• Receita inclusa
  • Medicamentos Originais
  • Serviço incluído no preço e parcelamento
  • Entrega inclusa
Início / Impotência / Levitra / Efeitos Secundários e Interações do Levitra

Efeitos Secundários e Interações do Levitra

Levitra é um medicamento de prescrição médica, e como todo medicamento de prescrição, pode causar efeitos colaterais em seus pacientes. Os efeitos colaterais mais comuns do Levitra incluem: dor de cabeça, rubor, congestão ou corrimento nasal, indigestão, e dor de estômago. Você poderá encontrar mais efeitos colaterais, interações e contra-indicações do Levitra em nosso artigo.

Levitra – breve introdução ao medicamento

O Levitra, com substãncia activa Vardenafil, é um medicamento fabricado pela farmacêutica alemã Bayer e é utilizado como terapia no tratamento da Disfunção Eréctil (Impotência sexual).

Levitra

O fármaco apresenta-se nas doses de 5 mg, 10 mg e 20 mg e sob a forma farmacêutica de comprimidos (Levitra) e de comprimidos orodispersíveis (Levitra Orodespersível)

É considerado bastante eficaz e as dosagens variam precisamente de acordo com o tipo de necessidade e de terapia a aplicar no utilizador específico.

O mecanismo do Levitra é bastante rápido pelo que o medicamento também é aconselhado para tomas pontuais.

Efeitos colaterais do Levitra

Como qualquer medicamento o Levitra não está completamente isento de efeitos secundários indesejáveis, sendo que estes não ocorrem sempre nem em todos os utilizadores.

O quadro em baixo indica o tipo de efeitos que a toma de Levitra pode provocar por frequência de ocorrência.

Efeitos Secundários mais comuns
  • Dor de cabeça
  • Rubor facial e/ou no pescoço, peito e braços
  • Espirrar
  • Nariz Entupido
Efeitos Secundários incomuns
  • Dor de cabeça (cefaleia)
  • Tontura e desmaio
  • Dores musculares
  • Náuseas
  • Epilepsia
  • Palpitações / desconforto no peito
Efeitos Secundários graves ou com Frequência desconhecida
  • Perda de audição
  • Perdas súbita de visão

Entre os Efeitos secundários menos comuns ( menos de 1% dos homens ) também foram relatados: dor de braços, costas, pescoço e/ou maxilar, dor abdominal, visão desfocada e/ou perda de visão , dor ou desconforto no peito , arrepios, suores frios , dificuldade em respirar e/ou em engolir , dor ocular , comichão , sangramento do nariz , glândulas inchadas no pescoço , dificuldades em dormir, sonolência, alterações na voz, latejar nos ouvidos, inchaço nas pálpebras, face, lábios ou língua, perda de apetite, Irritação, dor ou ardor na garganta , suor excessivo , úlceras, aftas ou manchas brancas na língua ou no interior da boca.

A incidência de efeitos secundários graves como, por exemplo, perdas súbitas de visão ou audição são motivo para se consultar imediatamente o médico.

Adicionalmente o agravamento, o prolongar dos efeitos ou efeitos não listados são também razões para o utilizador consultar um médico.

Interações medicamentosas do Levitra

À semelhança do que acontece com outros medicamentos, a toma de Levitra em concomitância com determinados medicamentos ou substâncias pode causar alguns efeitos. Por este motivo o paciente deve consultar um médico aquando da toma do medicamento, especialmente doentes com patologias crónicas.

Os medicamentos que interagem com o Levitra são os seguintes:

Medicamento, grupo medicamentoso ou substância Interacção
Nitratos / Óxido Nítrico para o tratamento da angina de peito Utilização destes medicamentos com o Levitra pode provocar alterações significativas na tensão arterial. A sua concomitância deve ser autorizada por um médico.
Amiodarona / Quinidina para o tratamento contra a arritmia cardíaca Alterações da tensão arterial. A toma em simultâneo com Levitra deve ser supervisionada medicamente.
Antirretrovirais (Ritonavir ou Indinavir) para tratar infecção pelo vírus HIV e AIDS Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Antifúngicos (Cetoconazol ou itraconazol) Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Antibióticos macrólidos (ex: Azitromicina, eritromicina) para o tratamento das infecções bacterianas e fúngicas comuns Necessário parecer médico. Pode alterar a eficácia do medicamento.
Bloqueadores alfa para o tratamento da hipertensão arterial sistêmica Alterações da tensão arterial. Pode existir concomitãncia mas com pausa de 4-6h entre eles e o Levitra.
Cialis, Viagra, Spedra para o tratamento da disfunção eréctil Alterações da tensão arterial, desmaio, etc. Não podem ser tomados em simultâneo.
Sumo de toranja Pode afetar o normal desempenho do fármaco.

As interações medicamentosas podem provocar efeitos indesejáveis e até mesmo prejudiciais para a saúde, pelo que é necessária precaução nesta matéria.

Contra-indicações do Levitra

As contraindicações de um medicamento são circunstâncias nas quais a toma do fármaco está comprovadamente contraindicada, isto é, o fármaco não deve efectivamente ser tomado.

Por outro lado, há pacientes a quem a toma não está contraindicada, mas que devem tomar espaciais precauções na toma. Estes casos são os seguintes: doentes com doenças coronárias, alterações cardíacas ou condições do coração hereditárias; pacientes com patologias que possam afetar o pénis como a leucemia, anemia e mieloma múltiplo; úlceras no estômago.

As contraindicações do Levitra, ou seja, casos em que não deve tomar Levitra são:

  • Alergia ou hipersensibilidade ao Vardenafil ou a qualquer um dos excipientes do fármaco Levitra – a alergia traduz-se em sintomas como irritação cutânea, inchaço e dificuldade em respirar
  • Se o paciente tem mais de 75 anos e está a tomar fármacos do grupo medicamentoso dos antifúngicos
  • Se o doente sofre de doença cardíaca grave ou teve algum episódio cardíaco ou vascular súbito (ataque cardíaco, enfarte do miocárdio, acidente vascular cerebral) recentemente
  • Pacientes com doença hepática grave
  • Pacientes que se encontram presentemente a fazer hemodiálise
  • Pacientes com Hipotensão
  • Pacientes com doenças oculares degenerativas ou historial familiar de doenças como a retinite pigmentosa
  • Pacientes com perda de visão parcial ou total mesmo que não causada por neuropatia ótica isquémica anterior não arterítica (NAION)
  • A toma de Levitra está também contraindicada a todos os pacientes cuja atividade sexual não seja recomendada

Apesar de não estarem relatados efeitos secundários causados pela toma de álcool e Levitra, o seu consumo não é aconselhado nestas circunstâncias porque pode causar dificuldades no processo da ereção.

Finalmente, o Levitra apenas está indicado para utilização por homens adultos maiores de 18 anos, estando a sua toma totalmente contraindicada em mulheres e crianças.

Texto Revisado médicamente por
Dr. Mahesh Chhaya MBBS Escrito por nossa equipe editorial
Última atualização 05-10-2021

Levitra

4.6 (147 Opiniões)
Nosso serviço - apenas na euroClinix
  • Serviço Privado e ConfidencialRealizamos o envio em embalagem discreta e mantemos os seus dados em sigilo absoluto
  • Medicamentos originaisEnviados da nossa farmácia credenciada no Reino Unido
  • Não é necessário passar por uma consulta presencialos nossos médicos vão avaliar a sua consulta online
  • Entrega Expressa GrátisEntrega pelos Correios. Sem taxas de frete adicionais
Informação e Preços
  • Selecione
    o Medicamento

  • Preencha
    o formulário

  • O médico emite
    a sua prescrição

  • Entrega
    expressa grátis

Informações Relacionadas
Disfunção Erétil – Causas e Tratamentos Comparação de tratamentos para impotência Inibidores PDE-5 para Problemas de Erecção Kamagra Priapismo Problemas de Ereção - Causas e Tratamentos Impotência em homens jovens Problemas de impotência aos 30 ou 40 anos: Causas, sintomas e tratamento Impotência e Prostatectomia Cialis: um medicamento testado e aprovado Cialis e outros problemas de saúde Disfunção erétil situacional vs permanente Mitos e Verdades sobre Disfunção sexual Efeitos psicossociais da impotência Finasterida e Impotência Tratamentos da impotência sexual: prescritos vs naturais Viagra funciona em todos os casos? Levitra e outros problemas de saúde Impotência por Tabagismo, Obesidade, Drogas e álcool Impotência no ponto de vista das mulheres Quais os Efeitos Secundários do Cialis? Disfunção Erétil e Hipertensão arterial Ingrediente ativo Avanafil Como prevenir a impotência (disfunção erétil)? A masturbação frequente pode levar à impotência? Impotência após cirurgia para o crescimento da próstata Impotência em um relacionamento Vigrax Puragra Pramil XtraSize Vigour Apcalis Vitaros Muse (alprostadil) Caverject (injeção de alprostadil) Ginkgo Biloba Pau de Cabinda Tribulus terrestris El Macho Gold Max VIGRX Plus Libidium Fast MaxSize Yohimbe DHEA Catuaba Maca Peruana 6 maneiras de acabar com a Disfunção Erétil Como evitar a ejaculação precoce? Qual é a ligação entre diabetes e disfunção erétil? É possível comprar Cialis sem receita? | euroClinix