Outros Tratamentos

Nesina (Alogliptina)

Comprar Nesina (Alogliptina) online - Envio e validação de receita médica

  • Nesina (Alogliptina)
  • Nesina (Alogliptina)
Excelente   4.7 4,092 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

A Nesina, que possui como ingrediente ativo a Alogliptina, pertence à classe de medicamentos classificados como inibidores da enzima DPP-4, ou dipeptidil, servindo para redução dos níveis de açúcar no sangue e mantendo a glicemia dentro de padrões normais, principalmente depois das refeições.

O medicamento é indicado para pacientes com diabetes mellitus do tipo 2, não agindo quando os níveis de glicose no sangue estão baixos, sendo, portanto, improvável que provoca redução dos níveis de glicemia abaixo do normal.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Nesina online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Nesina (Alogliptina) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a equipe de atendimento ou deixe seu email para ser notificado quando o Nesina (Alogliptina) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Nesina (Alogliptina) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Nesina na euroClinix?

O Nesina é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Nesina online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Nesina online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Nesina sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Nesina sem receita médica. O Nesina é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Nesina sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Nesina na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Nesina inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Nesina original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Nesina online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Nesina na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é o Nesina (Alogliptina)?

A Alogliptina é uma substância desenvolvida especificamente para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2, atendendo à necessidade de redução dos níveis de açúcar no sangue e mantendo em níveis normais a glicemia, principalmente depois das refeições.

O Nesina não age quando os níveis de glicose no sangue já estão baixos, servindo apenas como coadjuvante no controle da glicemia, não provocando redução dos níveis de açúcar abaixo do considerado normal.

Em tratamento com o Nesina, o diabético deve continuar seguindo as recomendações médicas de se alimentar da forma correta, de fazer exercícios e, havendo necessidade, de perder peso para garantir o controle da doença.

Conheça a estrutura química da Alogliptina:

geometria-molecular-alogliptina

Composição do Nesina (Alogliptina)

O Nesina é comercializado em comprimidos revestidos de 6,25 mg, 8,5 mg, de 12,5 mg e 25 mg. Cada comprimido contém a quantidade equivalente de Benzoato de Alogliptina, além dos excipientes: manitol, celulose microcristalina, hiprolose, croscarmelose sódica e estereato de magnésio.

O revestimento dos comprimidos é composto de hipromelose, dióxido de titânio, óxido de ferro vermelho e macrogol. Os comprimidos também são marcados com tinta de impressão contendo laca e óxido de ferro preto sintético.

Quais as doses disponíveis para o Nesina (Alogliptina)?

A Alogliptina ainda não apresenta medicamentos genéricos, sendo comercializada apenas com o nome de Nesina e disponível em 10 e 30 comprimidos, nas doses de 6,25 mg, 8,5 mg, 12,5 mg e 25 mg.

Cada dose do medicamento Nesina atende a uma necessidade específica do paciente e deve ser usado de acordo com orientação médica.

Como funciona o Nesina (Alogliptina)?

O Nesina é um medicamento inibidor de alta potência e seletividade da enzima dipeptidil peptidase-4, ou DPP-4, enzima que está envolvida na regulação e na produção de insulina e glicose pelo organismo, resultando em maior controle dos níveis de glicose no sangue de pacientes com diabetes tipo 2.

Medicamentos contra diabetes são desenvolvidos para ajudar no controle da doença, devendo o paciente entender que deve se alimentar de forma correta, fazer exercícios e, se necessário, perder peso.

Eficácia e segurança do Nesina (Alogliptina) de acordo com estudos clínicos

O princípio ativo do Nesina, Alogliptina, foi estudado como monoterapia e em combinação com Metformina, Sulfonilureias, Tiazolidinedionas (isoladamente ou em combinação com Metformina ou Sulfonilureias), ou insulina, isoladamente ou em combinação com Metformina.

Um total de 8.673 pacientes portadores de diabetes tipo 2 foi randomizado em 10 estudos clínicos de segurança e eficácia, no sistema duplo-cegos, controlados por placebo ou ativo, realizados para avaliar os efeitos do Benzoato de Alogliptina no controle da glicemia.

A distribuição racial dos pacientes expostos ao tratamento foi de 68% caucasianos, 15% de asiáticos, 7% de negros e 9% de outros grupos raciais. Entre os caucasianos, o percentual de hispânicos foi de 30%. Os pacientes tinham idade média de 55 anos, com variação de 21 a 80 anos.

Nos pacientes com diabetes tipo 2 participantes do estudo, o tratamento com Alogliptina produziu reduções clínica e estatisticamente significativas nos níveis de hemoglobina glicada, ou HbA1c, em comparação com o placebo.

Como é comum para os estudos que envolvem tratamento de diabetes tipo 2, a média de redução da A1C com Benzoato de Alogliptina, parece estar relacionada aos níveis de elevação da A1C1 na linha de base, ou seja, no início do estudo.

Outro estudo considerou um total de 1.768 pacientes com diabetes tipo 2, separados em 3 estudos duplo-cegos, também para avaliar a eficácia e segurança da Alogliptina em pacientes com controle de glicemia inadequado com dieta e exercícios físicos.

Nos três estudos houve um período de observação de 4 semanas, simples-cego, com placebo, seguido de um período de tratamento randomizado de 26 semanas. Os pacientes que tiveram falhas em atingir os objetivos de hiperglicemia pré-especificados durante o período de 26 semanas receberam terapia glicêmica de resgate.

Um terceiro estudo com duração de 26 semanas, duplo-cego, controlado por placebo, congregou um total de 329 pacientes com média basal de HbA1c em torno de 8%, que foram randomizados para receber a Alogliptina 12,5 mg ou Alogliptina 25 mg ou ainda placebo uma vez ao dia.

O tratamento com Alogliptina 25 mg resultou em melhor estatisticamente mais significativa em relação ao valor basal nos níveis de HbA1c e glicemia em jejum, em comparação com o placebo e com Alogliptina 12,5 mg. Entre os pacientes que usaram placebo, 30% receberam terapia de resgate glicêmico.

Entenda o mecanismo de ação dos inibidores da enzima DPP-4 (dipeptidil peptidase-4), como a Alogliptina:

mecanismo-de-acao-dos-inibidores-da-enzima-dpp-4

Como usar o Nesina (Alogliptina)?

A dose recomendada de Nesina é de 25 mg uma vez ao dia. No entanto, o médico poderá prescrever o medicamento de forma isolada, em monoterapia, ou com outras medicações utilizadas para o tratamento de diabetes.

O uso de Nesina pode ser feito com ou sem alimentos, devendo o paciente observar com exatidão a prescrição médica.

O ajuste de dose deve ser avaliado pelo médico, sendo especialmente recomendado para pacientes com insuficiência renal, classificadas de moderada a grave, e para pacientes com doença renal em fase terminal, que exigem diálise.

Pacientes diabéticos com insuficiência renal leve não necessitam de qualquer ajuste na dose diária. Em pacientes com insuficiência renal moderada, a dose recomendada de Nesina é de 12,5 mg uma vez ao dia.

Para pacientes diabéticos com insuficiência renal ou com doença renal em fase terminal, que precisam de hemodiálise, a dose recomendada de Nesina é de 6,25 mg uma vez ao dia, podendo ser tomada independentemente da realização da diálise.

Para pacientes com insuficiência renal, o médico deve fazer uma avaliação dessa função antes do início do tratamento com Nesina e posteriormente, de forma periódica.

Durante o uso, o Nesina não deve ser partido ou mastigado e o paciente não deve interromper o tratamento sem conhecimento do médio que o prescreveu.

Quais são os efeitos colaterais do Nesina (Alogliptina)?

Mesmo não se manifestando em todos os pacientes em tratamento, a Alogliptina pode provocar efeitos colaterais adversos, como ocorre com medicamentos de prescrição.

No caso de reações colaterais mais graves, o paciente deve parar de usar o medicamento e consultar imediatamente o seu médico.

Confira os efeitos colaterais da Alogliptina na tabela abaixo:

Efeitos Colaterais da Alogliptina
De frequência desconhecida, que não podem ser calculados a partir de informações disponíveis:
  • Reação alérgica, com os seguintes sintomas: erupção cutânea, urticária ou coceira, dificuldade em engolir ou respirar, inchaço dos lábios, do rosto, da garganta e da língua, e sensação de desmaio;
  • Reação alérgica grave, cujos sintomas são os seguintes: coceira generalizada (prurido) e sensação de calor, afetando principalmente a cabeça, o couro cabeludo, a boca, a garganta, as palmas das mãos ou plantas dos pés (síndrome de Stevens-Johnson);
  • Também pode ocorrer dor intensa e persistente no abdômen, na região estomacal, podendo se estender para as costas, dando origem a náuseas e vômitos, sendo este um sinal de pancreatite, ou seja, inflamação do pâncreas.
Efeitos colaterais comuns, que podem ocorrer entre 1 a 10% dos pacientes tratados:
  • Sintomas de baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia), principalmente quando o Nesina é administrado em associação com insulina ou Sulfonilureias, como por exemplo, Glipizida, Tolbutamida e Glibenclamida.
  • O paciente pode sentir tremores, suores, ansiedade, visão turva, formigamento nos lábios, palidez, alterações de humor ou se sentir confuso. O açúcar no sangue pode ser reduzido abaixo do nível normal, mas pode novamente subir com a ingestão de açúcar. Nesses casos, é recomendado que ande sempre com algum alimento açucarado;
  • Sintomas como os de resfriado, dor de garganta, nariz entupido ou bloqueado;
  • Erupção na pele e coceira;
  • Dor de cabeça e dor de estômago;
  • Diarreia, azia e indigestão.
Efeitos colaterais de frequência desconhecida:
  • Problemas de fígado, como náuseas e vômitos, cansaço incomum ou inexplicável, perda de apetite, urina escura, amarelamento da pele ou da parte branca dos olhos.

Caso o paciente tenha uma reação alérgica, deve parar de tomar Nesina imediatamente e informar o seu médico. Ele poderá prescrever um medicamento para tratamento da reação alérgica ou substituir o Nesina por outro medicamento para tratamento de diabetes.

O Nesina é um medicamento relativamente novo no mercado e, embora as pesquisas tenham indicado segurança e eficácia aceitáveis, ainda não há dados disponíveis sobre possíveis reações colaterais por ele provocadas. Portanto, é recomendado que o paciente procure o seu médico sempre que sentir alguma reação mais grave.

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Nesina (Alogliptina)?

O Nesina é contraindicado para pacientes alérgicos à Alogliptina ou a qualquer dos componentes de sua fórmula, além de pacientes que já tenham apresentado qualquer tipo de reação grave em tratamentos anteriores.

Caso o paciente se esqueça de tomar a dose do medicamento como recomendado, deve tomá-la assim que se lembrar. Contudo, se estiver muito próximo da administração da próxima dose, deve somente tomar a dose seguinte, seguindo com o esquema de posologia regular. O paciente não deve tomar uma dose dupla para compensar e não exceder a dose recomendada para cada dia.

O paciente deve informar o seu médico se teve alguma reação alérgica grave a qualquer outro medicamento semelhante que tenha usado para controlar os níveis de açúcar no sangue.

Os sintomas de uma reação alérgica grave podem ser perigosos, podendo causar dificuldades inclusive para respirar ou engolir.

Advertências

O paciente deve informar o seu médico ao receber a prescrição de Nesina se possui diabetes tipo 1, quando o organismo não produz insulina.

Também deve informar no caso de ser portador de cetoacidose diabética, uma complicação da doença, que ocorre quando o organismo não consegue usar a glicose por falta de insulina suficiente. Os sintomas da cetoacidose diabética incluem sede excessiva, aumento da frequência da urina, perda de apetite, náuseas ou vômitos e rápida perda de peso.

O médico também deve ser informado se o paciente está tomando algum medicamento antidiabético conhecido por Sulfonilureias, qualquer outro medicamento para controle do diabetes ou insulina.

Nesses casos, o médico pode indicar a redução da dose de Sulfonilureias, de outros medicamentos ou de insulina, podendo ser feito um tratamento de combinação para evitar níveis mais baixos de açúcar no sangue.

O médico deve ser informado se o paciente possui alguma deficiência renal, deficiência hepática ou insuficiência cardíaca (alterações nas funções do coração), além de qualquer tipo de doença no pâncreas.

O Nesina não é recomendado para crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anos, uma vez que não existem dados suficientes para garantir sua segurança e eficácia nesses pacientes.

Caso o paciente esteja tomando qualquer outro tipo de medicamento, mesmo que não para o tratamento e controle do diabetes, deve informar o seu médico.

Na gravidez e amamentação

No caso de mulher diabética, se estiver grávida ou amamentando, ou mesmo se pensa que possa estar grávida ou planeja engravidar, é necessário consultar o seu médico antes de tomar o Nesina.

Não foram realizados estudos de Nesina em mulheres grávidas ou durante o período de amamentação. Dessa forma, o tratamento de diabetes nesses casos só pode ser realizado se o médico considerar que seja absolutamente necessário.

Condução de veículos e operação de máquinas

Não se tem conhecimento se o Nesina pode afetar a capacidade de conduzir veículos ou operar máquinas. No entanto, o medicamento, em associação com insulina, com Sulfonilureias ou em terapia de associação com Tiazolidinedionas e Metformina, podem provocar níveis mais baixos de açúcar no sangue, podendo afetar também a capacidade de conduzir ou de operar máquinas.

Durante períodos de sobrecarga no organismo, como ocorre quando o paciente tem febre, sofre um trauma, uma infecção ou uma cirurgia, a necessidade do medicamento pode sofrer alteração. Nesses casos, é necessário contatar o médico imediatamente.

Interações Medicamentosas

O paciente deve informar o seu médico sobre qualquer tipo de medicamento de que esteja fazendo uso, incluindo medicamentos não prescritos, vitaminas e aqueles à base de plantas. Alguns medicamentos podem afetar o controle da glicemia.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Nesina
Princípio ativo: Benzoato de Alogliptina
Fabricantes: Takeda
Descrição: O Nesina é indicado para redução dos níveis de açúcar no sangue (glicemia) quando os mesmos estiverem elevados, principalmente após uma refeição, em pacientes com diabetes mellitus do tipo 2; auxilio na melhoria dos níveis de insulina produzidos por seu próprio organismo após uma refeição; redução da quantidade de açúcar (glicose) produzida pelo organismo.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica
Administração: Uso Oral
Apresentação: 10 e 30 comprimidos revestidos
Dose: 6,25mg, 12,5mg e 25mg
Aplicação: Adultos acima de 18 anos
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Inibidor da enzima DPP-4 (dipeptidil peptidase-4)
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Nesina (Alogliptina)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,092 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Nesina (Alogliptina)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?