Locarserina: Novo medicamento para perda de peso

O Belviq, com ingrediente ativo Locarserina, é um medicamento que oferecido para pessoas que precisam fazer tratamento de obesidade em algumas partes do mundo. No entanto, é um medicamento que foi banido para uso na Europa, em virtude de seus severos efeitos colaterais.

Composição Química Lorcaserina

Pacientes que estejam tratando de problemas de obesidade e que estejam utilizando medicamentos para tratamento de depressão, enxaqueca, problemas mentais ou mesmo para gripes e resfriados comuns, ao fazer uso de Belviq poderá ter efeitos colaterais graves, ou mesmo fatais.

O uso de Belviq (Locarserina) concomitantemente com alguns medicamentos pode provocar agitação, alucinações, confusão e outras alterações no estado mental, além de causar problemas de coordenação, espasmos musculares descontrolados, inquietação, elevação dos batimentos cardíacos, alteração na pressão arterial, sudorese, náusea, febre, vômitos, diarreia ou enrijecimento da musculação.

Posso comprar Lorcaserina na euroClinix?

Como mencionado, o Belviq (Locarserina) não está disponível / autorizado na Europa, os órgãos reguladores não o aprovaram o medicamento por conta de seus efeitos colaterais. A euroClinix realiza venda de medicamentos para pacientes em diversas partes do mundo, incluindo o Brasil. No entanto, como está localizada na Europa, segue as leis e regulamentos locais para venda de medicamentos.

O Xenical continua a ser o medicamento mais seguro e com os melhores resultados para uma perda de peso saudável.

Xenical (orlistato) é apresentado em comprimidos para emagrecer que funcionam bloqueando parte da gordura que consome, prevenindo que a gordura seja absorvida pelo seu corpo.

Dados do Xenical (comprimidos para emagrecer)
Xenical
Nome: Xenical (Orlistato)
Fabricante: Roche
Princípio ativo: Orlistato
Administração: Oral
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica
Mais sobre Xenical

Xenical (orlistato) é usado para ajudar na perda de peso, ou para ajudar a reduzir o risco de recuperar o peso já perdido. Este medicamento deve ser utilizado em conjunto com uma dieta com baixas calorias.

Se actualmente está à procura de um medicamento de prescrição médica para a perda de peso, o Xenical (orlistato) pode estar aconselhado pelo nosso médico, caso não existam contraindicações para o paciente.

Como funciona a Locarserina

O Belviq (Locarserina) atua no organismo fazendo com que o paciente sinta-se satisfeito com menor quantidade de alimentos, reduzindo o efeito dos receptores de fome no cérebro. Com menor quantidade de alimentos e com o engano provocado no cérebro, o medicamento atua para reduzir o peso.

No entanto, o paciente, ao fazer uso do Belviq (Locarserina), com o tempo vai ignorar os sinais do corpo, já que o cérebro não reconhece esses sinais.

A forma exata como o Belviq (Locarserina) provoca sentimentos de satisfação com relação aos alimentos não está ainda totalmente compreendida. O que se sabe atualmente é que o medicamento pode prejudicar seriamente tanto o cérebro quanto o físico do paciente, podendo mesmo provocar efeitos colaterais que levam à morte.

Antes de tomar qualquer medicamento para combater a obesidade, o paciente deve procurar um médico ou fazer uma consulta online, onde poderá esclarecer o profissional sobre sua condição física e sobre os medicamentos que esteja usando.

Efeitos da Lorcaserina no Cérebro e na Comida
O Belviq (lorcaserina) é ingerido e actua no cérebro. Os receptores 5HT-2C são activados causando a produção de mais pro-opiomelanocortina. Isto causa uma sensação de saciedade o que significa que menos comida é necessária para que se sinta cheio.

Os cuidados com a saúde devem ser criteriosos, mesmo porque todo e qualquer medicamento utilizado para o controle da obesidade pode provocar efeitos colaterais.

O Belviq (Locarserina), em razão da gravidade desses efeitos, não está disponível para venda na Europa e não é aprovado pelas entidades responsáveis por medicamentos.

Quem pode tomar?

Pretende-se que a lorcaserina seja usada clinicamente por pessoas obesas que queiram perder peso. Isto significa que pessoas que tenham um índice de massa corporal (IMC) de 30 ou mais estão recomendadas para este tratamento. Algumas pessoas com um IMC superior a 27 também podem estar aptas a tomar a medicação, se estiverem em risco de sofrer de condições relacionadas com o excesso de peso como colesterol elevado, hipertensão arterial ou diabetes tipo 2.

Se conhece a sua altura e o seu peso exacto, pode calcular o seu IMC aqui.

Belviq (Locarserina) e outros medicamentos

Não está comprovado cientificamente que o Belviq (Locarserina) seja um medicamento seguro e eficaz para a perda de peso, embora se tenha evidências de que seu uso pode provocar sérios problemas cardíacos, acidentes vasculares cerebrais ou até mesmo a morte, devido às condições cardíacas alteradas.

Algumas combinações podem causar interação medicamentosa com efeitos colaterais graves ou potencialmente fatais. O medicamento Belviq (Locarserina), em vez de trazer benefícios para o paciente que precisa perder peso, pode agravar sua situação orgânica.

O Belviq (Locarserina) pode provocar alterações mentais que impedem a condução de um veículo ou o uso de equipamentos pesados.

Uma constatação com relação ao uso de Belviq foi o surgimento de problemas de válvulas cardíacas. Se o paciente estiver usando Belviq (Locarserina) e tiver dificuldades em respirar, se surgirem inchaços nos braços, pernas, tornozelos ou pés, se sentir tonturas, fadiga ou fraqueza que não desaparecem ou tiver batimentos cardíacos rápidos e irregulares, deve imediatamente procurar ajuda médica.

Pacientes que fizeram o uso de Belviq (Locarserina) relataram casos de alucinações, sensação de estar embreagado ou humor alterado, além de sentimentos de se estar fora do corpo.

O Belviq, dessa forma, mostra-se também viciante, podendo levar o usuário à dependência química, sendo uma substância controlada em razão de seus efeitos mais nocivos do que saudáveis para o processo de emagrecimento.

O Belviq (Locarserina) pode reduzir a quantidade de glóbulos vermelhos e brancos

Uma das mais sérias consequências do uso indiscriminado de Belviq (Locarserina) é a redução da contagem de glóbulos brancos e vermelhos no sangue, provocando queda no sistema imunológico.

Além disso, o Belviq (Locarserina) pode aumentar no organismo a quantidade de um hormônio denominado prolactina, provocando nas mulheres a produção de leite ou de um líquido leitoso, gerando alterações nas mamas de homens, aumentando o seu tamanho.

O Belviq (Locarserina) provoca alterações no sistema cardíaco e no cérebro, podendo causar, com o uso continuado, graves problemas no coração, efeitos colaterais ainda não especificados além dos que já foram relatados e gerar o vício na substância.

Embora os testes clínicos já realizados tenham mostrado que o uso do Belviq (Locarserina) provocou perda de peso, com a consequente manutenção do novo peso por até dois anos, houve também a comprovação de que, ao parar de fazer uso comprimidos para emagrecer, todos os voluntários para os testes o recuperaram.

Nos testes, quase a metade das pessoas perdeu 5% ou mais do peso corporal após um ano de tratamento, um percentual bem maior do que outros voluntários que só fizeram uso de exercícios e de dieta equilibrada.

No entanto, 50% das pessoas que se voluntariaram para os testes, abandonou o estudo no primeiro ano em virtude dos efeitos colaterais, sendo que nenhum dos testados manteve a perda de peso.

O tratamento com medicamentos para perda de peso deve ser acompanhado por um médico especializado, evitando que a pessoa tratada possa recuperar o mesmo nível corporal. Com base nas pesquisas feitas com Belviq (Locarserina), 95% das pessoas testadas recuperaram todo o peso anterior entre 3 a 5 anos após o término dos testes.

O restante, 5%, acabou ganhando mais peso do que perdeu, precisando fazer novos tratamentos para retornarem às atividades normais, longe dos efeitos viciantes do Belviq (Locarserina).

Belviq (locarserina) vai me ajudar a emagrecer realmente?

A ciência por trás de Belviq - "existe evidência clínica?"

Houve alguns estudos clínicos feitos com Belviq (locarserina). Estes mostraram que esta pílula de dieta pode ajudar com saciedade. O relatório inicial envolveu 8.000 participantes diferentes. No entanto, Belviq não funciona para todos e algumas pessoas não são elegíveis para usar este medicamento para perda de peso.

Comentários negativos de usuários sobre a Locarserina

Há bastante opiniões desanimadoras postadas online sobre o Belviq (Locarserina). Veja abaixo o que alguns dos usuários disseram:

  • "Na primeira semana eu tive dores de cabeça horríveis, mas os desejos ainda estavam lá. Após os primeiros 30 dias, liguei para o meu médico como estava me sentindo inchado. Ela me receitou uma pílula de água. E o pior, eu não tive qualquer perda de peso após os 30 dias."
  • "Não me ajudou em nada. Eu sofri de desejos intensos por chocolate o tempo todo. Não vale o preço que paguei", comentou outro usuário.
  • "Eu não recomendo este medicamento a ninguém. Alguns dias após a minha primeira dose, eu passei por alguns sintomas graves - náuseas, vômitos e palpitações no tórax. Fiz uma visita ao médico. Após teste múltiplo, fui diagnosticado com um vírus. Como foi durante as férias de Natal, eu associei com "alimentos consumidos nas férias." Levou alguns dias até que eu me sentisse 100% novamente. Assim, na segunda-feira, tomei a minha segunda dose de Belviq e na terça-feira os mesmos sintomas reapareceram!"

É possível ler mais comentários sobre o medicamento em sites como Drugs.com, dietspotlight.com, entre outros.

Opinião da euroClinix sobre o Belviq (locarserina)

Nós apreciamos que Belviq tenha sido aprovado pelo FDA para ajudar com a perda de peso em indivíduos obesos. No entanto, há claramente uma série de efeitos adversos que vem junto com os comprimidos para emagrecimento. Além disso, o paciente não é mesmo elegível para tomar o Belviq se não possui o IMC (Índice de massa corporal) de 30 ou mais.

Se quiser utilizar algum medicamento para perder peso, recomendamos que escolha um produto que seja apoiado por estudos clínicos mais intensos, que esteja disponível para todos os adultos, mas não causa efeitos colaterais tão severos.

Dados do Xenical (comprimidos para emagrecer)
Xenical
Nome: Xenical (Orlistato)
Fabricante: Roche
Princípio ativo: Orlistato
Administração: Oral
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica
Mais sobre Xenical

Fontes:

Como funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita