Diferença Entre DSTs Virais e Bacterianas

As doenças sexualmente transmissíveis causadas por bactérias e vírus são os tipos mais contagiosos de doenças. Apesar de serem contraídas de forma semelhante, as DSTs bacterianas e virais afectam o corpo de forma diferente e por isso requerem diferentes tratamentos e testes. Abaixo está a descrição das diferenças gerais dos dois grupos de DSTs.

Bactérias e Vírus

DSTs bacterianas comuns incluem:
  • Clamídia
  • Gonorreia

As bactérias são pequenos microrganismos de apenas uma célula que são capazes de viver em diferentes ambientes. Nem todas as bactérias são prejudiciais às pessoas e a maioria das infecções são curadas com a ajuda de antibióticos. Os vírus são mais pequenos que as bactérias e geralmente requerem um hospedeiro humano para sobreviver. Os vírus infectam as células humanas e alteram-nas para que estas possam produzir células virais, resultando na contaminação. Os vírus não podem ser curados com antibióticos.

Quando começam a aparecer sintomas?

DSTs virais comuns incluem:
  • Verrugas genitais
  • Herpes genital

As DSTs bacterianas são geralmente assintomáticas, mas quando aparecem sintomas, estes começam alguns dias após a infecção. Os sintomas das DSTs virais podem desenvolver-se dentro de dias, semanas, meses ou até anos após a infecção. Podem ser assintomáticas inicialmente, levando a surtos esporádicos. Este é o caso do herpes genital.

Como ambas são tratadas?

A maioria das DSTs podem ser tratadas com a ajuda de antibióticos, porém algumas podem requerer doses mais fortes que outras. O facto de as bactérias poderem ser eliminadas com o auxílio de antibióticos é um dos maiores factores de distinção entre os dois patogénios. As infecções virais são geralmente tratadas com a ajuda de medicamentos antivirais ou, no caso do VIH, medicamentos antirretrovirais. Muitas DSTs virais não podem ser curadas, mas muitas pessoas vivem com as doenças sem que estas tenham muito impacto nas suas vidas.

Tratamento para as DSTs

Algum destes tipos pode ser perigoso?

As DSTs bacterianas podem ser perigosas se não forem tratadas a tempo, levando a várias complicações que incluem problemas neurológicos, como no caso da sífilis, ou a problemas de fertilidade, como no caso da clamídia e gonorreia. As DSTs virais podem ser perigosas dependendo da infecção, mas as doenças mais comuns, que incluem as verrugas genitais e o herpes genital, são improváveis de causar complicações. Contudo, é sempre uma boa ideia aconselhar-se com o seu médico sobre as opções de tratamento.

Como podem ser prevenidas?

Assegure-se de que usa protecção durante todas as etapas do sexo, incluindo durante o contacto genital externo sem penetração, para prevenir tanto as DSTs bacterianas como as virais. O que significa que deve usar preservativo mesmo durante o contacto genital externo. Também deve ser usada protecção durante o sexo oral.

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita