Caverject (injeção de alprostadil)

O Caverject é um medicamento utilizado para tratamento de disfunção erétil em homens adultos, acima de 18 anos. Trata-se de um pó liofilizado, injetável, disponibilizado em doses de 10 mcg ou 20 mcg, numa embalagem contendo um frasco-ampola, acompanhado de uma seringa estéril contendo 1 ml de água bacteriostática para injetáveis, duas agulhas estéreis e duas compressas antissépticas.

Encontre aqui todas as informações sobre utilização, funcionamento e segurança desse tratamento.

O que é o Caverject?

O Caverject é um tratamento diferenciado para disfunção erétil, devendo ser injetado no pênis. O tratamento deve ser acompanhado por um profissional de saúde, já que a aplicação exige treinamento adequado.

terapia-de-autoinjecao

Durante o treinamento, o paciente deve ser acompanhado diretamente pelo médico, que deve estabelecer uma dose adequada.

Depois que o paciente for devidamente treinado, o paciente pode auto administrar o Caverject em sua própria casa. O medicamento deve ser usado com pelo menos 24 horas de intervalo entre as doses e não mais do que 3 vezes por semana.

O princípio ativo do Caverject é o alprostadil, uma substância natural que oferece os mesmos efeitos da prostaglandina E1. A prostaglandina é um produto natural no organismo que aumenta e dilata os vasos sanguíneos, permitindo que o homem tenha ereções suficientes para uma relação sexual satisfatória.

O Caverject deve ser usado quando os vasos sanguíneos e os nervos penianos não apresentam o seu funcionamento ideal, aumentando o fluxo sanguíneo e a quantidade de sangue nos vasos penianos.

O medicamento deve ser administrado com injeção diretamente no pênis. Depois de aplicado, a ereção geralmente ocorre entre 5 a 10 minutos.

Como o Caverject (alprostadil) age no organismo?

O alprostadil, princípio ativo do Caverject, age diretamente nos nervos e vasos sanguíneos do pênis, sendo uma alternativa para outros medicamentos indicados para tratamento de disfunção erétil.

ingrediente-activo-alprostadil

Sua ação nos vasos sanguíneos permite a dilatação dos mesmos, possibilitando que o sangue possa fluir mais livremente, promovendo a ereção e possibilitando que o homem tenha novamente uma vida sexual normal.

Como o Caverject (alprostadil) é administrado pelo paciente?

O Caverject é disponibilizado para o paciente numa caixa contendo o pó, um fluído e uma seringa. A seringa deve ser enchida com o pó e o fluído para preparar a solução do medicamento.

A solução deve ser injetada diretamente no corpo cavernoso do pênis, fazendo com que o paciente tenha uma ereção dentro de 5 a 10 minutos, podendo a mesma durar entre 30 e 60 minutos.

como-aplicar-a-injecao-peniana

Para que o paciente possa se administrar, ele deve passar por um treinamento pelo médico que prescrever a receita. Alguns cuidados devem ser tomados na autoadministração do Caverject:

  • O medicamento não deve ser injetado em vasos sanguíneos visíveis;
  • Se não ocorrer a ereção, o paciente não deve injetar novamente;
  • O local da injeção deve ser limpo com um cotonete embebido em álcool;
  • O paciente deve alternar os lados do pênis onde irá aplicar a injeção.

O Caverject é disponibilizado em dois tipos de doses: de 10 mcg e de 20 mcg. O médico deve recomendar a dose mais adequada e o paciente nunca deve aplicar uma dose dupla.

Vantagens e desvantagens do Caverject (alprostadil)

O Caverject é um medicamento que age diretamente nos vasos sanguíneos e no corpo cavernoso do pênis, não atingindo outros órgãos do corpo, trazendo uma vantagem para pessoas que, mesmo tendo disfunção erétil, não podem suar medicamentos inibidores de PDE5.

A ação direta permite a ereção em tempo muito mais rápido do que outros medicamentos, funcionando entre 5 a 10 minutos após a injeção.

Contudo, a desvantagem principal é o fato de muitos homens serem mais sensíveis a injeções, principalmente no pênis, o que o torna um medicamento não tão aceito por determinadas pessoas e é considerado também como um tratamento complicado e doloroso por muitos homens.

"A primeira dose deste medicamento será aplicada no consultório médico. Então o médico vai lhe mostrar como utilizar a medicação corretamente em casa, sem a necessidade de suporte. Como não se trata de um medicamento de fácil utilização é apenas recomendado em casos específicos."

Contraindicações do Caverject (alprostadil)

O Caverject não pode ser utilizado quando se apresentam as seguintes condições:

  • Priapismo (ereção prolongada, com duração de 4 horas ou mais), uma situação que ocorre principalmente em homens que apresentem anemia falciforme, traço falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia;
  • Pênis com anatomia diferenciada ou deformada;
  • Implante peniano.

O Caverject não pode ser usado por mulheres ou por menores de 18 anos. Para o homem, antes de ser prescrito o medicamento, o médico deve ser informado nos seguintes casos:

  • Se o paciente já teve alguma ereção com duração de mais de 4 horas;
  • Se ele apresenta traço falciforme ou anemia falciforme;
  • Se teve ou tem câncer de células do sangue (mieloma múltiplo ou leucemia);
  • Se apresenta alguma deformação no pênis;
  • Se tem problemas de sangramento;
  • Se tem ou teve problemas cardíacos, batimentos cardíacos irregulares, angina, dores torácicas, estreitamento da válvula aórtica ou insuficiência cardíaca;
  • Outras condições médicas.

O médico também deve ser informado sobre todos os medicamentos usados pelo paciente, incluindo os prescritos e os de venda livre, as vitaminas e suplementos naturais.

O Caverject pode influenciar a forma como outros medicamentos agem no organismo, da mesma forma que pode ser afetado por outros fármacos, provocando efeitos colaterais indesejados.

O médico deve ser informado principalmente se o paciente utiliza outros medicamentos injetados no pênis ou fármacos anticoagulantes, como heparina e Varfarina.

Efeitos secundários do Caverject (alprostadil)

O Caverject pode provocar alguns efeitos colaterais graves, que devem ser imediatamente comunicados ao médico, além de também suspender o uso das injeções:

  • Ereção prolongada, ou priapismo: se o paciente apresentar uma ereção mais prolongada, deve procurar assistência médica imediata. Não havendo tratamento, o priapismo pode causar danos irreversíveis no pênis;
  • Fibrose peniana: durante a administração de Caverject, o médico deve verificar regularmente o pênis do paciente. Se houver sinais de fibrose peniana, o medicamento deve ser suspenso imediatamente;
  • Pressão arterial baixa: havendo essa condição, o paciente deve suspender o uso de Caverject;
  • Hemorragia no local da injeção: pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes, como heparina ou Varfarina, correm o risco de hemorragia no local da injeção;
  • Aumento do risco de problemas cardíacos: pacientes com problemas cardíacos podem ter sua situação agravada com o uso de Caverject. Se o paciente sentir dores no peito, tonturas ou náuseas, deve suspender o uso do medicamento.

Existe a possibilidade de quebra de agulha no uso do Caverject. Para evitar esse problema, é preciso prestar muita atenção às instruções do profissional de saúde e controlar a seringa e a agulha de forma correta.

Caso a agulha se quebra durante a injeção, se for possível pega-la, é preciso removê-la imediatamente e entrar em contato com o médico. Não havendo possibilidade de retirar o pedaço quebrado, o paciente deve procurar ajuda médica imediatamente.

Existem outros medicamentos mais fáceis de usar do que o Caverject?

A disfunção erétil pode ter várias causas e cada homem deve ter o tratamento adequado, atendendo suas condições físicas. O Caverject pode ser substituído por outros medicamentos, como os comprimidos de Cialis, Levitra e Viagra, evitando o incômodo de uma injeção diretamente no pênis.

Se sofre de disfunção erétil e procura um medicamento fácil de administrar e com alto indice de segurança. O Viagra ou Sildenafil é o tratamento mais confiável e mais bem estabelecido no mercado para a impotência, tendo sido prescrito a mais de 20 milhões de homens por todo o mundo. Está provado que o Viagra funciona em homens que muitas vezes lutavam para conseguir uma ereção quando estavam sexualmente excitado, ou que não conseguiam manter a ereção durante o ato sexual.

Contudo, a indicação do melhor tratamento deve ser feita por um médico especialista e, para o homem que apresente problemas de disfunção erétil, a principal recomendação é que não faça uso de medicamentos sem conhecimento do seu médico.

Sildenafil
  • Medicamento original, testado em estudos clinícos
  • Ação em 30 minutos e duração de 4 horas
  • Versão económica do medicamento Viagra
Mais sobre o Sildenafil

Fontes:

Aprenda mais sobre medicamentos para impotência:
Como funciona
Escolha o Medicamento
Preencha o Formulário Médico
O médico emite a sua prescrição
Medicamento é enviado da farmácia
Entrega gratuita