos ováricos e outras patologias, mas também durante a gravidez ou a menopausa, em determinadas mulheres.

Medicação

Determinados medicamentos como os anticoncepcionais e outras hormonas, lítio, corticosteróides ou anticonvulsivantes podem estar na origem das lesões acneicas. No entanto, estas reações são idiossincráticas, e por isso deve consultar-se um médico sempre que se pondere a interrupção da medicação.

Uso de produtos sensibilizantes

Também o uso de determinados cosméticos, irritantes ou produtos comedogénicos (causadores de comedões, depósitos de sebo) pode despoletar o aparecimento de lesões do acne ou semelhantes. Esta sensibilidade pode ser também ela característica de cada indivíduo, que deve avaliar cada produto da sua rotina.

Stress

O stress de forma continuada leva ao aumento da produção de androgénios, hormonas masculinas, nos quais se inclui a testosterona. Maiores níveis de testosterona podem exacerbar a produção de sebo.

Tratamento do acne na idade adulta

Em primeiro lugar, deve ser despistada e tratada qualquer doença que possa causar lesões acneicas de forma secundária, uma vez que nesse caso o acne é um sintoma, e por isso é inútil o uso de tratamento específico.

Seguidamente, devem ser analisados todos os produtos cosméticos e de higiene pessoal. Produtos oleosos ou contendo fragrâncias, filtros solares químicos e lanolina causam mais frequentemente erupções cutâneas.

No caso do acne persistir, deve ser consultado um dermatologista, para que seja prescrita medicação adequada. O tratamento é semelhante ao do acne no adolescente, uma vez que o problema assenta em questões hormonais, mas quando tomado pelo adulto devem ser ponderados outros fatores na hora da decisão.

A toma de isotretinoína é eficaz em cerca de 2/3 dos casos de acne. Contudo, a sua toma pode ser prejudicial em mulheres adultas, uma vez que em caso de gravidez este medicamento pode desencadear malformações no feto. Assim, no decurso do tratamento a mulher não poderá engravidar.

Alternativamente, pode recorrer-se ao uso de cosméticos indicados para peles acneicas ou outros medicamentos de ação tópica, como por exemplo o peróxido de benzoílo, um antibiótico. Em qualquer dos casos, a limpeza da pele bi-diária com um produto adequado é essencial para a remoção do excesso de sebo produzido, e consequentemente para o desaparecimento das borbulhas e/ou comedões.

Em casos muito específicos, algumas mulheres podem necessitar de tratamento hormonal, sendo-lhes prescrita uma pílula contraceptiva combinada com potencial anti-androgénico como a Diane 35.

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita