Outros Tratamentos

Lyxumia (Lixisenatida)

Comprar Lyxumia (Lixisenatida) online - Envio e validação de receita médica

  • Lyxumia (Lixisenatida)
  • Lyxumia (Lixisenatida)
Excelente   4.7 4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço

O Lyxumia é um medicamento que contém o princípio ativo Lixisenatida, desenvolvido para o tratamento de pessoas adultas portadoras de diabetes mellitus tipo 2, servindo para o controle do nível de açúcar no sangue.

Na euroClinix, você pode comprar o medicamento Lyxumia (Lixisenatida) online. Basta preencher um questionário e enviar a receita médica emitida pelo seu profissional de saúde.

O Lyxumia (Lixisenatida) está sendo revisado pelo nosso médico parceiro e não podemos aceitar pedidos no momento. Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ou deixe seu email para receber notificações quando o Lyxumia (Lixisenatida) estiver aprovado para venda.

Perguntas e respostas sobre como comprar Lyxumia (Lixisenatida) online

Como consigo comprar o medicamento de prescriçã Lyxumia (Lixisenatida) na euroClinix?

O Lyxumia (Lixisenatida) é um medicamento de prescrição e só pode ser comprado online com receita médica. Se você quiser comprar Lyxumia (Lixisenatida) online a euroClinix, você tem que ter em mãos a receita prescrita pelo seu médico ou sua médica. O processo é bastante simples: basta preencher um rápido formulário com informações pessoais e informações do médico ou da médica que emitiu a prescrição e fazer o upload da prescrição no nosso checkout.

É seguro comprar Lyxumia (Lixisenatida) online na euroClinix?

A euroClinix está legalmente autorizada para a venda de medicamentos online pela entidade britânica (MHRA) e também pela Agência Europeia de Medicamentos (veja o final da página abaixo de "Somos Certificados por:"). Se você se deparar com alguma farmácia física ou online que não requisite a prescrição médica ou qualquer dado médico, que tem preços demasiado baixos, não tem atendimento português e não tem um registo de farmácia evidente, além de potencialmente pôr a sua vida em risco, você estará cooperarando com uma atividade criminosa com possíveis implicações legais. Escolha uma opção segura, escolha a euroClinix.

Posso comprar Lyxumia (Lixisenatida) sem receita médica?

Segundo determinação da Anvisa, não é possível comprar Lyxumia (Lixisenatida) sem receita médica. O Lyxumia (Lixisenatida) é considerado um medicamento de prescrição médica, ou seja, se quiser comprar, o seu estado de saúde terá de ser previamente verificado por um médico fisicamente. Qualquer farmácia física ou na internet que venda Lyxumia (Lixisenatida) sem receita não está agindo de acordo com a legislação.

Qual é o preço do Lyxumia (Lixisenatida) na euroClinix?

A euroClinix preza pelo seu serviço de excelência. O preço do medicamento Lyxumia (Lixisenatida) inclui todo esse serviço, nomeadamente, o medicamento Lyxumia (Lixisenatida) original e a entrega grátis em embalagem discreta. Além disso, temos uma equipe de atendimento ao paciente e equipe médica sempre ao dispor para qualquer tipo de esclarecimento.Você pode consultar os preços no início da página.

Ao usar o nosso serviço, você economizará tempo e não precisará visitar uma farmácia local.

Quais os métodos de pagamento disponíveis?

Comprando medicamentos online através da euroClinix, você pode fazer o pagamento da forma que escolher, seja através de cartões de débito ou de crédito (nacional ou internacional) ou por boleto bancário. Aceitamos pagamentos em parcelas de até 6x e também à vista.

Os meus dados estão seguros ao comprar Lyxumia (Lixisenatida) online?

A Privacidade dos nossos pacientes está sempre garantida. Quando você compra Lyxumia (Lixisenatida) na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos pelo sistema de encriptação SSL. Nenhum dos seus dados é compartilhado com terceiros sem o seu consentimento prévio. Também garantimos uma privacidade no processo de envio com a embalagem discreta e também no caso de pagar por cartão, apenas aparecerá no seu extrato a sigla da nossa empresa "HHC" ou do intermediário "goInterpay".

O que é Lyxumia (Lixisenatida)?

O Lyxumia é indicado para tratamento de diabetes mellitus tipo 2, controlando o nível de açúcar no sangue em pacientes que não conseguem controle com os tratamentos convencionais, em combinação com antidiabéticos, como, por exemplo, Metformina, Sulfonilureia ou o uso da combinação desses medicamentos.

O Lyxumia pode ser usado em combinação com insulina basal, sozinha ou aplicada em conjunto com os medicamentos citados anteriormente.

O medicamento é apresentado em solução injetável, devendo ser usado apenas por pessoas adultas e que se encontram na condição de não conseguir controlar a glicemia.

O princípio ativo do Lyxumia, Lixisenatida, é um agonista seletivo do receptor do GLP-1, uma substância classificada como hormônio endógeno, que potencializa a secreção de insulina de forma dependente da glucose a partir das células do pâncreas.

A ação do princípio ativo é mediada por uma interação específica com os receptores do GLP-1, aumentando o monofosfato de adenosina cíclico intracelular e estimulando a secreção de insulina quando a glicemia se encontra em níveis mais elevados.

O medicamento não deve ser usado em caso de nível normal de glicemia, servindo para limitar o risco de hipoglicemia, já que suprime a secreção de glucagon. Em caso de hipoglicemia, o mecanismo de secreção de glucagon é preservado.

O princípio ativo atrasa o esvaziamento do estômago, reduzindo assim a velocidade com que a glucose proveniente dos alimentos chegue à circulação.

Conheça a estrutura química da Lixisenatida:

estrutura-quimica-lixisenatida

Composição do Lyxumia (Lixisenatida)

O Lyxumia é apresentado em duas doses distintas, com 10 mcg e com 20 mcg do princípio ativo Lixisenatida.

Cada dose de 10 mcg de 0,2 ml, contém 10 microgramas do princípio ativo, na ordem de 0,05 mg/ml. A dose de 20 mcg contém 20 microgramas de Lixisenatida, na proporção de 0,1 mg/ml.

O medicamento apresenta os seguintes excipientes: glicerol, acetato de sódio tri-hidratado, metionina, metacresol, ácido clorídrico, hidróxido de sódio e água para injetáveis.

Como funciona o Lyxumia (Lixisenatida)?

O princípio ativo do Lyxumia, Lixisenatida, é uma substância que age diretamente no receptor do GLP-1, um hormônio endógeno que potencializa a secreção da insulina pelas células beta do pâncreas.

O princípio ativo, dessa forma, estimula a secreção de insulina quando a glicose estiver aumentada, reduzindo, ao mesmo tempo, a passagem de alimento pelo estômago. O efeito sobre a velocidade da passagem de alimento pelo estômago também contribui para a redução do peso, condição bastante comum em diabéticos.

O Lyxumia é um medicamento injetável, que deve ser aplicado de acordo com as instruções médicas, devendo ser utilizado apenas por adultos portadores de diabetes tipo 2. Sua utilização pode ser feita com outros medicamentos para o tratamento de diabetes, quando eles não forem suficientes para controlar o açúcar no sangue, como, por exemplo, antidiabéticos orais, como os medicamentos que contém Metformina, Pioglitazona ou Sulfonilureia, ou insulina basal, um tipo de insulina que funciona durante o dia.

Eficácia e segurança do Lyxumia (Lixisenatida) de acordo com estudos clínicos

A segurança e eficácia clínica do princípio ativo Lixisenatida foi avaliada em 9 estudos clínicos aleatorizados, em dupla ocultação e controlados com placebo, atendendo 4.508 doentes com diabetes tipo 2, sendo 47,5% homens e 52,5% mulheres, tendo entre eles 517 pacientes com idade igual ou superior a 65 anos.

A eficácia do princípio ativo também foi avaliada em dois ensaios clínicos aleatorizados, abertos, com controle ativo e em um estudo no momento de refeição, com um total de 1.607 pacientes aleatorizados para Lixisenatid.

A eficácia e segurança da Lixisenatida em doentes com mais de 70 anos foi avaliada em estudo clínico específico, controlado por placebo, com 176 pacientes aleatorizados para a Lixisenatida, incluindo 62 pacientes com idade acima de 75 anos.

Adicionalmente um estudo clínico de dupla ocultação, controlado com placebo, envolvendo 6.068 pacientes com diabetes tipo 2 com síndrome coronário agudo prévio, com 3.034 aleatorizados para Lixisenatida, incluindo 198 doentes com idade igual ou superior a 75 anos e 655 pacientes com compromisso renal moderado.

Nos ensaios de fase III finalizados, constatou-se que aproximadamente 90% dos pacientes conseguiu manter uma dose de manutenção de 20 mcg de Lyxumia uma vez ao dia no final do período principal de tratamento de 24 semanas.

A incidência de efeitos colaterais, como, por exemplo, náuseas, foi de 24,5% no grupo de Lixisenatida, em comparação com 35,1% no grupo de placebo ou em medicamentos de controle, como o Exenatido, tomado duas vezes ao dia, e a incidência de hipoglicemia sintomática com a Lixisenatida foi de 2,5% durante o período principal de tratamento de 24 semanas, em comparação com 7,9% no grupo Exenatido.

Em um estudo aberto de 24 semanas, em que a Lixisenatida foi administrada antes da refeição principal do dia, constatou-se não haver inferioridade face ao princípio ativo administrado antes do desjejum em termos de redução de HbA1c.

Reduções de HbA1c também foram observadas independentemente da refeição considerada como principal (desjejum, almoço ou jantar). No final do estudo, 43,6% do grupo refeição principal e 42,8% do grupo desjejum dos doentes, atingiram uma HbA1c inferior a 7%.

Entre os pacientes, 14,7% e 15,5%, respectivamente, notificaram náusea, havendo hipoglicemia sintomática em 5,8% e 2,2% respectivamente, dos pacientes.

Quais as doses disponíveis para o Lyxumia (Lixisenatida)?

O Lyxumia é apresentado em solução injetável, em doses de 10 mcg e 20 mcg do princípio ativo.

A dose de 20 mcg é disponibilizada em 2 canetas preenchidas descartáveis de 3 ml de solução, com 14 doses do princípio ativo.

O tratamento inicial é feito com 1 caneta preenchida com Lyxumia 10 mcg e 1 de 20 mcg, contendo 3 ml de solução, com 14 doses do princípio ativo.

O uso do medicamento deve ser subcutâneo e o medicamento só deve ser usado por adultos. Cada dose contém 20 microgramas em 0,2 ml e as agulhas não estão incluídas no produto.

O paciente deve observar que o Lyxumia é uma solução límpida, incolor e livre de partículas visíveis. Qualquer diferença constatada, impede o uso do medicamento.

Como usar o Lyxumia (Lixisenatida)?

O paciente deve verificar a aparência do medicamento antes de cada aplicação, fazendo uso apenas se a solução estiver límpida, incolor e livre de partículas visíveis.

A dose inicial é de 10 mcg de Lyxumia uma vez ao dia durante 14 dias. Depois disso, a dose deve ser aumentada para 20 mcg uma vez ao dia, como dose de manutenção.

Quando o Lyxumia for associado a um tratamento já existente com Metformina, a dose desse medicamento pode ser mantida inalterada. Quando for associado a um tratamento existente com Sulfonilureia ou uma combinação de Sulfonilureia e insulina basal, pode ser necessário considerar uma redução na dose da Sulfonilureia ou da insulina basal, reduzindo, assim, o risco de hipoglicemia.

O uso de Lyxumia não exige monitoramento específico da taxa de açúcar no sangue. No entanto, quando em tratamento associado com Sulfonilureia ou insulina basal, pode ser necessário o monitoramento ou auto monitoramento dos níveis de açúcar no sangue para possíveis ajustes das doses dos medicamentos associados.

O paciente deve aplicar o Lyxumia por via subcutânea, ou seja, sob a pele, no abdômen, no braço ou na coxa. O medicamento não deve ser administrado por via intravenosa ou intramuscular.

Deve-se acoplar uma agulha nova antes de cada aplicação e as mesmas não devem ser reutilizadas. Antes de usar, deve-se ler atentamente o manual de instruções.

Não existem estudos sobre os efeitos de Lyxumia administrado por vias não recomendadas. Portanto, para garantir a segurança e a eficácia do Lyxumia, a administração deve ser feita apenas por via subcutânea.

O Lyxumia não é recomendado para menores de 18 anos, já que a segurança e a eficácia do princípio ativo não foram estabelecidas para essa população.

Em idosos, os estudos demonstraram que não há qualquer necessidade de ajuste na dose.

Para deficientes hepáticos ou renais, não é necessário qualquer ajuste na dose, desde que a insuficiência seja moderada ou leve, com depuração de creatinina entre 50-80 ml/min ou 30-50 ml/min.

Não há qualquer experiência de tratamento em pacientes com insuficiência renal severa, com depuração de creatinina menor do que 30 ml/min, ou em estágio final de doença renal. Portanto, não se recomenda o uso de Lyxumia nessa população de pacientes.

No caso de o paciente se esquecer de aplicar uma dose do medicamento, a mesma deve ser aplicada dentro de uma hora antes da próxima refeição.

Quais são os efeitos colaterais do Lyxumia (Lixisenatida)?

Como qualquer medicamento de prescrição, o Lyxumia pode provocar alguns efeitos colaterais. Os estudos clínicos constataram que o medicamento pode apresentar os seguintes efeitos colaterais, dentro das proporções mencionadas:

Efeitos Colaterais do Lyxumia (Lixisenatida)
Efeitos colaterais muito comuns (mais de 10% dos pacientes):
  • Sintomas de nível de açúcar baixo no sangue, quando o tratamento é associado com Sulfonilureia ou insulina basal;
  • Dor de cabeça;
  • Enjoo;
  • Diarreia e vômito.
Efeitos colaterais comuns (entre 1 e 10% dos pacientes):
  • Influenza;
  • Infecção no trato respiratório superior;
  • Tontura;
  • Má digestão;
  • Dor nas costas;
  • Reações no local da injeção.
Efeitos colaterais incomuns (entre 0,1 e 1% dos pacientes):
  • Reações alérgicas, como reação anafilática, inchaço em região subcutânea ou em mucosas de origem alérgica e urticária.

Mais de 2.600 pacientes receberam Lyxumia de forma isolada ou em associação com a Metformina, Sulfonilureia (com ou sem Metformina), ou insulina basal (com ou sem Metformina ou com ou sem Sulfonilureia), em 8 grandes estudos de fase III controlados por ativo ou placebo-controlados.

Os efeitos colaterais mais frequentemente relatados durante os estudos foram náusea e vômito, que se apresentaram, na maioria, de forma leve e transitória.

Quais são as precauções, interações e contraindicações do Lyxumia (Lixisenatida)?

O Lyxumia é contraindicado para pacientes que apresentam alergia conhecida ao princípio ativo ou a qualquer componente de sua formulação.

O Lyxumia não deve ser utilizado por pacientes portadores de diabetes tipo 1 ou se apresentar cetoacidose diabética, já que corre o risco de inflamação no pâncreas.

O uso de medicamentos da classe denominada agonista do receptor de peptídeo semelhante ao glucagon (GLP1) tem sido associado ao risco de desenvolvimento de pancreatite aguda.

O paciente deve informar o seu médico se apresentar qualquer sintoma relacionado a pancreatite, como dor abdominal severa e persistente. Nesse caso, o tratamento com Lyxumia deve ser interrompido.

Havendo confirmação de pancreatite aguda, o tratamento com Lyxumia não deve ser reiniciado. Além disso, o medicamento deve ser utilizado com cautela em pacientes com histórico de pancreatite.

O uso de Lyxumia em pacientes que apresentem gastroparesia, ou seja, retardo do esvaziamento gástrico) em condição severa, não é recomendado.

Se o paciente estiver usando Lyxumia com Sulfonilureia, ou seja, medicamentos como Glimepirida ou Glibenclamida, ou a combinação de insulina basal e Sulfonilureia, pode correr o risco de aumento de hipoglicemia.

Nesse caso, é necessário conversar com seu médico, que irá verificar sobre a necessidade de redução da dose de Sulfonilureia ou insulina basal.

Como não existem dados sobre o uso de Lyxumia em mulheres grávidas e como o risco potencial para o feto não é conhecido, o medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez. Em vez disso, recomenda-se utilizar insulina basal. A paciente diabética deve informar o seu médico se estiver grávida ou se deseja engravidar.

Não se sabe se o Lyxumia passa para o leite materno e, dessa forma, não deve o mesmo ser indicado se a paciente estiver amamentando.

Não existem estudos realizados dos efeitos do Lyxumia sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas. Quando usado com Sulfonilureia ou insulina basal, o paciente deve tomar precauções para evitar a redução da taxa de açúcar no sangue, já que pode correr o risco de desmaio.

Interações medicamentosas

A demora no esvaziamento gástrico com a Lixisenatida pode influenciar na absorção de medicamentos administrados via oral.

Se o paciente estiver tomando medicamentos administrados via oral, o médico deve orientar a tomar esses medicamentos pelo menos uma hora antes ou pelo menos 11 horas depois da injeção de Lixisenatida.

Não é necessário ajuste de dose no caso de o paciente estiver fazendo uso de Paracetamol, anticoncepcionais orais, Atorvastatina, Varfarina, Digoxina ou Ramipril.

Fontes:

Dados do Medicamento
Dados do Medicamento
Nome: Lyxumia
Princípio ativo: Lixisenatide
Fabricante: Sanofi-Aventis Deutschland GmbH
Descrição: O Lyxumia é indicado para o tratamento de adultos com diabetes mellitus tipo 2 para controle do nível de açúcar no sangue em pacientes que não estão controlados com o tratamento existente, em combinação com: antidiabéticos orais, tais como, metformina, sulfonilureia ou o uso da combinação destes medicamentos.
Em combinação com insulina basal sozinha ou usada em conjunto com a metformina ou com sulfonilureia.
Dispensa: Medicamento sujeito à receita médica 
Administração: Uso Subcutâneo
Apresentação: Solução injetável
Dose: 10mcg e 20mcg
Aplicação: Uso Adulto
Posologia: De acordo com orientação médica
Classe: Agonista seletivo do receptor do GLP-1
Com álcool: Não especificado
Durante a amamentação: Não recomendado
Durante a gravidez: Não recomendado
Download da bula do medicamento Lyxumia (Lixisenatida)
Como Funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.7
4,116 pacientes deram a sua opinião sobre o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Nossos pacientes adoram o nosso serviço
  • Atendimento ao paciente acessível para todos

    Serviço de atendimento ao paciente: Seg. - Sex. das 06:00h - 17:00h (Horário de Brasília)
  • Todos os serviços estão incluídos no preço

    Consulta médica online, prescrição e entrega + possibilidade de parcelamento
  • Entrega Expressa

    Entrega garantida de 4-6 dias (UPS) ou 7-12 dias (Correios)
Alternativas ao Lyxumia (Lixisenatida)
Feedback

Seu feedback

Como você classificaria o nosso site?