Outros Tratamentos

Baclofeno (Baclofen)

Comprar Baclofeno (Baclofen) online - Envio e validação de receita médica

Excelente   4.7 4,596 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Baclofeno (Baclofen) é um medicamento utilizado para redução e alívio da rigidez excessiva ou de espasmos nos músculos, que podem ocorrer em condições sistêmicas, como a esclerose múltipla, doenças ou lesões na medula óssea e determinadas doenças cerebrais. Além disso, a substância recentemente demonstrou ser eficaz para reduzir a dependência alcoólica.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Baclofeno (Baclofen) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O medicamento Baclofeno (Baclofen) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o medicamento Baclofeno (Baclofen) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Baclofeno (Baclofen) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Baclofeno (Baclofen) na euroClinix?

O Baclofeno (Baclofen) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Baclofeno (Baclofen) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Baclofeno (Baclofen) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Baclofeno (Baclofen) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Baclofeno (Baclofen) sem receita médica. O Baclofeno (Baclofen) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Baclofeno (Baclofen) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Baclofeno (Baclofen) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Baclofeno (Baclofen) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Baclofeno (Baclofen) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento. Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Baclofeno (Baclofen) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Baclofeno (Baclofen) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Baclofeno (Baclofen)?

Baclofen é uma das marcas comercializadas do Baclofeno. Além dessa, o princípio ativo também pode ser encontrado em comprimidos e solução injetável com os nomes de Lioresal e Baclon.

O Baclofen é indicado para reduzir a espasticidade dos músculos esqueléticos na esclerose múltipla e para combater estados espásticos nas mielopatias de origem infecciosa, degenerativa, traumática, neoplásica ou de origem desconhecida, como, por exemplo:

  • Paralisia espinal espasmódica;
  • Esclerose lateral amiotrófica;
  • Siringomielia;
  • Mielite transversa;
  • Paraplegia ou paraparesia traumática e compressão do cordão medular;
  • Espasmo muscular de origem cerebral, principalmente decorrente de paralisia cerebral infantil;
  • Espasmos decorrentes de acidentes cerebrovasculares ou na presença de doença cerebral degenerativa ou neoplásica.

Baclofen é um dos nomes comerciais do Baclofeno. Além dessa, o princípio ativo também pode ser encontrado em comprimidos e solução injetável com os nomes de Lioresal e Baclon.

Conheça a estrutura química do Baclofeno:

estrutura-quimica-baclofeno

Composição do Baclofeno (Baclofen)

O Baclofen é disponibilizado em comprimidos contendo 10 mg do princípio ativo, contendo os seguintes excipientes: amido, celulose microcristalina, lactose monohidratada, dióxido de silício e estereato de magnésio.

Também disponibilizado em ampolas com solução injetável, o Baclofeno contém 0,05 mg/ml ou 0,5 mg/ml de princípio ativo por ampola, contendo como veículo: cloreto de sódio, nitrogênio inerte e água para injetáveis.

Quais as doses disponíveis para o Baclofeno (Baclofen)?

O Baclofeno, com a marca Baclofen, está disponível em comprimidos com 10 mg de princípio ativo, em embalagens contendo 20 comprimidos.

O medicamento também é disponibilizado com as marcas Lioresal e Baclon, na mesma dosagem e quantidade por embalagem.

Além de comprimidos, o Baclofeno é comercializado na forma de solução injetável, com doses de 0,05 mg/ml e 0,5 mg/ml.

Como funciona o Baclofeno (Baclofen)?

O Baclofeno é um medicamento integrante do grupo de relaxantes musculares. Em razão do relaxamento do músculo e consequente alívio das dores, o medicamento melhora no paciente a habilidade de se movimentar, tornando mais fácil o gerenciamento de suas atividades diárias, ao mesmo tempo em que facilita a fisioterapia.

Estudos recentes demonstraram que o Baclofeno também inibe e vontade de consumir bebidas alcoólicas, podendo ser usado como parte do tratamento do alcoolismo.

Eficácia e segurança do Baclofeno (Baclofen) de acordo com estudos clínicos

Estudos clínicos demonstraram que a terapêutica com Baclofeno é eficaz na redução de espasticidade pós-AVC, embora sem ganhos funcionais significativos e com efeitos secundários notórios.

A evidência disponível que suporta a utilização do Baclofeno no tratamento pós-AVC é limitada, o seu uso deve ser direcionado para um subgrupo específico de pacientes, sendo que existem, atualmente outras opções de terapia de maior evidência. São necessários mais estudos para sustentar os ganhos funcionais obtidos com o medicamento.

Estudos recentes, no entanto, determinam que o Baclofeno permite a redução de consumo de álcool em 50% dos casos, de acordo com o Fonds Actions Addictions, instituto francês que trabalha com usuários de drogas e álcool.

A popularidade do medicamento de baixo custo, que está no mercado desde 1975, se tornou maior e objeto de estudos depois da publicação do livro "O último copo", de Olivier Ameisen, em 2008, quando o autor, alcoólatra, contou como a vontade de beber passava depois que ele ingeria Baclofeno.

O livro levou o instituto a promover estudos mais aprofundados com o princípio ativo, demonstrando a veracidade da informação. Segundo os pesquisadores, não se trata de um remédio milagroso, embora seja mais um elemento no arsenal terapêutico contra a dependência de álcool.

O estudo foi realizado durante 7 meses com 320 pacientes, que foram divididos por sorteio em dois grupos, com 158 utilizando Baclofeno em dose mais elevada (180 mg por dia) e com 162 recebendo placebo.

A pesquisa procurou avaliar, em primeiro lugar, a manutenção de uma abstinência total durante 20 semanas e, em segundo lugar, a redução do consumo de álcool. Para a abstinência, nenhuma diferença significativa foi observada entre os dois grupos (11,9% de pacientes usando Baclofeno e 10,5% de pacientes usando placebo), muito embora os participantes tenham relatado que não sentiram tanta vontade de usar álcool.

Estudos mais aprofundados estão sendo realizados, embora alguns órgãos de saúde já tenham recomendado o Baclofeno para aliviar a dependência alcoólica.

Como usar o Baclofeno (Baclofen)?

Ao receber a prescrição para Baclofeno, o paciente deve seguir corretamente as instruções médicas, não excedendo a dose recomendada, tomando o medicamento no mesmo período do dia.

No caso de o paciente ser tratado por 6 a 8 semanas e não apresentar sintomas de melhora, deve informar o seu médico, que poderá decidir se ele deve continuar ou não com o tratamento.

O Baclofen deve ser tomado por via oral durante as refeições, juntamente com um pouco de líquido. O tratamento deve sempre ser iniciado com baixas doses, que podem ser gradualmente elevadas até que se atinja a dose diária ideal.

O médico deve recomendar a menor dose compatível para obter a melhor resposta, devendo ser individualizada, de forma que os espasmos flexores e extensores e a espasticidade sejam reduzidos, mas que o paciente não apresenta efeitos colaterais indesejáveis.

Para prevenir excessiva fraqueza muscular e possíveis quedas, o Baclofen deve ser usado com cautela, quando a espasticidade seja necessária para sustentar a postura vertical e balanço na locomoção ou sempre que ela for utilizada para manter as funções de movimento.

Em determinados pacientes pode ser importante manter determinado grau de tônus muscular, permitindo espasmos ocasionais para suporte da função circulatória.

Se nenhum benefício for evidente entre 6 a 8 semanas da obtenção da dose máxima, o médico pode decidir se o tratamento deve ser continuado. A interrupção do tratamento também deve ser gradual, reduzindo sucessivamente as doses durante aproximadamente 1 a 2 semanas, exceto em casos de emergência, quando for relatada superdosagem ou em casos em que efeitos colaterais mais sérios tenham ocorrido

Posologia para adultos

Em pacientes adultos, o tratamento deve ser iniciado com dose de 15 mg ao dia, preferencialmente dividida em 2 a 4 doses. A dosagem pode ser aumentada com cautela por incrementos de 15 mg ao dia, em intervalos de 3 dias, em 15 mg por dia três vezes ao dia, até que a dose diária necessária seja atingida.

Em pacientes sensíveis ao medicamento, é aconselhável começar com dose diária mais baixa, entre 5 a 10 mg, elevando-a de forma gradual. A dose ideal geralmente varia entre 30 a 80 mg por dia, embora em pacientes hospitalizados possa chegar a 100 a 120 mg, desde que administradas com cautela.

Não foram realizados estudos em pacientes portadores de insuficiência hepática para o Baclofen. O fígado não desempenha papel significado no metabolismo do medicamento.

Contudo, o Baclofen tem o potencial de elevar as enzimas hepáticas, devendo ser prescrito com precaução em pacientes com problemas hepáticos.

Pacientes idosos

Em pacientes idosos, com 65 anos ou mais, a recorrência de efeitos colaterais indesejáveis é mais provável, recomendando-se, nesses casos, uma programação mais cuidadosa das doses e manutenção de vigilância apropriada.

Pacientes com estados espásticos de origem cerebral

Da mesma forma como em pacientes idosos, a ocorrência de efeitos colaterais adversos é mais provável em pacientes com estados espásticos de origem cerebral, recomendando-se, também nesses casos, programação cuidadosa e manutenção de vigilância.

Quais são os efeitos colaterais do Baclofeno (Baclofen)?

Entre os efeitos colaterais que se apresentam com o uso de Baclofeno (Baclofen, Baclon, Lioresal) estão os destacados na tabela a seguir:

Efeitos Colaterais do Baclofeno

Efeitos colaterais muito comuns, ocorrendo em mais de 10% dos pacientes:

  • Torpor;
  • Sonolência;
  • Náuseas.

Efeitos colaterais comuns, ocorrendo entre 1 e 10% dos pacientes:

  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Insônia;
  • Fraqueza nos braços e pernas;
  • Dor nos músculos;
  • Movimento incontrolável dos olhos;
  • Boca seca;
  • Distúrbios do trato digestivo;
  • Vômito seco;
  • Vômitos;
  • Constipação;
  • Diarreia;
  • Suor excessivo;
  • Urina excessiva;
  • Enurese noturna.

Efeitos colaterais raros, que ocorrem entre 0,01 e 0,1% dos pacientes:

  • Dormência nas mãos e/ou pés;
  • Dificuldade na fala;
  • Alterações no paladar;
  • Dor abdominal;
  • Diminuição repentina na quantidade de urina;
  • Inabilidade para obter ou manter uma ereção (impotência sexual).
  • Também reportada (frequência desconhecida)
  • Aumento do açúcar no sangue.

Como qualquer medicamento de prescrição, o Baclofen pode provocar efeitos colaterais indesejáveis, mesmo não se apresentando em todos os pacientes. De uma forma geral, os efeitos são frequentemente leves, ocorrendo geralmente no início do tratamento e desaparecendo depois de alguns dias.

No entanto, alguns efeitos colaterais podem ser mais graves, recomendando-se que o paciente procure assistência médica se algum deles se apresentar:

  • Problemas respiratórios;
  • Sensação de confusão;
  • Sensação de felicidade extrema;
  • Tristeza (depressão);
  • Perda de coordenação, afetando o equilíbrio e caminhada, membros e movimentos oculares e/ou da fala (sinais de ataxia);
  • Tremores;
  • Alucinações;
  • Pesadelos;
  • Visão turva/distúrbios visuais;
  • Falta de ar em repouso ou no exercício, inchaço nas pernas e cansaço (sinais de diminuição do débito cardíaco);
  • Pressão sanguínea baixa hipotensão);
  • Erupção cutânea e urticária;
  • Dificuldade em urinar, dor ao urinar ou uma diminuição brusca de urina;
  • Convulsões;
  • Dor abdominal, amarelamento da pele ou olhos e cansaço (sinais de distúrbios do fígado);
  • Temperatura corporal baixa;
  • Batimento cardíaco lento;
  • Sintomas após a interrupção abrupta do medicamento (síndrome de abstinência).

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Baclofeno (Baclofen)?

O Baclofen ou qualquer dos medicamentos similares contendo o princípio ativo, não deve ser indicado para pessoas alérgicas ao medicamento ou a qualquer componente de sua formulação.

O Baclofen também deve ser usado com cautela nos seguintes casos:

  • Em pacientes portadores de doença de Parkinson ou alguma doença mental acompanhada por confusão ou depressão;
  • Em pacientes portadores de epilepsia, ou seja, com convulsões;
  • Em pacientes portadores de úlcera no estômago ou no intestino, com problemas respiratórios, com doenças hepáticas ou com distúrbio de circulação sanguínea no cérebro;
  • Em pacientes com doenças renais (o médico deverá decidir se o medicamento apresenta o tratamento mais adequado).

Antes de começar o tratamento com Baclofen, o paciente deve informar ao médico se estiver tomando qualquer outro medicamento para artrite ou dor, se é portador de diabetes, se apresenta dificuldade em urinar.

Medidas de segurança

Antes de realizar qualquer tipo de cirurgia, incluindo odontológicas, ou de emergência, o paciente deve informar ao médico se estiver em tratamento com Baclofen. Além disso, também deve informar ao médico se for portador de qualquer tipo de doença.

Em alguns pacientes, o Baclofen pode provocar tonturas, sonolência ou perturbação visual, decorrentes de efeitos colaterais. Se isso ocorrer, é preciso atenção e não dirigir veículos ou operar máquinas, além de não realizar qualquer atividade que exija concentração e atenção.

Gravidez e amamentação

O Baclofen não deve ser indicado para mulheres que estiverem grávidas, a menos que os benefícios superem os possíveis riscos. A mulher, nesse caso, deve informar se está grávida ou se pretende engravidar. Os estudos clínicos demonstraram que pacientes que tomaram Baclofen na gravidez tiveram filhos com convulsões logo após o parto.

Apenas uma pequena quantidade do princípio ativo pode passar para o leite materno. No entanto, é preciso monitorar o bebê se a paciente estiver amamentando e conversar com o médico, que deve concordar com o tratamento com Baclofen, se a mulher estiver amamentando.

Interações medicamentosas

Quando o Baclofeno é administrado em concomitância com outros medicamentos que agem sobre o sistema nervoso central, com opiáceos sintéticos ou com bebidas alcoólicas, pode ocorrer aumento da sedação.

O risco de depressão respiratória também é aumentado. Nesses casos, é necessário um monitoramento com maior cautela das funções respiratórias e cardiovasculares, principalmente em pacientes com doenças cardiopulmonares e fraqueza no músculo respiratório.

Durante o tratamento concomitante com antidepressivos tricíclicos, o efeito de Baclofeno pode ser potencializado, resultando em hipotonia muscular pronunciada. Uma vez que o tratamento concomitante com anti-hipertensivos pode resultar em aumento na queda da pressão arterial, a dose desses medicamentos deve ser adequadamente reajustada.

Em pacientes com mal de Parkinson, recebendo tratamento com Baclofeno e Levopoda, foram relatados episódios de confusão mental, alucinações, cefaleia, náuseas e agitação.

Medicamentos que possam afetar de forma significativa a função renal podem reduzir a secreção de Baclofeno, conduzindo a efeitos tóxicos.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Baclofen
Princípio ativo: Baclofeno
Fabricante: Teuto
Descrição: O Baclofen (Baclofeno) é usado para reduzir e aliviar a rigidez excessiva e/ou espasmos nos músculos que podem ocorrer em várias condições tais como a esclerose múltipla, doenças ou lesões na medula óssea, e certas doenças cerebrais.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica
Administração: Uso Oral
Apresentação: 20 comprimidos
Dose: 10 mg
Aplicação: Uso Adulto
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Relaxante Muscular
Com álcool: Não recomendado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Baclofen
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,596 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Baclofeno (Baclofen)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?