Outros Tratamentos

Pregabalina

Comprar Pregabalina online - Envio e validação de receita médica

  • Pregabalina
  • Pregabalina
Excelente   4.7 4,136 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Pregabalina é um medicamento indicado para tratamento de dores neuropáticas, epilepsia parcial (convulsões), Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), fibromialgia, cansaço e alterações do sono.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Pregabalina online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Pregabalina está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato contato com a equipe de atendimento ou deixe seu email para ser notificado quando o Pregabalina estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Pregabalina online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Pregabalina na euroClinix?

O Pregabalina é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Pregabalina online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout. 

É seguro comprar Pregabalina online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Pregabalina sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Pregabalina sem receita médica. O Pregabalina é considerada um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Pregabalina sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Pregabalina na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Pregabalina inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Pregabalina original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Pregabalina online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Pregabalina na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é o Pregabalina?

O Pregabalina é um medicamento indicado para tratamento de dores neuropáticas, em decorrência de lesão ou de mal funcionamento dos nervos ou do próprio sistema nervoso em pessoas adultas, servindo também como terapia adjunta para crises de epilepsia parcial, como convulsões, com ou sem generalização secundária, para pacientes acima de 12 anos de idade.

O medicamento também é indicado para tratamento de TAG – Transtorno de Ansiedade Generalizada em adultos, controle de fibromialgia (doença caracterizada por dores crônicas em diversas regiões do corpo), além de cansaço e alterações do sono.

Como a patente da Pregabalina já expirou, existem diferentes marcas disponíveis no mercado com o princípio ativo da Pregabalina, como Dorene, Prebictal e Lyrica, sendo o Dorene e o Prebictal as marcas mais vendidas e prescritas.

Composição do Pregabalina

O Pregabalina é comercializado em três tipos de dosagens, cada uma atendendo uma necessidade médica ou determinado tipo de tratamento. O medicamento pode ser encontrado em cápsulas contendo 25 mg, 75 mg ou 150 mg, cada um contendo essa quantidade do princípio ativo Pregabalina.

Além do princípio ativo, cada cápsula também é composta por lactose monohidratada, amido de milho e talco.

Conheça a estrutura molecular da Pregabalina:

geometria-molecular-pregabalina

Como funciona o Pregabalina?

A ação do princípio ativo Pregabalina é sobre a transmissão de mensagens de excitação entre as células nervosos. O início da ação do princípio ativo pode ser percebido, de forma geral, em cerca de uma semana após o início do tratamento.

Com sua ação no organismo, a Pregabalina reduz as dores neuropáticas, sendo indicado para tratamento de adultos.

No caso de epilepsia, a Pregabalina é indicada como terapia adjunta de crises parciais, sem generalização secundária, também para pacientes adultos.

No TAG – Transtorno de Ansiedade Generalizada, o medicamento serve como terapia principal para pessoas adultas.

Em pacientes portadores de fibromialgia, o Pregabalina é indicado para manter os sintomas sob controle, também em adultos.

Eficácia e segurança do Pregabalina de acordo com estudos clínicos

A monoterapia com Pregabalina foi analisada em 5 estudos controlados com placebo, três deles com duração de 12 semanas de dose fixa, um com 7 semanas de duração de dose fixa, e um outro com estudo de 6 meses para analisar a eficácia do medicamento em longo prazo.

Em todos os estudos de dose fixa, a Pregabalina ofereceu redução significativa de dores associadas à fibromialgia, em doses de 300 a 600 mg por dia, com uso duas vezes ao dia.

Nos três estudos de dose fixa de 12 semanas, o medicamento ofereceu alívio de 30% das dores em pelo menos 40% dos pacientes tratados, comparado a 28% dos pacientes tratados com placebo.

Dos pacientes que participaram, 23% experimentaram melhora de pelo menos 50% ou mais na escala de dor, comparado a 15% dos pacientes tratados com placebo.

A Pregabalina produziu taxas significativamente superiores de avaliação global, através da PGIC (escala de impressão de mudança global do paciente) nos três estudos de dose fixa de 12semanas, comparado com pacientes tratados com placebo.

Através do questionário de impacto da fibromialgia (FIQ), a Pregabalina ofereceu melhora estatisticamente significativa na função, comparado com pacientes tratados com placebo em 2 dos 3 estudos de dose fixa avaliados.

O tratamento com o princípio ativo também ofereceu melhora significativa em relatos de resultado de sono de pacientes em todos os estudos de dose fixa medico pelo Medical Out comesStudSeleEscale.

No estudo de 6 meses, a melhora da dor, a percepção de mudança global, a função FIQ e do sono, foram mantidos para os pacientes tratados com placebo. A Pregabalina, em doses de 600 mg por dia, mostrou melhora adicional em pacientes que relataram problemas do sono, em comparação com 300 e 450 mg por dia.

Quais as doses disponíveis para o Pregabalina?

O medicamento Pregabalina é oferecido em três tipos de doses. O medicamento é apresentado em dosagens diferentes para atender os diversos tipos de tratamento indicados para o Pregabalina.

O paciente deve seguir a prescrição médica e as orientações do profissional de saúde.

Dependendo da marca, Dorene, Prebictal ou Lyrica, as embalagens podem conter 14, 15, 20, 28, 30 e 500 cápsulas.

Confira na tabela abaixo as diferentes dosagens disponíveis do Pregabalina:

Doses do Pregabalina
  • Pregabalina com 25 mg, comercializado em cápsula de cor branca opaca, contendo pó branco a quase branco, com os dizeres PGN 25, e a inscrição do laboratório produtor, Pfizer, na cor preta;
  • Pregabalina de 75 mg, oferecido em cápsulas de cor branca e laranja, contendo pó branco a quase branco, com as inscrições PGN 75 e o nome do laboratório Pfizer na cor preta;
  • Pregabalina de 150 mg, apresentado em cápsula de cor branca, contendo pó branco a quase branco, contendo a inscrição PGN 150 e o nome do laboratório Pfizer na cor preta.

Como usar o Pregabalina?

O Pregabalina deve ser ingerido por via oral, inteiro, com ou sem alimentos. As doses normalmente recomendadas são de 150 a 600 mg por dia, divididos em duas doses, para dor neuropática, Transtorno de Ansiedade Generalizada e epilepsia. Para casos de fibromialgia, normalmente o médico recomenda de 150 a 450 mg por dia, também divididos em duas doses.

Em todas as indicações, a dose inicial recomendada é de 75 mg, via oral, duas vezes por dia. No entanto, com base na resposta individual e na tolerabilidade do paciente, a dose pode ser aumentada para 150 mg, duas vezes ao dia, após o intervalo de 3 a 7 dias e, quando necessário, a dose máxima de 600 mg, duas vezes por dia, depois do mesmo intervalo.

A eficácia do Pregabalina pode ser observada logo na primeira semana de tratamento e a decisão de aumentar ou reduzir a dose deve ser responsabilidade do médico, não devendo o paciente fazer alterações sem sua orientação.

Pacientes que apresentam insuficiência ou algum tipo de comprometimento das funções renais podem precisar de ajustes nas doses do medicamento. Também para os idosos se recomenda avaliar a função renal, para verificar se os ajustes devem ser feitos.

A adequação da dosagem para todas as situações deve ser instruída pelo médico, já que a dose inicial para pacientes com problemas renais pode ser de apenas 25 mg por dia.

A interrupção ou suspensão do tratamento também deve ser feita através de supervisão médica, recomendando-se que a interrupção seja feita gradualmente, ao longo de uma semana.

Quais são os efeitos colaterais do Pregabalina?

Os efeitos colaterais mais frequentemente notificados sobre o uso de Pregabalina foram tontura e sonolência, normalmente de intensidade leve a moderada.

Lembrando que, por possuírem o mesmo princípio ativo da Pregabalina, os medicamentos Dorene, Prebictal ou Lyrica devem apresentar exatamente os mesmos efeitos colaterais.

Os efeitos colaterais são descritos na tabela seguir, dependendo de sua frequência:

Efeitos Colaterais do Pregabalina

Efeitos colaterais muito comuns, atingindo cerca de 10% dos pacientes

  • Dores de cabeça

Efeitos colaterais comuns, ocorrendo entre 1 a 10% dos pacientes

  • nasofaringe (inflamação da faringe ou garganta)
  • aumento de apetite
  • euforia
  • confusão
  • irritabilidade
  • depressão
  • desorientação
  • transtorno de equilíbrio
  • insônia
  • redução da libido
  • ataxia (dificuldade de coordenação de movimentos)
  • tremores
  • dispartira (alteração da fala)
  • amnésia (perda de memória)
  • distúrbios de atenção
  • formigamentos
  • redução da sensibilidade e sedação
  • letargia
  • visão turva ou visão dupla
  • vertigens
  • vômitos
  • constipação
  • flatulência
  • distensão abdominal
  • boca seca
  • espasmos musculares
  • dores nas articulações
  • dor lombar
  • dores nos membros
  • espasmo cervical
  • inchaço das extremidades
  • caminhada anormal
  • quedas
  • sensação de embriaguez
  • cansaço
  • aumento do peso
  • náusea

Efeitos colaterais incomuns, ocorrendo entre 0,1 e 1% dos pacientes

  • neurogenia (redução de um tipo de células de defesa do sangue, os neutrófilos)
  • anorexia (redução do apetite)
  • hipoglicemia (redução da glicose no sangue)
  • alucinações
  • inquietação, agitação
  • humor deprimido ou elevado
  • mudança na forma como a pessoa se percebe a si mesma (despersonalização)
  • sonhos anormais
  • dificuldade em se comunicar
  • aumento do desejo sexual
  • incapacidade de ter orgasmos
  • hiperatividade psicomotora
  • discinética
  • hipotensão postural (redução da pressão arterial ao levantar)
  • tremores durante os movimentos
  • movimento anormal dos olhos
  • transtornos cognitivos (dificuldade de compressão)
  • transtornos de fala
  • reflexos enfraquecidos
  • aumento da sensibilidade
  • sensação de queimação
  • perda da visão periférica
  • alteração visual
  • desmaios
  • micologia (contração muscular)

Efeitos colaterais raros, ocorrendo entre 0,01 e 0,01 dos pacientes

  • crise de pânico
  • desinibição
  • apatia
  • estupor
  • parosmia (distúrbio do olfato)
  • hipocinesia (redução dos movimentos)
  • falta de paladar, disgrafia (dificuldade em escrever)
  • visão oscilante
  • percepção visual de profundidade alterada
  • pupila dilatada
  • estrabismo
  • brilho visual
  • taquicardia sinusal
  • arritmia sinusal
  • pancreatite
  • acúmulo de líquido abdominal
  • suor frio
  • destruição de células musculares
  • insuficiência renal
  • redução do volume da urina
  • dores nas mamas
  • amenorreia (ausência da menstruação)
  • secreção mamária
  • ginecomastia
  • redução dos leucócitos
  • elevação da creatinina no sangue
  • alteração na capacidade do coração em bombear o sangue
  • aperto na garganta
  • secura nasal

Muitas das reações adversas ao medicamento foram relatadas após o período de comercialização, o que deve levar o paciente a prestar atenção nos efeitos colaterais, se receber a prescrição deste medicamento.

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Pregabalina?

Ao receber a prescrição de Pregabalina, o paciente deve informar o médico se apresentar alguma das seguintes condições:

  • Se tiver problemas hereditários, ou seja, herdados dos pais, de intolerância à lactose, de deficiência de lactase de Lapp ou de má absorção de alimentos, uma vez que o profissional deve avaliar se o Pregabalina pode ser usado nessas situações;
  • Se for portador de diabetes, uma vez que pode haver a necessidade de controlar mais adequadamente o peso e a dose das medicações para controle dessa doença;
  • Se o paciente for portador de doenças renais, uma vez que as doses de L Pregabalina vão precisar de ajustes para qualquer tipo de tratamento;
  • Se o paciente tiver insuficiência cardíaca congestiva, quando o coração não consegue bombear o sangue de forma adequada, já que foram constatados piora nos sintomas associados ao uso de Pregabalina.

O tratamento com Pregabalina está associado a casos de tontura e sonolência, que pode aumentar a ocorrência de acidentes, principalmente em pessoas idosas. O paciente deve ter cuidado até que os efeitos colaterais apresentados pelo medicamento sejam conhecidos.

Pelo mesmo motivo, ao fazer o tratamento com Pregabalina, o paciente deve se abster de dirigir ou de operar máquinas. É aconselhável principalmente não dirigir máquinas complexas ou exercer atividades potencialmente perigosas até o paciente analisar se o Pregabalina afeta sua capacidade de realizar atividades desse tipo.

Depois do início da comercialização, foram relatados casos de hipersensibilidade, incluindo casos de angioedemas. Nesse caso, o tratamento deve ser imediatamente suspenso, caso o paciente venha a ter inchaços no roso, ao redor da boca e nas vias aéreas superiores.

Também depois da comercialização do Pregabalina, foram relatados casos de visão borrada transitória, além de outras alterações na capacidade visual. A suspensão do medicamento pode melhorar esses sintomas visuais, embora o médico deva ser informado do fato.

Ao receber a prescrição de Pregabalina, o paciente deve informar o seu médico sobre toda e qualquer medicação que esteja usando no momento, inclusiva aquelas que dispensam receita médica.

Alguns pacientes que interromperam o uso de Pregabalina relataram casos de ocorrência de insônia, dores de cabeça, enjoos, ansiedade, aumento da sudorese, casos de diarreia, síndrome gripal, depressão, dores no corpo, convulsão e tontura.

As convulsões, incluindo estado epilético e convulsões do tipo mais grave podem ocorrer durante o uso ou logo depois da interrupção do tratamento, o que leva à recomendação de suspender o Pregabalina de forma gradual, por pelo menos uma semana.

Pacientes que foram prescritos com Pregabalina relataram casos de insuficiência respiratória e até mesmo de coma, no tratamento de Pregabalina em conjunto com outros medicamentos depressores do sistema nervoso central.

Caso essa condição se apresente, o paciente deve entrar em contato imediato com o médico. Além disso, caso o paciente tenha sinais ou comportamento suicida, também deve suspender o uso do medicamento, procurando ajuda médica imediata.

A eficácia e segurança do princípio ativo Pregabalina não foram estabelecidas em pacientes adolescentes, entre 12 a 17 anos, para indicações aprovadas, incluindo epilepsia.

Interações medicamentosas do Pregabalina

O médico, ao prescrever Pregabalina, deve avaliar se as medicações usadas pelo paciente reagem entre si, alterando sua ação ou a ação de outro medicamento. O Pregabalina pode potencializar os efeitos da Oxicodona (analgésico), de bebidas alcoólicas e de Lorazepan (tranquilizante).

Quando usado em conjunto com analgésicos opioides, o Pregabalina pode reduzir o funcionamento dos intestinos, provocando obstrução intestinal e constipação (intestino preso ou prisão de ventre).

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Pregabalina
Nomes Comerciais:  Dorene, Prebictal, Lyrica
Princípio ativo: Pregabalina
Fabricantes: Aché (Dorene), Zodiac (Prebictal), Pfizer(Lyrica)
Descrição: O Pregabalina é um medicamento indicado para tratamento de dores neuropáticas, epilepsia parcial (convulsões), Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), fibromialgia, cansaço e alterações do sono.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica  
Administração: Uso Oral
Apresentação: 14, 15, 20, 28, 30 e 500 cápsulas
Dose: 25mg,75mg, 150mg
Aplicação: Adultos e crianças maiores de 12 anos
Posologia: De 150 mg a 600 mg por dia, divididos em duas doses, para dor neuropática, Transtorno de Ansiedade Generalizada e epilepsia. De 150 mg a 600 mg por dia, divididos em duas doses, para controle de fibromialgia.
Classe: Anticonvulsivo e Antiepilético
Com álcool: Não recomendado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento pregabalina
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,136 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Pregabalina
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?