• Receita incluída
  • Medicamentos de marca original
  • Tudo incluído no preço
  • Entrega sem portes de envio
Início / Asma / Causas reveladas: como são desencadeadas as crises de asma

Causas reveladas: como são desencadeadas as crises de asma

Saiba mais sobre o que desencadeia os sintomas da asma

A asma é uma doença inflamatória crónica dos brônquios que causa dificuldades respiratórias. As vias respiratórias ficam mais sensíveis a coisas que normalmente não irritam pulmões saudáveis, como pólen e gases de tubos de escape.

Jovem a utilizar inalador a sofrer com um ataque de asma.

Estes fatores podem desencadear ou piorar sintomas, aumentando o risco de um ataque.

Aquilo que desencadeia um ataque é diferente para cada indivíduo. É importante aprender a lidar com os sintomas para poder controlar a condição com eficácia. Continue a ler para descobrir os principais fatores que desencadeiam a asma e como pode evitá-los.

O que é que desencadeia a asma?

A asma é desencadeada por elementos no ambiente ou estilo de vida, tornando os pulmões vulneráveis a certos fatores.

As vias respiratórias estreitam-se, quando entram em contacto com um fator de irritação, inchando e inflamando. Estas também se podem encher de muco, piorando os sintomas e desencadeando um ataque.

A asma pode manifestar-se por vários motivos. Estes podem estar relacionados com o ambiente, como pelo de animais ou pólen, ou com o estilo de vida, como dieta ou stress. Abaixo, iremos abordar todos os diferentes fatores e como estes afetam as vias respiratórias.

Fatores desencadeantes da asma dentro e fora de casa

Alguns dos fatores desencadeantes mais comuns encontram-se em casa, mas também podem ser encontrados fora de casa. Tratam-se de elementos naturais que afetam as vias respiratórias de várias formas. Estes fatores diferem de pessoa para pessoa e podem depender da altura do ano ou do ambiente.

Alergias

A asma alérgica é causada pelos mesmos fatores que desencadeiam a febre dos fenos:

  • polén
  • pelo de animais
  • ácaros
  • bolor

Estas substâncias, quando são respiradas, podem irritar as vias respiratórias e desencadear sintomas. Para algumas pessoas, os sintomas da febre dos fenos podem ocorrer ao mesmo tempo que um ataque de asma.

Poluição

A poluição aérea torna o ar mais tóxico. Isto é mais comum em cidades. Algumas causas de poluição aérea, são:

  • estradas com muito trânsito
  • pedreiras
  • zonas industriais
  • áreas de construção
  • a queima de combustíveis fósseis (ex.: carvão e petróleo)
  • a queima de madeira
  • causas naturais (ex.: vulcões, maresia e pólen)
  • fogo de artifício ou fogueiras

A asma afeta a saúde de várias formas, mas é especialmente nefasta para os pulmões. Irrita as vias respiratórias e penetra os pulmões, causando inflamação.

Fotografia de poluição a sair de tubos de escape.

Os riscos são mais elevados para crianças e para fetos em crescimento, porque os seus pulmões ainda se encontram em desenvolvimento.

Clima

As alterações climáticas afetam o nosso corpo de formas diferentes. Para pessoas com problemas de respiração, estas alterações são ainda mais evidentes.

Inverno Inverno

O ar frio e seco pode irritar as vias respiratórias e desencadear a produção de muco. Nesta altura, as constipações e gripes são comuns.

Verão Verão

Por vezes, quando a humidade do ar é elevada pode ser mais difícil respirar. Além disso, há mais poluição no ar.

Trovoadas Trovoadas

A humidade atmosférica pode dificultar a respiração. Durante o verão, as brisas podem espalhar mais pólen e alergénios.

Chuva Chuva

A chuva pode piorar a reação ao pólen. A chuva divide o pólen em partículas pequenas, que podem entrar nos pulmões e causar uma reação mais intensa.

Asma e estilo de vida

Alguns tipos de estilo de vida podem piorar a asma.

Fumar

A inalação do fumo do tabaco, seja esta feita passivamente ou ativamente, irrita as vias respiratórias, causa inflamação e estimula a produção de muco. Também pode causar resistência ao inalador.

Grande plano de uma mão a segurar um cigarro ativo.

Fumar pode causar muitos problemas de saúde. O seu médico ou especialista de asma irá aconselhá-lo(a) a parar de fumar.

Quer parar de fumar?

Saiba mais aqui

Ocupação

O risco de ataques ou do reaparecimento da asma em adulto pode aumentar com algumas ocupações. Esta condição é conhecida como asma ocupacional.

Muitos irritantes encontrados no ambiente de trabalho podem exacerbar a asma, alguns destes são:

  • pó do chão e aditivos
  • látex (ex.: luvas em hospitais ou clínicas)
  • pelo e saliva de animais,
  • sementes de cereais e pó derivado de avicultura
  • vapores e partículas de técnicas cirúrgicas em hospitais
  • químicos e sprays
  • produtos de descoloração de cabelo
  • serradura derivada de trabalhos com madeira
  • gases e vapores de trabalhos metalúrgicos
  • cloro em piscinas interiores

A mudança ou perda de emprego pode ser uma preocupação para quem sofre de asma ocupacional. É por isso importante discutir a condição com o chefe ou médico para tentar encontrar uma solução.

Atividade física

O exercício pode piorar a asma.

A prática de exercício requer uma maior respiração pela boca. O ar respirado é mais frio e seco do que quando a respiração é feita pelo nariz e pode desencadear sintomas.

Jovem sem fôlego por fazer exercício.

Esta condição é diferente da asma induzida pelo exercício, que desencadeia sintomas como os da asma após a prática de exercício em pessoas que não têm asma.

Mesmo assim, não deve parar de praticar exercício, sendo que a sua prática ajuda a controlar a asma. No entanto, quando o faz, deve ter sempre o inalador à mão. Peça ao seu médico orientações para desenvolver um plano para a prática de exercício físico.

Drogas recreativas

As drogas para fins recreativos causam efeitos secundários que podem desencadear sintomas de asma, tais como:

  • respiração rápida e superficial
  • emoções fortes - que podem afetar a respiração
  • aumento do risco de infeções no peito
  • danos nos pulmões
  • congestão nasal
  • excesso de energia - que pode resultar num aumento da atividade física

A utilização de drogas recreativas com frequência pode causar o esquecimento, impedindo-o(a) de tomar a medicação para a asma regularmente.

Outros desencadeadores da asma

Constipações e gripe

A gripe e as constipações são duas das causas mais comuns desencadeadoras da asma e também desencadeiam ataques de asma mais graves, se a condição não estiver a ser controlada. As constipações ou gripes inflamam as vias respiratórias, resultando num aumento de produção de muco.

Alterações hormonais

Poucos sabem que as hormonas podem desencadear sintomas de asma.

Algumas mulheres chegam mesmo a afirmar que os seus sintomas pioram durante o período menstrual, gravidez ou perimenopausa.

As causas são desconhecidas, mas é provavelmente devido à inflamação no corpo causada pela maior incidência de flutuações hormonais que, por sua vez, aumenta a inflamação nas vias respiratórias.

Stress

O stress, a curto ou longo prazo, tem um impacto enorme no corpo e também pode piorar os sintomas:

  • afeta o sistema imunitário, tornando o corpo mais vulnerável aos fatores que desencadeiam a asma
  • emoções como irritação podem desencadear sintomas
  • pode recorrer a hábitos que podem afetar a respiração como fumar ou beber
  • pode esquecer-se de tomar os seus medicamentos regularmente

É importante identificar a causa do stress, pois isto poderá ajudar a controlar a asma. Se sofrer de stress crónico, deve contactar um terapeuta. Consulte o seu médico sobre possíveis tratamentos.

Alimentação

Os sintomas de asma podem-se manifestar se ingerir um alimento ao qual tenha intolerância ou alergia. Exemplos comuns de alergénios são: marisco, ovos, leite, frutos secos, amendoins e soja.

Além disso, certos alimentos libertam substâncias químicas que desencadeiam sintomas. O vinho, iogurte, queijo e enchidos podem libertar histamina - um químico libertado durante uma reação alérgica.

As carnes processadas, pickles e frutos secos contêm certos preservativos que podem resultar em inflamação.

Como controlar os fatores que desencadeiam a asma?

O controlo da asma depende dos fatores que a desencadeiam. Por exemplo, se o pólen for um fator de risco para si, deve tomar anti-histamínicos antes de sair de casa.

Consulte o seu médico para discutir os seus fatores de risco, este poderá ajudá-lo a evitá-los. Faça um plano de ação para si e para as pessoas que vivem ou trabalham consigo.

Grande plano de jovem a pegar no seu inalador para a asma.

Os medicamentos para a asma devem ser utilizados corretamente. Tome o medicamento de prevenção diariamente, exatamente como foi receitado pelo médico. Esta medida é suficiente para diminuir significantemente o risco de recaídas, prevenir ataques de asma e controlar os sintomas.

Saiba mais sobre a asma

Clique aqui

Saiba mais sobre o tratamento para a asma e o seu controlo na euroClinix, consultando as nossas outras páginas informativas.

Texto revisto por Dr. Caroline Fontana Escrito pela nossa equipa editorial Última atualização 25-12-2023
Asma

O nosso serviço - apenas na euroClinix
  • Serviço Privado e ConfidencialRealizamos o envio em embalagem discreta e mantemos os seus dados em sigilo absoluto
  • Medicamentos originaisEnviados da nossa farmácia credenciada no Reino Unido
  • Não é necessário passar por uma consulta presencialos nossos médicos vão proceder a uma avaliação online
  • Entrega em 3/4 dias úteisCompre até às 16:30 e receba o seu medicamento em 3 ou 4 dias úteis
Ver tratamentos

Leia mais

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

Revisto por Dr. Plauto Filho
Como diagnosticar a asma

Como diagnosticar a asma

Revisto por Dr. Caroline Fontana
O que fazer durante uma crise asmática, sem inalador

O que fazer durante uma crise asmática, sem inalador

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Um guia para inaladores e tratamentos para a asma

Um guia para inaladores e tratamentos para a asma

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Sintomas da asma: o que esperar e como estes variam

Sintomas da asma: o que esperar e como estes variam

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Como pode a rinite alérgica desencadear a sua asma?

Como pode a rinite alérgica desencadear a sua asma?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Como viver com asma

Como viver com asma

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Crises de Asma - Factores de risco e Prevenção

Quais são os fatores de risco para crises de asma?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Qual é a diferença entre inaladores para asma?

Qual é a diferença entre inaladores para asma?

Revisto por Dr. Caroline Fontana
Durante um Ataque de Asma

Durante um Ataque de Asma

Revisto por Dr. Plauto Filho
Guia: Asma induzida pelo exercício

Guia: Asma induzida pelo exercício

Revisto por Dr. Plauto Filho
Mais artigos
  • Seleccione
    Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    sem custo adicional