Forxiga (Dapagliflozina)

Comprar Forxiga (Dapagliflozina) online - Envio e validação de receita médica

  • Forxiga (Dapagliflozina)
  • Forxiga (Dapagliflozina)
 

O Forxiga, contendo o princípio ativo Dapagliflozina, é um medicamento desenvolvido para o tratamento de diabetes tipo 2, sendo também usado como auxiliar no processo de emagrecimento. O princípio ativo foi aprovado para comercialização pela Anvisa, estando disponível em embalagens de 14 ou 30 comprimidos, contendo 5 e 10 mg de Dapagliflozina.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Forxiga (Dapagliflozina) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Forxiga (Dapagliflozina) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato contato com a equipe de atendimento ou deixe seu email para ser notificado quando o Forxiga (Dapagliflozina) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Forxiga (Dapagliflozina) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Forxiga (Dapagliflozina) na euroClinix?

O Forxiga (Dapagliflozina) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Forxiga (Dapagliflozina) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Forxiga (Dapagliflozina) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Forxiga (Dapagliflozina) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Forxiga (Dapagliflozina) sem receita médica. O Forxiga (Dapagliflozina) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Forxiga (Dapagliflozina) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Forxiga (Dapagliflozina) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Forxiga (Dapagliflozina) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Forxiga (Dapagliflozina) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Forxiga (Dapagliflozina) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Forxiga (Dapagliflozina) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é o Forxiga (Dapagliflozina)?

O diabetes é uma doença que ataca milhões de pessoas no mundo todo, não sendo passível de cura completa, embora o portador possa manter os níveis de glicose no sangue sob controle.

Para isso, muitas vezes é necessário fazer uso de medicamentos, além de exercícios físicos e de alimentação equilibrada. O Forxiga é um novo medicamento utilizado para manter os níveis de açúcar no sangue sob controle, tendo sido aprovado recentemente para comercialização, sendo, portanto, uma nova opção para os portadores de diabetes.

A Dapagliflozina, princípio ativo do Forxiga, é uma substância que deve ser usada em associação com exercícios físicos e com dieta alimentar adequada para melhorar o nível do açúcar no sangue, podendo ser usado em monoterapia ou em conjunto com outros medicamentos. Como se trata de medicamento de prescrição, o tratamento deve ser monitorado por um profissional de saúde.

Conheça a estrutura química do princípio ativo da Dapagliflozina:

geometria-molecular-dapagliflozina

Em tratamento de monoterapia, o Forxiga é indicado para ser usado em conjunto com uma dieta equilibrada e com a prática de atividades físicas para melhorar o controle glicêmico, mantendo os níveis de açúcar na corrente sanguínea regulares, mas sendo indicado apenas para pacientes com diabetes tipo 2.

Com tratamento combinado, o Forxiga, também para portadores de diabetes tipo 2, pode ser usado concomitantemente com outros medicamentos para controle do diabetes, como Metformina, Tiazolidinedionas, Sulfonilureias ou insulina, isolada ou com até duas medicações antidiabéticas orais.

A Dapagliflozina é recomendada quando a terapia em curso, em conjunto com dieta e com atividades físicas, não oferece o controle glicêmico adequado.

Em combinação inicial, o medicamento é indicado como terapia de combinação com Metformina, também em conjunto com exercícios e dieta, quando ambas as terapias com Dapaglifozina e Metformina são apropriadas.

Depois de demonstrar manter controle sobre o diabetes, houve maior interesse pelo medicamento pelo fato de também servir para emagrecer.

Composição do Forxiga (Dapagliflozina)

O Forxiga é comercializado em comprimidos revestidos em duas concentrações distintas: Forxiga 6,15 mg, equivalente a 5 mg de Dapaglifozina, e Forxiga 10 mg, equivalente a 12 mg de Dapaglifozina Propanodiol, que, por sua vez, equivale a 10 mg de Dapaglifozina.

O comprimido, em sua formulação, apresenta também os seguintes excipientes: celulose microcristalina, lactose anidra, crospovidona, dióxido de silício, estereato de magnésio, álcool polivinílico, dióxido de titânio, macrogol, óxido férrico amarelo e talco.

Quais as doses disponíveis para o Forxiga (Dapagliflozina)?

O Forxiga, com o princípio ativo Dapagliflozina, é fornecido comercialmente em forma de comprimidos revestidos de 5 mg em embalagens com 30 comprimidos, e em comprimidos revestidos de 10 mg em embalagens com 14 e com 30 comprimidos.

A versão genérica, com o nome de Dapagliflozina, também é apresentada em comprimidos de 5 e de 10 mg, embora as embalagens possam conter quantidades diferentes de comprimidos.

Como funciona o Forxiga (Dapagliflozina)?

A Dapagliflozina é classificada como inibidor de SGLT2, um co-transportador sódio-glicose 2, que ajuda a promover a eliminação da glicose pela urina. Trata-se da última classe de novos medicamentos orais aprovada para o tratamento do diabetes tipo 2.

A enzima SGLT2, que é uma proteína, promove a reabsorção de glicose pelos rins e esses inibidores impedem essa ação. O medicamento oferece baixo risco de hipoglicemia, promovendo a perda de peso pela eliminação de calorias, ou seja, de glicose, através da urina, podendo levar o portador de diabetes a perder entre 2 a 3 kg por mês.

Além disso, também ajuda na redução da pressão arterial e pode ser combinado com outros medicamentos antidiabéticos e com insulina. O tratamento aplicado de Forxiga, através de estudos e de relatos no período pós-comercialização, possibilitou redução da quantidade de açúcar no sangue em jejum após uma semana de tratamento.

A Dapagliflozina também pode ser encontrada como genérico, levando o nome comercial apenas do princípio ativo, atendendo pessoas de mais baixa renda que são portadoras de diabetes tipo 2 e que apresentam dificuldade em conseguir o medicamento comercializado pelo laboratório desenvolvedor.

Um dos inconvenientes verificados durante o tratamento com Forxiga ou com o genérico foi o risco de infecção genital ou urinária, principalmente quando se trata de mulheres. Esse fato é decorrente de a glicose ser um alimento para as bactérias e, como ela não é reabsorvida pelos rins, concentra-se na bexiga, que se torna um meio de cultura para determinadas bactérias.

O Forxiga também provoca poliúria, ou seja, faz com que a pessoa em tratamento precise urinar mais vezes, um sintoma apresentado normalmente por pessoas hiperglicêmicas, não podendo, dessa forma, ser indicado para pessoas que sofram com insuficiência renal.

Eficácia e segurança do Forxiga (Dapagliflozina) de acordo com estudos clínicos

A Dapagliflozina passou por 13 estudos placebo-controlados, incluindo 3 estudos de monoterapia, um estudo de combinação inicial com Metformina, 2 estudos de adição à Metformina, 2 estudos de adição à insulina, um estudo de adição à Pioglitazona, um estudo de adição à Glimepirida e 2 estudos de combinação de adição de terapia.

Em todos os estudos promovidos pelos pesquisadores e médicos, a Dapagliflozina se mostrou eficiente. No total, 3.939 pacientes foram tratados. Dez dos estudos tiveram duração de tratamento de 24 semanas e os outros de 52 semanas.

Dos 10 estudos de 24 semanas, 5 deles tiveram extensões de longo prazo, variando de 24 a 156 semanas, até uma duração total de 208 semanas.

A idade média dos pacientes foi de 56 anos, havendo pessoas de 18 a 92 anos, e a duração média do diabetes variou de 1,4 a 16,9 anos. Dos pacientes, 51% eram homens, 84% eram brancos, 10% eram asiáticos, 3% eram negros e 3% de outros grupos raciais.

O estudo levou em consideração 80% dos pacientes com índice de massa corporal maior do que 27 e 51% com insuficiência renal leve.

A Dapagliflozina mostrou-se eficiente em todos os pacientes, apresentando melhoria nas condições e nos tratamentos aplicados.

Como usar o Forxiga (Dapagliflozina)?

Em razão de algumas precauções com relação ao princípio ativo Dapagliflozina, as quantidades do medicamento que devem ser usadas em monoterapia ou em tratamento combinado devem ser indicadas pelo profissional de saúde, uma vez que vai depender da gravidade do diabetes e da resposta individual de cada paciente ao tratamento.

De forma geral, a dose recomendada é de um comprimido de 5 ou de 10 mg por dia, conforme o estado geral de saúde do paciente. Os comprimidos de Forxiga devem ser engolidos inteiros, sem partir ou mastigar, juntamente com um copo de água.

Quais são os efeitos colaterais do Forxiga (Dapagliflozina)?

Alguns dos efeitos colaterais de Forxiga podem incluir boca seca, sede, sonolência, cansaço, pouca ou nenhuma urina, batimentos cardíacos acelerados, infecções urinárias apresentando sintomas como febre, arrepios, sensação de ardor, queimação ao urinar ou dores nas costas ou dos lados do corpo.

Além disso, o paciente pode apresentar níveis ainda mais baixos de açúcar no sangue e ter sintomas como tremores, suor excessivo, ansiedade, sensação de forme, dor de cabeça, alterações na visão, mudanças de humor ou sensação de confusão mental, candidíase genital (com sintomas como irritação, coceira ou corrimento anormal, dores nas costas, excesso de urina, alterações nos exames de sangue e tontura).

Esses efeitos colaterais, no entanto, apresentam-se de forma muito rara, ou seja, ocorrendo em menos de 0,1% dos pacientes tratados, a formas mais comuns, que podem atingir até 10% dos pacientes em tratamento.

De uma forma geral, os efeitos podem ser classificados como descritos na tabela a seguir:

Efeitos Colaterais do Forxiga (Dapagliflozina)
Efeitos observados em estudos com uso combinado à Metformina
  • dor de cabeça
Efeitos observados em estudos com uso combinado à Pioglitazona
  • nasofaringite (inflamação da mucosa interna do nariz e faringe)
  • diarreia
Efeitos observados em estudos clínicos de um modo geral
  • elevação da creatinina sanguínea (aumento dos níveis de creatina no sangue)
  • infecções do trato urinário
  • aumento da frequência de fraturas ósseas em pacientes com problemas ósseos e renais
  • relatos de desidratação
  • hipovolemia (redução do volume sanguíneo)
  • hipotensão (pressão baixa)
  • infecções genitais
  • hipoglicemia
  • câncer de bexiga e de mama
  • alterações no hematócrito (exame que mede a relação entre o volume ocupado pelos glóbulos vermelhos e o volume total do sangue)
  • alterações nos níveis de fósforo e lipídeos (colesterol total, triglicérides, colesterol HDL e colesterol LDL) no sangue

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Forxiga (Dapagliflozina)?

A Dapagliflozina é um medicamento contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer componente da formulação do medicamento.

Antes de começar o tratamento com Forxiga ou com o genérico Dapagliflozina, o médico deve ser informado sobre qualquer condição de saúde do paciente, como, por exemplo:

  • Se tiver diabetes do tipo 1, o Forxiga não deve ser usado nem em tratamento de monoterapia nem em tratamento combinado;
  • No caso de haver histórico ou risco de cetoacidose diabética (acúmulo de corpos certônicos, que são substâncias que deixam o sangue ácido, com Ph mais baixo do que o normal no organismo, o Forxiga não deve ser prescrito;

O Forxiga ou o genérico Dapagliflozina não podem ser indicados também para pessoas que são portadoras de problemas renais, pacientes com doenças cardiovasculares (que afetem os vasos sanguíneos e o coração), pessoas que estiverem tomando medicamento para pressão alta ou tomando diuréticos.

Pacientes com risco de depleção de volume, ou seja, redução excessiva na quantidade de líquidos no organismo, ou que apresentarem infecções do trato urinário, com infecções da bexiga, dos rins ou dos tubos que transportam a urina, também não devem tomar o Forxiga.

Os cuidados com pacientes com disfunção renal são em decorrência da eficácia do Forxiga, que é dependente do funcionamento normal do sistema urinário. Nesses pacientes, é necessário encontrar alternativas para o controle do diabetes.

O princípio ativo Dapagliflozina não foi estudado em pacientes com disfunções renais graves ou doença renal em fase final, portanto, não deve ser indicado para pacientes nessas condições.

Em pacientes com risco de depleção de volume devido a condições físicas pré-existentes, se tiverem necessidade de fazer o tratamento com Forxiga, devem tomar uma dose menor do medicamento, considerando-se também a suspensão temporária do tratamento para aqueles que, mesmo não sofrendo com o problema, apresentam sensível redução no volume urinário.

O uso de Forxiga com alguns medicamentos pode causar hipoglicemia, reduzindo os níveis de glicose no sangue, e, em razão disso, o médico deverá indicar uma dose menor de medicamentos como insulina e seus secretagogos (os medicamentos que aumentam a liberação de insulina pelo pâncreas), como Glibenclamida, Glicazida e Glimepirida para reduzir esse risco.

O Forxiga não deve ser indicado durante o segundo e terceiros trimestres da gravidez, não devendo também ser usado por mulheres grávidas sem orientação medica. Além disso, a falta de pesquisas sobre a presença do princípio ativo no leite materno impede que o Forxiga seja usando por mulheres que estejam amamentando.

Alguns medicamentos não têm a sua farmacocinética afetada ou alterada pela Dapagliflozina, como, por exemplo, Metformina, Pioglitazona, Sitagliptina, Glimeripida, Hidroclorotiazida, Valsartana, Silvastatina, Digoxina e Varfarina. No entanto, em estudos conduzidos com pessoas saudáveis, a Dapaglifozina demonstrou ser capaz de alterar a farmacocinética da Bumetadina, embora não tenha alterado significativamente as respostas farmacodinâmicas em estado de equilíbrio.

A recomendação é que o diabético sempre mantenha uma lista dos medicamentos que estiver usando para qualquer eventualidade, principalmente aqueles utilizados para o tratamento de diabetes, como Sulfonilureias (medicamentos para controle do diabetes que atuam baixando a glicose por aumento da liberação de insulina pelo pâncreas), ou insulina e medicamentos catiônicos.

O paciente deve relatar ao seu médico todo e qualquer medicamento que estiver utilizando, inclusive aqueles vendidos sem prescrição médica, vitaminas ou suplementos naturais.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome:  Forxiga
Princípio ativo: Dapagliflozina
Fabricantes: Bristol-Myers Squibb
Descrição: O Forxiga é indicado para tratamento do diabetes mellitus tipo 2.
Dispensa:  Medicamento sujeito à receita médica 
Administração: Uso Oral
Apresentação: 14 e 30 comprimidos
Dose: 5mg e 10 mg
Aplicação:  Adultos
Posologia:  De acordo com orientação médica
Classe:  Tratamento do diabetes mellitus tipo 2
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado no segundo e terceiro trimestres de gravidez
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Forxiga (Dapagliflozina)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,052 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Forxiga (Dapagliflozina)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?