Outros Tratamentos

Genfibrozila (Lopid)

Comprar Genfibrozila (Lopid) online - Envio e validação de receita médica

  • Genfibrozila (Lopid)
  • Genfibrozila (Lopid)
Excelente   4.7 4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O medicamento Genfibrozila (Lopid) é um agente regulador de lipídeos, indicado para prevenção primária de doença arterial coronária e infarto do miocárdio em pacientes com hipercolesterolemia.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Genfibrozila (Lopid) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O medicamento Genfibrozila (Lopid) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o medicamento Genfibrozila (Lopid) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Genfibrozila (Lopid) online

Como consigo comprar o medicamento de prescriçã Genfibrozila (Lopid) na euroClinix?

O Genfibrozila (Lopid) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Genfibrozila (Lopid) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Genfibrozila (Lopid) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Genfibrozila (Lopid) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Genfibrozila (Lopid) sem receita médica. O Genfibrozila (Lopid) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Genfibrozila (Lopid) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Genfibrozila (Lopid) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Genfibrozila (Lopid) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Genfibrozila (Lopid) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário. Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Genfibrozila (Lopid) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Genfibrozila (Lopid) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Genfibrozila (Lopid)?

O Genfibrozila é um agente regulador de lipídeos, ou seja, de gorduras no sangue, sendo indicado para os seguintes casos:

  • Prevenção primária, antes da doença se instalar no organismo, da doença arterial coronária, ou seja, doença que cursa com a obstrução dos vasos sanguíneos que irrigam o músculo cardíaco;
  • Infarto do miocárdio, com morte das células musculares do coração, em pacientes com hipercolesterolemia, dislipidemia mista (aumento das taxas sanguíneas de colesterol e triglicérides) e hipertrigliceridemia (aumento das triglicérides);
  • Classificação de Fredrickson (classificação de doenças geneticamente determinadas que levam ao aumento das lipoproteínas plasmáticas e gorduras no sangue dos tipos IIb e IV;
  • Tratamento de outras dislipidemias, tais como Fredrickson tipos III e V, dislipidemia associada a diabetes e dislipidemia associada à xantoma, com acúmulo de material amarelado rico em colesterol nos tendões, na pele e em outras partes do corpo;
  • Tratamento de pacientes adultos com níveis séricos elevados de triglicérides (hiperlipidemia tipos IV e V), que apresentem risco de pancreatite, com inflamação do pâncreas, que não respondem adequadamente a um determinado esforço dietético para seu controle adequado.

Conheça a estrutura química do Genfibrozila:

estrutura-quimica-genfibrozila

Composição do Genfibrozila (Lopid)

O Genfibrozila, com sua marca comercial Lopid, é disponibilizado em cápsulas com 300 mg de Genfibrozila, e em comprimidos com 600 mg e 900 mg do princípio ativo.

O comprimido revestido de 600 mg, contendo essa quantidade do princípio ativo, apresenta, como excipientes: dióxido de silício coloidal, amido pré-gelatinizado, polissorbato 80, hiprolose, estereato de cálcio, celulose microcristalina, hipromelose, macrogol, metilparabeno, propilparabeno, opaspray branco (álcool, dióxido de titânio e hiprolose), opacode azul (esmalte farmacêutico, dióxido de titânio, álcool n-butílico, propilenoglicol, FD&C azul nº 1 alumínio laca, laca farmacêutica em álcool n-butílico, hidróxido de amônio e álcool isopropílico), cera candelila e talco.

O comprimido revestido com a marca Lopid de 900 mg contem essa quantidade do princípio ativo e os seguintes excipientes: dióxido de silício coloidal, amido pré-gelatinizado, polissorbato 80, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio e Opadry branco (hipromelose, dióxido de titânio, talco, macrogol e emulsão de simeticona).

O medicamento genérico com o nome do princípio ativo Genfibrozila é comercializado em comprimidos revestidos de 600 e 900 mg, contendo os mesmos excipientes informados para o Lopid.

Quais as doses disponíveis para o Genfibrozila (Lopid)?

O Genfibrozila é disponibilizado comercialmente com o nome comercial de Lopid, estando disponível em cápsulas contendo 300 mg do princípio ativo, e em comprimidos revestidos contendo 600 mg ou 900 mg do princípio ativo.

O medicamento genérico, com o nome do princípio ativo, Genfibrozila, é disponibilizado apenas em comprimidos revestidos com 600 mg em embalagem com 30 comprimidos.

Como funciona o Genfibrozila (Lopid)?

O Genfibrozila é um agente regulador de lipídeos (ou gorduras no sangue) que age reduzindo o nível de colesterol total, de LED (o colesterol conhecido como ruim), o VLDL (também classificado como ruim para o organismo) e de triglicérides, aumentando os níveis do colesterol bom, conhecido como HDL.

O início da ação na redução das concentrações dos colesteróis indesejados começa a acontecer entre 2 e 5 dias após o início do tratamento.

O princípio ativo Genfibrozila é bem absorvido pelo trato intestinal depois da administração oral. O pico plasmático acontece normalmente entre 1 e 2 horas, apresentando uma meia-vida plasmática de 1,5 hora após doses múltiplas. Esses níveis plasmáticos são proporcionais à dose, não demonstrando acúmulo mesmo após doses múltiplas, com o decorrer do tempo de tratamento.

Eficácia e segurança do Genfibrozila (Lopid) de acordo com estudos clínicos

O Genfibrozila foi extensamente estudado antes de ser aprovado pelos órgãos de saúde. No extenso estudo Helsinki Heart, de prevenção primária, controlado por placebo, randomizado e duplo-cego, envolvendo indivíduos com colesterol não-HDL acima de 200 mg/dl, e sem apresentar histórico de doença cardíaca, o princípio ativo Genfibrozila reduziu de maneira significativa as triglicérides plasmáticas totais.

Ao mesmo tempo, a substância reduziu de forma moderada o colesterol total e o LDL-colesterol, elevando o HDL-colesterol de maneira significativa.

O estudo teve a duração total de 5 anos, com um grupo de pacientes que recebeu o princípio ativo, demonstrando uma redução de 34% na incidência global de DAC (no quarto e no quinto anos do estudo, a redução da DAC se mostrou superior a 50%).

Além desses resultados, o estudo demonstrou redução de 37% no IM não-fatal, e de 26% em mortes cardíacas no grupo participante do estudo.

A diferença global na incidência da doença arterial coronária foi significativamente menor nos pacientes tratados com o princípio ativo Genfibrozila em reação aos que receberam apenas placebo.

O estudo também demonstrou que a farmacocinética do princípio ativo Genfibrozila é afetada pelo horário das refeições em relação ao horário de administração do medicamento.

Um dos estudos demostrou que, tanto a taxa como a extensão da absorção da substância foram significativamente aumentadas quando o medicamento foi administrado meia hora antes das refeições.

A AUC média foi reduzida em 14% a 44% quando o princípio ativo Genfibrozila foi administrado após as refeições, comparado com meia hora antes das refeições.

Um dos estudos subsequentes demonstrou uma taxa de absorção máxima do princípio ativo Genfibrozila, quando administrado meia hora antes das refeições, com a Cmáx 50% a 60% maior do que quando administrada com as refeições ou mesmo em jejum.

Nesse estudo não se constatou efeitos significantes na AUC do momento da administração em relação às refeições.

Como usar o Genfibrozila (Lopid)?

O Genfibrozila deve ser ingerido com uma quantidade suficiente de líquido para deglutição pelo menos meia hora antes da refeição.

Antes de o médico prescrever o tratamento com Genfibrozila, deve fazer os exames detalhados para verificar os níveis de lipídeos no sangue, preferencialmente mais de uma vez, para constatar se efetivamente estão anormais.

Antes de começa o tratamento com o Genfibrozila, é necessário procurar todas as alternativas para manter os níveis de lipídeos séricos com dieta apropriada, com exercícios físicos, com redução do consumo de álcool e com a perda de peso em pacientes obesos, além de controlar qualquer outro problema médico, como, por exemplo, diabetes ou hipotireoidismo (redução da função da tireoide).

Durante o tratamento, o paciente deve continuar com uma dieta baixa em colesterol e, nesse período, também devem ser realizadas determinações periódicas dos lipídeos plasmáticos. Caso a resposta lipídica do paciente se apresentar inadequada após 3 meses de tratamento, é necessário interromper a administração do Genfibrozila ou aplicar um tratamento coadjuvante.

A dose diária recomendada de Genfibrozila está entre 900 a 1.200 mg, não podendo ultrapassar sob qualquer hipótese o máximo de 1.500 mg por dia, ou seja, o paciente deve tomar 2 comprimidos de 600 mg ou um comprimido de 900 mg.

No caso de haver necessidade, o médico poderá prescrever a dose máxima, utilizando um comprimido de 600 mg e um comprimido de 900 mg.

A dose de 900 mg deve ser administrada como dose única diária, meia hora antes do jantar, enquanto que a dose de 1.200 mg deve ser dividida em duas doses diárias, meia hora antes do café da manhã e meia hora antes do jantar.

Quais são os efeitos colaterais do Genfibrozila (Lopid)?

Os efeitos colaterais no tratamento com Genfibrozila podem ocorrer, como acontece com todos os medicamentos de prescrição. Os estudos demonstraram que determinados pacientes podem apresentar as seguintes reações com o medicamento:

Efeitos colaterais do Genfibrozila

Efeitos colaterais mais comuns, ocorrendo em pelo menos 10% dos pacientes:

  • Reações gastrointestinais, ocorrendo no estômago e no intestino;
  • Dispepsia (má digestão);
  • Dores abdominais;
  • Apendicite aguda (inflamação aguda do apêndice);
  • Fibrilação atrial (um tipo de alteração no ritmo cardíaco).

Efeitos colaterais menos comuns, que podem ocorrer entre 1 e 10% dos pacientes:

  • Diarreia;
  • Fadiga (cansaço);
  • Náusea ou vômito;
  • Eczema (reação alérgica da pele);
  • Rash (erupção na pele);
  • Vertigem;
  • Constipação (prisão de ventre);
  • Cefaleia (dor de cabeça).

Esses efeitos colaterais não apresentaram diferença, nos estudos clínicos, entre o grupo que recebeu o princípio ativo Genfibrozila e o grupo que recebeu o placebo, ou seja, a substância administrada ao paciente que não contém o princípio ativo, embora contenha os excipientes normais apresentados no medicamento em comprimido revestido.

Efeitos colaterais do Genfibrozila Pós-Comercialização

Efeitos colaterais comuns, que podem ocorrer entre 1 e 10% dos pacientes:

  • Cefaleia
  • Erupção cutânea (rash).

Efeitos colaterais raros, que podem ocorrer entre 0,01 e 0,1% dos pacientes:

  • Icterícia colestática (cor amarelada da pele devido à deposição de pigmentos biliares)
  • Pancreatite (inflamação do pâncreas)
  • Tonturas
  • Sonolência
  • Parestesia (sensação anormal como ardor, formigamento e coceira, percebidos na pele e sem motivo aparente)
  • Neurite periférica (inflamação de um nervo)
  • Depressão
  • Diminuição da libido
  • Visão turva
  • Impotência (dificuldade para manter a ereção do pênis)
  • Artralgia (dor na articulação)
  • Invite (inflamação das membranas das articulações)
  • Mialgia (dor muscular)
  • Miopatia (problema no sistema muscular)
  • Miastenia (fraqueza muscular)
  • Extremidades dolorosas
  • Rabdomiólise (destruição das células musculares)
  • Dermatite esfoliativa (alteração da pele acompanhada de descamação)
  • Dermatite (inflamação da pele)
  • Prurido (coceira)
  • Angioedema (inchaço em região subcutânea ou em mucosas, geralmente de origem alérgica)
  • Urticária (erupções na pele que causam coceira)
  • Edema (inchaço) da laringe (região entre a garganta e os pulmões)
  • Anemia (diminuição da hemoglobina no sangue) grave
  • Leucopenia (diminuição dos glóbulos brancos)
  • Trombocitopenia (diminuição do número de leucócitos e plaquetas)
  • Eosinofilia (aumento do número de um leucócito do sangue chamado eosinófilo)
  • Hipoplasia da medula óssea (diminuição da produção dos leucócitos do sangue)

Além desses efeitos, foram relatadas reações adversas adicionais como fotossensibilidade (sensibilidade da pele à luz), alopecia (queda de cabelos), colecistite (inflamação da vesícula biliar) e colelitíase (formação de cálculos biliares).

Foram relatadas reações adversas adicionais também no período pós-comercialização, porém sem levantamento mais preciso, como:

Fotossensibilidade (sensibilidade da pele à luz), alopecia (queda de cabelos), colecistite (inflamação da vesícula biliar) e colelitíase (formação de cálculos biliares).

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Genfibrozila (Lopid)?

O Genfibrozila não deve ser indicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade (alergia) ao princípio ativo ou a qualquer componente de sua formulação, não devendo também ser administrado a pessoas que apresentam problemas graves no fígado, nos rins ou na vesícula biliar (órgão que armazena a bile).

Em razão dos efeitos tóxicos potenciais observados com o Clofibrato, uma substância relacionada com o Genfibrozila), como nos casos indicados em sequência, o benefício potencial de Genfibrozila o tratamento de pacientes com dislipidemia Fredrickson tipo II a com elevações apenas de LDL-colesterol, ou colesterol ruim, possivelmente não seja maior do que os riscos. O medicamento também não deve ser indicado para o tratamento de pacientes com níveis mais baixos de HDL-colesterol, quando essa for a única alteração no perfil lipídico.

  • Malignidade (tumores malignos);
  • Doenças da vesícula biliar;
  • Dor abdominal levando à apendicectomia (cirurgia para retirada do apêndice) e outras cirurgias abdominais;
  • Incidência aumentada de mortalidade não coronariana (não provocada por alteração dos vasos sanguíneos do músculo do coração), com aumento relativo de 44% na mortalidade por todas as causas durante o período de estudos clínicos;
  • Formação de cálculo biliar.

O Genfibrozila pode promover a formação de pedra na vesícula biliar (cálculo biliar). O tratamento com o medicamento deve ser interrompido se for constatada essa situação.

O tratamento com reguladores de lipídeos, como os inibidores de HMG-CoA redutase, um tipo de enzima que age na produção de colesterol pelo fígado, não deve ser aplicado em conjunto com o Genfibrozila.

Nesse caso, o paciente pode correr riscos de miopatia grave (doença muscular), rabdomiólise (destruição das células musculares) e insuficiência renal aguda (redução aguda da função dos rins).

Exames Laboratoriais

Podem ocorrer alterações nos exames laboratoriais da função hepática (do fígado). Estes aumentos são geralmente reversíveis. Recomenda-se o paciente faça exames periódicos da função hepática. Se as anormalidades persistirem, o tratamento com Lopid deve ser descontinuado.

Alterações Sanguíneas:

Ocasionalmente podem ser observadas, no início do tratamento, ligeiras reduções em certos componentes do sangue (como nos níveis de hemoglobina, uma proteína presente nos glóbulos vermelhos ou uma diminuição do número de leucócitos, os glóbulos brancos), alterações em exames sanguíneos (como o hematócrito, exame que fornece uma estimativa do número de glóbulos vermelhos no sangue).

Entretanto, estes níveis se estabilizam durante o uso de Lopid por um período prolongado. Recomenda-se que o paciente faça exames de sangue periódicos durante os primeiros 12 meses de tratamento com Lopid.

Interação Medicamentosa do Lopid

  • Anticoagulantes;
  • Inibidores da HMG-CoA redutase;
  • Substratos da CYP2C8;
  • Resinas associadas aos Ácidos Biliares;

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Lopid
Princípio ativo: Genfibrozila
Fabricante: Pfeizer
Descrição: O Lopid (Genfibrozila) é um agente regulador de lípides que é indicado para os seguintes casos: prevenção primária da doença arterial coronária (DAC) e infarto do miocárdio (IM) em pacientes com hipercolesterolemia, dislipidemia mista e hipertrigliceridemia, classificação de Fredrickson tipos IIa, IIb e IVç tratamento de outras dislipidemias, tais como: Fredrickson tipos III e V; dislipidemia associada a diabetes e dislipidemia associada a xantom; tratamento de pacientes adultos com níveis séricos elevados de triglicérides (hiperlipidemia tipos IV e V) que apresentam risco de pancreatite e não respondam adequadamente a um determinado esforço dietético para controlá-los.
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica
Administração: Uso Oral
Apresentação: 10 ou 24 commprimidos revestidos ou 30 cápsulas
Dose: 300mg, 600mg ou 900mg
Aplicação: Uso adulto
Posologia: Segundo orientação médica
Classe: Agente regulador de lípides
Com álcool: Não recomendado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Genfibrozila (Lopid)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Genfibrozila (Lopid)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?