Atualização sobre o Coronavírus: Nossos serviços estão funcionando normalmente.
Telefone Falar no Chat
Equipe de suporte ao paciente disponível: seg-sex 8:00-17:00
  • Serviço privado e confidencial
  • Medicamentos Originais
  • Serviço incluído no preço e parcelamento
  • Entrega gratuita
Início / Outros Tratamentos / Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)

Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)

Comprar Tazocin online - Envio e validação de receita médica

  • Tazocin
Dr. Ilaria Terrinoni
Dr. Ilaria Terrinoni Médico prescritor
Este produto está temporariamente fora de estoque, mas estará disponível em breve. Forneça seu endereço de e-mail abaixo para receber atualizações assim que este produto estiver disponível.

Perguntas e respostas sobre como comprar Tazocin (Piperacilina + Tazobactam) online

Como consigo comprar o medicamento de prescrição Tazocin na euroClinix?

O Tazocin é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Tazocin online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Tazocin online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Tazocin sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Tazocin sem receita médica. O Tazocin é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Tazocin sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Tazocin na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Tazocin inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Tazocin original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário.Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Tazocin online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Tazocin na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é o Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

O Tazocin é uma associação antibacteriana injetável, consistindo de um antibiótico (Piperacilina Sódica), utilizada contra as principais bactérias sensíveis provocadoras de infecção, e de um ácido (Tazobactam sódico), que age inibindo a resistência que algumas bactérias adquirem à Piperacilina.

A ação farmacológica tem início imediatamente após a entrada do medicamento no sangue. O Tazocin é indicado para o tratamento das seguintes infecções:

Em adultos:

  • Infecções do aparelho respiratório inferior (pneumonia);
  • Infecções das vias urinárias;
  • Infecções intra-abdominais;
  • Infecções da pele e tecidos moles;
  • Infecção generalizada bacteriana (sepse);
  • Infecções ginecológicas, incluindo da parede interna do útero no pós-parto e doença inflamatória do aparelho reprodutor feminino;
  • Infeções neutropênicas febris (recomendando-se tratamento em associação com um antibiótico aminoglicosídeos);
  • Infecções dos ossos e articulações;
  • Infecções polimicrobianas (mais de um microrganismo causador).

Em crianças acima de 2 anos de idade:

  • Infecções febris em pacientes pediátricos com baixa quantidade de células sanguíneas (neutrófilos), sendo recomendado o tratamento associado com aminoglicosídeos (antibióticos como Amicacina).

Composição do Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)

Cada frasco-ampola de dose única de Tazocin 2,25 contém 2 g de Piperacilina sódica e 250 mg de Tazobactam.

Cada frasco-ampola de dose única de Tazocin 4,5 g contém 4 g de Piperacilina sódica e 500 mg de Tazobactam sódico.

Os excipientes presentes na fórmula são: bicarbonato de sódio, ácido cítrico monoidratado e edetato dissódico di-hidratado.

Conheça as estruturas químicas da Piperacilina Sódica e do Tazobactam Sódico:

geometria-molecular-piperacilina-tazobactam

Quais as doses disponíveis para o Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

O Tazocin é disponibilizado em duas doses, em frasco-ampola.

A menor dose é de 2,25 g, em pó liofilizado, com peso líquido de 2,4g.

A maior dose é de 4,5 g, em pó liofilizado, com peso líquido de 4,8g.

Como funciona o Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

O Tazocin, com sua associação antibacteriana, elimina infecção, combatendo os microrganismos responsáveis, além de inibir a resistência que algumas bactérias adquirem ao antibiótico, possibilitando a erradicação total da infecção.

A Piperacilina sódica age contra várias bactérias aeróbicas gram-positivas e gram-negativas e bactérias anaeróbicas, apresentando atividade reduzida contra bactérias com ß-lactamases, que podem inativar a piperacilina e outros antibióticos ß-lactâmicos.

O tazobactam sódico, por sua vez, pode funcionar como restaurador ou potencializador da atividade da piperacilina contra esses organismos que são mais resistentes à ação antibacteriana da piperacilina.

Assim, o mecanismo de ação da Piperacilina em conjunto com o Taxobactam aumenta a atividade contra organismos que dispões de ß-lactamases.

Eficácia e segurança do Tazocin (Piperacilina + Tazobactam) de acordo com estudos clínicos

A cura ou melhora clínica foi alcançada em 85% a 94% dos pacientes com infecções do trato respiratório inferior comunitárias, tratadas com várias doses do medicamento.

As avaliações finais do estudo, geralmente entre 10 a 14 dias após a interrupção do tratamento, mostraram respostas clínicas favoráveis em 84%.

O Tazocin também apresentou uma taxa de erradicação bacteriana mais elevada do que o medicamento comparado, Ticarcilina e ácido clavulânico ao final do tratamento, alcançando o percentual de 91%.

Em pacientes com pneumonia nosocomial associada à ventilação mecânica em Unidade de Terapia Intensiva, o Tazocin mostrou eficácia em 51%. Nesses pacientes, a eficácia do Tazocin foi semelhante à de Imipenem e de Cilastatina.

Em pacientes com bronquite purulenta aguda adquirida em hospitais ou pneumonia bacteriana aguda, a eficácia do Tazocin foi constatada em 75% dos pacientes.

As taxas de erradicação bacteriana variaram de 76% a 100% em pacientes com infecções intra-abdominais tratados com Tazocin.

O Tazocin aplicado em crianças com apendicite ou peritonite também foi benéfico em 91% dos pacientes.

Foram relatadas taxas de sucesso clínico de 41% a 83% em pacientes com neutropenia febril ou granulocitopenia que receberam o tratamento com Tazocin em associação a um aminoglicosídeo.

Depois de 72 horas do início do tratamento, as taxas de resposta clínica foram significativamente mais elevadas em pacientes tratados com Tazocin do que nos tratados com Ceftazidima e Amicacina.

A eficácia do Tazocin em monoterapia foi semelhante à da Ceftazidima e Amicacina em pacientes com neutropenia febril, com 81 e 83% de episódios febris que desapareceram em 3 dias.

A associação presente no Tazocin também demonstrou boa eficácia clínica e bacteriológica em pacientes com bacteremia e em pacientes com infecções de pele e de tecidos moles, ginecológicas ou ósseas e articulares.

O tratamento com Tazocin também se mostrou eficaz em pacientes com infecções do trato urinário com complicações, atingindo a cura ou melhora em 88 e 90,4% dos pacientes, entre 5 a 9 dias após o final do tratamento, e em 80% ou mais dos pacientes após 4 a 6 semanas de seguimento.

Como usar o Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

Tazocin é um pó liofilizado injetável, que deve ser reconstituído antes de sua aplicação. O uso é somente injetável, por via intravenosa, devendo ser aplicado em ambiente apropriado, manipulado por pessoa da área de saúde e sob recomendação do médico que o prescreveu.

O Tazocin, quando utilizado de outra forma que não a recomendada, não oferece qualquer garantia de sua efetividade ou de sua segurança. A administração por via intravenosa deve ser lenta, entre 20 a 30 minutos.

A duração do tratamento deve ser definida com base na gravidade da infecção e nos progressos clínico e bacteriológico do paciente.

A reconstituição do frasco-ampola deve ser feita com 10 ml do diluente para a dose de 2,5 g, e de 20 ml para o frasco-ampola de 4,5 g, devendo ser agitado constantemente durante 5 a 10 minutos.

As soluções compatíveis com Tazocin são as descritas na tabela abaixo:

Soluções compatíveis com Tazocin
  • Solução de cloreto de sódio a 0,9% (solução fisiológica);
  • Água estéril para injeção;
  • Solução glicosada a 5% (solução de dextrose);
  • Solução fisiológica bacteriostática/parabenos;
  • Água bacteriostática/parabenos;

Quando reconstituído como recomendado, o conteúdo do frasco-ampola retirado com a seringa fornecerá a quantidade prevista de Piperacilina e Tazobactam.

A solução de Tazocin contendo EDTA reconstituída pode ainda ser diluída ao volume desejado (p. ex., de 50 ml a 150 ml) com um dos solventes compatíveis para uso intravenoso mencionados a seguir:

  • Solução de cloreto de sódio a 0,9% (solução fisiológica);
  • Água estéril para injeção;
  • Solução glicosada a 5% (solução de dextrose a 5%);
  • Dextrano a 6% em solução fisiológica;
  • Injeção de Ringer Lactato;
  • Solução de Hartmann's;
  • Acetato de Ringer;
  • Acetato/malato de Ringer.

Posologia para adultos e crianças acima de 12 anos de idade

De forma geral, a dose diária total recomendada é de 12 g de Tazocin divididos em doses a cada 6 ou 8 horas, ou de 18 g do medicamento também em doses divididas no caso de infecções graves.

Em pacientes idosos, pode ser administrada a mesma dosagem, com exceção de pacientes com insuficiência renal.

Quais são os efeitos colaterais doTazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

Confira na tabela abaixo os efeitos colaterais do Tazocin:

Efeitos colaterais doTazocin
Reação muito comum (ocorre em 10% ou mais dos pacientes)
  • Diarreia
Reações comuns (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes)
  • Infecção por Candida;
  • Trombocitopenia (redução das células de coagulação do sangue);
  • Anemia (redução das células vermelhas do sangue);
  • Insônia;
  • Cefaleia;
  • Dor abdominal;
  • Vômitos;
  • Constipação (prisão de ventre);
  • Náusea;
  • Dispepsia (má digestão);
  • Erupções cutâneas;
  • Prurido;
  • Febre;
  • Reação no local da injeção;
  • Aumento da aspartato aminotransferase, uma enzima do fígado;
  • Redução da proteína total;
  • Redução da albumina sanguínea;
  • Teste de Coombs direto positivo;
  • Aumento da creatinina sanguínea (substância eliminada pela urina, gerando mal funcionamento dos rins);
  • Aumento da fosfatase alcalina sanguínea;
  • Aumento da ureia sanguínea;
  • Prolongamento do tempo de tromboplastina parcial ativada (redução da velocidade de coagulação do sangue).
Reações incomuns (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes)
  • Leucopenia (redução das células de defesa no sangue)
  • Hipocalemia(potássio sanguíneo baixo)
  • Hipotensão(pressão baixa)
  • Flebite (inflamação da veia)
  • Tromboflebite (inflamação da veia com formação de coágulos)
  • Rubor (vermelhidão na pele)
  • Eritema multiforme (manchas vermelhas, bolhas e ulcerações em todo o corpo)
  • Urticária (alergia da pele)
  • Erupção maculopapular (pequenas lesões vermelhas arredondadas e/ou manchas vermelhas na pele)
  • Artralgia (dor nas articulações)
  • Mialgia (dor muscular)
  • Calafrios
  • Diminuição da glicose sanguínea
  • Aumento da bilirrubina sanguínea (substância resultante da destruição e metabolização da célula sanguínea)
  • Prolongamento do tempo de protrombina (resultado de exame que indica diminuição no tempo de coagulação do sangue).
Reações raras (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes)
  • Colitepseudomembranosa (infecção do intestino por bactéria da espécie C. dificille)
  • Agranulocitose (ausência de células de defesa:Neutrófilos, basófilos e eosinófilos), epistaxe (sangramento nasal),estomatite(inflamação da mucosa da boca), necrólise epidérmica tóxica (descamação grave da camada superior da pele).
Reações com frequência não conhecida (não pode ser estimada a partir dos dados disponíveis)
  • Pancitopenia (diminuição de todas as células do sangue)
  • Neutropenia (diminuição de um tipo de célula de defesa no sangue: neutrófilos)
  • Anemia hemolítica (diminuição do número de glóbulos vermelhos por destruição dos mesmos)
  • Trombocitose (aumento da quantidade de plaquetas – célula de coagulação – no sangue acima do normal)
  • Eosinofilia (aumento do número de um tipo de célula de defesa do sangue chamado eosinófilo)
  • Choque anafilactoide,
  • Choque anafilático,
  • Reação anafilactoide (reação alérgica grave),
  • Reação anafilática (reação alérgica grave),
  • Hipersensibilidade,
  • Pneumoniaeosinofílica (acúmulo de glóbulo branco no pulmão),
  • Hepatite (inflamação do fígado),
  • Icterícia (coloração amarelada da pele e mucosas por acúmulo de pigmentos biliares),
  • Síndrome de Stevens-Johnson (reação alérgica grave com bolhas na pele e mucosas),
  • Reações adversas a medicamentos com eosinofilia e sintomas sistêmicos (Síndrome DRESS),
  • Pustulose exantemática generalizada aguda,
  • Dermatiteesfoliativa (inflamação da pele com descamação, vermelhidão e coceira),
  • Dermatite bolhosa (inflamação da pele com presença de bolhas),
  • Púrpura (cor vermelha ou arroxeada na pele),
  • Insuficiência renal (diminuição da função renal),
  • Nefrite tubulointersticial (tipo de inflamação nos rins),
  • Aumento do tempo de sangramento,
  • Aumento da gama-glutamil transferase (tipo de enzima principalmente do fígado).

O tratamento com Piperacilina está associado ao aumento da incidência de febre e erupções cutâneas em pacientes com fibrose cística (doença genética que afeta principalmente o sistema respiratório).

Quais são as Precauções, interações e contraindicações do Tazocin (Piperacilina + Tazobactam)?

O Tazocin é um medicamento que não deve ser usado por pacientes alérgicos ao antibiótico ou a qualquer dos componentes do produto. O paciente deve informar o seu médico se já teve alguma reação alérgica ou pouco comum a algum medicamento antibiótico, como penicilinas e cefalosporinas.

Não se deve utilizar qualquer tipo de antibiótico sem conhecimento médico, principalmente quando o paciente for diabético, se estiver em dieta de restrição de sal ou se estiver tomando qualquer outro medicamento.

Quando o Tazocin for usado em concomitância com outro antibiótico, como, por exemplo os aminoglicosídeos, que não a Amicacina e Gentamicina, nas especificações recomendadas, os medicamentos devem ser administrados separadamente.

A mistura de Tazocin com um aminoglicosídeos in vitro pode inativar consideravelmente o segundo medicamento. O medicamento também não pode ser misturado com qualquer outro na mesma seringa ou no mesmo frasco de infusão, uma vez que ainda não foi estabelecida a compatibilidade.

Em razão da instabilidade química, o Tazocin não deve ser usado em soluções que contenham somente bicarbonato de sódio.

Tazocin não deve ser adicionado a sangue e derivados ou a hidrolisados de albumina. Se a solução não for usada imediatamente, o tempo e as condições de armazenagem antes da administração serão responsabilidades do usuário. As soluções não usadas deverão ser descartadas.

Antes do início do tratamento com Tazocin, seu médico deve questioná-lo se você já teve alguma vez qualquer tipo de reação alérgica a algum medicamento, pois reações alérgicas podem acontecer e essas reações são mais comuns em pessoas com história de alergiaa vários tipos de alérgenos, incluindo medicamentos.

Ocorreram hemorragias (sangramento) em alguns pacientes tratados com antibióticos β-lactâmicos (classe de medicamento do Tazocin). Essas reações são, às vezes, associadas a anormalidades nos testes decoagulação (capacidade do organismo de parar um sangramento). Se essas reações ocorrerem, o médico deve ser informado.

Leucopenia (redução de células de defesa no sangue) e neutropenia (diminuição de um tipo de células de defesa no sangue: neutrófilos) podem ocorrer, principalmente durante tratamento prolongado. Converse com seu médico sobre essas situações.

Como em qualquer outro tratamento com penicilina (tipo de antibiótico como o Tazocin), complicações neurológicas na forma de convulsões podem ocorrer quando altas doses são administradas, especialmente em pacientes com insuficiência renal.

Como qualquer outro antibiótico, o uso dessa droga pode resultar em um aumento do crescimento de organismos não suscetíveis, incluindo fungos. Os pacientes devem ser monitorados cuidadosamente durante o tratamento.

Se ocorrer superinfecção, medidas apropriadas devem ser tomadas. Embora Tazocinpossua características de baixa toxicidade do grupo das penicilinas, recomenda-se fazer exames periódicos para a avaliação das funções orgânicas dos rins, fígado e medula óssea quando o medicamento for usado por tempo prolongado.

Interações com Testes Laboratoriais

Tazocin pode interferir com resultados de alguns exames laboratoriais, inclusive detecção de açúcar na urina.

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Tazocin®
Princípio ativo: Piperacilina sódica e Tazobactam sódico
Fabricante: Wyeth
Descrição: O Tazocin é indicado para o tratamento de um grande número de infecções bacterianas sistêmicas ou locais, provocadas por microrganismos gram-positivos e gram-negativos aeróbios e anaeróbios sensíveis aos princípios ativos.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica
Administração: Uso Injetável
Apresentação: Pó liofilizado, em embalagens contendo 1 frasco-ampola
Dose: 2,25g e 4,5g
Aplicação: Uso Adulto e pediátrico (crianças acima de 2 anos)
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Antibiótico
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
  • Selecione
    o Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    expressa grátis

Avaliação de Serviço
TXT_RATING_ALT_TEXT Excelente 4.8 7,222 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes consideram o nosso serviço excelente
  • Atendimento ao paciente acessível para todosServiço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 08:00 - 17:00 (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preçoConsulta médica online, prescrição e entrega
  • Entrega expressa grátisPara todo o território Brasileiro via Correios