Outros Tratamentos

Dorzolamida (Ocupress)

Comprar Dorzolamida (Ocupress) online - Envio e validação de receita médica

  • Dorzolamida (Ocupress)
  • Dorzolamida (Ocupress)
Excelente   4.7 4,379 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Cloridrato de Dorzolamida é o princípio ativo presente nos medicamentos Ocupress e Trusopt, uma solução oftálmica que é um novo inibidor da anidrase carbônica, formulada para uso tópico, servindo para alívio da pressão intraocular. O medicamento exerce seu efeito diretamente nos olhos afetados.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Dorzolamida (Ocupress) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O medicamento Dorzolamida (Ocupress) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o medicamento Dorzolamida (Ocupress) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Dorzolamida (Ocupress) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Dorzolamida (Ocupress) na euroClinix?

A Dorzolamida (Ocupress) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Dorzolamida (Ocupress) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Dorzolamida (Ocupress) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Dorzolamida (Ocupress) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Dorzolamida (Ocupress) sem receita médica. A Dorzolamida (Ocupress) é considerada um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Dorzolamida (Ocupress) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço da Dorzolamida (Ocupress) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Dorzolamida (Ocupress) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Dorzolamida (Ocupress) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Dorzolamida (Ocupress) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Dorzolamida (Ocupress) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Dorzolamida (Ocupress)?

A Dorzolamida (Ocupress e Trusopt) é uma solução oftálmica indicada para o tratamento de pressão intraocular elevada em pacientes com hipertensão ocular, glaucoma de ângulo aberto, glaucoma pseudoesfoliativo e outros glaucomas secundários de ângulo aberto.

O medicamento também é indicado como terapia adjuvante, juntamente com betabloqueadores e como monoterapia em pacientes que não respondem a betabloqueadores ou para pacientes em quem os betabloqueadores são contraindicados.

Composição da Dorzolamida (Ocupress)

O Cloridrato de Dorzolamida é disponibilizado nas marcas comerciais Trusopt e Ocupress. Em ambos os medicamentos, a composição é a mesma, contendo uma solução aquosa levemente viscosa, tamponada e isotônica.

Cada mililitro de Cloridrato de Dorzolamida contém 20 mg do princípio ativo, juntamente com os seguintes excipientes: cloreto de benzalcônio, hidroxietilcelulose, manitol, citrato de sódio, hidróxido de sódio e água para injeção.

Conheça a estrutura química da Dorzolamida:

estrutura-quimica-dorzolamida

Como funciona a Dorzolamida (Ocupress)?

O Cloridrato de Dorzolamida é uma solução oftálmica que age como novo inibidor da anidrase carbônica, formulado para uso tópico oftálmico. Diferentemente dos inibidores locais da anidrase carbônica, oi medicamento exerce seu efeito diretamente nos olhos afetados.

A anidrase carbônica é uma enzima encontrada em muitos tecidos do organismo humano, inclusive os olhos. Essa enzima catalisa a reação reversível que envolve a hidratação do dióxido de carbono e a desidratação do ácido carbônico.

Nos seres humanos, a anidrase carbônica existe na forma de várias isoenzimas, das quais a mais ativa é a anidrase carbônica, encontrada principalmente nas hemácias, além de outros tecidos.

A inibição da anidrase carbônica proporcionada pelo Cloridrato de Dorzolamida nos processos ciliares do olho permite diminuir a secreção do humor aquoso, em razão de reduzir a velocidade de formação dos íons bicarbonato, com subsequente redução do transporte de sódio e de fluídos. O resultado é uma redução da pressão intraocular.

Quais as doses disponíveis para a Dorzolamida (Ocupress)?

O Cloridrato de Dorzolamida é apresentado comercialmente com as marcas Trusopt e Ocupress.

O Trusopt é disponibilizado em frasco plástico contendo 5 ml, em solução oftálmica a 2% do princípio ativo.

O Ocupress é disponibilizado em solução oftálmica estéril de 20 mg/ml, em embalagem contendo um frasco de 5 ml.

Eficácia e segurança da Dorzolamida (Ocupress) de acordo com estudos clínicos

A eficácia da monoterapia com Dorzolamida (Ocupress e Trusopt) em pacientes com glaucoma ou com hipertensão ocular ficou demonstrada em estudos clínicos de até um ano de duração. O efeito redutor da pressão intraocular foi demonstrado durante todo o dia e se manteve durante a administração prolongada.

Em um estudo de pequeno porte, os pacientes receberam medicação durante 12 dias, no total. Os pacientes que receberam Cloridrato de Dorzolamida, três vezes ao dia, nos 7 dias que antecederam o estudo, apresentaram as seguintes reduções percentuais médias da pressão intraocular (PIO):

  • 21% no vale matutino, antes da primeira dose;
  • 22% no pico, duas horas pós-dose;
  • 18% no vale vespertino, oito horas pós-dose;
  • 18% no final do dia, quatro horas após a dose vespertina.

A eficácia do Cloridrato de Dorzolamida também ficou demonstrada em dois estudos clínicos de grande porte.

Em um estudo controlado de um ano de duração, o medicamento foi aplicado 3 vezes ao dia e comparado ao Betaxolol 0,5% e ao Timolol 0,5%, administrados duas vezes ao dia.

No final do estudo, as reduções percentuais médias da PIO no pico e no vale vespertino foram:

  • Para Dorzolamida, 23 e 17%;
  • Para Betaxolol, 21 e 15%;
  • Para Timolol, 25 e 20%.

As diferenças entre as reduções percentuais médias da PIO no pico não foram significativas entre os grupos de tratamento. No vale vespertino, a redução percentual média da PIO com o Timolol foi significativamente maior do que com Dorzolamida (Ocupress e Truspot) ou Betaxolol, porém não foi observada diferença significativa entre Dorzolamida e Betaxolol.

Em um estudo de dose resposta, a Dorzolamida foi superior ao placebo durante uma fase de 6 semanas, seguida de um ano de tratamento. Após 6 semanas, os pacientes que receberam Dorzolamida na quantidade de 3 vezes ao dia, apresentaram reduções percentuais médias da PIO no vale e no pico matutino de 13% e 16%, respectivamente, significativamente maiores do que as observadas com o placebo.

Durante a extensão do tratamento com Dorzolamida aplicado 3 vezes ao dia em monoterapia por até um ano, a eficácia foi compatível com os constatados em 6 semanas. As reduções percentuais médias da PIO no vale e no pico matutino, a partir do pré-estudo, foram de 15 e 18%, com base na última avaliação realizada sob monoterapia.

Veja a diferença entre o olho saudável e com glaucoma:

diferenca-olho-saudavel-olho-com-glaucoma

Como usar a Dorzolamida (Ocupress)?

Quando aplicada em monoterapia, a posologia é de uma gota da solução oftálmica nos olhos afetados três vezes ao dia. Quando utilizado como tratamento adjuvante a um bloqueador oftálmico, a posologia é de uma gota do colírio nos olhos afetados duas vezes ao dia.

Quando outro agente antiglaucomatoso for substituído pelo Cloridrato de Dorzolamida (Ocupress e Trusopt), é necessário interromper o outro agente após sua adequada administração e iniciar o tratamento com Dorzolamida no dia seguinte.

Se mais de uma medicação oftálmica estiver sendo utilizada, o intervalo de administração entre uma e outra deve ser de pelo menos 10 minutos.

Antes de aplicar o medicamento pela primeira vez, o paciente deve se certificar de que a fita de segurança, localizada na parte frontal do frasco, esteja intacta. A existência de um espaço entre o frasco e a tampa é normal quando o frasco ainda não foi aberto.

O paciente deve retirar a fita de segurança para quebrar o lacre e, para abrir o frasco, deve girar a tampa na direção indicada pelas setas, não devendo agitar antes de usar e não puxar a tampa diretamente para cima, afastando-a do frasco, já que isso pode fazer com que o dispensador não funcione corretamente.

Para aplicar o medicamento, é necessário inclinar a cabeça para trás e puxar levemente a pálpebra inferior para formar uma bolsa entre ela e o olho. O frasco deve ser invertido e a área para pressionar deve ser levemente apertada com o dedo polegar ou indicador, até que uma única gota seja dispensada no olho.

Quando não são manuseados da forma correta, os medicamentos oftálmicos podem ser contaminados por bactérias comuns, conhecidas por causar infecções oculares. O uso de medicamentos oftálmicos contaminados pode provocar lesões oculares graves e até perda da visão.

Se houver suspeita de que o medicamento possa estar contaminado ou se o paciente desenvolver qualquer infecção ocular, deve-se procurar assistência médica imediatamente.

Quais são os efeitos colaterais da Dorzolamida (Ocupress)?

O Cloridrato de Dorzolamida (Ocupress e Trusopt) foi avaliado em mais de 1.400 indivíduos em estudos clínicos controlados e não controlados. Nos estudos de longa duração, envolvendo 1.108 pacientes tratados com o medicamento em monoterapia ou como terapia adjuvante com um betabloqueador oftálmico, a causa mais frequente de interrupção, com cerca de 3%, foi motivada por efeitos colaterais relacionados ao medicamento, principalmente conjuntivite e reações palpebrais.

Os efeitos colaterais foram classificados como muito comuns, atingindo 1 em cada 10 pacientes; como comuns, atingindo entre 1 em cada 10 a 1 em cada 100 pacientes; incomuns, atingindo 1 em cada 100 a 1 em cada 1.000 pacientes; e raros, atingindo 1 em cada 1.000 a 1 em cada 10.000 pacientes.

Confira os efeitos colaterais da Dorzolamida a seguir:

Efeitos Colaterais da Dorzolamida

Distúrbios do sistema nervoso:

  • Comum: cefaleia;
  • Raros: tontura, parestesia.

Distúrbios oculares:

  • Muito comum: queimação e ardência;
  • Comuns: ceratite pontilhada superficial, lacrimejamento, conjuntivite, inflamação palpebral, visão turva incomum (iridociclite);
  • Raros: irritação, incluindo vermelhidão, dor, crostas palpebrais, miopia transitória (que se mostrou reversível com a interrupção da terapia), descolamento coroidal após cirurgia de filtração.

Distúrbios respiratórios, torácicos e do mediastino:

  • Raro: epistaxe.

Distúrbios gastrointestinais:

  • Comuns: náusea, paladar amargo;
  • Raros: irritação da garganta, boca seca.

Distúrbios cutâneos e subcutâneos:

  • Raros: dermatite de contato, síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica.

Distúrbios renais e urinários:

  • Raro: urolitíase.

Distúrbios gerais e condições no local de administração:

  • Comum: astenia (fadiga);
  • Raros: hipersensibilidade, como sinais e sintomas de reações locais (reações palpebrais) e reações alérgicas sistêmicas, incluindo angioedema, urticária e prurido, erupção cutânea e broncoespasmo.

Quais são as precauções, interações e contraindicações da Dorzolamida (Ocupress)?

O Cloridrato de Dorzolamida é contraindicado para pacientes hipersensíveis ao princípio ativo ou a qualquer componente de sua fórmula.

A Dorzolamida não foi estudada em pacientes com insuficiência renal grave, com depuração de creatinina menor de 30 ml/min. Uma vez que o princípio ativo e seus metabólitos são excretados predominantemente pelos rins, ele não é recomendado para esses pacientes.

O manejo de pacientes com glaucoma agudo de ângulo fechado requer outras intervenções terapêuticas além dos hipotensores oftálmicos. A Dorzolamida não foi estudada em pacientes com glaucoma agudo de ângulo fechado.

A Dorzolamida também não foi estudada em pacientes com insuficiência hepática e, por isso, deve ser indicado com cautela nesses pacientes.

O Cloridrato de Dorzolamida é uma sulfonamidas e, embora administrado por via tópica, é absorvido sistemicamente. Portanto, os mesmos tipos de efeitos colaterais atribuíveis às sulfonamidas podem ocorrer com a administração tópica.

Caso ocorram sinais de reações graves ou hipersensibilidade, como síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica, o uso do produto deve ser interrompido.

Nos estudos clínicos, foram relatados efeitos colaterais locais com a administração tópica da Dorzolamida, principalmente conjuntivite e reações nas pálpebras. Em alguns casos, o quadro clínico e a evolução foram compatíveis com reação alérgica, que desapareceu com a suspensão do uso.

Caso sejam observadas tais reações, é preciso considerar a interrupção do tratamento.

Existe a possibilidade de efeito aditivo sobre os efeitos sistêmicos conhecidos da inibição da anidrase carbônica em pacientes que estiverem recebendo inibidor oral da anidrase carbônica, como Acetozolamida, e a Dorzolamida.

A administração concomitante com inibidores de anidrase carbônica por via oral não foi estudada e, portanto, não é recomendada.

O cloreto de benzalcônio, um conservante existente na formulação do Cloridrato de Dorzolamida, pode ser absorvido por lentes de contato gelatinosas. Dessa forma, o medicamento não deve ser administrado quando essas lentes estiverem sendo usadas. As lentes devem ser removidas antes da aplicação e só devem ser recolocadas pelo menos 15 minutos depois.

Populações especiais

Pacientes com baixa contagem de células endoteliais são mais propensos ao desenvolvimento de edema na córnea. Algumas precauções devem ser tomadas quando o Cloridrato de Dorzolamida for prescrito para esse grupo de pacientes.

Não existem estudos adequados e bem controlados para o uso de Dorzolamida em mulheres grávidas. O medicamento deve ser utilizado durante a gravidez apenas se o benefício potencial justificar os possíveis riscos para o feto.

Para lactantes, não se sabe se a Dorzolamida é excretada no leite humano. É necessário que o médico decida entre suspender a amamentação ou o tratamento, levando em consideração a importância do medicamento para a mãe.

Para uso pediátrico, a segurança e a eficácia do medicamento não foram estabelecidas, não devendo a Dorzolamida ser prescrita para esse grupo de pacientes.

Para uso em pacientes idosos, não se observou diferenças quanto à eficácia ou segurança entre esses e pacientes mais jovens, porém não se pode excluir maior sensibilidade de alguns indivíduos mais velhos à Dorzolamida.

Não foram realizados estudos dos efeitos sobre a capacidade de dirigir ou de operar máquinas. Os possíveis efeitos colaterais, como tontura e distúrbios visuais, podem afetar a capacidade de dirigir ou operar equipamentos.

Interações medicamentosas

Não foram realizados estudos específicos de interações medicamentosas com a Dorzolamida. Nos estudos clínicos, o medicamento foi utilizado concomitantemente, sem evidência de interações adversas, com os seguintes medicamentos:

  • Solução oftálmica de Timolol;
  • Solução oftálmica de Betaxolol;
  • Medicamentos de administração sistêmica, incluindo inibidores da ECA, bloqueadores dos canais de cálcio, diuréticos, anti-inflamatórios não esteroides (incluindo o ácido acetilsalicílico) e hormônios (estrógenos, insulina e tiroxina).

Os distúrbios com inibidores da anidrase carbônica, como a Dorzolamida, administrados por via oral provocam interações medicamentosas, por exemplo, toxicidade associada à terapia com altas doses de salicilato. Dessa forma, é preciso considerar a possibilidade de tais interações medicamentosas em pacientes tratados com Dorzolamida.

A Dorzolamida é um inibidor da anidrase carbônica e, embora seja administrado por via tópica, é absorvido sistemicamente.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nomes Comerciais: Ocupress e Trusopt
Princípio ativo: Cloridrato de Dorzolamida
Fabricantes: vários
Descrição: A solução oftálmica de Cloridrato de Dorzolamida é indicada para o tratamento da pressão intraocular (PIO) elevada em caso de hipertensão ocular; glaucoma de ângulo aberto; glaucoma pseudo-esfoliativo e outros glaucomas secundários de ângulo aberto; como terapia adjuvante juntamente a betabloqueadores; como monoterapia em pacientes que não respondem aos betabloqueadores ou pacientes para os quais os betabloqueadores são contraindicados.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica 
Administração: Uso Oftálmico
Apresentação: Solução oftálmica estéril (5 mL)
Dose: 20 mg/mL
Aplicação: Uso Adulto
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Inibidor da anidrase carbônica
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Dorzolamida (Ocupress)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,379 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Dorzolamida (Ocupress)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?