Outros Tratamentos

Puregon (Betafolitropina)

Comprar Puregon (Betafolitropina) online - Envio e validação de receita médica

  • Puregon (Betafolitropina)
  • Puregon (Betafolitropina)
Excelente   4.7 4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Puregon, contendo o princípio ativo Betafolitropina, é indicado para tratamento de infertilidade, tanto para homens quanto para mulheres, nas mais diversas situações.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Puregon (Betafolitropina) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Puregon (Betafolitropina) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato contato com a equipe de atendimento ou deixe seu email para ser notificado quando Puregon (Betafolitropina) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Puregon (Betafolitropina) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Puregon (Betafolitropina) na euroClinix?

O Puregon (Betafolitropina) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Puregon (Betafolitropina) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Puregon (Betafolitropina) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Puregon (Betafolitropina) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Puregon (Betafolitropina) sem receita médica. O Puregon (Betafolitropina) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Puregon (Betafolitropina) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Puregon (Betafolitropina) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Puregon (Betafolitropina) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Puregon (Betafolitropina) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário. Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Puregon (Betafolitropina) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Puregon (Betafolitropina) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Puregon (Betafolitropina)?

O Puregon, contendo o princípio ativo Betafolitropina, é um medicamento indicado para tratamento de infertilidade em algumas condições físicas para as mulheres:

  • Pode ser indicado para mulheres que não estão ovulando, oferecendo a ovulação em pacientes que não responderam ao tratamento com citrato de Clomifeno;
  • Pode ser utilizado por mulheres que se submeteram às técnicas de reprodução assistida, incluindo a fertilização in vitro e outros métodos, servindo para desenvolver folículos múltiplos.

Em pacientes do sexo masculino, o Puregon pode ser usado para maior produção de esperam, principalmente nos casos em que o homem não apresenta fertilidade em razão de deficiência hormonal.

A Betafolitropina é uma forma do hormônio folículo estimulante (FSH).

Composição do Puregon (Betafolitropina)

O Puregon é disponibilizado em dois formatos: em doses de 50 UI de Betafolitropina, e em doses de 100 UI do princípio ativo. O medicamento deve ser utilizado através de injeção intramuscular ou subcutânea.

Cada ampola, além da quantidade indicada do princípio ativo, apresenta os seguintes excipientes: sacarose, citrato de sódio di-hidratado, metionina, polissorbato 20, ácido clorídrico ou hidróxido de sódio para ajuste de pH e águas para injetáveis.

As doses correspondem, respectivamente, a 100 ou 200 UI/ml do princípio ativo, cada ampola contendo 5 ou 10 mcg de proteína, com bioatividade específica in vivo igual a aproximadamente 10.000 UI de FSH/mg de proteína.

Veja abaixo a ilustração da molécula do hormônio folículo estimulante (FSH):

hormonio-foliculo-estimulante-fsh

Quais as doses disponíveis para o Puregon (Betafolitropina)?

O Puregon (Betafolitropina) é comercializado em solução injetável em dois tipos de doses: com 50 UI e com 100 UI do princípio ativo, em frascos-ampolas com 0,5 ml de solução. O Puregon só pode ser administrado em pessoas adultas, acima dos 18 anos, com seu uso exclusivamente intramuscular ou subcutâneo.

Como funciona o Puregon (Betafolitropina)?

O princípio ativo do Puregon, a Betafolitropina, é um hormônio folículo estimulante, ou FSH. O FSH é uma substância que integra o grupo das gonadotropinas, que desempenham um papel de extrema importância na fertilidade e na reprodução humanas.

Na mulher, o FSH é necessário para promover o crescimento e desenvolvimento dos folículos nos ovários e, no homem, é uma substância necessária para a produção de esperma.

Depois de sua administração, que pode ser intramuscular ou subcutânea, as concentrações máximas de FSH no organismo são alcançadas em aproximadamente 12 horas.

Com a administração intramuscular, as concentrações de FSH são mais elevadas, sendo atingidas mais rapidamente em pacientes homens do que em mulheres.

Em razão da liberação prolongada a partir do local de administração e da meia-vida de eliminação (de aproximadamente 40 horas, podendo variar entre 12 a 70), os níveis de FSH permanecem elevados entre 24 e 48 horas.

Em decorrência da meia-vida de eliminação relativamente longa, depois da administração repetidas de uma mesma dose, as concentrações de FSH no plasma são de aproximadamente 1,5 a 2,5 vezes maior do que após uma única administração.

O aumento permite que sejam conseguidas concentrações terapêuticas mais eficazes de FSH, não havendo diferenças significativas entre a administração subcutânea ou intramuscular. As duas formas apresentam biodisponibilidade de aproximadamente 77%.

O FSH recombinante é bioquimicamente similar ao FSH urinário humano, sendo distribuído, metabolizado e excretado pelas mesmas vias.

Como usar o Puregon (Betafolitropina)?

O tratamento com Betafolitropina deve ser feito apenas sob supervisão de um médico com experiência no tratamento de problemas de infertilidade.

Para mulheres, existem grandes variações inter e intraindividuais na resposta dos ovários às gonadotropinas exógenas. Em razão disso, é impossível estabelecer um esquema de dosagem uniforme.

Portanto, o ajuste deve ser feito individualmente, dependendo da resposta ovariana e, para isso, é necessário que o médico faça o monitoramento pela ultrassonografia e por níveis de estradiol.

Os estudos clínicos comparativos entre o Puregon e o FSH urinário demonstraram que o medicamento é muito mais eficaz do que o FSH urinário em termos de dose total mais baixa e período de tratamento mais curto, exigidos para atingir as condições pré-ovulatórias.

Dessa forma, considera-se adequado administrar doses menores de Puregon do que a normalmente usada para o FSH urinário, não apenas para otimizar o desenvolvimento folicular, como também para minimizar o risco de hiperestimulação ovariana indesejada.

Veja abaixo como aplicar o Puregon (Betafolitropina):

Aplicação do Puregon (Betafolitropina)

A experiência clínica com Puregon é baseada em até 3 ciclos de tratamento para as suas indicações, já que ficou demonstrado que o índice de sucesso terapêutico permanece estável durante as 4 tentativas e, em seguida, declina gradualmente.

Para pacientes do sexo masculino, o Puregon deve ser administrado na dose de 450 UI por semana, preferencialmente dividindo-se em três doses de 150 UI, associado com Hcg. O tratamento deve ser continuado por pelo menos 3 a 4 meses antes que se possa esperar qualquer melhora na espermatogênese.

No caso de o paciente não apresentar resposta após esse período, a terapia combinada poderá ser continuada. A experiência clínica indica que o tratamento de até 18 meses ou mais pode ser necessário para se conseguir eficácia.

O Puregon não deve ser utilizado se a solução contiver partículas ou se não se apresentar totalmente límpida. O conteúdo do frasco-ampola deve ser usado imediatamente após a perfuração da tampa de borracha.

O aplicador deve descartar qualquer quantidade de solução que tenha sobrado após o uso único.

Para impedir que as injeções sejam mais dolorosas e minimizar o refluxo no local da injeção, o medicamento deve ser administrado lentamente, tanto na via intramuscular quanto na subcutânea.

O local da injeção subcutânea deve ser alternado para prevenir a ocorrência de lipoatrofria, ou seja, redução das gorduras na pele. O volume de solução não utilizado deve ser descartado.

As injeções subcutâneas de Puregon podem ser administradas pelo próprio paciente ou pelo seu parceiro, desde que as instruções necessárias sejam fornecidas pelo médico.

A autoadministração do medicamento somente deve ser feita por pacientes que estejam adequadamente treinados em com acesso a aconselhamento especializado.

Eficácia e segurança do Puregon (Betafolitropina) de acordo com estudos clínicos

Em pacientes mulheres, a eficácia da Betafolitropina foi estabelecida em 4 estudos clínicos controlados, sendo 3 para técnicas de reprodução assistida e um para indução da ovulação.

Nos estudos comparativos, não foram constatadas diferenças clinicamente significativas entre os grupos de tratamento nos resultados apresentados pelo estudo.

O Puregon foi avaliado em um estudo de segurança e eficácia, randomizado-cego, de grupo comparativo, multicêntrico, em 981 mulheres inférteis, tratadas durante um ciclo com fertilização in vitro com Betafolitropina ou Urofolitropina após a supressão hipofisária, com um agonista de GnRH.

Os resultados demonstraram que a taxa de gravidez por tentativa conseguiu resultados 22% maiores do que sem o medicamento, enquanto que a taxa de gravidez por transferência foi de 26% acima dos resultados de pacientes que não fizeram uso do medicamento.

O medicamento também foi avaliado em um estudo de segurança e eficácia, randomizado-cego, em grupo comparativo e monocêntrico, em 89 mulheres inférteis tratadas com a fertilização in vitro, comparado a menotropinas sem supressão hipofisária com agonista de GnRH. Os resultados demonstraram melhora de 25 a 30% na fertilização.

Na indução da ovulação, os estudos clínicos demonstraram excelentes resultados (85% de sucesso) em uma análise de segurança e eficácia do medicamento em 172 mulheres com anovulação crônica, que não conseguiam ovular ou conceber durante tratamento com citrato de Clomifeno.

Em pacientes homens, a segurança e eficácia do Puregon, administrado por injeção subcutânea concomitantemente com Pregnyl (gonadotropina coriônica para injeção), foram examinadas em um estudo clínico para indução de espermatogênese em pessoas que apresentavam hipogonadismo hipogonadotrófico.

O estudo comparou efeitos de dois sistemas de dosagens diferentes de Puregon e Pregnyl sobre parâmetros do sêmen, níveis séricos do hormônio folículo estimulante e gonadotropina coriônica humana, avaliando a tolerância local da vida de administração subcutânea.

O estudo multicêntrico envolveu uma fase de pré-tratamento de 16 semanas com Pregnyl, em uma dosagem de 1.500 UI, duas vezes por semana, para normalizar os níveis séricos de testosterona.

Nos casos de resposta insuficiente depois de 8 semanas de tratamento, com níveis de testosterona ainda abaixo da variação de tolerância inferior, a dose foi aumentada para 3.000 UI duas vezes por semana.

A fase foi seguida por um período de tratamento de 48 semanas. Os pacientes que ainda eram azoospérmicos, ou seja, que não apresentavam espermatozoides no sêmen após a fase de pré-tratamento, foram randomizados para receber 225 UI de Puregon juntamente com 1.500 UI de Pregnyl, duas vezes por semana, ou 150 UI de Puregon três vezes por semana, juntamente com 1.500 UI de Pregnyl duas vezes por semana.

Os pacientes que precisaram de 3.000 UI de Pregnyl duas vezes por semana na fase de pré-tratamento, continuaram com essa dosagem durante a fase de tratamento. A média etária dos pacientes no grupo que recebeu duas injeções semanais do Puregon foi de 30,1 (faixa de 19 a 40 anos).

No início do estudo, os volumes médios de testículo esquerdo e direito foram de 4,61 a 2,94 ml e 4,57 a 3,00, respetivamente no grupo que recebeu 3 injeções semanais de Puregon. Para o grupo de recebeu duas injeções, os volumes médios de testículo esquerdo e direito foram de 6,54 a 2,45 e 7,21 a 2,94 ml, respectivamente.

O ponto primário de avaliação da eficácia foi o percentual de pacientes com densidade média de esperam igual ou acima a 106/ml nas duas últimas avaliações do tratamento.

Quais são os efeitos colaterais do Puregon (Betafolitropina)?

Da mesma forma que outros medicamentos, o Puregon pode provocar efeitos colaterais indesejáveis, mesmo que eles não se apresentem em todos os pacientes.

Em pacientes do sexo feminino, uma complicação decorrente do tratamento com FSH é a hiperestimulação indesejada dos ovários. Essa hiperestimulação pode desenvolver uma condição médica denominada SHEO, ou Síndrome de Hisperestimulação Ovariana, que pode se tornar um problema médico mais grave.

O risco pode ser reduzido através do monitoramento cuidadoso do desenvolvimento dos folículos durante o tratamento. O médico responsável deve fazer a ultrassonografia dos ovários da paciente para monitorar com cuidado o número de folículos maduros, podendo também analisar as concentrações de hormônios no sangue.

Os primeiros sintomas de hiperestimulação ovariana podem ser notados através de dor no estômago, mal-estar geral ou diarreia. Em casos mais graves, os sintomas ainda incluem aumento dos ovários, acúmulo de líquido no abdômen e a ocorrência de coágulos na circulação.

Caso perceba qualquer um desses sintomas, a paciente deve entrar imediatamente em contato com seu médico, mesmo que sua ocorrência seja alguns dias depois da administração da última dose do medicamento.

Confira a seguir os efeitos colaterais do Puregon (Betafolitropina):

Efeitos Colaterais do Puregon (Betafolitropina)
Mulheres
Efeitos colaterais comuns (entre 1 e 10% das pacientes):
  • Dor de cabeça;
  • Reações no local da injeção, como hematoma, dor, vermelhidão, coceira e inchaço;
  • Síndrome de Hiperestimulação Ovariana;
  • Dor pélvica;
  • Dor estomacal ou inchaço no abdômen.
Efeitos colaterais comuns (entre 0,1 e 1% das pacientes):
  • Problemas mamários, incluindo sensibilidade das mamas;
  • Diarreia, constipação ou desconforto no estômago;
  • Aumento do tamanho do útero;
  • Mal-estar geral;
  • Reações de hipersensibilidade, como vermelhidão e erupção cutânea, urticária e coceira;
  • Cistos ovarianos ou aumento do tamanho dos ovários;
  • Torção ovariana;
  • Sangramento vaginal.
Efeitos colaterais raros (entre 0,01 e 1% das pacientes):
  • Coágulos sanguíneos, que também podem ocorrer na ausência de hiperestimulação excessiva dos ovários.
Efeitos colaterais comuns (entre 1 e 10% das pessoas em tratamento):
  • Acne;
  • Endurecimento no local da injeção;
  • Dor de cabeça;
  • Erupção cutânea;
  • Desenvolvimento das mamas;
  • Cisto nos testículos.

Se qualquer dessas reações se apresentar mais grave ou se o paciente notar qualquer reação não mencionada, deve informar imediatamente o seu médico.

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Puregon (Betafolitropina)?

O Puregon é contraindicado para pessoas que apresentem alergia ou hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer componente da fórmula do medicamento. Além disso, é um tratamento que não pode ser indicado nas seguintes situações:

  • Quando o paciente (masculino ou feminino) apresenta tumores de ovário, de mama, de útero, nos testículos ou no cérebro;
  • Quando existe a presença de sangramento vaginal intenso ou irregular, de causa desconhecida;
  • Na existência de insuficiência primária do ovário;
  • Quando houver cistos ovarianos ou ovários aumentados, não relacionados com a síndrome de ovários policísticos;
  • Quando há malformação dos órgãos reprodutivos incompatíveis com uma gravidez normal;
  • Na presença de miomas uterinos incompatíveis com gravidez normal;
  • Na existência de insuficiência primária dos testículos.
  • O Puregon é contraindicado também para mulheres grávidas ou que suspeitem de gravidez.
  • O paciente deve informar ao médico se apresenta as seguintes condições:
  • Reação alérgica à Neomicina ou Estreptomicina;
  • No caso de apresentar glândula pituitária descontrolada ou problemas no hipotálamo;
  • Se tiver hipoatividade da glândula tireoide;
  • Se apresentar glândulas adrenais que não funcional de maneira apropriada;
  • Se apresenta alta concentração de prolactina no sangue;
  • Se tiver qualquer outra condição médica, como diabetes, doença cardíaca ou doenças de longa duração.

Interação medicamentosa

O Puregon, utilizado em combinação com citrato de Clomifeno, pode apresentar uma resposta folicular aumentada.

No caso de administração de um agonista do GnRH, um medicamento para prevenir ovulação antecipada, pode ser necessário usar doses maiores de Puregon para conseguir resposta adequada.

O médico deve ser informado sobre o uso de qualquer medicamento, inclusive daqueles que não precisam de receita médica.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Puregon
Princípio ativo: Betafolitropina
Fabricante: N. V. Organon
Descrição: O Puregon é indicado para tratar a infertilidade em quaisquer das seguintes situações: em mulheres que não estão ovulando, Puregon pode ser utilizado para proporcionar a ovulação naquelas que não responderam ao tratamento com citrato de clomifeno; em mulheres que se submeterem às técnicas de reprodução assistida, incluindo a fertilização in vitro (FIV) e outros métodos, Puregon pode ser utilizado para desenvolver múltiplos folículos; nos homens que não são férteis devido a uma deficiência hormonal, Puregon pode ser utilizado para a produção do esperma.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica
Administração: Uso Intramuscular ou Subcutâneo
Apresentação: 1 frasco-ampola com 0,5 mL de solução
Doses: 50UI ou 100UI
Aplicação: Uso Adulto acima de 18 anos
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Hormônio folículo estimulante (FSH)
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Puregon (Betafolitropina)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Puregon (Betafolitropina)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?