Disfunção Sexual Feminina

A disfunção sexual feminina (DSF) é um problema complexo com várias causas diferentes possíveis. A doença e os factores psicológicos são predominantemente responsáveis pelos sintomas desta condição. Os sintomas da DSF incluem uma libido baixa, secura vaginal e a inabilidade de atingir o orgasmo ou ficar excitada. Estima-se que até 40% das mulheres em Portugal sofram de disfunção sexual, com as mulheres acima dos 40 anos de idade mais susceptíveis a esta condição. A disfunção sexual feminina também se pode desenvolver em mulheres jovens que sofreram de doenças como o cancro.

O Intrinsa é um tratamento que visa melhorar a libido feminina. Este tratamento para a DSF é também uma forma discreta e segura de ajudar as mulheres que sofrem de disfunção sexual feminina a reconstruir as suas vidas sexuais.

O que causa a disfunção sexual feminina?

A disfunção sexual feminina pode derivar de várias condições médicas graves, problemas emocionais e uma combinação de causas físicas e psicológicas. O tratamento para a DSF pode ser usado se a condição for o resultado das seguintes causas físicas:

  • Tensão arterial alta ou diabetes
  • Infeções na área vaginal
  • Reações negativas à contracepção

Factores psicológicos

O tratamento da disfunção sexual feminina também pode ajudar as mulheres a ultrapassarem as seguintes causas psicológicas:

  • Depressão
  • Falta de auto-confiança
  • Sentimentos de vergonha ou culpa acerca do sexo
  • Medo de engravidar
  • Stress, fadiga ou cansaço

Mais causas da disfunção sexual feminina

Medicamentos para o tratamento da tensão arterial alta, úlceras pépticas, depressão ou ansiedade e o cancro também podem interferir com o seu desejo pelo sexo. Também o abuso sexual e doméstico, que podem causar sentimentos de culpa e ansiedade, impedem que desfrute do acto sexual, mesmo quando íntima com um novo parceiro.

Como posso tratar a disfunção sexual feminina?

A disfunção sexual feminina deve ser devidamente diagnosticada por um médico, para que o tratamento apropriado possa ser recomendado.

A terapia com estrogénio é um tratamento para a disfunção sexual feminina que pode aliviar os afrontamentos, melhorar a sensibilidade genital e diminuir a dor e a sensação de queimadura durante o acto sexual. Este tratamento pode ser tomado via oral, aplicado em creme, adesivo ou pode ser libertado no corpo por um anel que é inserido na vagina. Está geralmente indicado para as mulheres que entraram na menopausa e começam a sentir os seus sintomas incómodos.

O aconselhamento psicológico é usado para ajudar as mulheres a lidarem com a DSF causada pela depressão, falta de auto-confiança, abuso sexual, sentimentos de culpa ou stress acerca do sexo, stress e fadiga.

Tratamento sujeito a receita médica para a disfunção sexual feminina

Os Adesivos Intrinsa, o primeiro medicamento aprovado pela FDA para tratar a disfunção sexual feminina, libertam pequenas doses de testosterona na corrente sanguínea, gradualmente aumentando o desejo sexual da mulher. Esta dose adicional de hormonas ajuda as mulheres cujos ovários e glândulas adrenais já não são capazes de produzir testosterona suficiente para melhorarem naturalmente o seu desejo sexual.

Como funciona
Passo 1 - Escolha o medicamento
Passo 2 - Preencha o formulário médico
Passo 3 - O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição
Passo 4 - O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte
Entrega gratuita