Emagrecimento rápido – É uma má ideia?

Uma das preocupações mais comuns em nossa sociedade é o peso, seja por questões de saúde, vaidade ou qualquer outro motivo que faça as pessoas procurarem técnicas de emagrecimento.

Porém, em alguns casos, pode acontecer de alguém querer perder peso para um evento específico, como uma festa, uma apresentação etc. E é nesses momentos que ela recorre para soluções de efeito quase que imediato, como o emagrecimento rápido, isto é, perder alguns quilos durante um curto período de tempo.

Mas esse efeito pode ser causado pela perda excessiva de água e ocasiona alguns problemas como diarreia, fadiga e outros. Desse modo, um emagrecimento errado, que foca apenas no tempo, pode reduzir massa dos lugares errados e prejudicar a saúde.

Entretanto, é possível sim emagrecer com saúde e conseguir resultados satisfatórios. Por essa razão, é de suma importância conhecer os verdadeiros riscos e efeitos por trás dos emagrecimentos rápidos e métodos saudáveis para a redução de peso, inclusive no combate da obesidade.

Dietas rápidas funcionam?

Os programas de dietas que prometem uma perda muito rápida de massa são inúmeros. Eles consistem, basicamente, em restringir drasticamente a alimentação para diminuir quilos. Exemplos clássicos disso são:

  • Dieta da sopa de repolho: só é permitido comer sopa de repolho por alguns dias, até o corpo emagrecer.
  • Dieta do xarope de Ácer: a única opção de alimentação é uma mistura entre xarope de Ácer, limão, água e pimenta caiena.
  • Dieta de Atkins: focar a alimentação em proteínas, cortando do cardápio os hidratos de carbono e as fibras.

Como é possível perceber, a quantidade de calorias consumida diariamente é muito baixa, forçando o corpo a retirar energia de outras fontes; porém, quando a necessidade energética é muito alta, o organismo para de utilizar a gordura e passa a utilizar a massa muscular como fonte.

Uma das principais funções da massa muscular é acelerar o metabolismo, ou seja, quanto maior a massa muscular, maior a perda de calorias diárias. O ideal é consumir em torno de 1200 calorias por dia para manter o bom funcionamento do corpo.

Além disso, uma privação de alimentação tão drástica provoca uma sensação de necessidade de compensação, ou seja, o corpo vai pedir alimentos calóricos como chocolates e massas, fazendo com que o ganho de peso após a dieta seja comum nos praticantes dessas dietas.

Como posso perder peso de forma saudável?

Perder peso é um processo que necessita de dedicação, tempo e determinação, já que não existem fórmulas mágicas ou atalhos. O modo mais saudável de alcançar o peso ideal é aliar uma dieta balanceada e controlada por um nutricionista com uma rotina de treino especializada.

Dessa forma, a dieta modera a quantidade ideal de nutrientes, calorias e vitaminas que o corpo recebe. Nessa etapa também é importante se alimentar a cada três horas, evitando que a memória do organismo armazene grandes quantidades de calorias em forma de gordura.

Já a etapa de exercícios deve ser adaptada para cada pessoa e estilo de corpo, sendo que é nessa fase que vão ser gastas as calorias em excesso no corpo e tonificada a musculatura para acelerar o metabolismo.

Portanto, podemos classificar a perda de peso saudável em dois momentos: o primeiro é a manutenção do corpo, consumindo a quantidade ideal de alimentos; o segundo é a utilização das reservas de gordura, por meio dos exercícios controlados.

Outro fator que deve ser levado em conta para uma melhor perda de peso é a perseverança, já que é necessário reeducar a alimentação e perder de meio quilo a um quilo por semana, até chegar ao corpo e à rotina ideal.

Deve focar-se numa alimentação saudável com controlo de calorias e exercitar-se regularmente para o ajudar a perder peso de forma lenta, segura e sensata, para que consiga manter a sua perda de peso. Deve reduzir em 300-500 calorias o seu aporte de calorias diário por uma combinação de melhorias na sua dieta com a perda destas calorias com exercício. Se conseguir manter estas recomendações diariamente deve perder entre 0,5Kg a 1Kg por semana, que é a quantidade de peso aconselhada a perder de forma saudável.

Comida Saudável + Casal Jogging = Balança de Medição de Peso

Se já se encontra a seguir estas recomendações, mas não está a obter os resultados que deseja, então deve estar apto a seguir um tratamento para a perda de peso de prescrição como o Xenical, se este lhe for recomendado por um médico.

Quais são os efeitos da dieta rápida?

As dietas extravagantes forçam o organismo a se manter com pouca energia e, por consequência, ele sofre alguns efeitos e a maioria é indesejável.

  • Perder alguns quilos rapidamente: esse regime realmente faz perder peso, mas não de forma eficiente, isto é, a massa que o corpo consome com a dieta rápida é a massa magra, que beneficia o corpo.
  • Efeito sanfona: no começo o corpo perde peso, mesmo que seja de massa magra, e após um tempo, com a deficiência de energia, armazena mais gordura e a pessoa ganha ainda mais peso.
  • Problemas nutricionais: a privação de certos alimentos interrompe a entrada de alguns nutrientes e vitaminas que são essenciais para o bom funcionamento do corpo.
  • Fome: muito tempo com pouca alimentação faz com que o organismo sinta mais fome, fazendo com que a pessoa ingira mais quantidade de calorias.
 

O corpo está concebido para parar de perder peso de forma muito rápida. Se tentar perder mais peso do que os 0,5Kg a 1Kg aconselhados por semana, o seu corpo irá começar a usar as reservas musculares em vez das reservas de gordura para obter energia. Esta redução vai fazer com que a massa muscular diminua devido ao esforço de perder peso, uma vez que o músculo é o que fornece ao corpo a sua tonificação física.

Dieta Atkins Soupa de Repolho Xarope de Ácer
A dieta de Atkins consiste em comer quase exclusivamente proteínas, limitando os hidratos de carbono e as fibras. A dieta da sopa de repolho não restringe a quantidade de comida que come, mas restringe a sua variedade. A dieta do xarope de ácer não permite que coma alimentos sólidos, ingerindo apenas xarope de ácer com limão, água e pimenta de Caiena.

Uma percentagem maior de massa muscular aumenta a sua performance quando faz exercício, o que permite que elimine mais calorias. Uma maior massa muscular também acelera o metabolismo, o que significa que o seu corpo elimina mais calorias mesmo quando está a dormir. Para prevenir que o seu corpo utilize as reservas de massa muscular para obter energia, deve sempre consumir pelo menos 1200 calorias diárias enquanto tenta perder peso.

Modo de fome

Para manter o seu peso, a actividade física realizada num dia vai eliminar as reservas de gordura que se formam pelo consumo de calorias. Se os dois se compensarem, não será ganho peso.

Diagrama de Excercício e Calorias

Quando não fornece ao seu corpo calorias suficientes, este entra em "modo de fome", o que significa que o metabolismo é propositadamente atrasado pelo seu corpo para evitar o uso de energia vital. O corpo irá absorver quaisquer calorias consumidas porque não sabe quando é que mais calorias vão entrar no corpo, impedindo a sua perda de peso. Se fizer das dietas radicais um hábito pode causar efeitos adversos a longo prazo ao funcionamento do seu metabolismo, tornando mais difícil controlar o seu peso no futuro.

Dietas iô iô

Frequentemente quando as pessoas tentam perder peso com uma dieta radical, esta assinala o início de um ciclo vicioso, onde o seu peso acaba por variar entre o aumento e a perda. Isto ocorre quando uma dieta radical é seguida de uma compulsão alimentar e o ganho do peso perdido. Em muitos casos as pessoas ganham mais peso do que o que perderam ao seguir um dieta radical ou da moda, levando a sentimentos de culpa como resultado.

Quais são os riscos?

É óbvio que provocar uma situação extrema como as dietas rápidas e outras técnicas de emagrecimento milagrosas possui efeitos diretos na saúde do corpo. Dessa forma, quem a pratica está correndo alguns riscos graves, como:

  • Redução da massa muscular: os exercícios físicos gastam calorias e tonificam os músculos, contribuindo para um metabolismo mais eficiente. O emagrecimento rápido atua de forma contrária, consumindo menos calorias e perdendo músculos.
  • Ganho de gordura: outro risco que pode ocorrer é aumentar a massa gordurosa, porque o corpo "memoriza" a entrada de energia por meio da alimentação. Com a dieta desregulada e poucas calorias sendo consumidas, o corpo tende a armazenar o pouco que recebe em forma de gordura.
  • Desidratação: reduzir quilos na balança é sempre animador, mas um risco nos emagrecimentos rápidos é perder água em excesso, provocando a desidratação e desencadeando problemas mais sérios.
  • Enfraquecimento de cabelos e unhas: além de consumir poucas calorias, uma alimentação desbalanceada provoca um desequilíbrio nos nutrientes consumidos, enfraquecendo, assim, estruturas como os cabelos e as unhas.
  • Problemas psicológicos: o emagrecimento rápido desestabiliza o corpo humano e, com isso, o psicológico da pessoa também, podendo provocar irritabilidade, quadros depressivos e ansiedade.
  • Problemas gastrointestinais: uma alimentação descuidada, sem fibras, por exemplo, pode causar doenças no sistema digestivo, como diarreias, obstipação etc.

Como perder peso durante a obesidade?

A obesidade é um mal que atinge grande parte do mundo, inclusive no Brasil. Essa condição pode desencadear quadros clínicos graves, como infarto, AVC e outros problemas relacionados com o excesso de gordura.

obesidade

Dessa forma, além de aplicar a reeducação alimentar, a dieta balanceada e a rotina de exercícios, existem opções medicamentosas que contribuem com o emagrecimento de pessoas obesas.

Um ótimo exemplo disso é o remédio Xenical, que atua impedindo que parte da gordura consumida seja absorvida pelo organismo e auxilia na redução de peso. O medicamento possui inúmeros benefícios:

  • Não atinge os músculos, auxiliando apenas na perda de massa gordurosa.
  • Não contém componentes viciantes.
  • Não tem efeitos no sistema neurológico.
  • Evita a absorção de até 30% de gordura.
  • Não diminui o apetite e nem causa efeitos colaterais indesejados.

Impedindo que a gordura seja absorvida, reduz a quantidade de calorias que vai ser armazenada na massa gordurosa. Dessa forma, é possível alcançar resultados melhores durante o exercício físico.

Desse modo, o Xenical atua como agente de auxílio ao emagrecimento para pessoas obesas, mas atenção: ele não substitui a orientação de um nutricionista e nem o acompanhamento de pessoas especializadas para a realização dos exercícios.

Mais informações sobre o Xenical:

Xenical Principais características
Xenical
  • Princípio ativo: Orlistato
  • Fabricante: Roche
  • Descrição: O Xenical bloqueia a absorção de gordura em 30%, facilitando a perda de peso em doentes obesos.
  • Aplicação: Pessoas com mais de 18 anos com um IMC superior a 27.

Saiba mais sobre o Xenical

O único modo de vencer a obesidade é com determinação e persistência. O processo de emagrecimento é gradual, e não se deve utilizar atalhos ou esperar tratamentos milagrosos sem esforço.

Verifique o seu IMC frequentemente na calculadora abaixo:


Fontes: 

  1. Soda Consumption during Ad Libitum Food Intake Predicting Weight Change. . Sarah C. Bundrick et al. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.jand.2013.09.016. URL: andjrnl.org
  2. Relationship between raised BMI and sugar sweetened beverage and high fat food consumption among children. . Lynne Millar et al; (2014) Obesity, 22: E96-E103. Doi: 10.1002 / oby.20665. URL:onlinelibrary.wiley.com
  3. Adult Obesity Causes & Concequences. . Centers for Disease Control and Prevention.URL:cdc.gov

Atualizado em 21 de Março de 2017.

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita