Outros Tratamentos

Omeprazol

Comprar Omeprazol online - Envio e validação de receita médica

Excelente   4.7 4,596 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Omeprazol é um medicamento indicado para o tratamento de úlceras no estômago e no intestino, refluxo gastroesofágico ou doença de Zollinger-Ellison, produção excessiva de ácido estomacal e no tratamento de úlceras associadas a infecções causadas pela bactéria Helicobacter pylori, em adultos e crianças.

O medicamento também é indicado para o tratamento de dispepsia e pode ser usado para prevenção de sangramento do trato gastrointestinal superior em pacientes gravemente doentes.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Omeprazol online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Omeprazol está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o Omeprazol estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Omeprazol online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Omeprazol na euroClinix?

O Omeprazol é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Omeprazol online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Omeprazol online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Omeprazol sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Omeprazol sem receita médica. O Omeprazol é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Omeprazol sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Omeprazol na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Omeprazol inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Omeprazol original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Omeprazol online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Omeprazol na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é o Omeprazol?

O Omeprazol é um medicamento indicado contra a gastrite e úlcera gástrica, possuindo a ação de reduzir a acidez no estômago, podendo ser indicado também para proteger a mucosa estomacal quando o paciente estiver tomando anti-inflamatórios por mais de 3 dias.

Conheça a estrutura química do Omeprazol:

estrutura-quimica-omeprazol

Para que apresente os efeitos desejados, o medicamento deve ser tomado pela manhã, em jejum, ou de acordo com a orientação médica.

Omeprazol é uma substância farmacológica também conhecida como Prilosec OTC, ou simplesmente como Prilosec, sendo amplamente utilizado para o tratamento de diversas doenças que acometem o sistema gastrointestinal, agindo com mais eficácia sobre o estômago e o esôfago.

O Omeprazol pertence à classe dos inibidores da bomba de prótons (IBP), já que sua ação é aplicada principalmente para reduzir, através da inibição, a ação dos níveis de ácido produzidos pelo estômago, aliviando sintomas como os do refluxo gástrico, por exemplo.

Omeprazol é um princípio ativo e sua comercialização é feita como produto genérico ou com os nomes comerciais de Losec, Prepazol, Victrix e Omepraze, entre outros.

Além de ser indicado para úlceras gastrointestinais, refluxo gastroesofágico, azia e acidez estomacal, o Omeprazol também é indicado para pacientes refratários a outros medicamentos.

Composição do Omeprazol

Em suas variadas formas e marcas comerciais, o Omeprazol pode ser encontrado em cápsulas ou solução injetável.

Em cápsulas, sua forma mais comercializada, o medicamento pode ser encontrado em doses de 10 mg, de 20 mg e de 40 mg, contendo cada cápsula os seguintes excipientes: lactose, glicose monohidratada, núcleo de amido e sacarose, ortofosfato hidrogenado dissódico, laurilsulfato de sódio, hipromelose, manitol, ftalato de hipromelose, álcool cetílico e ftalato de dietila.

A solução injetável é apresentada em frasco-ampola, contendo 42,6 mg de Omeprazol sódico, equivalente a 40 mg de Omeprazol, com os excipientes edetato dissódico e hidróxido de sódio.

Cada ampola de diluente contém 10 ml de solução com macrogol, ácido cítrico e água para injetáveis.

Quais as doses disponíveis para o Omeprazol?

A disponibilidade de Omeprazol depende do laboratório produtor. O Losec, por exemplo, pode ser encontrado em embalagens com 10 mg, com 14 comprimidos, além de 20 mg em embalagens com 7, 14 ou 28 comprimidos, e na dose de 40 mg, em embalagens com 7 comprimidos.

O Losec também é comercializado em solução intravenosa de 40 mg.

Com o nome comercial Prepazol, o Omeprazol é comercializado em cápsula gel dura de 10 mg, com 14 comprimidos, em 20 mg com 28 comprimidos, e em 40 mg com 7 comprimidos, além da solução intravenosa de 40 mg.

Como funciona o Omeprazol?

Omeprazol é um composto que age no organismo inibindo uma enzima localizada na parede do estômago, reduzindo dessa forma a quantidade de ácido produzida. Assim, o medicamento pode ser utilizado no tratamento de doenças onde ocorra uma excessiva produção de ácido estomacal.

O Omeprazol, durante os estudos e pós-comercialização, também se mostrou bastante eficiente para o tratamento de uma série de outras doenças relacionadas, de alguma maneira, com a produção excessiva de ácido produzido pelo estômago.

Assim, por exemplo, existe um tipo de esofagite, ou seja, uma inflamação no esôfago, conhecida como esofagite erosiva. O próprio nome da doença já sugere uma característica marcante: a inflamação ali ocorrida está diretamente ligada a um processo de corrosão de tecidos, pela ação do ácido estomacal.

Com a administração de Omeprazol, seguindo as orientações médicas, o ácido terá sua produção reduzida, oferecendo redução também da corrosão e permitindo que o organismo possa começar o processo de cicatrização do esôfago.

O Omeprazol também é utilizado em conjunto com outros medicamentos, podendo, inclusive, ser usado com antibióticos, para o tratamento de um problema estomacal bastante conhecido e de difícil tratamento: a gastrite relacionada à ação da bactéria H. pylori.

Confira no infográfico abaixo como a acidez estomacal é regulada com diferentes tipos de fármacos:

regulacao-secrecao-acida-acao-farmacos

Eficácia e segurança do Omeprazol de acordo com estudos clínicos

O Omeprazol foi alvo de diversos estudos clínicos e laboratoriais para analisar sua eficácia e segurança no tratamento das úlceras pépticas benignas, gástricas ou duodenais).

Os resultados obtidos no tratamento de úlcera duodenal foram superiores aos obtidos no tratamento da úlcera gástrica, verificando-se índices de cicatrização de praticamente 100% após duas a quatro semanas de tratamento, nas doses recomendadas pelo médico.

Outra característica resultante dos estudos clínicos foi a eficácia do Omeprazol no tratamento de úlceras resistentes a outros tipos de agentes antiulcerosos, embora seu papel exato, nessas condições, não tenha sido totalmente esclarecido.

Os resultados sobre úlcera duodenal, com apenas duas semanas de tratamento, trouxeram evidências de níveis de cura geralmente superiores a 70%, acima dos observados com outros agentes antiulcerosos.

A esofagite de refluxo, segundo os estudos, exige períodos mais prolongados de tratamento. Mesmo assim, após quatro semanas de tratamento, foram observados índices de cura superiores a 80%.

Em decorrência de suas características, o Omeprazol também está indicado para os estados de hiperacidez gástrica, na prevenção de recidivas de úlceras gástricas ou duodenais, e na síndrome de Zollinger-Ellison.

Os estudos demonstraram ainda que o Omeprazol pode ser usado no tratamento de erradicação da H. pylori, em esquema de terapia múltipla e na proteção da mucosa gástrica contra danos causados por anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), e ainda na esofagite de refluxo em crianças com mais de um ano de idade.

Como usar o Omeprazol?

Os comprimidos devem ser tomados em jejum, inteiros, sem mastigar e, no caso de cápsulas, sem que sejam abertas. Quando o médico recomendar doses superiores a 80 mg por dia, elas devem ser divididas em duas.

Na forma de pó liofilizado para solução injetável, a administração do Omeprazol deve ser feita com auxílio de um profissional habilitado.

As doses do Omeprazol devem ser tomadas de acordo com a orientação médica, sempre nos mesmos horários.

Tratamento de úlcera duodenal:

No tratamento de úlcera duodenal, o Omeprazol deve ser administrado com 20 mg por dia, preferencialmente antes do café da manhã, em tratamento de 2 semanas. Não havendo a cicatrização, o tratamento deve prosseguir por mais duas semanas.

Tratamento de úlcera gástrica e esofagite de refluxo:

No tratamento de úlcera gástrica e esofagite de refluxo, deve-se administrar 20 mg de Omeprazol por dia, antes do café da manhã, durante 4 semanas. Não havendo a cicatrização, a recomendação é de um tratamento adicional de mais 4 semanas.

Em pacientes refratários a outros tratamentos e medicamentos, deve-se administrar 40 mg de Omeprazol por dia, em dose única, antes do café da manhã, durante 4 semanas para os casos de úlcera duodenal, e de 8 semanas para os casos de úlcera gástrica e esofagite de refluxo grave, após as quais deverá ocorrer a cicatrização.

Tratamento de manutenção:

Em tratamento de manutenção na prevenção de recidivas em pacientes com úlcera gástrica e pouco responsivos, a recomendação é administrar 20 mg de Omeprazol por dia. Havendo necessidade, a dose pode ser aumentada para 40 mg do medicamento, uma vez por dia.

Tratamento de síndrome de Zollinger-Ellison:

No tratamento da síndrome de Zollinger-Ellison, a posologia deve ser adaptada de acordo com a resposta individual de cada paciente, mantendo o tratamento pelo tempo necessário para uma resposta clínica satisfatória e a critério médico. A recomendação é de uma dose inicial de 60 mg ao dia, em dose única, antes do café da manhã.

A maior parte dos casos pode ser controlada com doses entre 20 a 120 mg ao dia. Havendo necessidade de doses superiores a 80 mg ao dia, as doses devem ser administradas em duas vezes.

Os tratamentos prolongados por mais de 8 semanas somente são aplicados na síndrome de Zollinger-Ellison, devendo ser efetuadas verificações periódicas do estômago através de endoscopia ou de radiografia.

Em pacientes idosos ou com função hepática ou renal comprometida não é necessário fazer ajuste de doses.

No tratamento de manutenção de úlcera duodenal e esofagite de refluxo, o médico poderá recomendar 10 mg de Omeprazol uma vez ao dia.

Não existem informações disponíveis sobre casos de superdosagem de Omeprazol. Doses únicas orais de até 160 mg de Omeprazol ao dia foram bem toleradas. No entanto, havendo casos de superdosagem grave, o tratamento deve ser sintomático, em local especializado.

Quais são os efeitos colaterais do Omeprazol?

O Omeprazol, da mesma forma que outros medicamentos de prescrição, mesmo sendo eficaz para os finas a que é destinado, oferece alguns efeitos colaterais, que devem ser observados pelo paciente e, havendo maior gravidade, devem ser levados ao conhecimento médico.

De uma forma geral, os efeitos colaterais se apresentam com intensidade leve, envolvendo dor de cabeça, dor muscular e diarreia.

Em pacientes que apresentam algum tipo de sensibilidade ao princípio ativo ou aos componentes de sua fórmula, podem ocorrer efeitos mais severos, como choque anafilático. Assim, o Omeprazol não deve ser indicado para pacientes que, reconhecidamente, tenham conhecimento de intolerância a algum componente de sua fórmula.

Veja na tabela abaixo os possíveis efeitos colaterais do Omeprazol:

Efeitos colaterais do Omeprazol

Efeitos colaterais comuns (ocorrendo entre 1 e 10% dos pacientes)

  • cefaleia
  • diarreia
  • constipação
  • dor abdominal
  • náusea
  • flatulência
  • vômitos
  • regurgitação
  • infecção do trato respiratório superior
  • tontura
  • rash
  • astenia
  • dor nas costas
  • tosse

Efeitos colaterais incomuns (ocorrendo entre 0,1 e 1% dos pacientes)

  • parestesia
  • sonolência
  • insônia
  • vertigem
  • aumento das enzimas hepáticas (alanina, aminotransferase, transaminase glutâmico oxalacética sérica, transpetidase gamaglutamil, fosfatase alcalina e bilirrubina)
  • erupção ou prurido
  • urticária
  • mal-estar

Efeitos colaterais raros (ocorrendo entre 0,01 e 0,1% dos pacientes)

  • confusão mental reversível
  • agitação
  • agressividade
  • depressão
  • alucinações (especialmente em estado grave)
  • ginecomastia
  • xerostomia
  • trombocitopenia
  • agranulocitose
  • pancitopenia
  • encefalopatia hepática (em pacientes com insuficiência hepática grave pré-existente)
  • hepatite com ou sem icterícia
  • insuficiência hepática
  • artralgia
  • fraqueza muscular
  • mialgia
  • fotossensibilidade
  • eritema multiforme
  • síndrome de Stevens-Johnson
  • necrólise epidérmica tóxica
  • alopecia
  • reações de hipersensibilidade (angioedema, febre broncoespasmo, nefrite intersticial, choque anafilático)
  • aumento da transpiração
  • edema periférico
  • turvação da visão
  • alteração do paladar
  • hiponatremia

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Omeprazol?

O Omeprazol não deve ser usado por pacientes que apresentem hipersensibilidade ao princípio ativo ou a componentes de sua fórmula.

O medicamento também não deve ser administrado a mulheres grávidas ou lactantes. Em caso de necessidade, o médico deve avaliar se o benefício potencial de administração justifica o risco para o feto.

Os estudos com cobaias, em longo prazo, demonstraram a possibilidade de ocorrência de acloridria e consequente elevação da concentração sérica de gastrina. No entanto, essa mesma condição não foi observada em tratamentos de curto espaço de tempo, em torno de 2 a 4 semanas, tempo normalmente indicado para a maior parte dos casos de úlcera duodenal.

No caso de tratamento prolongado, como em esofagite de refluxo e em úlcera gástrica, deve-se dar maior atenção à possibilidade de aumento da concentração da gastrina.

Nos casos de úlcera gástrica, deve ser verificada a benignidade da lesão antes do tratamento.

Em pacientes com as funções hepática ou renal normais, não se observaram alterações nos parâmetros laboratoriais com a administração do Omeprazol. No entanto, quando essas funções estão alteradas, o paciente deve ser monitorado durante o tempo de tratamento.

Interações medicamentosas

O Omeprazol pode inibir o metabolismo de medicamentos que dependem do citocromo P-450 monoxigenase hepática, embora em menor proporção do que os antagonistas H2.

Nesses casos, quando houver necessidade de administração concomitante desse tipo de medicamento, recomenda-se o ajuste de suas doses.

Os anticoagulantes, cumarina ou derivados da indandiona, Diazepam, Fenitoína e Varfarina, medicamentos metabolizados por oxidação hepática, podem ter sua eliminação retardada pela ação do Omeprazol.

Benzodiazepínicos, ciclosporinas ou Dissulfiram, além de depressores da medula óssea, podem ter seus efeitos aumentados com o uso concomitante de Omeprazol.

As combinações que contém algumas das seguintes medicações, dependendo das quantidades presentes, podem causar alterações em razão do aumento do Ph gastrointestinal pelo Omeprazol, podendo resultar na redução da absorção de seus princípios ativos: ésteres de ampicilinas, sais de ferro, itraconazol e Cetoconazol.

Não foram observadas interações na administração concomitante de Omeprazol com antiácidos.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Omeprazol
Princípio ativo: Omeprazol
Fabricante: vários
Descrição: O Omeprazol é indicado para tratar certas condições em que ocorra muita produção de ácido no estômago. É usado para tratar úlceras gástricas (estômago) e duodenais (intestino) e refluxo gastroesofágico (quando o suco gástrico do estômago volta para o esôfago). Também pode ser usado na combinação com outros antibióticos para tratar as úlceras associadas às infecções causadas pela bactéria Helycobacterpylori. O omeprazol também pode ser usado para tratar a doença de Zollinger-Ellison, que ocorre quando o estômago passa a produzir ácido em excesso. Também é utilizado para tratar dispepsia, que causa acidez, azia, arrotos ou indigestão. Pode ser usado também para evitar sangramento do trato gastrintestinal superior em pacientes seriamente doentes.
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica 
Administração: Oral e Injetável
Apresentação: Cápsulas ou solução injetável
Dose: 10 mg, 20 mg, 40 mg
Aplicação: Uso adulto e pediátrico
Posologia: Segundo orientação médica
Classe: Inibidores da bomba de prótons (IBP),
Com álcool: Não recomendado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento omeprazol
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,596 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Omeprazol
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?