Outros Tratamentos

Osteoban (Ibandronato de Sódio)

Comprar Osteoban online - Envio e validação de receita médica

  • Osteoban
  • Osteoban
Excelente   4.7 4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Ibandronato de Sódio é o princípio ativo presente no Osteoban, Bonviva e o Afrat medicamento indicado para o tratamento de osteoporose, que provoca o enfraquecimento dos ossos, principalmente em mulheres após a menopausa. Por isso, o medicamento é indicado para reduzir o risco de fraturas.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Osteoban (Ibandronato de Sódio) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O medicamento Osteoban (Ibandronato de Sódio) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o medicamento Osteoban (Ibandronato de Sódio) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) online

Como consigo comprar o medicamento de prescriçã Osteoban (Ibandronato de Sódio) na euroClinix?

O Osteoban (Ibandronato de Sódio) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) sem receita médica. O Osteoban (Ibandronato de Sódio) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Osteoban (Ibandronato de Sódio) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Genfibrozila (Lopid) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Osteoban (Ibandronato de Sódio) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Osteoban (Ibandronato de Sódio) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário. Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Osteoban (Ibandronato de Sódio) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Osteoban (Ibandronato de Sódio) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Osteoban (Ibandronato de Sódio)?

O princípio ativo de Osteoban é uma substância bastante potente, que age seletivamente nos ossos, inibindo a atividade das células que destroem o tecido ósseo. O Ibandronato de sódio inibe a reabsorção do tecido ósseo, que provoca a sua fragilidade e que ocorre principalmente em mulheres depois da menopausa.

Após a ingestão do Osteoban em jejum, o medicamento é absorvido rapidamente pelo sangue, chegando à concentração máxima entre 30 minutos e 2 horas. Entre 40 e 50% da dose é absorvida pelos ossos e a redução da reabsorção óssea pode ser observada em até 7 dias depois do início do tratamento.

O Ibandronato de sódio pode ser encontrado com as marcas comerciais Osteoban, Bonviva e Afrat, podendo ser encontrado em forma de comprimidos ou injetável.

Conheça a estrutura química do Ibandronato de sódio:

estrutura-quimica-genfibrozila

Composição do Osteoban (Ibandronato de Sódio)

Cada comprimido revestido de Osteoban contém 168,75 mg de Ibandronato de sódio monoidratado, equivalente a 150 mg de ácido ibandrônico.

Além do princípio ativo, o comprimido contém os seguintes excipientes: lactose monohidratada, celulose microcristalina, crospovidona, ácido esteárico, álcool polivinílico, macrogol, talco, dióxido de silício, dióxido de titânio e povidona.

Quais as doses disponíveis para o Osteoban (Ibandronato de Sódio)?

O Ibandronato de Sódio da marca comercial Osteoban é comercializado em comprimidos revestidos de 150 mg, em embalagens com um comprimido, da mesma forma como nas marcas com o mesmo princípio ativo, Bonviva e Afrat.

Em doses injetáveis, o Ibandronato de Sódio pode ser encontrado com a marca comercial Bonviva, em solução injetável de 3 mg/ 3 ml, em embalagem com uma seringa já preenchida com o medicamento.

Como funciona o Osteoban (Ibandronato de Sódio)?

O princípio ativo do Osteoban (Ibandronato de Sódio), assim como dos medicamentos Bonviva e Afrat, é uma substância que age seletivamente nos ossos, inibindo a atividade das células destruidoras do tecido.

Dessa forma, o Ibandronato de Sódio inibe a reabsorção do tecido ósseo que provoca a osteoporose, ou a fragilidade dos ossos, evitando fraturas em mulheres depois da menopausa.

O medicamento pode reverter a perda óssea através da inibição da reabsorção óssea e do aumento da massa óssea, mesmo que o paciente não perceba qualquer diferença, reduzindo as probabilidades de fraturas decorrentes da osteoporose pós-menopausa.

Eficácia e segurança do Osteoban (Ibandronato de Sódio) de acordo com estudos clínicos

Um estudo preliminar sobre fraturas, com duração de três anos, randomizado, duplo-cego, controlado com placebo, constatou a redução estatisticamente significativa e clinicamente relevante na incidência de novas fraturas vertebrais radiográficas morfométricas e clínicas.

O Ibandronato de Sódio foi avaliado em doses de 2,5 mg administradas diariamente, e de 20 mg administradas de maneira intermitente, ou seja, 20 mg em dias alternados, totalizando 12 doses no início de cada ciclo de três meses, seguido por um intervalo sem medicação de 9 a 10 semanas.

O medicamento foi administrado uma hora antes da ingestão de qualquer alimento, pela manhã, em jejum. O estudo teve a participação de 2.946 mulheres com idade entre 55 e 80 anos, que se apresentavam há pelo menos 5 anos na menopausa e com densidade mineral óssea na coluna vertebral lombar de 2 a 5 DP (desvios-padrão), abaixo da média da pré-menopausa, em pelo menos uma vértebra e que eram portadoras de uma a quatro fraturas vertebrais prevalentes.

Todas as pacientes receberam 500 mg de cálcio de 400 UI de vitamina D diariamente, durante todo o tratamento.

O sistema de 2,5 mg administrados diariamente, reduziu a ocorrência de novas fraturas vertebrais comprovadas radiologicamente em 62% ao longo dos 3 anos de duração do tratamento.

As fraturas vertebrais diagnosticadas clinicamente foram também reduzidas em 49% das mulheres. Além disso, o efeito pronunciado sobre as fraturas vertebrais foi acompanhado por uma redução significativa na perda da altura, decorrente do achatamento das vértebras por fraturas, em comparação com o placebo.

O efeito contra fraturas foi consistente durante o período de 3 anos de duração do estudo, não havendo nenhuma indicação de declínio do efeito no decorrer do tempo.

Muito embora o estudo clínico sobre fraturas não tenha sido especificamente desenhado para demonstrar eficácia contra fraturas nos casos de fraturas não vertebrais, observou-se ainda uma redução relativa no risco, de magnitude semelhante à das fraturas vertebrais.

A observação de eficácia em fraturas não vertebrais em subgrupos de alto risco é consistente com os resultados de estudos clínicos de outros bisfosfonatos.

Não foram conduzidos estudos especificamente desenhados para avaliar redução de risco de fraturas de fêmur.

Como usar o Osteoban (Ibandronato de Sódio)

O Osteoban deve ser administrado em jejum, pelo menos com 60 minutos de antecedência do primeiro alimento ou bebida do dia, com exceção de água, e antes da administração de qualquer outro tipo de medicamento ou suplemento, inclusive cálcio.

Em comprimido, o Osteoban deve ser tomado via oral, com um copo cheio de água filtrada, devendo o paciente manter-se em posição ereta, não podendo se deitar nos próximos 60 minutos seguintes.

O medicamento só deve ser ingerido com água pura, não devendo ser usado qualquer outro tipo de bebida, mesmo água mineral gaseificada, suco, café ou chá. A água mineral possui determinadas concentrações de cálcio e, por isso, deve ser evitada.

O comprimido de Osteoban não deve ser mastigado ou chupado, já que pode provocar ulceração na garganta.

Duração do tratamento

A dose recomendada de Ibandronato de Sódio é de um comprimido revestido de 150 mg, uma vez por mês. Os comprimidos devem ser tomados todos os meses na mesma data.

A dose máxima indicada é de 150 mg de Ibandronato de Sódio por mês, devendo ser administrado exatamente como recomendado pelo médico e sendo continuado pelo tempo que o profissional de saúde determinar.

O Osteoban é um medicamento de uso contínuo e, portanto, não apresentará os resultados desejados se o paciente deixar de tomá-lo.

Em pacientes idosos não é necessário qualquer ajuste de dose. Considerando-se que pode haver redução da função renal nessa população, recomenda-se ao médico uma avaliação da relação risco-benefício antes do tratamento.

Em pacientes com deficiência renal de leve a moderada, com depuração de creatinina menor ou igual a 30 ml/min, a decisão médica deve ser baseada também na avaliação individual da relação risco-benefício.

É necessário tomar o comprimido sempre na mesma data. Se, por qualquer motivo, o paciente deixar de tomar a dose mensal no dia marcada, deve tomá-lo na manhã seguinte ao dia em que se lembrar, a menos que o intervalo de tempo entre as doses seja menor do que 7 dias.

No caso da solução injetável, a dose recomendada é de uma injeção intravenosa de 3 mg, administrada durante 15 a 30 segundos a cada 3 meses.

Quais são os efeitos colaterais do Osteoban (Ibandronato de Sódio)?

Como qualquer medicamento de prescrição, o Osteoban (Ibandronato de Sódio) pode apresentar alguns efeitos colaterais decorrentes do seu princípio ativo. Veja os possíveis efeitos colaterais do Ibandronato de Sódio na tabela a seguir:

Efeitos colaterais do Ibandronato de Sódio

Efeitos colaterais comuns (entre 1 e 10% dos pacientes):

  • Distúrbios gastrointestinais, como doença de refluxo gastroesofágico, diarreia, dor abdominal, dificuldade na digestão, náusea, flatulência, gastrite e esofagite;
  • Dor de cabeça;
  • Sintomas de gripe;
  • Fadiga;
  • Dores articulares e musculares (artralgia e mialgia);
  • Câimbras;
  • Rigidez muscular;
  • Exantema (erupção com vermelhidão da pele).

Efeitos colaterais incomuns (entre 0,1 e 1% dos pacientes):

  • Distúrbios gastrointestinais, como gastrite, esofagite e ulcerações esofágicas ou estreitamento do esôfago;
  • Vômitos e dificuldade para engolir;
  • Úlcera gástrica;
  • Melena (sangue nas fezes);
  • Distúrbios do sistema nervoso (tonturas);
  • Distúrbios musculoesqueléticos e do tecido conjuntivo (dor nas costas).

Efeitos colaterais raros (entre 0,01 e 0,1% dos pacientes):

  • Distúrbios gastrointestinais (inflamação do duodeno);
  • Distúrbios do sistema imunológico (reações de hipersensibilidade);
  • Distúrbios da pele e do tecido subcutâneo, como angioedema (inchaço semelhante à urticária, que ocorre abaixo da pele), edema facial e urticária.

Efeitos colaterais na pós-comercialização

  • Desordens musculoesquelética e do tecido conjuntivo;
  • Muito raramente, casos de osteonecrose de mandíbula em pacientes tratados;
  • Desordens oculares.

Pacientes tratados relataram, muito raramente, eventos de inflamação ocular, como uveíte, episclerite e esclerite. Em alguns casos os eventos não foram solucionados até a interrupção do tratamento.

Foram também relatados raros casos de desordens do sistema imune, casos de reação anafilática ou choque anafilático, incluindo eventos fatais.

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Osteoban (Ibandronato de Sódio)?

O paciente não deve tomar o Ibandronato de Sódio se tiver hipersensibilidade conhecida ao medicamento ou a qualquer componente de sua fórmula, ou se for paciente com hipocalcemia não corrigida (nível de cálcio baixo no sangue).

Da mesma forma como ocorre com outros bisfosfonatos, o paciente não deve tomar Osteoban ou os medicamentos similares Bonviva e Afrat se apresentar anormalidades no esôfago, como demora no esvaziamento esofágico, estenose (estreitamento do esôfago) ou acalasia (ausência de relaxamento do esôfago).

Além disso, o paciente não deve tomar o medicamento se não conseguir ficar em pé ou sentado durante pelo menos 60 minutos após sua administração.

Recomenda-se também cautela durante o uso concomitante de Ibandronato de Sódio com anti-inflamatórios não esteroides, em razão da possibilidade de irritação gastrointestinal.

Como ocorre com qualquer bisfosfonato, o paciente deve tomar o comprimido em jejum com um copo cheio de água filtrada. Além disso, deve aguardar pelo menos uma hora antes de ingerir a primeira refeição matinal, já que a presença de qualquer alimento no estômago irá prejudicar a absorção do princípio ativo.

Da mesma maneira, é preciso aguardar para tomar qualquer outro medicamento, principalmente aqueles que contenham cálcio, ferro, magnésio ou alumínio, como complexos vitamínicos e antiácidos.

Uso em pacientes com insuficiência dos rins

A depuração do Ibandronato de Sódio em pacientes com vários graus de insuficiência renal se relaciona linearmente com a depuração de creatinina.

Não há qualquer necessidade de ajuste de dose para pacientes com insuficiência renal de leve a moderada, conforme demonstrado em estudos onde a maior parte dos pacientes se enquadrava nessas categorias.

Se o paciente apresentar insuficiência renal grave, com depuração de creatinina abaixo ou igual a 30 ml / min, pode haver concentração plasmática duas a três vezes maiores do que em pessoas normais. A depuração total do Ibandronato de Sódio foi reduzida para 44 ml / min em pacientes com disfunção renal grave.

Após a administração intravenosa de 0,5 mg, as depurações totais, renais e não renais, foram reduzidas em 67, 77 e 50%, respectivamente, em pacientes com disfunção renal grave. No entanto, não houve redução da tolerabilidade associada com o aumento da exposição ao Ibandronato de Sódio.

Uso em pacientes com insuficiência do fígado

Não existem dados suficientes sobre o uso de Ibandronato de Sódio em pacientes com disfunção hepática. O fígado não oferece papel importante na depuração do princípio ativo, que não é metabolizado, mas eliminado apenas por excreção renal e por captação óssea. Nesse caso, não é necessário qualquer ajuste de dose em pacientes com disfunções no fígado.

Antes de começar o tratamento

Antes de dar início ao tratamento com Ibandronato de Sódio, o paciente deve se tratar de deficiência de cálcio e outros distúrbios do metabolismo ósseo e mineral, se esses forem constatados.

A ingestão adequada de cálcio e vitamina D é importante para qualquer paciente. Portanto, é necessário aplicar também suplemento de cálcio e vitamina D, no caso de a ingestão desses nutrientes não for suficiente na dieta alimentar.

Confira, na tabela abaixo, as interações medicamentosas com Ibandronato de Sódio:

Interações medicamentosas com Ibandronato de Sódio

Efeitos colaterais comuns (entre 1 e 10% dos pacientes):

  • É bastante provável que suplementos à base de cálcio, antiácidos e alguns medicamentos de uso oral que contenham alumínio, magnésio ou ferro, como complexos vitamínicos, interfiram na absorção do Ibandronato de Sódio.
  • Assim, é importante esperar pelo menos 60 minutos após tomar o medicamento antes de fazer uso de outros medicamentos orais, inclusive suplementos à base de cálcio ou outros minerais.
  • Em mulheres no pós-menopausa, constatou-se não existir interação do Ibandronato de Sódio com Tamoxifeno (medicamento utilizado no tratamento de câncer de mama), ou com tratamentos à base de reposição hormonal, como estrogênios.
  • Em voluntários sadios do sexo masculino ou em mulheres no pós-menopausa, a Ranitidina intravenosa provocou aumento na biodisponibilidade do Ibandronato de Sódio em cerca de 20%, possivelmente como resultado da redução da acidez gástrica.
  • No entanto, uma vez que esse aumento tenha se mantido dentro da variação normal da biodisponibilidade de Ibandronato de Sódio, não há necessidade de ajuste de doses quando o medicamento for administrado com antagonistas dos receptores H2 ou outras substâncias que possam aumentar o ph gástrico.
  • A presença de alimentos ou produtos que contenham cálcio, alumínio, magnésio e ferro, incluindo leite e outros alimentos, interfere na absorção de Ibandronato de Sódio. Por isso, é importante aguardar uma hora antes de ingerir qualquer alimento.

Irritação no esôfago

Os bisfosfonatos, de uma forma geral, podem causar irritação no esôfago e no estômago, podendo haver dificuldade em engolir o comprimido, queimação no esôfago e úlceras no esôfago e no estômago.

Caso apareçam esses sintomas, recomenda-se interromper o uso do medicamento e procurar atendimento médico.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Osteoban
Princípio ativo: Ibandronato de Sódio
Fabricante: Aché
Descrição: O Osteoban é indicado para o tratamento da osteoporose (enfraquecimento dos ossos) pós-menopausa, com a finalidade de reduzir o risco de fraturas vertebrais.
Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica 
Administração: Uso Oral
Apresentação: 1 comprimido
Doses: 150mg
Aplicação: Uso adulto
Posologia: Segundo orientação médica
Classe: Bisfosfonatos
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Osteoban
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Osteoban (Ibandronato de Sódio)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?